Terça-feira, 9 de Outubro de 2007
Cerca da uma e vinte da manhã, com as audiências convenientemente de rastos dado o adiantado da hora, Fátima Campos Ferreira fez finalmente a pergunta que em qualquer programa de informação de uma televisão decente teria sido a primeira e não a última. A Paulo Portas fez directamente. A Rui Pereira fez quase a medo. Mas lá fez. Do mal o menos. O primeiro, visivelmente nervoso e atabalhoado disse que comentar era validar uma ilegalidade. Portas agora revela-se juiz. Ele decide o que é legal é ilegal. Apanhado com as calças na mão, tergiversa e foge ao assunto. Seria certamente trucidado pelo Independente. Portas é hoje um mero espectro na pele de um chico esperto. O mais que consegue é piscar o olho depois de cometer o que certamente julga ser um golpe de génio ao fugir à pergunta. A televisão também mata. Quanto ao ministro, foi ainda mais grave. Depois de nos revelar algumas intimidades da sua carreira acerca de convites aceites e recusados, que não vinham ao caso nem interessam a ninguém, tentou ironizar e respondeu à pergunta das escutas com um teatral "Quais escutas?". Até poderia ter graça num teatro de bolso para iluminados das artes cénicas. O problema é que é ministro. O interesse público é qualquer coisa de desprezível para estes tristes actores de má qualidade com que o sistema tenta fazer de nós parvos.


publicado por Jorge Ferreira às 01:38 | link do post | comentar

2 comentários:
De JM Coutinho Ribeiro a 9 de Outubro de 2007 às 02:36
Esqueci-me de ver! Mas, a ser como dizes, tens toda a razão.


De Anónimo a 9 de Outubro de 2007 às 15:58
- - ALAMEDA DIGITAL - -

LEIA

ASSINE

DIVULGUE

http://www.alamedadigital.com.pt/n9/


Comentar post

JORGE FERREIRA
Novembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


ARQUIVOS

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

subscrever feeds
tags

efemérides(867)

borda d'água(850)

blogues(777)

josé sócrates(537)

ps(339)

psd(221)

cavaco silva(199)

pessoal(182)

justiça(180)

educação(150)

comunicação social(139)

política(137)

cds(126)

crise(121)

desporto(120)

cml(116)

futebol(111)

homónimos(110)

benfica(109)

governo(106)

união europeia(105)

corrupção(96)

freeport de alcochete(96)

pcp(93)

legislativas 2009(77)

direito(71)

nova democracia(70)

economia(68)

estado(66)

portugal(66)

livros(62)

aborto(60)

aveiro(60)

ota(59)

impostos(58)

bancos(55)

luís filipe menezes(55)

referendo europeu(54)

bloco de esquerda(51)

madeira(51)

manuela ferreira leite(51)

assembleia da república(50)

tomar(49)

ministério público(48)

europeias 2009(47)

autárquicas 2009(45)

pessoas(45)

tabaco(44)

paulo portas(43)

sindicatos(41)

despesa pública(40)

criminalidade(38)

eua(38)

santana lopes(38)

debate mensal(37)

lisboa(35)

tvnet(35)

farc(33)

mário lino(33)

teixeira dos santos(33)

financiamento partidário(32)

manuel monteiro(32)

marques mendes(30)

polícias(30)

bloco central(29)

partidos políticos(29)

alberto joão jardim(28)

autarquias(28)

orçamento do estado(28)

vital moreira(28)

sociedade(27)

terrorismo(27)

antónio costa(26)

universidade independente(26)

durão barroso(25)

homossexuais(25)

inquéritos parlamentares(25)

irlanda(25)

esquerda(24)

f. c. porto(24)

manuel alegre(24)

carmona rodrigues(23)

desemprego(23)

direita(23)

elites de portugal(23)

natal(23)

referendo(23)

apito dourado(22)

recordar é viver(22)

banco de portugal(21)

combustíveis(21)

música(21)

pinto monteiro(21)

bcp(20)

constituição(20)

liberdade(20)

saúde(19)

augusto santos silva(18)

cia(18)

luís amado(18)

todas as tags