Sexta-feira, 7 de Setembro de 2007
(Gulag)

Segundo o civilizado e intelectual Vereador de Lisboa e responsável pela Festa do Avante Ruben de Carvalho, a polémica sobre as FARC "é uma parvoíce!". A que Gulag me devo dirigir, camarada?

tags: ,

publicado por Jorge Ferreira às 13:16 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Tenho tido as maiores dificuldades em convencer as pessoas que me perguntam sobre o caso da criança inglesa, que não tenho opinião sobre os culpados. Ninguém entende que não tenha. Já me tinha acontecido o mesmo no caso da Casa Pia. Eu bem explico que não conheço o processo e que não sou polícia. Mas a explicação não convence. Em regra, trata-se de pessoas que passaram de amigos anónimos a carrascos anónimos dos pais da criança. Exactamente como as pessoas que hoje apuparam a mãe à sua chegada à PJ de Portimão. Isto dava um romance chamado "A Justiça e o Povo". Não sei é se devia ser escrito por um jurista. Talvez por um psiquiatra.


publicado por Jorge Ferreira às 12:26 | link do post | comentar | ver comentários (1)

(O grito do Ipiranga)

Em 1540, Faro era elevada a cidade por D.João III. Em 1750, D.José I era aclamado rei de Portugal. Em 1822, D.Pedro proclamava a independência do Brasil. Em 1974, Portugal e a Frelimo assinavam o Acordo de Lusaka, que previa a independência de Moçambique. Em 1986, o arcebispado sul-africano era ocupado, pela primeira vez, por um negro, o bispo Desmond Tutu, passando a liderar dois milhões de anglicanos do país. Em 1992, o presidente angolano, José Eduardo dos Santos, e o dirigente da Unita, Joanas Savimbi, chegavam a acordo sobre o governo de unidade nacional. Em 1994, as Forças Armadas dos EUA fechavam o quartel-general em Berlim, terminando a presença militar dos aliados na Alemanha, iniciada após a II Guerra Mundial. Em 1999, Xanana Gusmão, líder histórico da resistência timorense, era libertado da prisão na Indonésia, ficando sob a protecção da embaixada britânica em Jacarta. No mesmo dia, realizava-se a primeira reunião do Parlamento alemão, no Bundestag. O edifício fora destruído às ordens de Hitler, em 1993. Em 2004, o Tribunal Administrativo de Coimbra confirmava a recusa de entrada do barco Born Diep em águas portuguesas, indeferindo o pedido de anulação da decisão do Governo, apresentado pelos organizadores da iniciativa.


publicado por Jorge Ferreira às 12:21 | link do post | comentar

Hoje é sexta-feira, 07 de Setembro, ducentésimo quinquagésimo dia do ano. Faltam 115 dias para o final de 2006. Este dia é dedicado ao Beato Vicente de S. António. O Sol nasce às 07:10 e o ocaso regista-se às 20:04. No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 12:20 e a baixa-mar, às 05:47 e 18:35. Os nascidos nesta data pertencem ao signo Virgem, destacando-se D. Sancho II (1209), Isabel I de Inglaterra (1533), o escritor norte-americano James Fenimore Cooper (1789), o poeta português Camilo Pessanha (1867), a poetisa inglesa Edith Sitwell (1887) e o cineasta Elia Kazan (1909). Neste dia, em 1962, morria a escritora dinamarquesa Karen Blixen e, em 1997, o ditador zairense Mobutu Sese Seko.


publicado por Jorge Ferreira às 11:52 | link do post | comentar

(Ingrid Betancourt)

Repetindo atitude que tem há vários anos o PCP convidou mais uma vez as FARC para a Festa do Avante. Ao princípio, o PCP não escondia que eram mesmo as FARC que cá vinham. É possível ler nas listas antigas de convidados de Festas anteriores do Avante o nome da tenebrosa organização terrorista colombiana no elenco das vedetas da Festa do Avante. Depois, em vez das FARC, começaram a ser enviados representantes da imprensa das FARC. Parece que foi o que sucedeu o ano passado. Este ano, quem vem é o Partido Comunista Colombiano, que nem uma espécie de Batasuna das FARC é. É mais um órgão das FARC para efeitos de feiras e exposições.

As FARC são uma organização terrorista, como tal classificada pelos EUA e pela União Europeia. Uma organização que rapta, sequestra e mata. Uma organização altamente embrenhada e financiada na indústria do narcotráfico. São estes os amigos colombianos do PCP. Gente pacífica e recomendável como se vê, que nenhum cidadão hesitaria em convidar para sua casa…

Não surpreende que o PCP esteja confortável com tão ilustre presença na sua Festa. Trata-se, sempre se tratou de um partido intrinsecamente anti-democrático, que tem uma concepção de democracia e de liberdade onde só cabe o PCP e os seus amigos. Basta lembrar como o PCP apoiou historicamente as mais sanguinárias experiências totalitárias nos países comunistas do Leste e como apoia hoje as ditaduras cubana e norte coreana, para perceber de quem estamos a falar e de como os direitos do homem para os comunistas dependem de saber primeiro de que homem se trata.

O problema essencial já nem é este. O problema essencial é ver como o Estado português não actua numa situação destas. E como a chamada democracia de opinião que inunda a comunicação social convive, silenciosa, indiferente ou cúmplice com esta vergonha. Imagine-se por instantes que viriam a Portugal organizações de extrema-direita classificadas pela União Europeia como organizações terroristas. Imaginem as polícias. Imaginem as manchetes. Imaginem os debates nas televisões. Imaginem o Prof. Boaventura na sua coluna semanal a esclarecer que as transformações sociais boas, como as dos bandidos de Silves, exigem violência, mas que esta violência devia ser tratada impiedosamente pelo Estado e pela polícia.

