1 comentário:
De Miguel Primaz a 30 de Abril de 2007 às 23:12
São casos diferentes, basta atentar que a extrema esquerda tem andado completamente desaparecida das cifras policiais enquanto a extrema direita tem nos recentes anos demonstrado o que vale, v.g. 10.06.2005.
Não se aproveite os recentes episódios para se branquear factos históricos.


Comentar post