Quinta-feira, 19.11.09

Em 1846 o Banco de Lisboa fundia-se com a Companhia de Confiança de Portugal, dando origem ao Banco de Portugal, que passava a centralizar funções de banco comercial e de banco emissor.Em 1977, registava-se o primeiro acidente da transportadora aérea portuguesa, quando um Boeing 727 da TAP se despenhou ao aterrar no aeroporto do Funchal, morrendo 131 pessoas.Em 1991, Barros de Moura, Raimundo Narciso e Mário Lino eram expulsos do PCP por “actividades fraccionárias” e “desrespeito estatutário”. O sindicalista José Luís Judas, pedia, entretanto, a demissão do partido.Em 1994, terminava, no Porto, a XI Cimeira Ibérica, consagrando os acordos entre os dois países sobre recursos hídricos e energéticos. Na mesma data, os resultados oficiais das presidenciais moçambicanas davam a vitória a Joaquim Chissano, com 53,3 por cento dos votos. Em 1995, o ex-comunista Aleksander Kwasniewski vencia as eleições presidenciais na Polónia e, um ano depois, João Paulo II recebia, no Vaticano, o presidente cubano, Fidel Castro. Em 1998, Odivelas e Trofa passavam a Concelho. Em 2000, o presidente do Peru Alberto Fujimori renunciava ao cargo, durante uma viagem ao Japão. Em 2002, o petroleiro Prestige afundava-se ao largo da Galiza.Em 2003, era inaugurado o Estádio Municipal Magalhães Pessoa, em Leiria. Em 2005, o semanário Expresso noticiava a realização de escutas telefónicas, no âmbito do Caso Portucale, e a PGR “lamentava” mais uma violação do segredo de justiça. Na Cimeira Ibérica, Portugal assumia a conclusão do TGV Lisboa-Madrid até 2013. No mesmo dia, morria José Azevedo, de 80 anos, proprietário do Peter Café Sport, na Horta, Faial.Em 2006, Morria Francis Girod, de 62 anos, cineasta francês e ex-jornalista do semanário “Nouvel Observater”, dirigiu a actriz Romy Schneider em “A Banqueira”. Em 2007, o Tribunal da Relação de Lisboa dava razão a um hotel que despediu um cozinheiro infectado com VIH, considerando que ficou provado que há risco de transmissão do funcionário para os clientes, e morria a escritora húngara Magda Szabo, aos 90 anos. Romancista, dramaturga, ensaísta e poetisa, Magda Szabo começou a publicar antes da II Grande Guerra.Em 2008, os ministros da Agricultura alcançavam em Bruxelas um acordo político sobre o programa de distribuição gratuita de frutos e legumes nas escolas, que terá um co-financiamento europeu de 90 milhões de euros, sendo destinados a Portugal 1,8 milhões. Médicos europeus realizavam um transplante de traqueia com tecido do próprio paciente, eliminando a possibilidade de rejeição do órgão.

 

(Foto)



publicado por Jorge Ferreira às 08:17 | link do post | comentar

Quarta-feira, 18.11.09

Em 1626, a basílica de São Pedro, em Roma, era consagrada pelo Papa Urbano VIII. Em 1783, era criada, em Portugal, uma lotaria anual no valor de 360 mil cruzados. Em 1903, os EUA e o Panamá assinavam o acordo que concedia o direito de construção do canal entre os oceanos Atlântico e Pacífico, na América Central. Em 1929, Manuel Gonçalves Cerejeira era designado Cardeal Patriarca de Lisboa. Em 1978, suicidavam-se, na Guiana, os seguidores do reverendo Jones, da seita o Templo do Povo.Em 1993, na África do Sul, era aprovado o projecto de Constituição provisória que acabava com a política de “apartheid”. Em 1994, o parlamento da Finlândia ratificava a adesão do país à União Europeia.Em 2002, o Governo português impedia a entrada do petroleiro Prestige nas águas nacionais. No mesmo dia, morria o pintor Rolando Sá Nogueira, de 81 anos. Em 2003, morria o jornalista e crítico de cinema Manuel Pereira, 47 anos, editor da TV Guia. Em 2004, a equipa de comissários de Durão Barroso era eleita no Parlamento Europeu por 449 votos contra 149 e 82 abstenções. E a Rússia entregava os documentos de ratificação do Protocolo de Quioto.Em 2007, morria o professor Silveira Machado, uma das figuras marcantes da cultura portuguesa em Macau, aos 89 anos, no Hospital Conde de São Januário. Foi professor, fundador e jornalista do semanário católico O Clarim, comentador e autor.

(Manuel Gonçalves Cerejeira)



publicado por Jorge Ferreira às 12:42 | link do post | comentar

Terça-feira, 17.11.09

Em 1525, morria D. Leonor, fundadora das misericórdias em Portugal. Em 1717, era lançada a primeira pedra do convento de Mafra. Em 1800, o Congresso norte-americano reunia-se, pela primeira vez, em Washington DC. Em 1822, morria o escultor português Joaquim Machado de Castro.Em 1 903 os irmãos Wright concretizavam, na Carolina do Norte, o primeiro voo de uma aeronave com motor próprio. Em 1910, o Governo da I República tomava a marcha heróica “A Portuguesa”, de Alfredo Keil, para Hino Nacional. Em 1917, a actriz Amélia Rey Colaço estreava-se no teatro, na peça “Marianela”, no antigo Teatro de D. Amélia. Em 1951 é criada  a Fundação da União Zoófila.Em 1986, um comando da organização francesa de extrema esquerda Acção Directa assassinava a tiro, em Paris, o presidente da Renault, Georges Besse, 59 anos.Em 1989, morria o musicólogo português João de Freitas Branco, aos 67 anos. Na mesma data, a Roménia, num gesto sem precedentes, encerrava a fronteira com a Hungria. Em 1991, morria Gustave Husak, 78 anos, antigo presidente da Checoslováquia, que tomara o lugar de Dubcek após a liquidação da Primavera de Praga, em 1968, pelas forças de Moscovo.Em 1993, morria em Lisboa o escritor, ensaísta, crítico e professor Mário Dionísio. No mesmo dia, a Câmara dos Representantes dos EUA aprovava, com 234 votos contra 200, o acordo de comércio livre na América do Norte, NAFTA. Em 2000, morria o embaixador António Leite de Faria, aos 96 anos, e a Jugoslávia restabelecia relações diplomáticas com os EUA, Reino Unido, França e Alemanha, interrompidas desde 1999. Em 2004, a Alta Autoridade para a Comunicação Social concluía ter havido “pressão ilegítima” do ministro Rui Gomes da Silva no processo que culminara na saída de Marcelo Rebelo de Sousa da TVI. E o Conselho de Segurança da ONU prolongava a missão em Timor-Leste até 20 de Maio de 2005.Em 2005, Portugal assegurava, no Parlamento Europeu, em Estrasburgo, não ter havido voos de aparelhos da CIA em território português, "desde a tomada de posse” do XVII Governo. Em 2006, a Audiência Nacional espanhola condenava o etarra Belén Gonzalez Peñalva a 187 anos e oito meses de prisão pelo assassínio de três pessoas, em 12 de Julho de 1985 em Madrid. O Expresso, do grupo Impresa, era eleito o semanário europeu com o melhor design de 2006 na 8ª edição dos European Newspaper Design Awards, evento que distingue anualmente os melhores formatos da imprensa internacional. Morriam Ference Puskas Biro, aos 79 anos, futebolista húngaro, antiga estrela do Real Madrid, e Mário Sottomayor Cardia, com 65 anos, fundador do PS, ministro da Educação nos dois primeiros Governos constitucionais.

(Rainha D. Leonor)



publicado por Jorge Ferreira às 10:56 | link do post | comentar | ver comentários (2)

Segunda-feira, 16.11.09

Em 1869, era inaugurado o Canal do Suez. Em 1918, era proclamada a República da Hungria. Em 1933, eram publicadas as bases orgânicas da Acção Católica Portuguesa e, no mesmo dia, os EUA estabeleciam relações diplomáticas com a União Soviética. Em 1943, morria, num desastre de viação, o ministro português das Obras Públicas Duarte Pacheco Pereira. Em 1945, era constituída a UNESCO, organismo da ONU para a ciência e cultura. Em 1949, morria, em Coimbra, o poeta António Aleixo. Em 1959, estreava-se, na Broadway, o musical de Rodgers e Hammerstein, "Música no Coração". Em 1982, o vaivém espacial norte-americano Columbia, com a primeira tripulação de quatro elementos, aterrava na base aérea de Edwards, na Califórnia. Em 1983, morria a escritora brasileira Janete Clair, autora de algumas das mais populares telenovelas de então. Em 1985, era inaugurado o laboratório de fecundação “in vitro” e transferência de embriões do hospital da Universidade de Coimbra. Em 1986, os resultados das primeiras eleições nacionais livres em mais de 25 anos, no Brasil, confirmavam a vitória do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) de José Sarney. Em 1988, o Partido Popular Paquistanês, liderado por Benazir Bhuto, de 35 anos, vencia as eleições no país. Em 1989, Portugal assumia, pela primeira vez, a presidência do Conselho da Europa. Em 1993, António Champalimaud readquiria, por 185 milhões de euros (37 milhões de contos), 80 por cento do banco Pinto & Sotto Mayor. Em 1997, o governo chinês libertava Wei Jingsheng, o mais conhecido preso político da China. Em 2003, era inaugurado o Estádio do Dragão, no Porto. No mesmo dia, as eleições gerais na Catalunha, em Espanha, davam a vitória à coligação de esquerda Convergència I Unió.Em 2004, tomavam posse os governos regionais da Madeira e dos Açores. E Condoleezza Rice, conselheira nacional de Segurança dos EUA, sucedia a Colin Powell como secretária de Estado da Presidência de George W.Bush. No mesmo dia, os jornalistas Luís Marinho e José Alberto Carvalho eram nomeados director e director-adjunto de Informação da RTP, respectivamente. Em 2006, o governo aprovava a versão final de revisão do Código do Processo Penal. Era aprovada a Estratégia Nacional para o Mar e o Governo aprovava na generalidade a proposta de lei da televisão. O Parlamento Europeu aprovava o novo acordo de pescas entre a União Europeia e a Mauritânia, enquanto Portugal era reeleito para o Conselho da União Internacional das Telecomunicações. O Papa Bento XVI e a Cúria Romana reafirmavam os valores do celibato para os padres, rejeitando qualquer possibilidade de ordenação ou readmissão de sacerdotes casados. O governo do Zimbabué disponibilizava indemnizações a mais de um milhar de fazendeiros brancos por lhes terem sido retiradas as terras durante o processo de reforma agrária, iniciado em 2000, enquanto um juiz de Montevideu ordenava a prisão do antigo ditador uruguaio Juan Maria Bordaberry e do ex-ministro dos Negócios Estrangeiros do regime militar Juan Carlos Blanco, para serem julgados pelo assassínio de opositores em 1976. O Prémio Rómulo de Carvalho era atribuído ao professor catedrático Carlos Fiolhais, da Universidade de Coimbra. Morria Milton Friedman, com 94 anos, economista e escritor norte-americano, Nobel da Economia, mentor da Escola de Chicago, referência das políticas de desregulamentação, autor de “História Monetária dos Estados Unidos”, sobre a grande crise de 1929.

(Duarte Pacheco)



publicado por Jorge Ferreira às 06:06 | link do post | comentar

Sexta-feira, 13.11.09

Em 1460, morria o Infante D. Henrique. Em 1868, desaparecia o compositor italiano Gioacchino Rossini. Em 1945, Sukarno tornava-se presidente da Indonésia. Em 1974, morria o cineasta italiano Vittorio de Sica, realizador de "Ladrões de Bicicletas". Em 1984, o Governo polaco declarava ilegais os grupos de direitos humanos formados após o assassínio do padre Popieluszko. Em 1985, a erupção do vulcão Nevado del Ruiz, inactivo há mais de 400 anos, sepultava, com lama e detritos, quatro cidades da zona central da Colômbia, matando cerca de 25 mil pessoas. Em 1989, morria o Príncipe Franz Joseph II, do Liechtenstein, de 83 anos, responsável pela transformação do país numa das nações com um dos rendimentos "per capita" mais elevados do mundo. Em 1991, era inaugurada, em Lisboa, a exposição sobre Cassiano Branco, "o arquitecto do modernismo nacional". Em 1994, manifestações em Dili exigiam o fim da ocupação indonésia de Timor-Leste. Na mesma data, os suecos aprovavam, em referendo, a adesão à União Europeia. Em 1995, António Hespanha substituía Vasco da Graça Moura na presidência da Comissão dos Descobrimentos. Em 2001, as forças da Aliança do Norte tomavam Cabul e Herat, no Afeganistão. Em 2002, morria Juan "Pepe" Schiaffino, uruguaio, um dos melhores futebolistas de todos os tempos. No mesmo dia, na costa espanhola, a noroeste da Galiza, avariava-se o petroleiro Prestige. Em 2004, a violência chegava aos bairros suburbanos da Bélgica. Durante a madrugada foram detidas 50 pessoas e incendiadas várias dezenas de viaturas em diferentes cidades do país. Em 2006, o antigo primeiro-ministro Pedro Santana Lopes lançava o livro "Percepções e Realidade", sobre a crise política que culminou na queda do seu governo em Novembro de 2004. O "homem aranha" francês Alain Robert escalava os 140 metros da Torre Vasco da Gama, no Parque das Nações, em Lisboa, depois de ter corrido mundo a desafiar as autoridades com subidas clandestinas a arranha-céus. A União Europeia pronunciava-se contra o referendo do dia anterior na Ossétia do Sul que deu a vitória aos apoiantes da independência da região separatista da Geórgia. Em 2007, o ministro do Ambiente anunciava a criação de novos programas Polis, que deixam de limitar-se a zonas urbanas, destinando-se agora à requalificação de áreas no litoral, nomeadamente no Norte e rias Formosa e de Aveiro. Em 2008, o Governo aprovava a constituição da sociedade "Polis Litoral Ria de Aveiro", que vai investir cerca de cem milhões de euros na reconversão ambiental e urbanística através de uma operação integrada nesta região. Morria João Martins Pereira, engenheiro de formação, secretário de Estado da Indústria do 4º Governo provisório (no Governo de Vasco Gonçalves), pensador da esquerda portuguesa, ensaísta e autor de vários livros na área da economia industrial e da história da indústria e do capitalismo em Portugal, vítima de cancro. Também o actor Pedro Pinheiro, de 68 anos, que nos últimos anos foi um dos protagonistas da série televisiva “Os Malucos do Riso”, morria vítima de cancro. Morria o baterista inglês Mitch Mitchell, que integrou o famoso grupo de Jimi Hendrix na década de 1960. Mitchell foi encontrado morto no quarto de um hotel em Portland (Oregon), nos Estados Unidos. Conhecido pelo seu estilo vigoroso, Mitchell era o único sobrevivente da banda.

