Domingo, 3 de Fevereiro de 2008
(Let´s look at the treil...)

Em consideração ao sentido apelo do Presidente da República para não maçar os políticos com política na época das máscaras, decidi partilhar convosco algumas reflexões sobre a madrugada. Isso mesmo: a madrugada. Não sei, hoje deu-me para aqui. E dirão os meus amigos: e, afinal, o que é isso da madrugada? E eu respondo: madrugada é o período do dia que vai da meia-noite ao amanhecer, normalmente arredondado para as seis da manhã. De facto, a madrugada é uma extensão da noite, durante a qual a maioria das pessoas repousa e há a conveniência de se guardar silêncio. Parece contraditório, mas a saudação feita a alguém que se encontre nesse período é bom dia, ainda que o sol não tenha nascido. Ora, tratando-se de seis horas, em princípio, poder-se-á perguntar o que se pode fazer durante esse período de tempo? Fazer notas de imprensa não é, porque se afigura maçador, dá trabalho, é enfastiante e, sobretudo, chama a atenção dos safados dos jornalistas para o que se estará realmente a fazer. Não é, definitivamente, aconselhável. A resposta mais óbvia não é nem ir a uma discoteca, nem ir a um bar, nem estar em casa à conversa com amigos, nem outras coisas óbvias. A resposta óbvia, moderna e popular é: despachar. Despachar a rodos, assinar qualquer merda que apareça, no fundo, despachar, despachar, despachar. Seis horas bem contadas, dá aí para uns cinquenta despachos por hora. Isto é, quase um despacho por minuto. Segundo as modernas tendencias da deschologia, considera-se razoável dispôr de 21 segundos para ler o texto, mais vinte e um segundos para ouvir opiniões e os restantes 21 para reflectir sobre a decisão a despachar. Isto em média, vis´to que , obviamente, há despachos que se decidem em 2 ou 3 segundos e outros, de maior fôlego, que exigem uns duros 50 ou sessenta ou até, setenta penosos segundos para alcançar uma preclara decisão. Isso é que é. Ou melhor, foi. E não volta, ai não volta não.


publicado por Jorge Ferreira às 22:45 | link do post | comentar

JORGE FERREIRA
Novembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


ARQUIVOS

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

subscrever feeds
tags

efemérides(867)

borda d'água(850)

blogues(777)

josé sócrates(537)

ps(339)

psd(221)

cavaco silva(199)

pessoal(182)

justiça(180)

educação(150)

comunicação social(139)

política(137)

cds(126)

crise(121)

desporto(120)

cml(116)

futebol(111)

homónimos(110)

benfica(109)

governo(106)

união europeia(105)

corrupção(96)

freeport de alcochete(96)

pcp(93)

legislativas 2009(77)

direito(71)

nova democracia(70)

economia(68)

estado(66)

portugal(66)

livros(62)

aborto(60)

aveiro(60)

ota(59)

impostos(58)

bancos(55)

luís filipe menezes(55)

referendo europeu(54)

bloco de esquerda(51)

madeira(51)

manuela ferreira leite(51)

assembleia da república(50)

tomar(49)

ministério público(48)

europeias 2009(47)

autárquicas 2009(45)

pessoas(45)

tabaco(44)

paulo portas(43)

sindicatos(41)

despesa pública(40)

criminalidade(38)

eua(38)

santana lopes(38)

debate mensal(37)

lisboa(35)

tvnet(35)

farc(33)

mário lino(33)

teixeira dos santos(33)

financiamento partidário(32)

manuel monteiro(32)

marques mendes(30)

polícias(30)

bloco central(29)

partidos políticos(29)

alberto joão jardim(28)

autarquias(28)

orçamento do estado(28)

vital moreira(28)

sociedade(27)

terrorismo(27)

antónio costa(26)

universidade independente(26)

durão barroso(25)

homossexuais(25)

inquéritos parlamentares(25)

irlanda(25)

esquerda(24)

f. c. porto(24)

manuel alegre(24)

carmona rodrigues(23)

desemprego(23)

direita(23)

elites de portugal(23)

natal(23)

referendo(23)

apito dourado(22)

recordar é viver(22)

banco de portugal(21)

combustíveis(21)

música(21)

pinto monteiro(21)

bcp(20)

constituição(20)

liberdade(20)

saúde(19)

augusto santos silva(18)

cia(18)

luís amado(18)

todas as tags