Não é difícil imaginar. Aconteceu algo semelhante há meses atrás em Lisboa. E a reunião não se chegou a fazer. Mas com a extrema-esquerda, onde incluo o PCP, tudo é diferente. Existe uma espécie de privilégio da impunidade. O Estado, para a Festa do Avante, não controla as entradas de terroristas em Portugal. Os opinion makers não opinam, salvo honrosíssimas excepções. A comunicação social distrai-se, salvo honrosíssimas excepções. O Ministério Público fica sentado. A polícia, essa, enfim, nem em flagrante delito como em Silves, quanto mais…

Numa palavra: estamos Farcados.

(publicado na edição de hoje do Semanário)

tags: ,

publicado por Jorge Ferreira às 00:34 | link do post | comentar

O mês de Agosto, habitualmente tido como o mês em que não acontece nada, revelou-se este ano pródigo em acontecimentos cuja gravidade não pode fenecer com as rentrées partidárias, com o renascimento da agenda da Presidência portuguesa ou do quotidiano parlamentar. Sublinho três: o maior ataque à propriedade privada desde as ocupações selvagens do gonçalvismo, a protecção de Cavaco Silva ao Estado injusto perante os cidadãos indefesos e o primeiro caso conhecido de financiamento partidário ilícito.

Em Silves um bando de energúmenos deu cabo da vida a um agricultor que vive do que planta, milho transgénico, coisa que faz no escrupuloso cumprimento da Lei. Destruíram-lhe a plantação e agrediram-no. Um enxerto gonçalvista no século XXI. Um crime praticado a céu aberto. A GNR esteve lá. Perante o flagrante delito, não actuou como manda a Lei, detendo os criminosos. Este comportamento contemporizador do Estado veio evidenciar outra realidade, também ela grave: o Estado não trata a violência toda da mesma maneira. O Estado investiga e detém cidadãos alegadamente envolvidos em actividades de extrema-direita, mas fica-se quando se trata da extrema-esquerda. O Estado não protege, como é sua estrita obrigação o direito de propriedade dos cidadãos cumpridores. O Estado é uma vergonha.

Calha bem abordar agora, na sequência desta iniquidade policial, a segunda má notícia de Agosto: o veto presidencial à Lei que aprovou o novo regime da responsabilidade extra-contratual do Estado. Essencialmente, esta lei tem como função proteger o cidadão dos arbítrios e dos erros cometidos pelo Estado no exercício da sua actividade, garantindo aos cidadãos a reparação dos prejuízos que sofram em consequência desses arbítrios e desses erros. Uma das consequências desta lei, caso entrasse em vigor, seria o aumento das reclamações e da legitimidade dos cidadãos para pedir indemnizações ao Estado ou entidades públicas. O Presidente alega que a nova Lei teria enormes consequências financeiras para o Estado e na sobrecarga dos tribunais com eventuais processos.
Esta Lei seria de facto perigosíssima para o Estado. Obrigá-lo-ia a agir com cuidado e rigor, coisa como se sabe difícil de suceder. Pelo que, a seguir viria outra consequência sinistra: o Estado teria de pagar muito dinheiro aos cidadãos pelos males causados. Obviamente inaceitável, para quem acha que o Estado não somos nós, mas sim uma entidade superior e abstracta que deve gozar do privilégio do erro. Para um social-democrata estatista como Cavaco Silva, esta Lei é um absurdo. A sacrossanta estabilidade orçamental vale obviamente mais do que a garantia dos direitos dos cidadãos. No fundo, o cidadão é visto como uma ameaça ao Estado, numa total subversão dos valores. O Estado existe para servir e não para prejudicar os cidadãos.

Por último, o caso da Somague. Em tempo recorde, que contrasta flagrantemente com atitude bem diferente noutros casos, o Ministério Público já concluiu não existirem indícios de crime no caso do financiamento ilícito do PSD pela Somague. Tratar-se-á assim de uma ilegalidade, embora não de um crime. Saindo da Justiça para a política o que sobra? Um imensa descrédito da política. A sensação é que vale tudo. E, claro, ninguém no PSD sabia. Claro que não.
(publicado na edição de hoje do Diário de Aveiro)


publicado por Jorge Ferreira às 00:31 | link do post | comentar

Quinta-feira, 6 de Setembro de 2007
(Justiça)

O legislador decidiu alterar outra vez o Código de Processo Penal. Está no seu direito, independentemente de se considerarem boas ou más as alterações introduzidas numa Lei essencial do Estado de Direito.

As alterações são muitas e abrangem matérias tão sensíveis da investigação criminal como as escutas telefónicas e o regime da prisão preventiva, para mencionar apenas algumas.

Sucede que quando uma Lei é publicada decorre sempre um período de tempo, chamado vacatio legis, até à entrada em vigor da Lei. Esse período de tempo destina-se a que os cidadãos, onde naturalmente se incluem juízes, procuradores, advogados, funcionários dos Tribunais e do Ministério Público, destinatários das Leis, possam conhecê-las, dado que a ordem jurídica assenta no princípio fundamental de que o desconhecimento da Lei não é causa justificativa do seu incumprimento.