(Schiaffino)



publicado por Jorge Ferreira às 08:47 | link do post | comentar

Quinta-feira, 12.11.09

 

Em 1877, o explorador português Serpa Pinto iniciava a travessia do continente africano. Em 1918, era proclamada, em Viena, a República Austríaca. Em 1927, Leon Trotsky era expulso do Partido Comunista da União Soviética. Em 1948, o antigo primeiro-ministro japonês Hideki Tojo e outros dirigentes políticos eram condenados à morte, pelos crimes cometidos durante a II Guerra Mundial. Em 1956, o Sudão e a Tunísia entravam para a ONU. Em 1965, o Conselho de Segurança das Nações Unidas solicitava a todos os países o não reconhecimento da Rodésia, depois da sua declaração unilateral de independência. Em 1975, trabalhadores portugueses da construção civil, em greve, cercavam o Palácio de S. Bento, onde se encontrava reunido o VI Governo Provisório e os deputados à Assembleia Constituinte. Em 1982, o antigo chefe do KGB Yuri Andropov era nomeado sucessor de Leonid Brejnev, na URSS. Em 1985, Francisco Salgado Zenha, fundador e antigo número dois do PS, abandonava o partido. Em 1987, o quadro “Os Lírios”, de Vincent van Gogh, era leiloado, em Nova Yorque, por 49 milhões de dólares, o preço mais alto, até à data, de uma obra de arte. Em 1989, morria Dolores Ibarruri, “La Pasionaria”, presidente histórica do Partido Comunista Espanhol, resistente, combatente na Guerra Civil de Espanha. Em 1991, era o massacre do cemitério de Santa Cruz. Forças militares indonésias disparavam contra timorenses, matando várias dezenas de pessoas (vinte, segundo Jacarta, mais de uma centena, segundo familiares das vítimas), durante a homenagem fúnebre a um jovem abatido por soldados da força ocupante do território. Em 1995, Moçambique aderia, formalmente, à Commonwealth. Em 1997, no desfecho do caso da hemodiálise, do Hospital de Évora, o tribunal condenava um médico a três anos de prisão, por oito crimes de homicídio por negligência. Na mesma data, Theodore Kaczynski, “Unabomber”, ia a julgamento em Sacramento, Califórnia. Em 2001, morria o cavaleiro português Henrique Calado, com 81 anos. Em 2004, o Ministério Público italiano pedia oito anos de prisão para o primeiro-ministro Sílvio Berlusconi, pela prática de corrupção enquanto empresário, e a interdição de exercer cargos públicos. No mesmo dia, realizava-se o Funeral de Yasser Araft no Cairo e em Ramallah, na Cisjordânia. Em 2005, Paris declarava o estado de emergência para controlo da violência urbana. Em 2006, o compositor norte-americano Steve Reich estreava, em Portugal, na Casa da Música, a obra “Daniel Variations”, dedicada ao jornalista Daniel Pearl, assassinado em 2002, pela Al-Qaida, no Paquistão. O Conselho da Revolução do Fatah designava oficialmente o presidente da Autoridade Nacional Palestiniana, Mahmud Abbas, para suceder a Yasser Arafat na liderança do partido, enquanto os habitantes da Ossétia do Sul, região separatista da Geórgia, aprovavam a independência e reelegem o presidente Eduard Kokoiti. Tinha lugar a reunião do Congresso Mundial Judaico, em Paris, e morria Fernando Caiado, de 81 anos, antigo internacional de futebol. Em 2007, Li Weihong, de 39 anos, um dos mais antigos presos políticos chineses, era libertado depois de ter cumprido pena durante 18 anos pela participação nas manifestações a favor da democracia em Tiananmen em 1989. Morria em Nova Iorque o romancista norte-americano Ira Levin, autor de "A semente do diabo", aos 78 anos, vítima de ataque cardíaco.

(O cerco da Assembleia Constituinte, em 1975)



publicado por Jorge Ferreira às 11:11 | link do post | comentar

Terça-feira, 10.11.09

Em 1729, os árabes conquistavam Mombaça a Portugal. Em 1887, Lourenço Marques, actual Maputo, era elevada a cidade. Em 1928, Hirohito subia ao trono imperial do Japão. Em 1933, uma carta apostólica do Papa Pio XI institucionalizava a Acção Católica Portuguesa. Em 1969, estreava-se a Rua Sésamo, série pedagógica criada pela equipa de Jim Henson, na PBS, estação pública norte-americana de televisão. Em 1985, a lista de Adriano Moreira vencia as eleições para a direcção do CDS. Em 1988, o Reino Unido e o Irão reatavam relações diplomáticas. Em 1989, morria o actor português Barroso Lopes, de 82 anos, o “último dos grandes cómicos”, depois de Vasco Santana e António Silva. Na mesma data, o muro de Berlim, construído pela RDA no princípio dos anos 60, começava a ser derrubado por ordem das autoridades da Alemanha de Leste. Em 1994, o embaixador João Cutileiro era eleito Secretário-geral da União Europeia Ocidental. Em 1996, morria o bailarino Miguel Lyzarro. Em 1997, Kim Phuc, a menina norte-vietnamita imortalizada na fotografia de Nick Ut, a “Menina do Napalm”, em plena guerra do Vietname, era nomeada Embaixadora de Boa-vontade da Unesco para a Cultura da Paz. Em 2004, o Prémio Secil de Arquitectura era atribuído a Eduardo Souto Moura, pelo Estádio Municipal de Braga. Em 2005, No mesmo dia morria Joaquim Machado, com 81 anos, editor e livreiro, fundador da Livraria Almedina, em Coimbra (1955).Em 2006, ocorria o início do VIII Encontro Internacional de Partidos Comunistas e Operários, em Lisboa, com representações de 70 países. Era publicado no Diário da República o Aviso do Banco Portugal que obrigava os bancos a informar as regras dos arredondamentos e o número de dias do cálculo dos juros, nos contratos de crédito. A Junta de Governadores da Universidade de Santiago de Compostela, Galiza, aprovava por unanimidade a anulação do título de Doutor Honoris Causa concedido ao ditador espanhol Francisco Franco, em 1965. O sequestro de um autocarro, com 30 passageiros, no Rio de Janeiro, terminava ao fim de 10 horas, sem mortos nem feridos. Foi sequestro mais longo da história da cidade. O Sport Lisboa e Benfica entrava no Guinness Book of Records 2007 como clube com mais associados do Mundo, com os seus 160.392 sócios. Em 2007, começava a XVII Cimeira Ibero-Americana de chefes de Estado e de Governo dedicada à coesão social termina em Santiago do Chile, ensombrada por um incidente entre Hugo Chávez e o rei Juan Carlos de Espanha. O Rei Juan Carlos mandou calar o presidente da Venezuela, que voltou a chamar "fascista" ao ex-chefe de Governo José Maria Aznar. Morria o escritor norte-americano Norman Mailer, com 84 anos, em Nova Iorque, vítima de insuficiência renal. Mailer foi duas vezes vencedor do Prémio Pulitzer e ganhou cedo o epíteto de "enfant terrible". Em 2008, assumia funções a nova administração do Banco Português de Negócios (BPN), presidida por Francisco Bandeira, após a nacionalização da instituição e a demissão do anterior presidente, Miguel Cadilhe. A União Europeia aprovava o lançamento da primeira operação naval de sempre para lutar contra a pirataria ao largo da Somália e no golfo de Aden. Morria a cantora lírica Ana Lagoa, com 75 anos, na sua casa em Salzburgo, vítima de Alzheimer. A soprano obtivera a dupla nacionalidade, portuguesa e austríaca, por casamento.

(Hirhoito)



publicado por Jorge Ferreira às 07:25 | link do post | comentar

Segunda-feira, 09.11.09

Em 1882, França e Reino Unido assumiam o controlo do Egipto. Em 1923, Adolfo Hitler e os seus correligionários nazis levavam a violência a Munique. Em 1938, já no poder, destruíam sinagogas, lojas e habitações de judeus, por toda a Alemanha, naquela que ficou conhecida por Noite de Cristal. Em 1953, morria o escritor britânico Dylan Thomas, autor de “Retrato do Artista quando Jovem Cão”. Em 1958, dava-se o primeiro desastre na aviação comercial portuguesa, quando um hidroavião da companhia Artop, num voo entre Lisboa e o Funchal, se despenhou no mar com 37 pessoas a bordo. Em 1967, morria o cantor lírico português Tomás Alcaide. Em 1970, desaparecia o general De Gaulle, antigo presidente da França, herói da Resistência à ocupação nazi.Em 1975, o PS e PSD manifestavam-se no Terreiro do Paço, em Lisboa, em apoio ao VI Governo Provisório de Pinheiro de Azevedo. Em 1981, Portugal votava favoravelmente a resolução da IV Comissão das Nações Unidas, reafirmando o direito à independência de Timor-Leste. Em 1985, Garry Kasparov, de 22 anos, passava a ser o mais jovem campeão mundial de xadrez ao vencer a final do campeonato do mundo, em Moscovo, frente titular, Anatoly Karpov. Em 1989, a RDA aprovava a abertura total das fronteiras do país. Em 1991, morria o actor e cantor Yves Montand, com 70 anos. Em 1992, Diogo Freitas do Amaral, fundador e dirigente do CDS, abandonava o partido. Na mesma data, o presidente do Brasil, Collor de Mello, era acusado de 20 delitos graves, o que punha em causa a chefia do Estado brasileiro. Em 1996, os ministros da Energia da Argélia, Marrocos, Portugal e Espanha inauguravam, em Hassi R'Mel, na Argélia, a exploração do gasoduto Magrebe-Europa. Em 1998, morria o actor francês Jean Marais (Jean Villain), aos 84 anos. Em 2003, Manuel Monteiro era eleito presidente da Nova Democracia, no encerramento do Congresso fundador do partido. E o túnel das Amoreiras, em Lisboa, encerrava à circulação, para que começassem as obras do túnel do Marquês. O fecho, segundo a CML, estender-se-ia por um ano e três meses. Em 2004, o Ministério Público deduzia acusação sobre seis alunos da Escola Agrária de Santarém, pela prática de actos de violência nas praxes académicas. Em 2005, o Tribunal da Relação de Lisboa confirmava as conclusões do juiz de instrução do Processo Casa Pia e determinava a não pronúncia de Paulo Pedroso, Herman José e Francisco Alves, por não haver sequer indícios que sustentassem a prática dos crimes que lhes eram imputados. O Banco Mundial situava entre 640 e 850 milhões euros, a verba necessária à luta contra gripe das aves, no intervalo de três anos. Atentados em Amã, Jordânia, causavam 57 mortos e 115 feridos. Em 2006, era aprovado em Conselho de Ministros o decreto que criava a informação empresarial simplificada, medida que faz parte do Programa para a Simplificação Administrativa - Simplex. O Tribunal Gacaca de Huye, no Ruanda, condenava a religiosa católica Marie-Théopista Mukarubibi à pena máxima do país, 30 anos de prisão, por ter revelado o paradeiro de refugiados tutsi e anulado o tratamento de pacientes internados no Hospital Universitário, durante o genocídio de 1994. Os deputados eleitos pela Cidade do México aprovavam a “Lei da Sociedade de co-existência” que reconhece o casamento entre pessoas do mesmo sexo, na capital mexicana. A edição portuguesa do jornal Le Monde Diplomatique regressava às bancas, sob a direcção de Sandra Monteiro, numa edição da Cooperativa Outro Modo. Morriam Ed Bradley, de 65 anos, jornalista norte-americano, dos quadros da CBS e da equipa do programa 60 Minutos, e Markus Wolf, com 83 anos, espião da antiga Alemanha de Leste, personagem emblemática da Guerra-fria.Em 2007, o governo do Paquistão levantava a restrição de movimentos que tinha imposto à ex-primeira-ministra Benazir Bhutto, limitada à sua residência em Islamabad. Oposição acusa Musharraf de ter prendido 5.000 apoiantes de Benazir Bhutto. O cantor e autor da República Dominicana Juan Luís Guerra era o grande vencedor dos Grammys Latinos atribuídos em Las Vegas, ao arrebatar os cinco prémios para que estava nomeado. Mariza não arrecadou o Grammy Latino para o qual estava nomeada. Morria o ex-presidente da Venezuela Luis Herrera Campins, que dirigiu o país entre 1979 e 1984, com 82 anos, na sua residência em Caracas, onde recuperava de uma intervenção cirúrgica.

(Foto)



publicado por Jorge Ferreira às 14:56 | link do post | comentar

Domingo, 08.11.09

Em 1519, o conquistador espanhol Fernando Cortez chegava à cidade do México. Em 1793, o Museu do Louvre, em Paris, abria as portas ao público. Em 1860, morria o poeta romântico Soares de Passos. Em 1864, enquanto prosseguia a guerra civil norte-americana, Abraham Lincoln era eleito para o segundo mandato como Presidente dos EUA. Em 1917, na sequência da Revolução de Outubro, Lenine assumia a presidência do Conselho dos Comissários do Povo da União Soviética e Leon Trostky era nomeado primeiro-ministro. Em 1951, era inaugurado o Teatro Monumental de Lisboa. Em 1960, John F.Kennedy era eleito presidente dos EUA. Em 1983, era constituído o Clube dos Jornalistas portugueses. Em 1987, partia de Lisboa a nau Bartolomeu Dias, réplica da caravela que dobrou o Cabo das Tormentas, em 1488, com destino a Mossel Bay, na África do Sul, apostada em repetir a viagem do navegador português. Em 1988, o republicano George Bush, aos 64 anos, era eleito presidente dos EUA. Em 1989, demitia-se a direcção do Partido Comunista da RDA. Em 1991, o basquetebolista norte-americano “Magic” Johnson, de 32 anos, retirava-se do desporto por ser portador do vírus HIV. Em 1993, o Senado francês aprovava a redução da semana laboral para 32 horas. Em 1997, demitia-se o ministro português da Defesa e da Presidência de Conselho de Ministros, António Vitorino. Em 1998, um referendo sobre a Regionalização em Portugal dava a vitória ao “não”. Em 2000, o Orçamento do Estado era aprovado na generalidade, viabilizado pela abstenção do deputado do Daniel Campelo. Em 2006, o Nobel da Literatura húngaro Imre Kertész recebia o prémio para o entendimento germânico e europeu atribuído pela Deutsche Gesellschaft, associação alemã para a promoção das relações políticas, culturais e sociais na Europa, enquanto uma equipa de investigadores identificava uma nova estirpe do vírus da Sida em gorilas selvagens no Sul dos Camarões. O governo do Nepal e os rebeldes maoístas assinavam um acordo de paz.Em 2007, o PS aprovava sozinho, em votação final global, o novo sistema de gestão e avaliação do desempenho na Administração Pública, que estabelecia como níveis de avaliação o desempenho inadequado, adequado e relevante. O Governo aprovava ainda o decreto que define as regras da prova de acesso à carreira de professor, estabelecendo a realização de, pelo menos, dois exames para todos os candidatos a docentes. Em 2008, milhares de professores vindos de todo o país enchiam o Terreiro do Paço em Lisboa, numa manifestação para exigir a suspensão do modelo de avaliação de desempenho proposto pelo governo.

