2 comentários:
De J.Ferreira a 23 de Dezembro de 2008 às 23:12
Quem semeia Ventos... colhe tempestades.. Esta máxima aplica-se a um governo que tem como equipa Ministerial quem de Educação MUITO POUCO ou NADA PERCEBE!
A informação e a clarividência são fundamentais para se conhecer até que ponto as medidas deste governo têm sido totalmente contraditórias face aos seus propósitos.
Alguns exemplos, apenas. Criou uma categoria absurda de Professor Titular para diferenciar os melhores profissionais... Dizia que para valorizar a actividade desenvolvida com os alunos mas premiou os professores com trabalho de secretaria ou gabinete com mais pontos que os titulares de turma no referido (e absurdo) Concurso a Professor Titular.
Pretendia que os professores trabalhassem em cooperação mas apenas vai premiar na carreira os que forem inovadores... diferentes, excepcionais, excelentes! Logo, um professor que partilhava as suas receitas milagrosas com os pares passa a guardá-las "a sete chaves". Só assim poderá distinguir-se dos restantes e ambicionar estar entre os 5% melhores para poder progredir mais rápido na Carreira! Querem mais? Visitem ferreirablog.blogs.sapo.pt ... Porque... "Não Calarei a Minha Voz Até Que o Teclado se Rompa!
Bem-haja pela visita.
Mais faço minhas as palavras de outro Bloguista que escreveu:
Não se deve apenas apelar aos protestos. Deve-se apelar a todos os professores que lancem o CAOS nas escolas. Todos os professores devem ir para a greve no dia 19 de Janeiro. Os Sindicatos devem convocar depois uma Greve por tempo indeterminado. Assim, a todo o momento qualquer professor pode entrar em greve por uma hora ou por o tempo que achar necessário, fazendo assim com que o caos se instale nas escolas. Também os Órgão de Gestão (C. Executivos, Coordenadores, C. Pedagógico, D. Turma e outros) devem pedir a demissão e aumentar ainda mais a confusão e o caos nas escolas ao longo do 2º período. Os alunos e os seus papás devem também "sentir na pele" a pressão, a confusão e o caos. Só assim se levará a equipa ministerial, comandada pela "anarquista ministra" à demissão! Professores não vos deixeis abater! Se querem guerra hão-de ter guerra! E nada de recuar agora! Nada de facilidades! Se alguém tiver dúvidas sobre o poder dos professores que se desiluda! Se os alunos e os seus papás forem prejudicados a culpa é do próprio ministério que tem "achincalhado", que tem maltratado e que tem gozado com os professores! Nada de ceder às chantagens! FORÇA PROFESSORES!


De PALAVROSSAVRVS REX a 23 de Dezembro de 2008 às 18:12
Errado: a força que deveria existir, a da razão e a do consenso na Razão baseado, essa nunca existiu, fechado que esteve este Governo Déspota e ainda mais o seu Déspota ME na sua Torre de Marfim para além da sociedade e muito mais além da massa humana que compõe as escolas feitas de homens e mulheres na sua minoria sindicalizados e longe dos vícios dos sindicalistas comissionados há anos nos labirínticos corredores do mesmo ME.

A firmeza em Sócrates foi sempre e só um tique pesporrente e obtuso e essa firmeza não interessa, mera publicidade enganosa, imagem constructa, máquina de mentir.

joshua


Comentar post