Pois neste caso, o legislador decidiu dar 15 dias para este efeito, aplicando-se as alterações a todos os processo já pendentes. O que vai suceder na prática? Uma paralisação da investigação criminal e do andamento dos processos-crime pendentes nos tribunais durante largos meses, para que todos possam estudar e perceber o alcance de tão importantes alterações.

A única dúvida é esta: o Sr. Legislador é irresponsável ou inimputável?

(publicado na edição de hoje do Democracia Liberal)


publicado por Jorge Ferreira às 22:23 | link do post | comentar

(Espera-se actualização da obra em breve)

O CDS já passou por muitas vidas e até reencarnações. Já teve muitos líderes, já teve muitos, poucos e assim-assim deputados, já teve muitos e quase nenhum Presidente de Camara, já teve várias posições sobre a Europa, sobre o euro, sobre as uniões de facto, já foi mais liberal, menos, mais conservador, menos, mais democrata-cristão, menos, mais popular, mais snob, já foi maior e mais pequeno, já foi Governo, já foi oposição e já foi assim-assim. O que nunca tinha sido questionado no CDS é o direito de propriedade. Foi agora. O CDS já é o que, até agora, apesar de todas as vicissitudes, nunca tinha sido: o partido da pirataria.

tags:

publicado por Jorge Ferreira às 19:09 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Luís Filipe Meneses anda num jacto pago por um empresário com interesses económicos no concelho em que o mesmo Luís Filipe Meneses é Presidente de Camara. Não é nada sadio. O principal factor de descrédito da política é a suspeita. É que à mulher de César não basta ser séria. É preciso parecê-lo. O problema é que os políticos do sistema bastam-se com a auto-proclamação de que são sérios. Esquecem-se que o que é necessário na política é justamente sê-lo e parecê-lo. O que fundamenta uma condenação nos tribunais é a prova. Na política basta a mera suspeita para minar a credibilidade.


publicado por Jorge Ferreira às 13:16 | link do post | comentar | ver comentários (1)


Enfim, deuses.


publicado por Jorge Ferreira às 10:58 | link do post | comentar

(António Gentil Martins)

Em 1951, era assinado o primeiro acordo sobre a Base das Lajes. Em 1968, na sequência de uma queda, Salazar era afastado do Governo. Em 1972, recomeçavam os Jogos Olímpicos de Munique, após 80 mil pessoas terem prestado tributo aos 11 atletas israelitas mortos pelo comando terrorista Setembro Negro. Em 1985, Amália Rodrigues era galardoada, em Paris, pelo ministro francês da Cultura, Jack Lang, com o grau de Comendador das Artes e Letras. No mesmo dia, o cineasta Manoel de Oliveira recebia o Leão de Ouro especial no Festival de Cinema de Veneza. Em 19989, uma equipa liderada pelo cirurgião Gentil Martins separava com êxito duas gémeas siamesas bebés, ligadas pelo abdómen. Em 1991, Gorbachov reconhecia a independência das repúblicas bálticas - Estónia, Lituânia e Letónia. Em 1992, Álvaro Cunhal confirmava, na festa do Avante, a sua substituição como secretário-geral do PCP. Em 1997, decorria o funeral de Diana de Gales. Em 2000, a OCDE afirmava que a produtividade de trabalho na economia portuguesa era a mais baixa da União Europeia. Nos EUA, um scanner registava pela primeira vez a actividade cerebral de fetos reagindo a estímulos luminosos exteriores ao ventre materno. Em 2004, morria Luís Nunes de Almeida, 58 anos, presidente do Tribunal Constitucional, antigo deputado à Assembleia da República pelo PS.


publicado por Jorge Ferreira às 10:50 | link do post | comentar

Hoje é Quinta-feira, 06 de Setembro, ducentésimo trigésimo nono dia do ano. Faltam 116 dias para o final de 2006. Este dia é dedicado a Santo Eleutério e S. Magno. A Lua encaminha-se para a Fase Plena: Lua Cheia, dia 07, às 18:42. O Sol nasce às 07:09 e o ocaso regista-se às 20:06. No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 11:03 e 23:56, a baixa-mar, às 04:19 e 17:25. Os nascidos nesta data pertencem ao signo Virgem, destacando-se o cientista inglês John Dalton, que desenvolveu a teoria atómica da matéria (1766), o financeiro e diplomata norte-americano Joseph P.Kennedy (1888), o músico Roger Waters, dos Pink Floyd (1944), e a actriz Jane Curtin


publicado por Jorge Ferreira às 10:47 | link do post | comentar

Quarta-feira, 5 de Setembro de 2007
(O filme sobre o massacre de Munique)

Em 1658, os holandeses tomavam Jaffnaptam, última possessão portuguesa no Ceilão. Em 1774 reunia-se o primeiro Congresso Continental em Filadélfia e em 1877, o astrónomo italiano Giovanni Schiaparelli começava a desenhar o primeiro mapa de Marte. Em 1939, os EUA declaravam-se neutrais na II Guerra Mundial. Cinco anos mais tarde Bruxelas era libertada pelos soldados norte-americanos, da ocupação nazi. Em 1972, o grupo palestiniano Setembro Negro atacava a delegação israelita nos Jogos Olímpicos de Munique, matando 11 atletas. Em 1978, começava a cimeira de Camp David, entre os dirigentes egípcio e israelita, por iniciativa do Presidente dos EUA, James Carter. Em 1988, morria o realizador radiofónico António Costa Macedo, 54 anos, responsável do Diário Rural. Em 1989, o recorde mundial de velocidade era retirado ao atleta canadiano Ben Johnson, após prova de doping. Em 1995, a França realizava, no atol de Mururoa, o primeiro de uma série de testes nucleares. Em 1997, morria, na Índia, Madre Teresa de Calcutá, 87 anos.