(Foto)



publicado por Jorge Ferreira às 06:50 | link do post | comentar

Sábado, 07.11.09

Em 1917, o Partido Bolchevique, liderado por Lenine, derrubava o Governo de Kerensky, tomando o poder na Rússia. Em 1929, abria ao público o Museu de Arte Moderna de Nova Iorque. Em 1972, a Alemanha Federal e a Alemanha Democrática anunciavam o estabelecimento de relações formais, depois de 23 anos de separação. Em 1975, o centro emissor da Rádio Renascença, na Buraca, em Lisboa, era destruído por uma bomba. Em 1977, era assinado o tratado Torrijos-Carter sobre o Canal do Panamá. Em 1980, morria o actor norte-americano Steve McQueen. Em 1984, o presidente norte-americano Ronald Reagan era reeleito para o segundo mandato, obtendo a vitória em 49 dos 50 estados, o mais espectacular triunfo na história das eleições presidenciais norte-americanas. Em 1987, o Hospital de Santa Cruz, em Lisboa, colocava, pela primeira vez, um coração artificial num doente cardíaco.Em 1990, morria o escritor britânico Lawrence Durrel, de 78 anos. Em 1996, um incêndio destruía o último andar e a cúpula do edifício da Câmara Municipal de Lisboa. Em 2000, George W.Bush vencia as eleições presidenciais nos EUA, no Colégio Eleitoral, apesar de o democrata Al Gore conquistar mais votos populares no conjunto do país. O apuramento dos resultados finais no estado da Florida, no entanto, estendeu-se durante um mês. Hillary Clinton era eleita senadora pelo Estado de Nova Iorque. Em 2002, o presidente da República Portuguesa, Jorge Sampaio, vetava a Lei que autorizava a instalação de um casino no Parque Mayer, em Lisboa. Na mesma data, era lançado O Correio de Timor, o primeiro jornal em língua portuguesa de Timor-Leste, desde 1975. Em 2003, os governos português e espanhol anunciam a data de 20 de Abril para a entrada em vigor do Mercado Ibérico de Electricidade. Em 2006, o muçulmano britânico Dhiren Barot, britânico convertido ao islamismo e considerado um dos braços direitos de Osama Bin Laden no Reino Unido, acusado de planear vários atentados nos EUA e na Grã-Bretanha, era condenado a prisão perpétua por um tribunal de Londres. O Panamá era eleito membro não permanente do Conselho de Segurança da ONU. Morria Jean Jacques Servan.Schreiber, de 82 anos, jornalista e político francês, fundador do semanário L´Express. Em 2007, a operação de separação (spin-off) da PT Multimédia do grupo Portugal Telecom (PT) concretizava-se, transformando a empresa presidida por Rodrigo Costa num dos principais operadores de comunicações em Portugal e no principal rival da sua antiga "casa-mãe". Na Finlândia, oito pessoas morriam e 11 ficavam feridas num tiroteio ocorrido numa escola em Tuusula, cerca de 40 quilómetros a norte de Helsínquia. O autor dos disparos, um jovem de 18 anos, suicida-se. Uma equipa de mais de 30 cirurgiões indianos operava, com êxito, uma menina indiana de 2 anos que nascera com quatro braços e quatro pernas. Em 2008, o Tribunal de Felgueiras condenava a presidente da Câmara local, Fátima Felgueiras, a três anos e três meses de prisão com pena suspensa por igual período, decretando ainda a perda de mandato da autarca. Fátima Felgueiras é condenada pelos crimes de abuso de poder, peculato e peculato de uso.

 

(MOMA)



publicado por Jorge Ferreira às 10:20 | link do post | comentar

Sexta-feira, 06.11.09

Em 1772 o Marquês de Pombal promulgava a Carta de Lei que oficializava o ensino primário em Portugal. Em 1860, Abraham Lincoln era eleito 16º presidente dos EUA. Em 1921, o Teatro Ginásio de Lisboa era destruído por um incêndio. Em 1929, morria, em Lisboa, o pintor Columbano Bordalo Pinheiro. Em 1936, começava o cerco de Madrid, pelas forças falangistas de Francisco Franco. Em 1952, os EUA faziam explodir, no atol de Eniwetok, no Pacífico Sul, a primeira bomba de hidrogénio. Em 1956, Dwight Eisenhower era reeleito presidente dos EUA. Em 1984, era a vez de Ronald Reagan. Em 1985, tomava posse o X Governo Constitucional, o primeiro de Cavaco Silva.Em 1988, Vítor Constâncio formalizava a demissão de secretário-geral do PS. Em 1990, morria o actor português Carlos Wallenstein, de 64 anos. No ano seguinte, Robert Gates era confirmado director da CIA pelo senado dos EUA. Em 2000, morria o diplomata e romancista francês Alain Peyrefitte, de 93 anos. Em 2002, começava, em Lisboa, a demolição do Estádio José de Alvalade, inaugurado a 10 de Junho de 1956.Em 2003, o grupo têxtil Melka encerrava as duas últimas empresas em Portugal, deixando no desemprego 308 trabalhadores. No mesmo dia, era apresentada a auditoria da Inspecção-Geral de Finanças às contas do antigo Fundo de Defesa Militar do Ultramar. Em 2006, Morria Bulent Ecevite, com 81 anos, antigo primeiro-ministro turco. Em 2007, o primeiro-ministro anunciava a ampliação dos cuidados do Serviço Nacional de Saúde, que integrará pela primeira vez programa oposição, o novo Estatuto do Aluno, que permite que os estudantes passem de ano sem frequentar as aulas, desde que sejam aprovados nas provas de recuperação.Em 2008, cerca de 2.000 sindicalistas da CGTP desfilavam até à Assembleia da Republica para manifestar o seu repúdio pelo Código do Trabalho. Paul McCartney e Barak Obama eram as estrelas na entrega dos Prémios Europeus de Música da MTv, em Liverpool, Reino Unido, uma cerimónia em que a cantora Britney Spears e os 30 Seconds to Mars recolheram o maior número de prémios. A MTV atribuiu a título excepcional o prémio "Lenda da música" a Paul McCartney, que com os Beatles colocou Liverpool no centro do mapa da música pop rock a partir dos anos 1960. Morria o pintor Raul da Costa Camelo, de 84 anos, em Paris, onde vivia desde 1950.

(A propósito de governos minoritários)



publicado por Jorge Ferreira às 06:18 | link do post | comentar

Quinta-feira, 05.11.09

Em 1605, era descoberta a Conspiração da Pólvora, de Guy Fawkes contra o Parlamento inglês. Em 1733, o editor John Peter Zenger, de origem alemã, lançava The New York Weekly Journal. Em 1889, morria o poeta português Henrique O'Neil. Em 1912, o democrata Woodrow Wilson era eleito presidente dos EUA. Em 1930, era posta no ar a primeira emissão comercial de televisão, na América do Norte. Em 1940, Franklin Roosevelt era reeleito presidente dos EUA. Em 1970, o Vaticano publicava o documento que reformava a Missa Católica Romana. Em 1987, Govan Mbeki, de 77 anos, dirigente veterano do Congresso Nacional Africano (ANC) era libertado após 23 anos de prisão na África do Sul. Em 1988, na zona económica chinesa de Zuhai, era assinada a primeira “joint-venture” sino-portuguesa. Em 1989, morria o pianista russo Vladimir Horowitz, de 85 anos. Em 1990, a CEE rejeitava, em bloco, negociações com Bagdad sobre a questão dos reféns ocidentais no Iraque. Em 1991, o escritor José Cardoso Pires ganhava, pelo conjunto da sua obra, o Prémio Literário União Latina. Em 1995, Eduard Chevardnaze vencia as eleições presidenciais na Georgia. Em 1996, Bill Clinton era reeleito presidente dos EUA. Em 1998, morria Fernando Brochado Coelho, de 64 anos, advogado e fundador do PSD. Em 2001, a Assembleia da República aprovava a Lei da Programação Militar. Em 2003, morria José Dias Bravo, de 68 anos, antigo vice-Procurador-Geral da República e juiz conselheiro do Supremo Tribunal de Justiça.Em 2004, o plano do comissário europeu António Vitorino para as políticas de imigração e de asilo era adoptado pela União Europeia. E o Supremo Tribunal da Indonésia anulava a pena de prisão a que fora condenado o último governador de Timor-Leste Abílio Osório Soares.Em 2005, morria John Fowles, de 79 anos, escritor britânico, autor de "A Amante do Tenente Francês". Em 2006, terminava em Montevideu a XVI Cimeira Ibero-Americana, com a aprovação de uma declaração final sobre migrações que criticava a decisão dos Estados Unidos de construir um muro na fronteira com o México. O antigo líder da Frente Sandinista de Libertação Nacional e ex-presidente Daniel Ortega era eleito, à primeira volta, presidente da Nicarágua, vencendo o candidato apoiado pelos Estados Unidos. O antigo presidente iraquiano Saddam Hussein era condenado à morte por enforcamento, por crimes contra a humanidade, pelo massacre de 148 aldeões xiitas de Doujail, em 1982. Em 2007, o Supremo Tribunal Administrativo dava luz verde à co-incineração na cimenteira de Souselas, em Coimbra, contrariando as decisões do Tribunal Central Administrativo do Norte e do Tribunal Administrativo e Fiscal de Coimbra. Em 2008, Barack Obama era eleito Presidente dos Estados Unidos com 52% do voto popular, contra 46% para o seu adversário republicano John McCain. Tornava-se assim no primeiro presidente negro dos EUA. O estado norte-americano da Califórnia anunciava a aprovação em referendo da interdição do casamento homossexual, apenas meses depois de uma iniciativa inicial de legalização. Morria a actriz Milú, que ficou popularizada no cinema como a Luisinha de "O Costa do Castelo", em Cascais aos 82 anos na sequência de uma infecção respiratória. Morria o escritor norte-americano Michael Crichton, autor de mais de uma dezena de"best-sellers", entre os quais "Parque Jurássico", "Congo" e "O mundo perdido", aos 66 anos em Los Angeles. Crichton, que vendeu mais de 150 milhões de exemplares das suas obras, sofria de cancro.

(Milú)



publicado por Jorge Ferreira às 13:44 | link do post | comentar

Quarta-feira, 04.11.09

Em 1877, era inaugurada a ponte ferroviária D. Maria II, no Porto. Em 1922, era descoberta a entrada para o sepulcro do Faraó Tutankhamon, no Egipto. Em 1952, Dwight Eisenhower era eleito presidente dos EUA. Em 1956, forças soviéticas atacavam a cidade de Budapeste. Em 1975, os EUA encerravam a missão diplomática em Angola, com o início dos confrontos entre os três movimentos de libertação rivais. Em 1976, o Reino Unido propunha a independência da Rodésia, sob um governo de maioria negra. Em 1979, estudantes muçulmanos cercavam a embaixada dos EUA em Teerão e tomavam 62 funcionários por reféns. Em 1989, milhares de alemães de Leste, que se encontravam na Checoslováquia, rumavam ao Ocidente. Em 1992, terminada a contagem dos votos, Bill Clinton vencia as eleições presidenciais norte-americanas. Dois anos depois, o líder do partido gaulista francês (RPR), Jacques Chirac, anunciava a candidatura às presidenciais. Em 1995, um extremista judeu assassinava o primeiro-ministro israelita Yitzhak Rabin. Em 2001, morria o pintor português Luís Pinto Coelho, de 59 anos. Em 2003, morria a escritora Rachel de Queiroz, de 92 anos, a primeira mulher na Academia Brasileira de Letras. Em 2004, morria Jacinto Ramos, actor e encenador, aos 87 anos, ex-director do CITAC e pioneiro na divulgação da grande dramaturgia do século XX, em particular através do trabalho da Sociedade Guilherme Cossul, onde fez a estreia nacional das peças de Harold Pinter, Nobel da Literatura em 2005. Em 2005, Manuel Alegre apresentava o manifesto de candidatura à Presidência da República. E o Museu Virtual do Cartoon abria na Internet. Em 2006, Katharine Jefferts Schori, bispo da diocese de Nevada, era entronizada a primeira mulher primaz da Igreja Episcopal norte-americana, na Catedral Nacional de Washington. A fadista Maria da Fé era distinguida com o Prémio para a Melhor Intérprete Feminina de 2006 pela Fundação Amália Rodrigues. O Prémio Amália Rodrigues de Ensaio e Divulgação era atribuído ao musicólogo Rui Vieira Nery, autor de “Para uma história do fado”. Em 2007, milhares de simpatizantes de Hugo Chávez saíam às ruas de Caracas para manifestar apoio à reforma de 69 artigos da Constituição venezuelana, que passará a permitir que o Presidente se recandidate ao cargo quantas vezes quiser. A múmia de Tutankamon era retirada do seu túmulo em Luxor e o seu rosto revelado pela primeira vez na história. Em 2008, morria o matador de toiros português retirado, Joaquim Marques, aos 80 anos, em Sesimbra, após doença prolongada. Joaquim Casimiro Marques tomou a alternativa de matador de toiros na cidade mexicana de León, a 13 de Março de 1955, concedida pelo português Diamantino Vizeu, com o testemunho do mexicano Luís Solano.

(Foto)



publicado por Jorge Ferreira às 17:23 | link do post | comentar

Terça-feira, 03.11.09

Em 1903, o Panamá tornava-se independente, separando-se da Colômbia. Em 1957, a URSS lançava para o espaço o satélite artificial Sputnik II, com a cadela Laika a bordo. Em 1970, Salvador Allende assumia a Presidência do Chile, para a qual fora eleito.Em 1983, eram abertos à iniciativa privada os sectores portugueses da banca, seguros, adubos e cimentos. Em 1984, o corpo da primeira-ministra indiana Indira Gandhi era cremado em Nova Deli. No mesmo dia, em Varsóvia, cerca de 2.500 simpatizantes do Solidariedade desfilavam pelas ruas da capital polaca, depois do funeral do padre Popieluszko.Em 1985, dois agentes secretos franceses, detidos na Nova Zelândia, confessavam-se culpados de homicídio involuntário e sabotagem, no atentado contra o navio Rainbow Warrior, da organização ecologista Greenpeace. No atentado, morrera um repórter fotográfico português, colaborador da organização.Em 1989, o Partido Social Democrata húngaro iniciava, em Budapeste, o primeiro congresso em 42 anos. Em 1994, era inaugurado em Lisboa o Museu da Fundação Arpad Szenes-Vieira da Silva. Em 1998, morria o norte-americano Bob Kane, 83 anos, autor da banda desenhada Batman. Em 2004, a reabertura do túnel ferroviário do Rossio, em Lisboa, ficava marcada para o Verão de 2006. E Hamid Karzai era declarado vencedor das eleições presidenciais no Afeganistão. Em 2006, a Microsoft e a Polícia Judiciária assinavam um protocolo de cooperação na luta contra o crime informático e a promoção da segurança na Internet. O sérvio bósnio Marko Samardzija, de 70 anos, era condenado a 26 anos de prisão pela participação em crimes de guerra cometidos contra a população muçulmana durante a guerra da Bósnia de 1992-1995. O actor Tom Cruise, Paula Wagner e a Metro-Goldwyn-Mayer assumiam o controlo dos estúdios de cinema da United Artists, fundados há 85 anos por Charlie Chaplin, Mary Pickford e D. W. Griffith. Morria Paul Mauriat, de 81 anos, maestro francês.

