3 comentários:
De MP a 26 de Maio de 2007 às 20:12
Trata-se de uma posição pessoal do entrevistado, que não vincula, de forma alguma, os seus correlegionários.
Pelo menos a mim, de certeza absoluta que não.


De Anónimo a 26 de Maio de 2007 às 20:26
Vindo de quem vem não espanta.


De largo do caldas a 27 de Maio de 2007 às 17:18
«A grande novidade da entrevista é a entrada do CDS no lobby gay.»

Mas sabe bem que no seu tempo esse lóbi já tinha peso no Partido. Nunca houve foi coragem para então o denunciar.
E hoje é público e notório que o Grupo Parlamentar é disso exemplo.
Nomes? Nós sabemos, a comunicação social sabe.
Pode ser que agora Paulo Portas tenha coragem para se assumir.
E já reparou o interesse do Miguel Castelo Branco no CDS-PP por causa do "Direito de Tendência"?
Caro Jorge Ferreira, nunca diga que "não há bruxas"...


Comentar post