publicado por Jorge Ferreira às 23:26 | link do post | comentar

Hoje é Quarta - Feira, 05 de Setembro, ducentésimo quadragésimo oitavo dia do ano. Faltam 117 dias para o final de 2006. Este dia é dedicado a S.Vitorino, mártir. A Lua encaminha-se para a Fase Plena: Lua Cheia, dia 07, às 18:42. O Sol nasce às 07:08 e o ocaso regista-se às 20:07. No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 09:30 e 22:26, a baixa-mar, à 02:41 e 15:44. Os nascidos nesta data pertencem ao signo Virgem, destacando-se o compositor alemão Johann Christian Bach (1735), o fora-da-lei Jesse James (1847), o compositor americano John Cage (1912) e a actriz Raquel Welch (1940).


publicado por Jorge Ferreira às 23:23 | link do post | comentar

Terça-feira, 4 de Setembro de 2007
De ricochete, o Pedro Correia lançou-me o desafio de mencionar dez livros que "não mudaram a minha vida". O desafio deu-me que pensar. Que tipo de livros, afinal, sa tratam? Dez que não relerei porque não gostei? Ou porque detestei? Ou porque, gostando, não mudaram a minha vida? Ou porque, detestando, me levaram, até por isso a reflectir mais do que alguns outros de que gostei ou com que mais me identifiquei? Ou antes dez daqueles que me mostraram meridianamente que por ali não vou? Ou dez livros mal feitos ou pura e simplesmente mal escritos? A verdade é que há muitas maneiras de um livro nos marcar. Estava eu neste entretém quando me começaram a vir à cabeça exactamente o que o Pedro me pede para dizer: nomes de livros que li e que... Foram estes e aqui, vai de tudo um pouco:
O Partido Com Paredes de Vidro, Álvaro Cunhal
Para Uma Terceira Via, Anthony Giddens
Sulista, Elitista e Liberal q. b., Luís Filipe Meneses
O Poder dos Presidentes, de André Freire e António Costa Pinto
Salvo-Conduto, de Boris Pasternak
A Ciociara, Alberto Moravia
O Vestido Cor de Fogo, José Régio
Bonecos de Luz, de Romeu Correia
A Terceira Visão, de Lobsang Rampa
A Casa do Pó, de Fernando Campos
E como cada vítima é um potencial carrasco, deixo o mesmo desafio ao André Azevedo Alves, à Margarida Pardal, à Fátima Pinto Ferreira (apesar da aparente inactividade blogueira), ao Pedro Guedes e ao Rui Baptista.


publicado por Jorge Ferreira às 22:44 | link do post | comentar

Paulo Teixeira Pinto vai ao Congresso do PSD?


publicado por Jorge Ferreira às 12:07 | link do post | comentar

Há menos alunos, há menos escolas, por que razão havia o Estado de contratar mais profesores? Só vejo uma: fomentar o emprego público não reprodutivo.


publicado por Jorge Ferreira às 11:43 | link do post | comentar

Cavaco Silva vai hoje ao Parlamento Europeu dizer que quer uma Europa para todos. O problema é que a Europa não será de todos enquanto tiver medo dos europeus, isto é, enquanto persistir na ilusão que é possível cozinhar tratados eternamente sem ouvir as pessoas. Cavaco Silva é contra o referendo europeu. Sempre foi. Mesmo que tenha dito como disse que como os partidos o prometeram ele tinha de ser feito. Disse-o quando preparava meticulosamente a sua ascensão presidencial. Mas agora anda a fazer de tudo para que não haja o referendo. O que significa que está convencido que a Europa de todos que diz ambicionar pode ser feita só por alguns. Já devia ter aprendido. Mas não.


publicado por Jorge Ferreira às 10:20 | link do post | comentar

Parabéns a Francisco José Viegas pelo segundo aniversário do excelente A Origem das Espécies. É tudo bom com excepção do cantinho do hooligan.

tags:

publicado por Jorge Ferreira às 10:07 | link do post | comentar

(Mark Spitz)

Em 1888, George Eastman registava a patente da máquina fotográfica Kodak. Em 1929, o dirigível alemão Graff Zeppelin completava a viagem à volta do mundo. Em 1963, morria o político francês Robert Schumman. Em 1972, o nadador norte-americano Mark Spitz ganhava a sétima Medalha de Ouro olímpica, em Munique, o maior número de medalhas de ouro conseguidas por um atleta, numa única edição dos Jogos. Em 1974, os EUA e a RDA estabeleciam relações diplomáticas. Em 1980, começava a guerra entre o Iraque e o Irão. Em 1986, no Rio de Janeiro, morria o treinador de futebol Otto Gloria, 69 anos, treinador da selecção portuguesa de futebol em 1966, quando a equipa conquistou o terceiro lugar no Mundial de Inglaterra. Em 1995, morria o actor brasileiro Paulo Gracindo, 84 anos. Em 1999, em Timor-Leste, as milícias pró-integracionistas espalhavam o terror em Díli, com a conivência da polícia e do exército indonésios. Em 2003, a Comissão de Jurisdição do PS expulsava Fátima Felgueiras, ex-presidente da Câmara de Felgueiras. Em 2004, a tentativa de resgate dos reféns da escola de Beslan, na Ossétia do Norte, provocava várias centenas de mortos, na maioria, crianças. No mesmo dia, morria William Rehnquist, 80 anos, presidente do Supremo Tribunal dos EUA.