(Foto)



publicado por Jorge Ferreira às 13:39 | link do post | comentar

Segunda-feira, 02.11.09

Em 1917, era publicada a Declaração Balfour sobre a Palestina. Em 1930, a empresa DuPont apresentava a primeira borracha sintética. Em 1950, morria o escritor e dramaturgo irlandês George Bernard Shaw, autor de “Pigmaleão” e “A Outra Ilha de John Bull”. Em 1954, morria o pintor francês Henri Matisse. Em 1956, a Hungria renunciava ao Pacto de Varsóvia e pedia ajuda às Nações Unidas para enfrentar a invasão soviética, o que foi vetado pela URSS, no Conselho de Segurança. Em 1962, o presidente dos EUA, John Kennedy, anunciava o termo da crise dos mísseis de Cuba.Em 1975, era assassinado o realizador italiano Pier Paolo Pasolini. Em 1976, era empossada a Comissão Constitucional, presidida por Melo Antunes. Em 1982, entrava em funcionamento a Agência NP - Notícias de Portugal. Em 1983, o Diário da República publicava o Decreto-lei que veio regulamentar o “lay-off”, suspensão do contrato de trabalho e redução temporária dos períodos normais de trabalho. Em 1985, a atleta portuguesa Aurora Cunha conquistava em Gateshead, Inglaterra, o Campeonato do Mundo de estrada. Em 1989, os presidentes dos países lusófonos, reunidos no Brasil, assinavam o acto constitutivo do Instituto Internacional de Língua Portuguesa. Em 1996, na Irlanda, reunia-se a convenção do IRA, pela primeira vez em dez anos.Em 1997, um temporal provocava inundações e elevados prejuízos na região de Lisboa. Em 1998, o furacão Mitch devastava a Nicarágua e as Honduras, causando a morte a cerca de dez mil pessoas. Em 2004, o republicano George W. Bush era reeleito para a Presidência dos EUA. No mesmo dia, era assassinado o cineasta holandês Theo van Gogh, numa rua de Amesterdão.Em 2005, Portugal e Moçambique chegavam a acordo sobre a entrega do controlo da gestão da barragem de Cahora Bassa ao país africano. Na Guiné-Bissau, tomava posse Aristides Gomes como 12º primeiro-ministro, desde a independência, em 1973. No mesmo dia, a fadista Mariza era nomeada Melhor Artista de World Music pela BBC 3, repetindo a distinção de 2003. E a Nasa anunciava a descoberta de duas luas de Plutão. Em 2006, o Tribunal Administrativo e Fiscal de Braga dava razão aos moradores do "prédio Coutinho", em Viana do Castelo, suspendendo a eficácia da declaração de utilidade pública que permitia a expropriação e demolição do edifício. Em 2007, mais de 70 países apoiavam um projecto de resolução na Assembleia-geral da ONU apelando a uma moratória sobre as execuções, com o objectivo de abolir totalmente a pena de morte. Morria o dramaturgo Alexandre Babo, de 91 anos, um dos fundadores do Teatro Experimental do Porto. Em 2008, eram abertos seis processos de contra-ordenação ao Banco Português de Negócios, na sequência da descoberta, em Junho, de operações clandestinas. O inglês Lewis Hamilton (McLaren-Mercedes) tornava-se o mais jovem campeão mundial da história da fórmula 1, ao terminar no quinto lugar o Grande Prémio do Brasil, em Interlagos, última prova do Mundial de 2008, enquanto o francês Sébastien Loeb (Citroën C4) garantia o seu quinto título consecutivo de campeão mundial graças ao terceiro lugar obtido no Rali do Japão.

(Matisse)



publicado por Jorge Ferreira às 19:22 | link do post | comentar

Domingo, 01.11.09

Em 1 de Novembro de 1755, um sismo seguido de maremoto destruía Lisboa, causando a morte a cerca de 60 mil dos seus 191 mil habitantes. Três séculos antes, em 1431, morria D. Nuno Álvares Pereira. Em 1509, os frescos de Miguel Ângelo, no tecto da Capela Sistina do Vaticano, eram exibidos pela primeira vez. Nesta data, em 1920, a sede da Liga das Nações era transferida de Londres para Genebra. Em 1922, era abolido o sultanato na Turquia. Em 1936, Benito Mussolini proclamava o Eixo Roma - Berlim. Em 1945, as autoridades britânicas admitiam o suicídio do dirigente nazi Adolfo Hitler. Em 1946, Karol Wojtyla, futuro João Paulo II, era ordenado padre. Em 1952, os EUA faziam explodir a primeira bomba de hidrogénio, nas Ilhas Marshall. Em 1959, o líder do Movimento Nacional Congolês Patrice Lumumba era preso pelas forças do exército colonial belga. Nos EUA, em 1960, John F. Kennedy vencia as eleições presidenciais.Em 1962, a URSS lançava a primeira nave espacial com destino a Marte. Em 1979, na Bolívia, era derrubando o Presidente Walter Guevara Arze, no poder desde Agosto. Em 1988, o Partido Likud, do primeiro-ministro Yitzhak Shamir, vencia as eleições em Israel. Em 1992, morria Eugénio Salvador, de 84 anos, actor do teatro português de revista.Em 1993, entrava em vigor o Tratado de Maastricht da União Europeia, ratificado em 1991. Em 1995, o Congresso Nacional Africano vencia as primeiras eleições multiraciais na África do sul. Em 2001, morria o advogado Manuel João da Palma Carlos, de 86 anos. Em 2004, o diário britânico The Times adoptava o formato tablóide depois de 216 anos em “broadsheet”. Em 2007, os Da Weasel eram eleitos a melhor banda portuguesa de 2007 pelos espectadores da MTV Portugal, na 14/a entrega de Prémios Europeus de Música da MTV Europa, cuja cerimónia decorreu em Munique e foi dominada pelas mulheres, com Nelly Furtado, Avril Lavigne, Rihanna e Amy Winehouse entre as vencedoras. A tenista suíça Martina Hingis, antiga número um do mundo, anunciava que ia pôr fim à carreira desportiva, depois de suspeitas de doping na última edição de Wimbledon. Morria Paul Tibbets, o norte-americano que largou a bomba atómica sobre Hiroshima, em 1945, com 92 anos. Em 2008, morriam o humorista e comediante português Badaró, aos 75 anos vítima de cancro, e também Zoila Augusta Emperatriz Chavarri del Castillo, a soprano peruana conhecida como Yma Súmac que se dizia princesa inca, aos 86 anos em consequência de um cancro no cólon, em Los Angeles, Califórnia.

 

(Foto)



publicado por Jorge Ferreira às 16:46 | link do post | comentar

Sábado, 31.10.09

Nesta data, em 1517, Martinho Lutero dava início à reforma protestante na Alemanha, afixando, na porta da Igreja de Wittenberg, as teses contra os abusos e práticas da Igreja de Roma. Em 1887, era inaugurado o novo porto de Lisboa. Em 1896, nascia o maestro português Pedro de Freitas Branco. Em 1929, morriam os políticos portugueses José Relvas e António José de Almeida, nome-chave do Movimento Republicano, antigo Presidente da República, fundador do jornal República. Em 1983, o candidato do Partido Radical argentino, Raul Alfonsin, vencia as eleições gerais. Em 1984, a primeira-ministra indiana, Indira Gandhi, era assassinada, em Nova Deli. Em 1993, morria o cineasta italiano Frederico Fellini, 73 anos. Em 1997, Vale e Azevedo vencia as eleições no Benfica. Em 2003, a japonesa Kamato Hongo, de 116 anos, que se acreditava ser a pessoa mais velha do mundo, morria em Kagoshima. Em 2005, começava a ser emitido o Documento Único Automóvel. No mesmo dia, nascia Leonor, princesa de Espanha. Em 2006, o primeiro-ministro português, José Sócrates, e o presidente moçambicano, Armando Guebuza, assinavam o acordo de transferência do capital da Hidroeléctrica de Cahora Bassa, pondo fim a mais de 30 anos de negociações. Morriam Josué Martins Romão, de 88 anos, militante comunista, preso durante 16 anos no Tarrafal, em Cabo Verde, depois de ter participado na Revolta dos Marinheiros de Setembro de 1936; Bruno Carvalho, 31 anos, alpinista, que integrava a expedição à montanha Shisha Pangma, no Tibete; e Pieter W. Botha, 90 anos, antigo presidente da África do Sul, durante o regime do apartheid. Em 2007, o Governo aprovava uma proposta para facilitar os pedidos de reforma antecipada pelos trabalhadores da administração pública, que poderão solicitá-la em 2008 se tiverem 33 anos de serviço, ou 65 anos de idade e 15 de serviço. A Audiência Nacional espanhola condenava a cerca de 40 mil anos de prisão três dos oito principais acusados dos atentados de 11 de Março de 2004, que causaram 191 mortos e 1.841 feridos.

(Lutero)



publicado por Jorge Ferreira às 13:21 | link do post | comentar

Sexta-feira, 30.10.09

Em 1823 morria o inventor do tear a vapor, o inglês Edmund Cartwright. Em 1910, morria o fundador da Cruz Vermelha, o suíço Jean Henri Dunat, primeiro Prémio Nobel da Paz, em 1901. Em 1911, o jovem imperador da China de cinco anos, Pu-Yi, jurava a Constituição que marcou o fim do domínio Manchu. Em 1928, no Reino Unido, começavam as transmissões experimentais de televisão. Em 1938, Orson Welles transmitia a versão radiofónica da "Guerra dos Mundos", de H G Wells. Em 1954, era inaugurada a Ponte de Stª Clara, em Coimbra. Em 1956, morria o escritor espanhol Pio Baroja. Em 1975, em Espanha, Juan Carlos assumia interinamente a chefia do Estado espanhol. Em 1980, morria o actor português Barreto Poeira. Em 1987, o Reino Unido vendia a British Petroleum, a mais importante privatização verificada até então. Em 1995, o referendo sobre a independência do Quebeque, no Canadá, dava a vitória aos federalistas. Em 2003, morriam dois cantores líricos, o tenor português Carlos Jorge, de 81 anos, nome marcante do Teatro de São Carlos, e o tenor italiano Franco Corelli, aos 82 anos, uma das mais importantes vozes do século XX. Em Espanha, morria o escritor Joan Perucho, de 82 anos, autor de "Histórias Naturais". Em 2006, o antigo ditador chileno Augusto Pinochet era colocado em prisão domiciliária, acusado de tortura e desaparecimento de pessoas durante o regime militar (1973-1990).

(Orson Wells)

 



publicado por Jorge Ferreira às 13:56 | link do post | comentar

Quinta-feira, 29.10.09

Nesta data, em 1863, era fundada a Cruz Vermelha, por iniciativa de Henri Dunant, primeiro Prémio Nobel da Paz (1901). Em 1888, era assinada, em Constantinopla, a Convenção do Canal do Suez. Em 1911, morria o jornalista norte-americano Joseph Pulitzer. Em 1923, era proclamada a República da Turquia. Em 1936, as autoridades portuguesas colocavam em funcionamento o campo de concentração do Tarrafal, em Cabo Verde, com a chegada dos primeiros 150 presos políticos. Em 1956, tropas israelitas invadiam a Península do Sinai. Em 1962, os EUA levantavam o bloqueio a Cuba. Em 1963, começava o julgamento de Nelson Mandela na África do Sul. Em 1969, era enviada a primeira mensagem de correio electrónico entre dois computadores (e-mail em rede) situados em locais distantes. Em 1983, Lisboa juntava-se às manifestações europeias de protesto pela instalação de novas armas nucleares na Europa Ocidental. Em 1985, o dirigente do PSD, Aníbal Cavaco Silva, era convidado a formar o X Governo Constitucional. Em 1989, o Partido Socialista Operário Espanhol, de Felipe Gonzalez, mantinha a maioria absoluta nas eleições nacionais. Em 2003, era inaugurado o Estádio Cidade de Coimbra, com o jogo Académica - Benfica. Em 2004, a acta final e o Tratado Constitucional da União Europeia eram assinados em Roma pelos chefes de Estado e de Governo dos 25 países. Em 2005, realizava-se uma manifestação de pesar em Seine-Saint-Denis, pela morte acidental de dois adolescentes em Clichy-sous-Bois, nos arredores de Paris, durante uma perseguição policial. Em 2006, Luiz Inácio Lula da Silva era reeleito presidente do Brasil, com 60,83% dos votos, na segunda volta das eleições presidenciais, enquanto os sérvios aprovavam em referendo a Constituição que consagrava a integração do Kosovo, de maioria albanesa, no país.Em 2007, os portugueses elegiam a declaração de impostos pela Internet e as Lojas do Cidadão como as medidas mais relevantes entre as adoptadas pela administração pública nos últimos anos, segundo um estudo que revelava também que os portugueses acham que há demasiados funcionários públicos.

(Foto)



publicado por Jorge Ferreira às 12:17 | link do post | comentar

Quarta-feira, 28.10.09

Em 1856, era inaugurado o primeiro troço de caminho-de-ferro entre Lisboa e o Carregado. Em 1918, era fundada a República da Checoslováquia. Em 1919, começava a chamada Lei Seca, proibição de venda de bebidas alcoólicas, nos EUA. Em 1922, os fascistas italianos de Benito Mussolini tomavam o poder. Em 1954, o Prémio Nobel da Literatura era atribuído ao norte-americano Ernest Hemingway. Em 1958, começava o pontificado de João XXIII. Em 1962, o líder soviético Nikita Krutschev anunciava a retirada dos mísseis soviéticos de Cuba. Em 1971, a Câmara dos Comuns votava a favor da entrada do Reino Unido na CEE. Em 1983, abria a Estação Zootécnica Nacional, em Santarém e os EUA vetavam a resolução da ONU que condenava a invasão de Granada. Em 1989, elementos da extrema-direita portuguesa assassinavam, em Lisboa, o dirigente do PSR José Conceição Carvalho. Em 1995, tomava posse o XIII Governo Constitucional, o primeiro liderado por António Guterres. Em 2000, a Liga Democrática vencia as primeiras eleições na província sérvia do Kosovo. Em 2007, Cristina Kirchner, mulher do presidente cessante da Argentina, Nestor Kirchner, e candidata favorita às presidenciais, era eleita presidente à primeira volta, com 44,8%, tornando-se na primeira mulher eleita presidente da Argentina. Morria o activista chinês pró-democracia Bao Zunxin, um dos líderes das manifestações de Tiananmen em 1989, de doença, aos 70 anos. Em 2008, o relatório final do inquérito ao último acidente na Linha do Tua apontava "defeitos grosseiros" na via-férrea e anomalias na automotora que conjugados terão originado o descarrilamento a 22 de Agosto. Diego Maradona era nomeado seleccionador da Argentina.

