Quarta-feira, 11 de Abril de 2007
Hoje talvez seja um bom dia para dizer isto. Há muito, muito tempo mesmo, que se conversa nos bastidores sobre o curso do actual Primeiro-Ministro. Entretanto, um blogger chamado António Balbino Caldeira, decide na sua qualidade de cidadão e ao abrigo das Leis da República, tirar a coisa a limpo. Durante meses a fio ninguém lhe ligou nenhuma, embora falassem dele nos bastidores. Nem sequer os intelectuais blogueiros de main stream que hoje criticam os jornais por não terem ligado ao António, devido a um suposto complexo de inferioridade não resolvido para com os blogues.
Até que um dia o Público decide pegar no assunto. E Sócrates vê o seu estado de graça transformar-se num ápice num estado de desgraça. Porquê? Porque nada do que consta dos variadíssimos documentos que contêm a descrição das habilitações académicas do Primeiro-Ministro bate certo. Da Universidade ao Parlamento. O assunto proibido, supostamente tratado por um louco dos blogues (em Portugal existe, para quem não sabe, uma velha técnica dos guardiões do sistema para tentar desacreditar as pessoas inconvenientes que têm a mania de fazer perguntas que mais ninguém faz sobre pessoas que supostamente serão incapazes de cometer um deslize, quanto mais uma ilegalidade ou uma fraude - também já provei desse fel) saltou para a agenda mediática.
Sinceramente, eu estava a estranhar que o António continuasse sossegadamente a tratar o assunto, aliás, de forma consistente e formalmente inatacável, como até aqui, sem um sinal, uma reacção, uma arruaça, uma intimidação, um ataque. E estranhei bem. O ataque, finalmente, chegou. E, confesso, que chegou de onde menos eu esperava. Chegou através de um socialista reputado na sua terra, prestigiado profissionalmente e uma esperança do seu partido, o PS, claro, para reconquistar uma Camara Municipal entretanto perdida para a coligação PSD/CDS. O socialista chama-se Raul Ventura Martins e tem um blogue chamado Margem Esquerda, de que sou regular leitor e que se encontra devidamente linkado aqui no Tomar Partido.
O ataque é tão despropositado, tão inútil, tão deslocado, tão gratuito, tão inconsequente, tão inócuo, tão medíocre, que merece referência, correndo embora o risco de dar publicidade a uma prosa que não a merece. Mas nos tempos que correm é imperativo cívico denunciar todas as represálias e retaliações inflingidas a quem, num contexto de maioria absoluta monopartidária do PS, se mete com o PS. Sendo certo que desta vez, estamos perante uma mera tentativa de "dar" em alguém. Não, felizmente (ainda?...) perante a consumação de uma tareia. Mas, por este andar, qualquer dia, o caldo entorna-se mesmo...
Já agora e apar a informação ser completa, o ataque já teve a devida e civilizada resposta. Aqui. Que cada um tire as devidas conclusões. Eu, tirei as minhas.


publicado por Jorge Ferreira às 14:03 | link do post | comentar

1 comentário:
De António Balbino Caldeira a 11 de Abril de 2007 às 14:57
Obrigado, Jorge, pela sua solidariedade constante. Este é o primeiro ataque, outros virão - e com muito maior violência, como já sofri...

Não tenho nenhuma ilusão sobre a punição profissional e pessoal que a ousadia da cidadania, neste caso e neste poder, provoca.


Comentar post

JORGE FERREIRA
Novembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


ARQUIVOS

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

subscrever feeds
tags

efemérides(867)

borda d'água(850)

blogues(777)

josé sócrates(537)

ps(339)

psd(221)

cavaco silva(199)

pessoal(182)

justiça(180)

educação(150)

comunicação social(139)

política(137)

cds(126)

crise(121)

desporto(120)

cml(116)

futebol(111)

homónimos(110)

benfica(109)

governo(106)

união europeia(105)

corrupção(96)

freeport de alcochete(96)

pcp(93)

legislativas 2009(77)

direito(71)

nova democracia(70)

economia(68)

estado(66)

portugal(66)

livros(62)

aborto(60)

aveiro(60)

ota(59)

impostos(58)

bancos(55)

luís filipe menezes(55)

referendo europeu(54)

bloco de esquerda(51)

madeira(51)

manuela ferreira leite(51)

assembleia da república(50)

tomar(49)

ministério público(48)

europeias 2009(47)

autárquicas 2009(45)

pessoas(45)

tabaco(44)

paulo portas(43)

sindicatos(41)

despesa pública(40)

criminalidade(38)

eua(38)

santana lopes(38)

debate mensal(37)

lisboa(35)

tvnet(35)

farc(33)

mário lino(33)

teixeira dos santos(33)

financiamento partidário(32)

manuel monteiro(32)

marques mendes(30)

polícias(30)

bloco central(29)

partidos políticos(29)

alberto joão jardim(28)

autarquias(28)

orçamento do estado(28)

vital moreira(28)

sociedade(27)

terrorismo(27)

antónio costa(26)

universidade independente(26)

durão barroso(25)

homossexuais(25)

inquéritos parlamentares(25)

irlanda(25)

esquerda(24)

f. c. porto(24)

manuel alegre(24)

carmona rodrigues(23)

desemprego(23)

direita(23)

elites de portugal(23)

natal(23)

referendo(23)

apito dourado(22)

recordar é viver(22)

banco de portugal(21)

combustíveis(21)

música(21)

pinto monteiro(21)

bcp(20)

constituição(20)

liberdade(20)

saúde(19)

augusto santos silva(18)

cia(18)

luís amado(18)

todas as tags