publicado por Jorge Ferreira às 10:02 | link do post | comentar

Hoje é terça-feira, 04 de Setembro, ducentésimo quadragésimo sétimo dia do ano. Faltam 118 dias para o final de 2007. Este dia é dedicado a Santa Rosa de Viterbo. A Lua atinge o Quarto Minguante, às 02:32. O Sol nasce às 07:07 e o ocaso regista-se às 20:08. No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 08:10 e 20:52, a baixa-mar, às 01:27 e 14:08. Os nascidos nesta data pertencem ao signo Virgem, destacando-se o escritor francês François Chateaubriand (1768), o compositor austríaco Anton Bruckner (1824), o escritor Antonin Artaud (1896) e a romancista Mary Renault (1905).


publicado por Jorge Ferreira às 09:53 | link do post | comentar

Segunda-feira, 3 de Setembro de 2007
Os portistas (do F. C. do Porto) têm-se queixado que os árbitros, na dúvida, prejudicam o seu clube por causa do processo do Apito, que, já se sabe, foi todo inventado, todo, todo, todo. Eles têm toda a razão: na dúvida os árbitros prejudicam o F. C. do Porto. Só este ano já lá vão 3 prejuízos. O golo contra o Sporting, em que o árbitro inventou uma nova regra de futebol. Um golo contra o União de Leiria, em que o árbitro alargou as dimensões do campo para a bola caber lá dentro e outro golo contra o mesmo clube em que o árbitro, a quem deram intercomunicador mas não óculos, não viu um fora de jogo. No queixar é que está o ganho. A pouca vergonha continua e alguns até lhe chamam competência.

tags:

publicado por Jorge Ferreira às 16:57 | link do post | comentar | ver comentários (2)

Mário Crespo entrevistar Jerónimo de Sousa sobre a presença das FARC na Festa do Avante. Será possível?


publicado por Jorge Ferreira às 15:10 | link do post | comentar | ver comentários (2)

Estou confuso. Louçã disse este fim de semana que se Sócrates não fizer o referendo sobre a Constituição europeia recauchutada dará uma prova de mau carácter. Mas como Louçã disse não fazer julgamentos de carácter na altura da polémica do célebre diploma de Engenharia do mesmo Sócrates, já não sei que pensar: Louçã mentiu da primeira vez ou mentiu da segunda?
Sobre o mesmo assunto: Filipe Anacoreta, em O Cachimbo de Magritte.


publicado por Jorge Ferreira às 14:58 | link do post | comentar

"A verdade é que este silêncio não é casual, as nossas elites vivem das mesmas gorjetas que alimentam os partidos, ninguém está interessado em que se fale do assunto, estamos perante uma omertà à portuguesa."

A "Omertà" à portuguesa, a ler em O Jumento. Eu já tinha reparado.


publicado por Jorge Ferreira às 14:40 | link do post | comentar

Em 1999 o Avante anunciava a presença das FARC tal e qual na Festa. A sinceridade esvaiu-se e hoje chamam-lhe Partido Comunista da Colombia. Gatos escondidos com rabo de fora. Se as FARC são uma organização tão benemérita como alega a propaganda comunista qual a razão que impede que as chamem pelo próprio nome em vez de lhe porem pseudónimo?
(via João Luís Pinto, em O Insurgente)

tags: ,

publicado por Jorge Ferreira às 12:57 | link do post | comentar

(Conquista de Azamor)

Em 1513, Azamor era conquistada pelas forças de D. Jaime, Duque de Bragança. Em 1539, eram aprovados os estatutos que Inácio de Loyola apresentara a Paulo III para a fundação da Companhia de Jesus. Em 1759, no reinado de D. José, os jesuítas eram expulsos de Portugal. Em 1783, era assinado o Tratado de Paris, entre os EUA e a coroa britânica, terminando a Guerra da Independência. Em 1939, o Reino Unido e a França declaravam guerra à Alemanha nazi. Em 1976, cessava a publicação o Jornal do Comércio, que iniciara a actividade em 17 de Outubro de 1853. Em 1985, o Instituto francês para a Investigação e Exploração do Mar anunciava a descoberta do navio Titanic, quase intacto, a 900 quilómetros ao largo da costa da Terra Nova, a uma profundidade de 4.000 metros. Em 1991, morria o cineasta Frank Capra, 94 anos, galardoado com três Óscares, realizador de "Peço a Palavra", "Doido com Juízo" e "Do Céu Caiu uma Estrela". Em 1999, eram anunciados os resultados do referendo para a independência de Timor Leste. O voto a favor da independência atingira os 85 por cento. A violência das milícias integracionistas regressava ao território. Em 2000, a TVI estreava o programa Big Brother. Em 2001, Fradique Melo Bandeira de Menezes era eleito presidente da República de São Tomé e Príncipe. Em 2004, as forças russas iniciavam o assalto à escola de Beslan, na Ossétia do Norte. A Comissão Europeia aprovava o projecto de flexibilização do PEC, permitindo um défice público acima dos 3% do PIB. Em 2005, morria o arquitecto Fernando Távora, 83 anos, precursor da chamada Escola do Porto, mestre de Álvaro Siza Vieira. Em 2006, a atleta portuguesa Vanessa Fernandes, tricampeã europeia e líder do ranking mundial e da Taça do Mundo, sagrava-se vice-campeã do Mundo de Triatlo, em Lausana, Suíça.