(Cristina Kirchner)



publicado por Jorge Ferreira às 15:24 | link do post | comentar

Terça-feira, 27.10.09

Em 2 de Outubro de 1920, a Liga das Nações transferia a sede de Londres para Genebra. Em 1922, um referendo na Rodésia rejeitava a união com a África do Sul. Em 1931, o compositor português Fernando Lopes Graça era preso pela polícia política da Ditadura. Em 1936, o químico Arnold Beckman recebia a patente do medidor de pH, factor que identifica o carácter ácido ou alcalino de uma substância. Em 1949, o Prémio Nobel da Medicina era atribuído ao professor e investigador português Egas Moniz. Em 1951, o Egipto revogava a aliança de 1936 com o Reino Unido e anulava, simultaneamente, o acordo de 1899 sobre o Sudão. Em 1971, a República Democrática do Congo mudava o nome para Zaire.Em 1978, o Prémio Nobel da Paz era atribuído ao presidente egípcio Anwar Sadat e ao primeiro-ministro israelita Menachem Begin. Em 1988, Vítor Constâncio demitia-se da liderança do PS. Em 1990, morria o actor italiano Ugo Tognazzi, de 59 anos. No ano de 1991, realizavam-se as primeiras eleições legislativas livres na Polónia desde 1936. Em 1994, tinham lugar as eleições presidenciais e legislativas de Moçambique, as primeiras do país. Em 2002, Luís Inácio Lula da Silva era eleito para a Presidência do Brasil. Em 2003, o Ministério da Agricultura apresentava o relatório final da crise dos nitrofuranos, anunciando a abertura de 176 processos. Em 2004, Durão Barroso retirava a lista de comissários que apresentara ao Parlamento Europeu, perante a iminência da derrota, requerendo um mês para remodelar a proposta. Em 2005, dois adolescentes em fuga da polícia francesa morriam electrocutados nas instalações da central de energia de Clichy-sous-Bois, nos arredores de Paris. Verificaram-se então os primeiros levantamentos no bairro dos subúrbios da capital francesa, que iriam marcar o mês de Novembro. No mesmo dia, em Lisboa, o Tribunal da Relação dava provimento ao recurso do jornalista Manso Preto, absolvendo-o do crime de desobediência, a que fora condenado por se recusar a revelar fontes. E Cavaco Silva apresentava as linhas de orientação da candidatura à Presidência da República.

Em 2006, o Governo decidia reduzir as transferências orçamentais para a Madeira, nos cinco anos seguintes, por ter sido apurado um défice adicional nas contas da região em 2005. Luís Filipe Vieira era reeleito presidente do Sport Lisboa e Benfica. O ex-presidente Vale e Azevedo era condenado, em cúmulo jurídico, a sete anos e meio de prisão por falsificação de documentos e burla qualificada, no processo que envolvia a família Dantas da Cunha, e absolvido do crime de abuso de confiança fiscal. Em 2008, o Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, vetava o Estatuto Político-Administrativo dos Açores, argumentando que o diploma possuía duas normas que colocavam "em sério risco os equilíbrios político-institucionais”. O avançado português Cristiano Ronaldo era eleito o melhor futebolista do ano pela FIFPro, tornando-se o primeiro não brasileiro a conquistar o prémio instituído pelo sindicato internacional dos jogadores de futebol.

(Egas Moniz)



publicado por Jorge Ferreira às 13:59 | link do post | comentar

Segunda-feira, 26.10.09

Em 1749, morria o compositor francês Louis Nicolas Clerambault, autor de “O Triunfo da Paz”. Em 1911, nacionalistas chineses proclamavam a República da China. Em 1933, morria o pintor português José Malhoa. Em 1962, o líder soviético Nikita Krutschev propunha retirar os mísseis de Cuba, se os EUA saíssem da Turquia. John Kennedy recusou a proposta. Em 1969, as eleições portuguesas levavam a Ala Liberal, oposição moderada ao regime, para a Assembleia Nacional. Compunham-na os deputados Pinto Leite, Sá Carneiro, Pinto Balsemão, Magalhães Mota, Miller Guerra. Em 1980, morria Marcello Caetano, no Brasil.Em 1989, a Conferência Geral da UNESCO aprovava o uso da língua portuguesa nas actividades da organização. Em 1998, morria o escritor José Cardoso Pires, nome maior da Literatura portuguesa, autor de “Balada da Praia dos Cães”. Em 2001, as autoridades norte-americanas anunciavam a detenção de 952 pessoas, no âmbito da investigação dos atentados de 11 de Setembro. Em 2004, no mesmo dia, morria o britânico John Peel, 65 anos, figura essencial na divulgação da música dos anos de 1960 e na alteração da rádio, com o aparecimento das primeiras rádios livres no Reino Unido. Peel era animador na BBC One, desde a sua fundação, em 1967.

Marcello Caetano)



publicado por Jorge Ferreira às 13:17 | link do post | comentar

Sexta-feira, 23.10.09

Em 1906, o brasileiro Santos-Dumont realizava o primeiro voo nivelado, a uma altitude de 70 metros. Em 1911, o parlamento de Creta votava a anexação da ilha à Grécia. Em 1956, na Hungria, começava a revolta contra o domínio da URSS. Em 1968, jactos egípcios e israelitas entravam em confronto sobre o Canal do Suez. Em 1973, o comando militar de Israel e o Egipto anunciavam um cessar-fogo. Em 1982, o rei Hassan II, de Marrocos, assegurava que o mundo árabe reconheceria Israel caso se verificasse a entrega dos territórios ocupados em 1967, segundo a Resolução do Conselho de Segurança da ONU. Em 1989, a Hungria proclamava-se uma "democracia burguesa” votada ao “socialismo democrático". Em 2000, o Estado português privatizava mais 20 por cento da EDP. Em 2002, um grupo armado tchetcheno começava o sequestro de 800 pessoas num teatro de Moscovo. No mesmo dia, o Prémio Sakharov do Parlamento Europeu era atribuído ao dissidente cubano Oswaldo Payã Sardiñas. Um ano depois, em 2003, o mesmo prémio distinguia o pessoal da ONU que perdera a vida no exercício de funções, em particular Sérgio Vieira de Mello. Em 2005, o ultra-conservador Lech Kaczynski vencia as eleições presidenciais polacas. Em 2006, Jeffrey Skilling, ex-presidente do "gigante" norte-americano Enron, era condenado a 24 anos e meio de prisão, pela responsabilidade na falência da empresa energética, e morria José Aragão Pinto, de 58 anos, dirigente do Sporting. Em 2008, o Prémio Sakharov 2008 para a liberdade de pensamento era atribuído ao dissidente chinês Hu Jia, apesar das pressões exercidas por Pequim sobre os eurodeputados.

(Foto)



publicado por Jorge Ferreira às 13:30 | link do post | comentar

Quarta-feira, 21.10.09

Em 1147, segundo a lenda, o fidalgo português Martim Moniz morria entalado numa das portas do Castelo de Lisboa, permitindo a entrada na fortaleza e a conquista da cidade. A notícia aparece no "nobiliário de D. Pedro". Em 1520, a expedição de Fernão de Magalhães entrava no estreito, que seria "baptizado" com o seu nome. Em 1570, morria o historiador e pedagogo português João de Barros, autor das "Décadas da Ásia. Em 1805, há cem anos, o almirante britânico Horatio Nelson derrotava a armada franco-espanhola em Trafalgar. Em 1833, nascia o químico sueco Alfred Nobel. Em 1879, Thomas Edison apresentava a lâmpada eléctica. Em 1917, Vasco Santana, de 19 anos, estreava-se no Teatro Avenida, em Lisboa. Em 1945, as mulheres francesas votavam, pela primeira vez. Em 1950, tropas chinesas iniciavam ocupação do Tibete.Em 1969, Willy Brandt era o primeiro Chanceler socialista nos 20 anos de história da Alemanha Federal. Na mesma data, morria o escritor norte-americano Jack Kerouac, autor de "Pela Estrada Fora". Em 1973, quatro Estados do Golfo Pérsico cortavam o fornecimento de petróleo aos EUA. Em 1981, a polícia espanhola abatia José Maria Izaguirre Gogorza, um dos principais dirigentes da ETA. Em 1984, morria o cineasta francês François Truffaut, 52 anos. Em 1993, a Comissão Europeia aprovava o II Quadro Comunitário de Apoio a Portugal (1994-99). Em 1994, morria o actor norte-americano Burt Lancaster, aos 80 anos.Em 1996, morria Mário Cal Brandão, de 86 anos, fundador do Partido Socialista. Em 2002, a maior confederação sindical da Venezuela e a maior associação empresarial promoviam a terceira greve geral contra Hugo Chávez. Em 2004, o presidente eleito da Comissão Europeia, Durão Barroso, resistia à nomeação de um novo comissário, em substituição do italiano Rocco Buttiglione, rejeitado pelo Parlamento Europeu. E o presidente da OPEP, Purnomo Yusgiantoro, defendia o aumento da oferta de petróleo. Em 2006, a justiça chilena autorizava o juiz espanhol Baltasar Garzón a interrogar o general Ausgusto Pinochet e a mulher, no caso das contas secretas mantidas no estrangeiro pelo ex-ditador e dava-se a privatização da Galp Energia, em que o preço por acção é fixado em 5,81 euros. Em 2007, o finlandês Kimi Raikkonen, da Ferrari, conquistava pela primeira vez na sua carreira o Mundial de Fórmula 1, ao vencer o Grande Prémio do Brasil, em São Paulo. A cápsula espacial Soyouz aterrava com sucesso no Cazaquistão com os dois cosmonautas russos que estavam a residir na Estação Espacial Internacional e o primeiro astronauta da Malásia. Em 2008, o Presidente da República promulgava a nova Lei do Divórcio, deixando, contudo, um alerta para as situações de “profunda injustiça” a que este regime jurídico poderá conduzir na prática, sobretudo para os mais vulneráveis.

(A porta de Martim)



publicado por Jorge Ferreira às 07:35 | link do post | comentar

Terça-feira, 20.10.09

Em 1609, a povoação de Peniche era elevada a vila. Em 1854, nascia o poeta francês Arthur Rimbaud, autor de "Carta do Vidente", "Uma Temporada no Inferno" e "Iluminações". Em 1870, a Covilhã passava a cidade. Em 1905, a adesão dos ferroviários russos à greve iniciada pelos operários de São Petersburgo, paralisava o país. A acção de natureza anarco-sindicalista culminaria com a promessa de liberdade de imprensa e de associação do Czar Nicolau II, mas tudo estaria esquecido em Dezembro, abrindo caminho a uma tentativa de golpe bolchevique, em Moscovo. Em 1913, em Portugal, João de Azevedo Coutinho liderava uma tentativa de revolução monárquica. Em 1964, morria Herbert Clark Hoover, antigo presidente dos EUA, promotor do auxílio norte-americano à Europa durante a Grande Guerra de 1914-18. Em 1980, a Frente Republicana e Socialista apoiava a recandidatura de António Ramalho Eanes à Presidência da República Portuguesa. Em 1995, Willy Claes, pronunciado num caso de corrupção, renunciava ao cargo de secretário-geral da NATO. Em 1999, o Parlamento indonésio escolhia o líder muçulmano moderado Abdurrahman Wahid para presidente da República e, em 2001, tropas especiais norte-americanas atacavam a cidade de Kandahar, no Afeganistão. Em 2004, era lançada a nova edição de “As Farpas”, de Eça de Queiroz, com as versões originais dos textos publicados na imprensa, distinta da revista pelo escritor em “Uma Campanha Alegre”. Em 2005, Cavaco Silva apresentava a candidatura à Presidência da República, e um advogado da equipa de defesa de Saddam Hussein era morto num ataque, em Bagdad. Em 2006, o governo limitava o aumento das tarifas de electricidade para a generalidade dos consumidores domésticos a 6%, em 2007, cerca de metade do proposto pelo regulador do sector, ERSE. Em 2007, em entrevista ao semanário Sol, o Procurador-Geral da República afirmava que em Portugal as escutas telefónicas "são feitas exageradamente" e manifestou "profundas dúvidas sobre a proibição da publicação" dos seus conteúdos, como define o novo Código do Processo Penal. Pinto Monteiro admitiu que o seu telemóvel possa estar sob "escuta", porque "às vezes faz uns barulhos esquisitos".

(Foto)



publicado por Jorge Ferreira às 10:46 | link do post | comentar

Segunda-feira, 19.10.09

Em 1745, morria o escritor irlandês, Jonathan Swift, autor de "Viagens de Gulliver". Em 1921, decorria a Noite Sangrenta, em Lisboa. O chefe do Governo, António Granjo, era fuzilado no Arsenal da Marinha, com Machado dos Santos, Carlos da Maia e outras personalidades do regime republicano. Em 1960, os EUA declaravam o embargo de mercadorias destinadas a Cuba. Em 1971, morria o industrial italiano Alberto Pirelli. Em 1986, o presidente Samora Machel morria na queda de um avião, no regresso da Cimeira da Linha da Frente em Mbala, na Zâmbia. Na mesma data, António Ramalho Eanes assumia a presidência do PRD.Em 1990, o Parlamento soviético aprovava o plano de reformas económicas de Mikhail Gorbachov. Em 1994, entrava em funcionamento o Registo Nacional de Não Dadores portugueses. Em 1999, Timor-Leste passava para a tutela das Nações Unidas. Em 2000, Jorge Sampaio anunciava recandidatura à Presidência da República Portuguesa. Em 2002, os irlandeses aprovavam, em referendo, o Tratado de Nice, que enquadra o alargamento da UE. Em 2004, o ministro português dos Assuntos Parlamentares, Rui Gomes da Silva, sugeria a existência de uma cabala contra o Governo de Pedro Santana Lopes, entre o semanário Expresso, o jornal Público e o antigo presidente do PSD e ex-comentador da TVI Marcelo Rebelo de Sousa, na audição promovida pela Alta Autoridade para a Comunicação Social. No mesmo dia, o ministro da Presidência de Conselho de Ministros, Morais Sarmento, declarava que tinham de existir “limites à independência” dos operadores públicos, estando o Governo ligado à definição dos seus serviços. Em 2005, morriam Daciano Costa, de 75 anos, arquitecto, precursor do design industrial em Portugal, e Eduardo Haro Tecglen, com 81 anos, escritor e jornalista espanhol, colunista do diário El País. Em Bagdad, começava o julgamento do ex-presidente do Iraque Saddam Hussein. Em 2006, a proposta de referendo sobre a possibilidade de despenalização do aborto, nas primeiras dez semanas de gravidez, era aprovada no Parlamento. Em 2007, os chefes de Estado e de Governo da União Europeia chegavam, em Lisboa, a acordo sobre o texto final do novo Tratado europeu. O Tratado europeu de Lisboa substituirá a fracassada Constituição Europeia, que foi rejeitada em referendos na França e na Holanda, em 2005. Peggy Whatson tornava-se na 1ª mulher a comandar a Estação Espacial Internacional, e aguarda a chegada esta semana do vaivém Discovery que, pela 1ª vez, é também dirigido por uma mulher, Pamela Melroy. Morria o idealizador e um dos fundadores da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), José Aparecido de Oliveira, aos 78 anos em Belo Horizonte, devido a uma insuficiência respiratória.

