4 comentários:
De Anónimo a 16 de Dezembro de 2008 às 22:40
Oh Advento, o que é que uma coisa tem a ver com a outra?
Não viu que se trata do DBH? O, de Belford, Henriques

Deixe lá a velha longe da porta, que ainda aparecem por aqui as pragas do Egipto!!! Arreda.



De Anónimo a 16 de Dezembro de 2008 às 22:36
Está tudo errado.

A começar pelo facto de que o DBH não disse que não houve festa no 2º andar, apenas que estavam três pessoas do "segundo andar" - uma deles o próprio.
São coisas distintas.

Não houve festa?
Que significa isso? Que não andaram a abrir garrafas de champagne?!

Assumam que o Guedes é um escroquezinho, e que muitos dos que agora "lhe cospem em cima", são os mesmos de quem foi tutor.
Mas não se fiem, que ele morde; como irão ter oportunidade de experimentar ...

De seguida, DBH não será a pessoa mais imparcial para falar em fontes fidedignas, tendo em conta que está com quem está no poder, desde que possa ser do "segundo andar".

Se falarmos em fontes fidedignas, talvez possamos perguntar à Drª Maria José Nogueira Pinto e/ou ao Engº Anacoreta Correia, eles serão fontes fidedignas para nos dizerem da capacidade de DBH de ser "fonte fidedigna", "imparcial" e "descomprometida do poder que está ...

Cinismo e hipócrisia.
Quando se apresenta como o exemplo perfeito e acabado do porque é que o CDS não irá a lado nenhum: feito de bufarinheiros, sabujos e lambe-botas - pois são esses, os que estão com o patrãzinho ...
O CDS vai acabar como: o partido do triciclo.

Uns imberbes sedentos do pequeno poder, capazes de absolutamente tudo para o conseguirem.

Não vão a lado nenhum.
E tratem de arranjar o que fazer na vida, porque no que toca à política, o prazo está a terminar.


De DBH a 18 de Dezembro de 2008 às 14:32
Para esclarecer:

1. O autor deste Blog -

Agradeço o post com o desmentido, que aliás nunca pedi. A sua publicação foi uma cortesia, que não é inesperada, e motivou-me apenas a vontade de corrigir uma notícia falsa.

2.O anónimo -

As "fontes" são anónimas, eu assino com o meu nome.

Não sou, de facto, imparcial. Não deixo, no entanto, de dizer que uma afirmação é mentira quando o é.

Quanto a ser fidedigno, pode, com toda a certeza perguntar à Dr.ª Maria José Nogueira Pinto ou ao Eng. Anacoreta Correia. Temo que a resposta o desiluda.

Mas não faz mal. Percebo, pela referência aos "imberbes", que nunca me conheceu.

3. O Advento -

O nome que usa é tão adequado para a época como desajustado para fazer insinuações. No entanto, embuido pelo espírito natalício que aguardamos, permita-me, em forma de correcção fraterna, que diga que se escreve Orísia, e não Orízia.

A todos um Santo Natal,

Diogo


De Advento a 16 de Dezembro de 2008 às 22:26
Diogo, o sobrinho da dona Orizia? Bem, quem nao queria estar no 2 andar do Caldas era eu, vá-se lá saber o que faziam :)


Comentar post