publicado por Jorge Ferreira às 10:17 | link do post | comentar

Hoje é Segunda-feira, 03 de Setembro, ducentésimo quadragésimo sexto dia do ano. Faltam 119 dias para o final de 2007. Este dia é dedicado a S. Gregório Magno. A Lua encontra-se na Fase Minguante: Quarto Minguante, dia 04, às 02:32. O Sol nasce às 07:06 e o ocaso regista-se às 20:09. No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 07:11 e 19:41, a baixa-mar, às 00:34 31 e 13:00. Os nascidos nesta data pertencem ao signo de Virgem, destacando-se, entre eles, o economista suíço Jacques Necker (1732), o ensaísta português António Sérgio (1883), o engenheiro Ferdinand Porsche (1875), a actriz Irene Papas (1929) e o músico dos Sex Pistols Steve Jones (1955). Nesta data assinala-se também a morte de Oliver Cromwell (1658).


publicado por Jorge Ferreira às 10:14 | link do post | comentar

Domingo, 2 de Setembro de 2007
"As FARC não são terroristas. PCP rejeita criminalização da resistência. O PCP denunciou as «tentativas de criminalização da resistência» e reiterou a sua «frontal oposição» à classificação pelos EUA e a União Europeia das FARC como organização terrorista. Para os comunistas portugueses, as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia – Exército do Povo são uma «organização popular armada que há mais de 40 anos prossegue, entre outros objectivos, a luta pela real democracia na Colômbia e por uma justa e equitativa redistribuição da riqueza, dos recursos naturais da Colômbia e da posse e uso da terra».
Avante
Claro. O PCP tem outra concepção de terrorismo. O PCP tem outra concepção de Liberdade. O PCP tem outra concepção de Democracia. O PCP se pudesse metia-nos a todos no Campo Pequeno, instaurava uma ditadura e instalava uns campozitos de reeducação. O PCP não muda. Não é um partido democrático. Ponto final.

tags: ,

publicado por Jorge Ferreira às 17:19 | link do post | comentar | ver comentários (2)

«Ninguém nesse país tem mais autoridade moral, ética e política que o nosso partido.» Lula, no Congresso do PT, em S. Paulo. (via A Origem das Espécies). Dêem um programa de televisão a este homem.


publicado por Jorge Ferreira às 15:55 | link do post | comentar

"A esquerda em Portugal é livre de fazer o que quer com um suposto estado de direito, inclusivamente apelar e apoiar o terrorismo, desde os pequenos milho-terroristas aos grandes coca-terroristas. Mais decepcionante que isso é a “direita” e o “centro” português que continuam a pactuar com este tipo de situações. Se houvesse centro ou direita com real participação política em Portugal, ja teríamos manifestações marcadas, providências cautelares,… Mas não, a nossa “direita” e o nosso “centro”, que mais não são que formas de esquerda requintadas, são plataformas de poder que aguardam a sua vez nos ciclos de alternância politica. Por omissão, o nosso “centro-direita” apoia a presença das FARC."
Carlos G. Pinto, em O Insurgente.


publicado por Jorge Ferreira às 14:28 | link do post | comentar

Jorge Ferreira é operador de sistemas na faculdade de Economia de Coimbra. É membro da direcção do Ateneu de Coimbra.


publicado por Jorge Ferreira às 13:25 | link do post | comentar

Em 1876 morria José Fontana, dinamizador dos ideais socialistas, em Portugal, no século XIX. Em 1885, era inaugurada a Penitenciária de Lisboa. Em 1939, Portugal declarava-se neutral no conflito que viria a ser a II Guerra Mundial. Em 1945, Ho Chi Minh proclamava a República do Vietname. Em 1962 a URSS iniciava o envio de armas para Cuba. Em 1985, o diário egípcio Al Ahram revelava que unidades do exército líbio tinham tentado, sem êxito, derrubar o Coronel Kadhafy. Em 1988, morria o bombeiro Joaquim Ramos, elevando para dois o número de vítimas mortais do incêndio no Chiado, em Lisboa, em 25 de Agosto. Em 1993, a britânica Fyonna Campbell, de 26 anos, terminava a travessia, a pé, do continente africano, entre a Cidade do Cabo, na África do Sul, e Tânger, em Marrocos. Demorou 02 anos. Em 1994, o ciclista espanhol Miguel Indurain batia o recorde mundial da hora, percorrendo 53,04 quilómetros, em Bordéus, França. Em 1996, a primeira astronauta francesa, Claudie André-Desahys, chegava à Terra depois de 16 dias no espaço, 14 dos quais a bordo da estação espacial russa Mir. Em 1997, começava a Conferência de Oslo para a erradicação das minas anti-pessoais. Em 2001, morria Christian Barnard, aos 78 anos, médico sul-africano e primeiro cirurgião a efectuar um transplante de coração. Em 2003, o presidente do PP espanhol, José María Aznar, entregava a liderança do partido a Mariano Rajoy. E o empresário russo Roman Abramovich, 36 anos, comprava o clube inglês de futebol Chelsea. Em 2004, eram libertados 26 reféns do sequestro da escola de Beslan, na Ossétia do Norte. Em Portugal, o músico espanhol Alejandro Saenz vencia os prémios Grammy para a música Latina. Em 2005, no Sudeste dos EUA, o número de mortos provocados pela passagem do furacão Katrina passava a contar-se na ordem das dezenas de milhar. A Unicef confirmava a existência de 400 mil crianças desalojadas, no vale do Mississipi e Nova Orleães encontrava-se a saque.