(António Granjo)



publicado por Jorge Ferreira às 18:04 | link do post | comentar

Sábado, 17.10.09

Em 1798, morria o geógrafo e explorador português Francisco José Lacerda e Almeida e, em 1847, Frédéric Chopin, compositor e pianista polaco. Em 1853, a Folha Comercial da Praça de Lisboa, fundada em 1852, com o nome Paquete Comercial, passava a Jornal do Comércio. Em 1909, tinha lugar o primeiro voo em aeroplano com motor em Portugal, realizado pelo aviador francês Armand Zipfel, no hipódromo de Belém. Em 1912, a Turquia declarava guerra à Bulgária e à Sérvia. Em 1918, era estabelecida, formalmente, a República da Jugoslávia. Em 1920, morria o escritor e líder comunista norte-americano John Reed. Em 1931, o gangster Al Capone era condenado a 11 anos de prisão por fuga aos impostos. Em 1933, o cientista de origem alemã Albert Einstein chegava aos EUA, como refugiado da Alemanha nazi. Em 1967, morria o último Imperador da China, Henry Pu Yi. Em 1975, os marroquinos, precedidos pelo rei Hassan, iniciavam a Marcha da Paz no Sara espanhol. Em 1978, começavam, no Luxemburgo, as negociações para a adesão de Portugal à Comunidade Económica Europeia. Em 1979, morria o barítono francês Pierre Bernac. Em 1983, morria, em Paris, o escritor, ensaísta e sociólogo francês Raymond Aron, de 78 anos. Em 1992, decorria o enterro do antigo chanceler alemão Willy Brandt, no Reichstag de Berlim. Em 1996, morria o jornalista Alves do Santos, aos 82 anos. Em 2000, morria Maria Alice Ribeiro,  de 72 anos, editora do jornal Correio Português do Canadá. Em 2002, morria o médico angolano Arménio dos Santos Ferreira, militante histórico do MPLA e da luta pela independência de Angola. Em 2003, o Tribunal de Celorico da Beira determinava a perda de mandato do autarca Júlio Santos, do Movimento Partido da Terra, por abuso de poder. Morria o antigo futebolista internacional português António Teixeira, vencedor de dois campeonatos nacionais e de uma Taça de Portugal, na década de 50. Em 2004, o PS e o PSD reforçavam a maioria nas eleições regionais dos Açores e da Madeira, respectivamente. Em Santo Antão do Tojal, Loures, eram encontradas ossadas de elefantes, com mais de 80 mil anos. Em 2005, morria o futebolista Carlos Gomes, com 73 anos, guarda-redes, ex-campeão nacional pelo Sporting. Em 2008, a Biblioteca Nacional de Portugal iniciava o processo de classificação do espólio do poeta Fernando Pessoa como Património Nacional, no âmbito da lei de bases do património, o que impossibilitará a sua saída do país. Morria o vocalista do quarteto norte-americano "Four Tops", Levi Stubbs, vítima de doença prolongada, aos 72 anos.

(Frederic Chopin)



publicado por Jorge Ferreira às 15:37 | link do post | comentar

Sexta-feira, 09.10.09

Em 1846, em Portugal, começava a Guerra da Patuleia, segunda fase das sublevações começadas com Maria da Fonte, que se estenderá até Junho de 1847. Em 1874, terminava em Berna, Suiça, o congresso constituinte da União Postal Internacional. Em 1962, o Uganda, protectorado britânico, proclamava a independência. Em 1967, Ernesto Che Guevara era fuzilado, na Bolívia. Na mesma data, morria o escritor e historiador francês André Maurois. Em 1976, Hua Kuofeng assumia a presidência do Partido Comunista Chinês. Em 1978, começava o julgamento dos agentes da PIDE, autores do assassinato do general Humberto Delgado, em 1965. Na mesma data, morria o músico e compositor belga Jacques Brel, autor de “Ne me quites pas”. Em 1985, terminava o sequestro de 44 horas do paquete italiano Achille Lauro. Na mesma data, era inaugurado o monumento a John Lennon, no Central Park de Nova Iorque. Em 1987, morria a norte-americana Clare Boothe Luce, aos 84 anos, jornalista, congressista e uma das proprietárias das publicações Time-Life. Em 1988, as eleições para a Assembleia Legislativa de Macau davam a vitória à lista Associação de Amizade, encabeçada por Alexandre Ho. No mesmo dia, as eleições para as Assembleias da Madeira e dos Açores mantinham o PSD na liderança das Regiões Autónomas. Em 1997, era aprovada a Lei da criação das Regiões Administrativas. Na mesma data, a terceira fase da privatização da PT garantia ao Estado um encaixe próximo dos 1,8 mil milhões de euros (360 milhões de contos). Em 2000, José Souto de Moura era investido Procurador-Geral da República. Em 2002, morria o inventor Júlio dos Santos Pereira, com 100 anos, responsável pela adaptação das debulhadoras à limpeza, pesagem e embalagem de cereais. Em 2005, nas Eleições Autárquicas, o PS obtinha 35,82% dos votos e 109 Câmaras, e o PPD/PSD somava 28,25% dos votos e 138 Câmaras. Em 2006, o Google comprava o site de vídeos YouTube por 1.650 milhões de dólares. Fernando Pinto Monteiro tomava posse como Procurador-Geral da República, enquanto o ministro dos Negócios Estrangeiros da Coreia do Sul, Ban Ki-moon, era designado o próximo secretário-geral das Nações Unidas pelo Conselho de Segurança. Em 2007, morria em Bruxelas, vítima de ataque cardíaco. Fausto Correia foi deputado socialista e nos governos de António Guterres foi sucessivamente secretário de Estado da Administração Pública, dos Assuntos Parlamentares, Adjunto do Ministro de Estado e Adjunto do Primeiro-Ministro. Morria também o apresentador de televisão Raul Durão, com 65 anos, em Lisboa vítima de cancro. Em 2008, o juiz conselheiro Mário Mendes tomava posse como secretário-geral do Sistema de Segurança Interna, cargo criado no âmbito da Lei de Segurança Interna. Morria a artista de circo com a carteira profissional mais antiga, a equilibrista Raquel Dias, aos 81 anos, no Pinhal Novo.

(Foto)



publicado por Jorge Ferreira às 17:48 | link do post | comentar

Quarta-feira, 07.10.09

Em 1940, na II Guerra Mundial, tropas alemãs invadiam a Roménia. Em 1949, era estabelecida a República Democrática Alemã. Em 1970, o vice-presidente da República Árabe Unida, Anwar Sadat, sucedia a Abdel Nasser. Em 1981, o vice-presidente egípcio Hosni Mubarak era nomeado sucessor de Sadat, assassinado na véspera. Em 1983, o presidente moçambicano Samora Machel visitava Portugal. Em 1984, João Paulo II atacava o crime organizado, referindo-se explicitamente à mafia. Em 1985, um comando palestiniano sequestrava o paquete italiano "Achille Lauro". Em 1986, era lançado The Independent, o primeiro diário britânico não tablóide editado no século XX. Em 1992, Abimael Guzman, dirigente do grupo guerrilheiro peruano Sendero Luminoso, era condenado a prisão perpétua. Em 2000, Vojislav Kostunica, 56 anos, assumia a Presidência da República Federativa da Jugoslávia. Em 2001, começava o ataque às bases de Osama Bin Laden no Afeganistão. Em 2005, terminava a campanha para as eleições autárquicas. O Prémio Nobel da Paz era atribuído à Agencia Internacional da Energia Atómica e ao director-geral Mohamed ElBaradei. No mesmo dia, morria Alberto Cosme do Amaral, de 88 anos, antigo bispo da Diocese de Leiria-Fátima (1972-93). Em 2006, morria Anna Politkovskaia, com 48 anos, jornalista russa, autora de "A Rússia de Putin", assassinada à porta de casa, em Moscovo, e abria a Escola de Música Sacra na Guarda. Em 2008, Portugal reconhecia formalmente o Kosovo, tornando-se o 48º país do mundo e o 22º da União Europeia a reconhecer a independência da antiga província sérvia, declarada unilateralmente há quase oito meses.

(Foto)



publicado por Jorge Ferreira às 13:42 | link do post | comentar

Terça-feira, 06.10.09

Em 1683, os primeiros colonos alemães chegavam à Pensilvânia, onde fundam Germantown. Em 1889, abria o Moulin Rouge em Paris e, em 1908, a Turquia garantia à Alemanha a concessão do caminho de ferro até Ankara. Em 1918, forças francesas ocupavam Beirute, no Líbano. Em 1927, estreava-se, o primeiro filme comercial sonoro "The Jazz Singer", em Nova Iorque. Em 1957, realizava-se, sob a vigilância da PIDE, polícia política do regime, o I Congresso Republicano de Aveiro, presidido por António Luís Gomes, ministro do Fomento no primeiro Governo da I República. Em 1973, forças egípcias e sírias atacavam Israel, no dia do Yom Kippur, dando início à quarta guerra israelo-árabe. Em 1974, decorria o Domingo de Trabalho para a Nação. Em 1978, a França concedia asilo político ao dirigente religioso iraniano Ayatollah Khomeini. Em 1981, era assassinado o presidente egípcio Anwar al-Sadat. Em 1983, surgia a Alta Autoridade Contra a Corrupção, encarregada da prevenção e repressão de actos de corrupção e outras fraudes na administração pública. Em 1985, as eleições legislativas em Portugal davam a primeira vitória a Aníbal Cavaco Silva, líder do PSD. Em 1986, o soviético Garry Kasparov mantinha a posse do título de Campeão Mundial de Xadrez ao empatar, em Leninegrado, com Anatoly Karpov. Em 1989, morria a actriz norte-americana Bette Davis, aos 81 anos. Em 1991, nas eleições legislativas, o PSD, liderado por Cavaco Silva, conservava a maioria absoluta. Em 1992, começavam as emissões regulares da SIC, a primeira televisão privada a emitir em Portugal. Em 1999 morria a fadista portuguesa Amália Rodrigues, aos 79 anos. Em 2001, terminavam as operações de remoção dos destroços da ponte Hintze Ribeiro, em Entre-os-Rios. Em 2005, era lançado o alerta laranja em Nova Iorque, após informação dos serviços secretos sobre possível ataque ao sistema de transportes. No mesmo dia morria Elisabeth Shoenberg, com 89 anos, psiquiatra britânica, pioneira na aplicação da terapia psicodinâmica. Em 2006, o padre Vítor Melícias, presidente da União das Misericórdias Portuguesas, era reeleito presidente da União Europeia das Misericórdia e Antoni Gutiérrez Díaz, de 77 anos, antigo secretário-geral do Partido Socialista Unificado da Catalunha.

(Amália Rodrigues)



publicado por Jorge Ferreira às 10:48 | link do post | comentar

Segunda-feira, 05.10.09

Em 1143, D. Afonso Henriques, Afonso VI de Castela e o representante papal reconheciam o Reino português, no Tratado de Zamora. Em 1582, entrava em vigor o calendário gregoriano estabelecido em Fevereiro pela bula papal de Gregório XIII, que transformava adiantou o calendário dez dias. Em 1864, nascia o inventor francês, Louis Lumière, fundador do cinema com o irmão Auguste. Em 1908, Fernando I declarava a independência da Bulgária. Em 1910, era proclamada a República Portuguesa, em Lisboa, quando o país somava 767 anos de independência. Em 1962, os Beatles editavam "Love me do". Em 1969, a BBC estreava a série Monty Python's Flying Circus. Em 1980, a coligação PPD-CDS-PPM, Aliança Democrática, obtinha a primeira maioria absoluta no Parlamento português, em sufrágio livre e universal. Em 1988, no Chile, realizava-se um plebiscito, depois de 14 mil recursos, permitindo ao povo dizer "não" à ditadura e à permanência do general Pinochet no poder. Em 1989, chegava a Hof, sudeste da Alemanha Federal, o primeiro "comboio da liberdade" com refugiados procedentes de Praga. Na mesma data, o Prémio Nobel da Paz era atribuído a Dalai Lama. Em 2004, Carlos Carvalhas anunciava o abandono da liderança do PCP. Em 2005, morria Álvaro Domecq y Diez, aos 88 anos, ganadeiro espanhol.

(Foto)



publicado por Jorge Ferreira às 15:00 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Domingo, 04.10.09

Em 1899, era criada a Direcção-Geral de Saúde e Beneficiência Pública, em Portugal. Em 1907, morria o compositor português Alfredo Keil. Em 1910, suicidava-se o almirante Cândido dos Reis, um dos chefes da revolta que, no dia seguinte, levaria à Implantação da República em Portugal. Em 1945, o francês Pierre Laval, presidente do Governo colaboracionista de Vichy, era julgado por traição. Em 1957, começava a era espacial com o lançamento do satélite Sputnik, pela URSS. Em 1959, era inaugurada a Base Aérea do Montijo. Em 1964, morria Harpo Marx. Em 1965, era publicado o “Manifesto dos 101 Católicos” contra a política colonial de Salazar, assinado por personalidades como Sophia de Mello Breyner Andresen, Francisco Sousa Tavares, Nuno Bragança e João Bénard da Costa. Em 1970, morria a cantora norte-americana Janis Joplin. Em 1989, o cirurgião Gentil Martins separava, com êxito, duas bebés siamesas. Na mesma data, entrava em funcionamento a Cabopress, primeira agência noticiosa de Cabo Verde.Em 1992 o presidente moçambicano Joaquim Chissano e o dirigente da Renamo Afonso Dhlakama assinavam, em Roma, o Tratado de Paz para Moçambique, após 15 anos de guerra. Em 1996, morria Teresa Santa Clara Gomes, de 60 anos, secretária de Estado adjunta de Maria de Lourdes Pintasilgo no V Governo constitucional. Em 1998, Fernando Henrique Cardoso era reeleito Presidente do Brasil. Em 2000, a Cofina anunciava o acordo para comprar 85% do Correio da Manhã. Em 2003, Portugal vencia o Campeonato do Mundo de Hóquei em Patins, em Oliveira de Azeméis, com a vitória sobre a Itália por 1-0. Em 2004, a RTL adquiria uma posição de 11,6% no capital da Media Capital, detentora da TVI. Em 2007, vinte membros da cúpula do Batasuna e duas outras pessoas eram detidos na localidade basca de Segura (Guipuzcoa) por ordem do juiz Baltasar Garzón, enquanto os líderes das duas Coreias concordavam em promover a paz definitiva na península, mediante negociações com outros países que ponham fim ao actual "regime de armistício", segundo uma declaração assinada em Pyongyang.

