2 comentários:
De C a 28 de Setembro de 2009 às 22:01
Essa é boa!! Então aquelas organizações que não precisam, pois são financiadas pelas Somagues e MotaEngiles deste país, essas não teriam de devolver, mas já quem mais precisa, até por não ter direito a aparecer na comunicação social, é que teriam de recusar...


De AT a 28 de Setembro de 2009 às 13:43
Qual recusar?

O ilustre Garcia, na sua actividade de advogado, tem uma tabela de preços que faria corar muito capitalista.
Ali, em matéria de facturação, não se brinca em serviço.
Sei-o por fonte próxima, da qual ele tem um assunto "em carteira". (raras vezes este termo terá sido usado com tanta precisão).

E neste campo, como vem do Estado... quaisquer pruridos seriam logo apagados.
.


Comentar post