publicado por Jorge Ferreira às 13:12 | link do post | comentar

Hoje é Domingo, 02 de Setembro, ducentésimo quadragésimo quinto dia do ano. Faltam 120 dias para o final de 2007. Este dia é dedicado a São Justo de Leão e S.Viator. A Lua encontra-se na Fase Minguante: Quarto Minguante, dia 04, às 02:32. O Sol nasce às 07:05 e o ocaso regista-se às 20:10. No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 06:23 e 18:48, a baixa-mar, às 12:08 e 00:34. Os nascidos nesta data pertencem ao signo Virgem, destacando-se o estadista da Prússia Ewald von Hertzberg (1725), o príncipe japonês Hirobumi Ito (1841), a bailarina e coreógrafa norte-americana Marge Champion (1923) e o tenista norte-americano Jimmy Connors (1952). Nesta data, assinala-se também a morte de Pierre de Coubertin, fundador dos modernos Jogos Olímpicos (1937), de Ho Chi Min, presidente do Vietname do Norte (1969) e do escritor britânico J.R.R.Tolkien (1973), autor de "O Senhor dos Anéis".


publicado por Jorge Ferreira às 13:08 | link do post | comentar

"Ingrid Betancourt vivia por essa altura em Paris. A morte de Galán fê-la regressar. Fez um partido a que chamou Oxigénio - pertencia à família política de Galán e de Jaramillo, dos que insistiam na sobrevivência da Colômbia. Dialogar em vez de matar. Em 2002, ela foi a uma aldeia ocupada pelas FARC. Foi sequestrada por estas. Continua sequestrada, cinco anos depois. Na semana passada, um chefe das FARC chamou-lhe "prisioneira política". Na próxima semana, representantes das FARC vão estar na Festa do Avante!. Quem for à Festa do Avante! sem a foto de Ingrid Betancourt ao peito entra sem mão estendida, mas com dedo no gatilho."
Ferreira Fernandes, no Diário de Notícias.


publicado por Jorge Ferreira às 01:43 | link do post | comentar

Sábado, 1 de Setembro de 2007
"Infelizmente, é já absolutamente normal, e até expressão de uma certa forma de coerência, que, em nome dos «sagrados princípios do internacionalismo», o PCP convide os bandidos armados e narcotraficantes das FARC ou os oligarcas, denunciantes e torcionários do partido único da Coreia do Norte – para além dos representantes dos regimes totalitários cubano ou bielorusso e de outras forças consabidamente antidemocráticas – para a sua Festa do Avante!. O que me parece mais preocupante é que a opinião pública de esquerda considere o facto de somenos importância e abandone a denúncia deste tipo de situação nas mãos dos conservadores ou mesmo dos descendentes da velha direita. As preocupações a propósito das liberdades fundamentais e a decência política mais elementar parecem, uma vez mais, submergir por estes lados diante de pequenas prioridades tácticas. Um mau, ou um péssimo, sinal."
Rui Bebiano, em A Terceira Noite.


publicado por Jorge Ferreira às 21:56 | link do post | comentar

"Este ano, duas exposições marcam a 31ª edição da Festa. O 90º Aniversário da Revolução de Outubro será evocado como acontecimento maior da história da humanidade, a primeira revolução socialista que 1917 ergueu o primeiro Estado proletário do mundo e que possibilitou extraordinárias transformações não apenas na URSS mas em todo o mundo, inspirando a luta dos trabalhadores e dos povos na marcha emancipadora da Humanidade." António Vilarigues é esclarecedor. O PCP continua glorificar a revolução de Outubro como um acontecimento inspirador. O PCP continua a nada dizer sobre o holocausto de Outubro, a trágica realidade de milhões de mortos e deportados que a revolução de Outubro produziu. E convém lembrar. Numa coisa Vilarigues tem razão: a revolução de Outubro foi um acontecimento maior da história da humanidade. Tão maior quanto ela só mesmo o holocausto nazi.

tags: ,

publicado por Jorge Ferreira às 19:41 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Carta Aberta ao Camarada Vladimir.

tags:

publicado por Jorge Ferreira às 17:01 | link do post | comentar

(Terrorista)

Os portugueses puderam assistir há pouco tempo a acções policiais no sentido de deter pessoas conotadas com a extrema direita, que se preparavam para organizar uma reunião em Lisboa com a participação de várias forças da extrema-direita europeia. Perante a presença de forças terroristas na Festa do Avante a polícia não tem um frémito, as autoridades ainda estão a banhos, o Primeiro-Ministro fala de computadores, o Presidente da República está calado e a comunicação social não se interessa, com a honrosa excepção, até agora, de Francisco Almeida Leite, jornalista do Diário de Notícias. Assim se vê a força do PC. Assim se vê a fraqueza do Estado nuns casos e a sua cumplicidade noutros. Uma vergonha para a democracia.

tags: , ,

publicado por Jorge Ferreira às 16:32 | link do post | comentar | ver comentários (1)

(Record)

Vanessa Fernandes acaba de se tornar pela primeira vez campeã mundial do Triatlo. É o segundo campeão mundial do Benfica esta semana. Grande atleta, grande clube.


publicado por Jorge Ferreira às 16:10 | link do post | comentar

(Chiu!)