(Harpo Marx)



publicado por Jorge Ferreira às 12:44 | link do post | comentar

Sexta-feira, 02.10.09

Em 1804, o povo de Inglaterra era mobilizado contra Napoleão Bonaparte. Em 1911, morria Carlota Angela, a primeira mulher a exercer o direito de voto, após a implantação da República Portuguesa. Em 1940, na II Guerra Mundial, o navio britânico Empress of Britain, transportando para o Canadá crianças refugiadas da guerra, era afundado por um submarino das forças de Adolf Hitler. Em 1958, Sekou Touré declarava a independência da Guiné. Em 1985, morria o actor norte-americano Rock Hudson, aos 59 anos. Em 1986, o primeiro-ministro indiano, Rajiv Gandhi, escapava ileso a um atentado. Em 1992, Itamar Franco, vice-presidente do Brasil, tomava posse como presidente interino, após o impedimento de Fernando Collor de Mello. Em 1994, as eleições legislativas em São Tomé e Príncipe davam a vitória ao Movimento de Libertação de São Tomé e Príncipe - Partido Social-Democrata. Em 2001, um atentado suicida no Parlamento de Caxemira fazia 29 mortos e mais de 40 feridos. Na mesma data, a companhia aérea Swissair suspendia os voos por tempo indeterminado. Em 2002, o ex-director financeiro da companhia energética Enron, sob investigação por suspeita de falência fraudulenta, entregava-se ao FBI. Em Washington, um atirador, que actuaria incógnito durante duas semanas, fazia a primeira vítima, no parque de estacionamento de um supermercado. Em 2004, morria José Fialho Gouveia, de 69 anos, pioneiro da televisão em Portugal, profissional da rádio, apresentador e co-autor de programas emblemáticos como Zip-Zip, Pirâmide ou A Visita da Cornélia. Em 2005, as eleições em Dresden, Alemanha, confirmavam a vitória da CDU e a formação do Governo por Ângela Merkl. Em 2006, Ban Ki-Moon, ministro sul-coreano dos Negócios Estrangeiros, candidato a secretário-geral da ONU, vencia a votação do Conselho de Segurança, conseguindo o voto favorável dos cinco membros permanentes, China, EUA, França, Reino Unido e Rússia. Em 2007, o Presidente da Coreia do Sul, Roh Moo-hyun, atravessava a pé a linha desmilitarizada que marca a fronteira com a Coreia do Norte para participar na cimeira intercoreana em Pyongyang. Em 2008, a disciplina de voto nos casamentos entre homossexuais, aprovada na bancada do PS contra a opinião de mais de 20 deputados, abria o debate sobre as regras internas no partido.

(Fialho Gouveia)



publicado por Jorge Ferreira às 10:13 | link do post | comentar

Quinta-feira, 01.10.09

Em 1908, o Ford T, primeiro automóvel produzido em série, começava a ser vendido nos EUA, ao preço de 825 dólares. Em 1936, as forças da direita espanhola nomeavam o general Francisco Franco dirigente máximo da ditadura. Em 1949, era proclamada a República Popular da China, por Mao Tse Tung. Em 1970, era criada a Comissão Organizadora da CGTP-Intersindical, na clandestinidade, com base nas direcções dos sindicatos dos Caixeiros, do Pessoal da Indústria, dos Operários Metalúrgicos e dos Empregados Bancários. Em 1979, entrava em vigor o primeiro Estatuto do Jornalista, publicado em Diário da República a 20 de Setembro. Em 1980, o Supremo Tribunal de Varsóvia concedia a aprovação legal aos primeiros seis sindicatos polacos. Em 1982, Helmut Kohl, dirigente do Partido Democrata Cristão, era eleito Chanceler da RFA, substituindo o social-democrata Helmut Schmidt. Em 1988, Mikhail Gorbachov, de 57 anos, era eleito presidente do Soviete Supremo. Em 1990, a liberdade de culto era estabelecida na URSS. Em 1992, a SIC, primeiro canal privado de televisão em Portugal, começava as emissões experimentais. Na mesma data, o milionário norte-americano Ross Perot anunciava a candidatura às eleições presidenciais nos EUA. Em 1995, o Partido Socialista vencia, com 43,8% dos votos, as eleições legislativas. Em 2005, os atentados terroristas em Bali, Indonésia, causavam 26 mortos e perto de uma centena de feridos. Em 2008, o Senado dos Estados Unidos aprovava o plano rectificado de injecção de 700 mil milhões de dólares (501 mil milhões de euros) no mercado monetário. Morria Boris Yefimov, o "caricaturista de Estaline", como ficou conhecido pela participação que tinha nas campanhas de "agitação e propaganda" do antigo regime soviético, com 108 anos.

(Mao Tse Tung)



publicado por Jorge Ferreira às 09:14 | link do post | comentar

Quarta-feira, 30.09.09

Em 30 de Setembro de 1974, faz hoje 35 anos redondos, após a tentativa falhada de golpe da apelidada maioria silenciosa, ocorrida a 28 de Setembro de 1974, António Spínola que, desde 15 de Maio de 1974, ocupava a Presidência da República, renuncia ao cargo e é substituído pelo General Costa Gomes. Ele há cada coincidência...

 

(Foto)



publicado por Jorge Ferreira às 13:05 | link do post | comentar

Terça-feira, 29.09.09

A opinativa e impertinente Mafalda nasceu em 29 de Setembro de 1964, no semanário argentino Primera Plana. Joaquin Lavado (Quino), aos 32 anos, criou a Mafalda para um anúncio publicitário a uma marca de electrodomésticos, que lhe encomendou que desenhasse a história de uma família típica da classe média. Essa banda desenhada não chegou a ser publicada, mas Quino recuperou a personagem Mafalda quando o convidaram para publicar no Primera Plana. Parabéns, Mafalda!
 

(Foto)



publicado por Jorge Ferreira às 13:14 | link do post | comentar

Quarta-feira, 23.09.09

Em 1822, D. João VI jurava a Constituição que instituía a Monarquia Constitucional. Em 1835, morria o compositor italiano Vincenzo Bellini, autor de "Norma" e "La Sonnambula". Em 1846, era descoberto o planeta Neptuno. Em 1868, Porto Rico declarava a independência. Em 1875, William Boney, "Billy the Kid", era preso pela primeira vez. Em 1913, Roland Garros, piloto francês, era o primeiro homem a efectuar a travessia aérea do Mediterrâneo. Em 1919 era fundado o clube desportivo Os Belenenses, em Lisboa. Em 1932, fundava-se a Arábia Saudita, com a unificação dos reinos de Nejd e Hejaz. Em 1933, em Portugal, António do Oliveira Salazar promulgava o Estatuto do Trabalho Nacional, acompanhado de legislação que previa a abertura das Casas do Povo e a constituição de Grémios e Sindicatos corporativos. Em 1939, morria Sigmund Freud, fundador da Psicanálise. Em 1941, começavam as execuções a gás, no campo de extermínio nazi de Auschwitz.  Em 1973, doze dias após o golpe militar de 11 de Setembro, morria o poeta chileno, Nobel da Literatura, Pablo Neruda. Em 1988, a atleta portuguesa Rosa Mota, Campeã Mundial da maratona, conquistava o título olímpico da modalidade, nos Jogos de Seul. Em 1996, morria a escultora Dorita Castel-Branco, com 60 anos, na véspera de receber o Prémio Edinfor de Escultura. Em 2007, cerca de 20.000 pessoas, entre civis e monges, manifestavam-se em Rangum, a maior cidade da Birmânia, em apoio à líder da oposição Aung San Suu Kyi, acentuando a pressão sobre a Junta Militar no poder. Morria o mímico francês Marcel Marceau, conhecido em particular pelo seu personagem Bip, inspirado em Charlie Chaplin, aos 84 anos.

(Rosa Mota)



publicado por Jorge Ferreira às 10:08 | link do post | comentar

Terça-feira, 22.09.09

Em 1711, forças francesas capturavam a cidade do Rio de Janeiro. Em 1776, os britânicos enforcavam o patriota e herói da guerra da independência dos Estados Unidos Nathan Hale. Em 1792, era proclamada a República Francesa. Em 1862, o presidente norte-americano, Abraham Lincoln, declarava livres todos os escravos (a partir de 1 de Janeiro de 1863). Em 1942, era publicado o primeiro número do vespertino lisboeta Diário Popular. Em 1949, a União Soviética levava a efeito a explosão da sua primeira bomba atómica. Em 1958, Lisboa era abalada por violento sismo. Em 1979, José Eduardo dos Santos assumia a Presidência da República Popular de Angola. Em 1981, o comboio mais rápido do mundo, o TGV efectuava a viagem inaugural, alcançando velocidades da ordem dos 251Km por hora, na ligação ferroviária Paris-Lyon. Em 1989, morria o compositor norte-americano de origem russa Irving Berlin, aos 101 anos, autor de êxitos como "God Bless America" e "White Christmas". Em 1996, a Associação Promotora para a Economia de Macau vencia as últimas eleições para a Assembleia Legislativa do território ainda sob administração portuguesa. Na Grécia, o PASOK vencia as legislativas. Em 1997, Pedro Pires, antigo primeiro-ministro de Cabo Verde, era eleito presidente do PAICV. Em 1998, Paris e 34 outras cidades francesas proibiam, por um dia, a circulação de automóveis nos centros urbanos, alertando, assim, para os perigos da poluição atmosférica. Era dado o primeiro passo para o Dia Europeu sem Carros, que se assinalaria, pela primeira vez, a 22 de Setembro de 2000. Em 1999, morria o cantor lírico português Luís Piçarra, com 82 anos. Em 2001, morria Gustavo Soromenho, de 93 anos, dirigente histórico socialista. Na mesma data, na Polónia, a esquerda pós-comunista conquistava a maioria de votos nas eleições legislativas e afastava do poder a coligação de direita. Em 2002, o Governo cubano abria o acesso de especialistas e investigadores aos documentos do escritor Ernest Hemingway e morria a jornalista e fundadora da revista "Crónica Feminina", Maria Carlota Álvares da Guerra, com 81 anos. Em 2005, o furacão Rita atingia o Texas e Louisiana, nos EUA. Evacuação de um milhão de pessoas.

(Luís Piçarra)



publicado por Jorge Ferreira às 15:20 | link do post | comentar

Segunda-feira, 21.09.09

Em 1761, era queimado no Rossio, em Lisboa, o padre jesuíta Gabriel Malagrida, denunciado pelo Marquês de Pombal como falso profeta e impostor. Em 1792, a Convenção Nacional Francesa votava a abolição da monarquia. Em 1832, morria o romancista britânico Walter Scott. Em 1893, aparecia nas ruas de Springfield, Massachusetts, o primeiro automóvel norte-americano movido a gasolina. Em 1949, era proclamada a República Popular da China. Em 1973, Henry Kissinger era aceite pelo Senado norte-americano como Secretário de Estado. Kissinger foi o primeiro norte-americano naturalizado a integrar a Administração. Em 1973, Portugal tornava-se o décimo nono Estado membro do Conselho da Europa. Em 1985, onze reclusos, dez dos quais arguidos do processo FP 25, evadiam-se da penitenciária de Lisboa. Em 1988, morria o músico norte-americano Sam Woodyard, de 63 anos, antigo baterista de Duke Ellington.  Em 1997, Manuel Damásio demitia-se da presidência do Benfica. Em 2001, morria o violinista norte-americano, de origem ucraniana, Isaac Stern, aos 81 anos. Em 2002, o PCP ratificava as expulsões de Edgar Correia e Carlos Luís Figueira e a suspensão de Carlos Brito. Em 2004, o Ministério da Educação de Maria do Carmo Seabra falhava nova tentativa de elaboração da lista de colocação de professores, optando pelo sistema manual. Em 2005, a autarca Fátima Felgueiras regressava do Brasil e entregava-se às autoridades do aeroporto de Lisboa. Presente a Tribunal, viu revogada a prisão preventiva, passando as medidas de coacção a termo de identidade e residência. No mesmo dia, confirmou a candidatura à Câmara de Felgueiras.Em  2006, o Parlamento aprovava a nova lei orgânica do Sistema de Informações da República, proposta pelo Governo, com votos do PS, PSD e CDS-PP. Em 2007, mais de 1.500 monges budistas, seguidos por cerca de 1.500 apoiantes, manifestavam-se em Rangum, debaixo de chuva, contra o regime militar birmanês. Em 2008, a língua portuguesa passava a poder ser utilizada nas intervenções da abertura e debate geral da 63ª Assembleia-Geral das Nações Unidas, depois de Portugal ter assegurado a tradução simultânea para as seis línguas oficias da organização.

(Padre Gabriel Malagrida)



publicado por Jorge Ferreira às 15:14 | link do post | comentar

Domingo, 20.09.09

Em 1519, o navegador português Fernão de Magalhães partia de Espanha, iniciando a primeira viagem de circum-navegação. Em 1540, efectuava-se, em Lisboa, o primeiro Auto-de-Fé da Inquisição em Portugal. O último realizar-se-ia em 1767. Em 1870, completava-se a unificação da Itália. Em 1895, morria a escritora Ana Plácido, companheira de Camilo Castelo Branco. Em 1946, Cannes assistia à primeira edição do Festival de Cinema. Em 1957, morria o compositor finlandês Jean Sibelius. Em 1961, dissolvia-se a República Árabe Unida. Em 1963, o presidente norte-americano John Kennedy propunha a realização de uma expedição conjunta à Lua dos EUA e da URSS. Em 1967, era lançado à água o paquete britânico Queen Elizabeth II. Em 1979, o imperador Bokassa do Império Centro-Africano, era deposto. Em 1992, os franceses aprovavam o Tratado de Maastricht, com 50,82 de votos. Em 1993, Ferrer Correia, de 81 anos, era eleito presidente da Fundação Gulbenkian. Em 2002, a Polícia Judiciária prendia, em Lisboa, Abu Salem, acusado pelas autoridades indianas de envolvimento no ataque bombista de 1993 que causou a morte de 257 pessoas. Em 2005, morria Simon Wiesenthal, aos 96 anos, arquitecto austríaco, sobrevivente dos campos de extermínio nazi, figura determinante na captura dos dirigentes do regime de Adolf Hitler, criador do Centro Simon Wiesenthal, arquivo para a memória do Holocausto. Em 2007, as ilhas do Corvo e da Graciosa, no Arquipélago dos Açores, são classificadas Reservas da Biosfera pela UNESCO. O PS voltava a aprovar sozinho o novo Estatuto dos Jornalistas, depois de ter alterado as três matérias que estiveram na base do veto do Presidente da República. Em 2008, um atentado suicida com um camião armadilhado matava pelo menos 60 pessoas no hotel Marriott, no centro de Islamabad, capital do Paquistão, era mais um de uma vaga sem precedentes de atentados realizados por militantes islamitas próximos da Al-Qaida e que causaram mais de 1.200 mortos em mais de um ano. O embaixador da República Checa no Paquistão morreu no atentado no Hotel Marriott. Na África do Sul, o Comité Executivo Nacional do partido no poder, ANC, decidia “demitir” o presidente Thabo Mbeki da chefia do Estado e do governo.