Ao contrário do que sucedeu no Parlamento Europeu, em Portugal nenhum partido político com assento parlamentar tomou qualquer iniciativa concreta e consequente sobre o gravíssimo caso do financiamento do PSD pela Somague. Há silêncios que, mais do que comprometidos, são comprometedores. O financiamento dos partidos, o nó do sistema, passa ao lado de todos. E o sistema prefere multar partidos por terem errado as contas nas febras assadas comidas por cabeça num comício algures, do que atacar de frente os verdadeiros problemas do financiamento partidário. Mas não nos atirem poeira para os olhos. Já agora apresento os meus cumprimentos ao Sr. Jacinto Leite Capelo Rego, que espero tenha tido umas férias descansadas.


publicado por Jorge Ferreira às 14:56 | link do post | comentar | ver comentários (1)

O Carlos Miguel Castro, do Tugir descobriu esta entrega das FARC: cadáveres. Uns queridos estes amigos do PCP que vão estar nas Festa do Avante.

tags: , ,

publicado por Jorge Ferreira às 14:45 | link do post | comentar

(Beslan)

Em 1809, saíam, em Lisboa, os primeiros números dos jornais Novo Diário de Lisboa, Jornal de Lisboa, Mapa Político e Mensageiro. Em 1914, S. Petersburgo, Passava a chamar-se Petrogrado. Em 1939, a Alemanha invadia a Polónia, dando início à II Guerra Mundial. Em 1969, na Líbia, um golpe dirigido pelo coronel Muammar Kadhafi depunha a monarquia e impunha a República Popular. Em 1975, eram nacionalizados os estaleiros navais de Viana do Castelo.Em 1991, era inaugurada a ponte sobre o Guadiana, ligando o sul do Portugal a Espanha. Em 2003, morria o político espanhol Ramón Serrano Suñer, com 100 anos, ideólogo do franquismo. Em 2004, um comando tchecheno tomava de assalto a escola de Beslan, na Ossétia do Norte, fazendo reféns cerca de um milhar de pessoas, entre elas perto de 200 crianças. No mesmo dia, morria Virgílio de Carvalho, 77 anos, antigo militar, especialista em estratégia. Em 2006, o jornal O Independente publicava a última edição, 18 anos após o lançamento. E as autoridades norte-americanas entregavam oficialmente às iraquianas o controlo da prisão de Abu Ghraib.


publicado por Jorge Ferreira às 14:31 | link do post | comentar

Hoje é Sábado, 01 de Setembro, ducentésimo quadragésimo quarto dia do ano. Faltam 121 dias para o final de 2007. Este dia é dedicado a Santo Egídio. A Lua encontra-se na Fase Minguante: Quarto Minguante, dia 04, às 02:32. O Sol nasce às 07:04 e o ocaso regista-se às 20:11. No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 05:41 e 18:02, a baixa-mar, às 11:24 e 23:49. Os nascidos nesta data pertencem ao signo Virgem, destacando-se o compositor alemão Johann Pachelbel (1653), os escritores Edgar Rice Burroughs (1875), criador de Tarzan, e Blaise Cendrars (1887), autor de "La Prose du Transibérien et de la Petite Jeanne de France", o pugilista Rocky Marciano (1923), o maestro japonês Seiji Ozawa (1935) e a actriz Lily Tomlin (1939).


publicado por Jorge Ferreira às 14:16 | link do post | comentar

JORGE FERREIRA
Novembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


ARQUIVOS

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

subscrever feeds
tags

efemérides(867)

borda d'água(850)

blogues(777)

josé sócrates(537)

ps(339)

psd(221)

cavaco silva(199)

pessoal(182)

justiça(180)

educação(150)

comunicação social(139)

política(137)

cds(126)

crise(121)

desporto(120)

cml(116)

futebol(111)

homónimos(110)

benfica(109)

governo(106)

união europeia(105)

corrupção(96)

freeport de alcochete(96)

pcp(93)

legislativas 2009(77)

direito(71)

nova democracia(70)

economia(68)

estado(66)

portugal(66)

livros(62)

aborto(60)

aveiro(60)

ota(59)

impostos(58)

bancos(55)

luís filipe menezes(55)

referendo europeu(54)

bloco de esquerda(51)

madeira(51)

manuela ferreira leite(51)

assembleia da república(50)

tomar(49)

ministério público(48)

europeias 2009(47)

autárquicas 2009(45)

pessoas(45)

tabaco(44)

paulo portas(43)

sindicatos(41)

despesa pública(40)

criminalidade(38)

eua(38)

santana lopes(38)

debate mensal(37)

lisboa(35)

tvnet(35)

farc(33)

mário lino(33)

teixeira dos santos(33)

financiamento partidário(32)

manuel monteiro(32)

marques mendes(30)

polícias(30)

bloco central(29)

partidos políticos(29)

alberto joão jardim(28)

autarquias(28)

orçamento do estado(28)

vital moreira(28)

sociedade(27)

terrorismo(27)

antónio costa(26)

universidade independente(26)

durão barroso(25)

homossexuais(25)

inquéritos parlamentares(25)

irlanda(25)

esquerda(24)

f. c. porto(24)

manuel alegre(24)

carmona rodrigues(23)

desemprego(23)

direita(23)

elites de portugal(23)

natal(23)

referendo(23)

apito dourado(22)

recordar é viver(22)

banco de portugal(21)

combustíveis(21)

música(21)

pinto monteiro(21)

bcp(20)

constituição(20)

liberdade(20)

saúde(19)

augusto santos silva(18)

cia(18)

luís amado(18)

todas as tags