(Camilo e Ana Plácido)



publicado por Jorge Ferreira às 10:27 | link do post | comentar

Sábado, 19.09.09

Em 1571, era assinada a carta de doação, a favor de Paulo Dias de Novais, que criava a capitania de Angola. Em 1952, quando decorria a fase mais dura da "caça às bruxas" do macartismo, os EUA negavam a entrada de Charlie Chaplin no país, após uma visita a Inglaterra. Em 1955, demitia-se o presidente argentino Juan Peron. Em 1956, Amílcar Cabral e cinco companheiros fundavam, em Bissau, o PAIGC, Partido Africano para a Independência da Guiné e Cabo Verde. Em 1971, era inaugurado, na Madeira, o aproveitamento hidroeléctrico da Fajã da Nogueira. Em 1975 tomava posse o VI Governo Provisório, liderado pelo almirante Pinheiro de Azevedo. Em 1985, falecia o escritor Italo Calvino e um sismo de intensidade 7,8 na escala de Richter destruía grande parte da Cidade do México, causando dezenas de milhar de mortos, feridos e milhões de desalojados. Em 1988, a canção "Yesterday", do Beatles John Lennon e Paul McCartney, recebia, em Nova Iorque, o prémio "Million-air" pelo facto de ter sido difundida cinco milhões de vezes. Em 1989, era criado, em Macau, o Instituto Português do Oriente, organismo que associa o território de Macau à Fundação Oriente e ao ICALP. Em 1995, Diogo Freitas do Amaral tomava posse, em Nova Iorque, como Presidente da Assembleia Geral das Nações Unidas e o Washington Post publicava o “Manifesto do Unabomber”. Em 1996, era constituída, em Lisboa, a Associação dos Realizadores de Cinema e Audiovisuais, presidida por José Fonseca e Costa. Na mesma data, morria o repórter fotográfico Nuno Ferrari, com 62 anos.Em 1999, desembarcavam em Dili os primeiros soldados da força multinacional de paz para Timor-leste (INTERFET). Em 2002, morria a encenadora Maria Helena Matos. Em 2003, o caso FP-25 transitava em julgado por o Ministério Público não ter recorrido para o Supremo Tribunal de Justiça. Em 2004, a atleta portuguesa Vanessa Fernandes vencia, pela terceira vez consecutiva, a Taça do Mundo de Triatlo. Em 2006, o Juiz-Conselheiro Fernando Pinto Monteiro, do Supremo Tribunal de Justiça, era nomeado para o mandato de seis anos de Procurador-Geral da República. A posse terá lugar a 09 de Outubro, dois dias depois do termo do mandato de José Souto Moura. Em 2007, o projecto do governo turco de incluir na nova Constituição um texto que autorize o uso do véu islâmico nas universidades provocava um violento debate sobre a questão na Turquia.

(Paulo Dias de Novais)



publicado por Jorge Ferreira às 14:58 | link do post | comentar

Terça-feira, 15.09.09

Em 1276, o português Pedro Hispano era eleito Papa, adoptando o nome de João XXI. Em 1916, o exército britânico recorria pela primeira vez ao uso de tanques, em cenário de conflito, na Guerra de 1914-18. Em 1917, era proclamada a República Russa, sob a direcção de Kerensky. Em 1935, eram publicadas as Leis de Nuremberga, que baniam os judeus e tornavam a cruz suástica a bandeira nacional da Alemanha nazi. Em 1946, os búlgaros adoptavam a República Popular rejeitando a monarquia, em referendo, e em 1949, Konrad Adenauer tornava-se o primeiro chanceler da Alemanha Federal. Em 1963, Bem Bella era eleito Presidente da Argélia. Em 1967, suicidava-se o Marechal Abdel Hakim Amer, comandante egípcio na guerra dos seis dias contra Israel e, em 1981, o Papa João Paulo II publicava a encíclica "Laborem Exercens", sobre o trabalho. Em 1991, começava a campanha para as eleições legislativas portuguesas de 5 de Outubro. Em 1997, em Lisboa, era inaugurado o centro comercial Colombo. Em 1998, entrava em funcionamento a terceira operadora portuguesa de telemóveis, a Optimus. Em 2004, morria Johnny Ramone, guitarrista e co-fundador da banda The Ramones, com 55 anos. Em 2005, morria Oriana Fallaci, com 77 anos, jornalista italiana, autora de “Raiva e Orgulho” e “Entrevistas com a História”. Em 2007, cento e quinze presos preventivos eram libertados e sujeitos a medidas de coacção alternativas, no âmbito do novo Código de Processo Penal. Morria o lendário trombonista cubano Generoso Jiménez, aos 90 anos, de complicações renais, num hospital de Miami, enquanto o mais jovem campeão do Mundo de ralis e o primeiro britânico a conquistar esse ceptro, o escocês Colin McRae, de 39 anos, morria, na sequência de um acidente de helicóptero na região de Larnack, Escócia. Em 2008, a Lehman Brothers, um dos gigantes da banca de investimento mundial, declarava falência causando uma queda nos mercados financeiros em todo o mundo, fazendo soar os alarmes nos bancos centrais de todo o mundo e assinalando uma mudança no sistema financeiro global, anunciado a morte do negócio da banca de investimento. O Presidente do Zimbabué, Robert Mugabe, e o seu rival, Morgan Tsvangirai, assinavam, numa cerimónia pública, um acordo de partilha de poder concluído ao fim de cinco meses de violência e após difíceis negociações. O acordo para a formação de um governo de unidade nacional punha fim a quase três décadas de monopólio no poder do actual Presidente Mugabe. Robert Mugabe assumirá a presidência do novo governo, enquanto o principal líder da oposição Morgan Tsvangirai será primeiro-ministro. Morria o teclista Richard Wright, um dos membros fundadores dos Pink Floyd, de cancro, aos 65 anos.

(Lehman Brothers)



publicado por Jorge Ferreira às 12:20 | link do post | comentar

Sexta-feira, 11.09.09

Em 1891 suicidava-se, em Ponta Delgada, o poeta Antero de Quental e, em 1922 morria Bento Gonçalves, no campo de concentração do Tarrafal. Em 1962, a URSS ameaçava os EUA de guerra, perante qualquer, na área de Cuba. Em 1965, a 1ª Divisão de Infantaria do exército dos EUA chegava ao Vietname, em 1971, morria o líder soviético Nikita Krutschev. Em 1973, ocorria o golpe militar no Chile. Augusto Pinochet assumia o poder. O presidente eleito, Salvador Allende, era assassinado, sendo anunciando o seu "suicídio". Em 1978, morria Ronnie Peterson, piloto sueco de Fórmula I, no Grande Prémio de Itália, em Monza. Em 1985, dois comboios chocavam em Alcafache, perto de Mangualde. Morreram 40 pessoas, cerca de 150 ficaram feridas. Em 1986, o ministro polaco do Interior anunciava a libertação dos presos políticos na Polónia e, três anos mais tarde, em 1989, cerca de 16.000 alemães de leste atravessavam a fronteira entre a Checoslováquia e a Hungria, com a intenção de seguirem para o Ocidente. Em 1991, morria, em Lisboa, o cineasta e poeta António Reis, 64 anos, realizador de "Jaime", "Ana" e "Rosa de Areia", entre outros filmes. Em 1994, morria a actriz britânica Jessica Tandy, de 85 anos, vencedora do Óscar pela sua actuação no filme "Miss Daisy". Em 1999, era inaugurada a APOIARTE / Casa do Artista, fundada pelos actores Armando Cortez e Raul Solnado, tem estatuto de instituição particular de solidariedade social e presta serviços aos artistas idosos. Em 2001, os EUA eram atingidos pela maior ofensiva terrorista de sempre: dois aviões de passageiros embatiam, com alguns minutos de intervalo (08:46 e 09:04), nas duas torres do World Trade Center, em Nova Iorque. Pouco depois, outro aparelho despenhava-se sobre uma das alas do Pentágono, em Washington, e outro ainda caía num descampado, na Pensilvânia. Morreram perto de 3000 pessoas. Em Oslo, era assassinada a ministra sueca dos Negócios Estrangeiros, Anna Lindh, de 46 anos. Em 2004, morria Irene Velez, com 90 anos, actriz, grande dama dos palcos nacionais, popularizada pelos programas de rádio "Companheiros da Alegria" e "Zéquinha e Lelé", com Vasco Santana. Em 2006, morria Maria Teresa Ambrósio, aos 70 anos, ex-presidente do Conselho Nacional de Educação (1996-2002), antiga deputada pelo PS (1976-83), professora associada da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa. Em 2008, a cantora Mariza era nomeada para a 9ª edição dos Latin Grammy Awards, com o seu último álbum, “Terra”, na categoria de Melhor Álbum Folk.

(O crime de 11 de Setembro)



publicado por Jorge Ferreira às 08:49 | link do post | comentar

Quinta-feira, 10.09.09

Em 1836, era restabelecida a Constituição liberal portuguesa de 1822, formando-se um novo governo presidido pelo conde de Linhares, que incluía Passos Manuel. Em 1939 o Canadá declarava guerra à Alemanha e, em 1943, as tropas aliadas libertavam Roma da ocupação alemã, no decurso da II Guerra Mundial. Em 1979, morria Agostinho Neto, primeiro presidente da República Popular de Angola. Em 1993, morria José de Azeredo Perdigão, de 96 anos, presidente da Fundação Calouste Gulbenkian. Em 1999, chegava a Lisboa o Bispo de Díli, D. Ximenes Belo, que abandonara a capital timorense, após os ataques das milícias pró-Indonésia. Em 2001, era morto Ahmed Shah Massud, líder da Aliança do Norte, força de oposição ao regime talibã, no Afeganistão. Em 2003, a ministra sueca dos Negócios Estrangeiros, Anna Lindh, era esfaqueada, em Oslo. Na Indonésia, o responsável pelo atentado de Bali, Imam Samudra, era condenado à morte.

(Ahmed Shah Massud)



publicado por Jorge Ferreira às 10:06 | link do post | comentar

Quarta-feira, 09.09.09

Em 1829 aparecia, em Londres, o primeiro número do Chaveco Liberal", periódico fundado por exilados liberais portugueses, entre eles Almeida Garrett e Ferreira Borges. Em 1836, rebentava em Lisboa a chamada "Revolta Setembrista". Em 1948, era proclamada a República Democrática da Coreia ou Coreia do Norte. Em 1962 morria o escritor alemão Hermann Hesse. Em 1973 reuniam-se, num monte alentejano, 136 oficiais das Forças Armadas portuguesas. Começava o caminho irreversível do Movimento dos Capitães, a pouco mais de sete meses do dia 25 de Abril de 1974. Em 1985, um incêndio junto à aldeia de Lumiares, em Viseu, tirava a vida a 14 bombeiros voluntários de Armamar. Em 1996, o chefe militar da Unita, general Bem Bem, chegava a Luanda para integrar as Forças Armadas de Angola. Em 1999, em pleno clima de violência em Timor-Leste, as forças da UNAMET retiravam-se de Díli. Em 2002, numa gravação sonora apresentada pela cadeia de televisão árabe Al Jazira, Usama bin Laden reivindicava os atentados de 11 de Setembro de 2001. Em 2007, pela primeira vez na história do Estado judaico, a polícia israelita detinha um bando neonazi de jovens imigrantes da ex-União Soviética, acusados de ataques a dezenas de pessoas e de pintarem suásticas em sinagogas.

(O Chaveco Liberal)



publicado por Jorge Ferreira às 10:06 | link do post | comentar

Terça-feira, 08.09.09

Em 1545, uma expedição espanhola chegava à Florida, no Sul da América do Norte, fundando o primeiro povoado europeu nesta zona. Em 1664, a colónia holandesa de Nova Amesterdão rendia-se aos britânicos, que passaram a designá-la Nova Iorque. Em 1926, a Alemanha era admitida na Liga das Nações e, em 1944, durante a II Guerra Mundial, a primeira bomba V-2, de fabrico alemão, caía em solo britânico. Em 1949, morria o compositor alemão Richard Strauss e, em 1951, o Japão assinava, com 48 nações, o tratado de paz no âmbito da vitória aliada da II Grande Guerra. Em 1964, Malta tornava-se independente. Em 1965, 25 militares portugueses morriam carbonizados no combate a um incêndio na Serra de Sintra. Em 1969, morria Alexandra David-Néel, exploradora francesa, anarquista, espiritualista e escritora. Em 1972, em resposta ao massacre dos atletas israelitas nos Jogos Olímpicos de Munique, Israel atacava as bases da OLP. Em 1982, unificavam-se os três principais ramos da Igreja Luterana. Em 2000, a NASA encontrava um buraco na camada de ozono com a superfície de 28,3 milhões de quilómetros quadrados, a maior área até então atingida. Em 2001, morria o artista italiano Antonio Pagotto, aos 80 anos, criador de Calimero. Em 2003, morria Leni Riefensthal, aos 101 anos, actriz e cineasta, realizadora dos documentários-chave da propaganda nazi nos anos 30, "O Triunfo da Vontade" e "Os Deuses do Estádio". Em 2005, em Tróia, começava a implosão das torres do antigo complexo turístico da Torralta. E, na Ucrânia, o presidente Viktor Iuchtchenko demitia o Governo, para controlo da crise política, resultante de suspeitas de corrupção. Em 2006, PS e PSD assinavam o acordo para a reforma da justiça. Em 2007, o Governo português excluía receber oficialmente o Dalai Lama, líder espiritual budista e do Tibete no exílio, na sua deslocação a Lisboa, enquanto Gerry McCann era constituído arguido, tal como a sua mulher, Kate, informou o advogado dos pais da criança desaparecida há quatro meses na Praia da Luz, ao fim de um interrogatório de mais de nove horas.

(Calimero)



publicado por Jorge Ferreira às 10:11 | link do post | comentar

Segunda-feira, 07.09.09

Em 1540, Faro era elevada a cidade por D. João III. Em 1750, D. José I era aclamado rei de Portugal. Em 1822, D. Pedro proclamava a independência do Brasil. Em 1974, Portugal e a Frelimo assinavam o Acordo de Lusaka, que previa a independência de Moçambique. Em 1986, o arcebispadp sul-africano era ocupado, pela primeira vez, por um negro, o bispo Desmond Tutu, passando a liderar dois milhões de anglicanos do país. Em 1989, o Partido Nacional, no poder na África do Sul, mantinha a maioria, após as eleições realizadas na véspera, apesar dos seus piores resultados em 41 anos. Em 1992, o presidente angolano, José Eduardo dos Santos, e o dirigente da Unita, Joanas Savimbi, chegavam a acordo sobre o governo de unidade nacional. Em 1994, as forças armadas dos EUA fechavam o quartel-general em Berlim, terminando a presença militar dos aliados na Alemanha, iniciada após a II Guerra Mundial. Em 1999, Xanana Gusmão, líder histórico da resistência timorense, era libertado da prisão na Indonésia, ficando sob a protecção da embaixada britânica em Jacarta. No mesmo dia, realizava-se a primeira reunião do Parlamento alemão, no Bundestag. O edifício fora destruído às ordens de Hitler, em 1993. Em 2004, o Tribunal Administrativo de Coimbra confirmava a recusa de entrada do barco Born Diep em águas portuguesas, indeferindo o pedido de anulação da decisão do Governo, apresentado pelos organizadores da iniciativa.Em 2005, investigadores portugueses lançavam o sistema de interpretação de imagens de satélite dos oceanos, permitindo ampliar estudos de zonas costeiras e de controlo de qualidade da água. No Egipto, as primeiras eleições presidenciais em 24 anos confirmavam o poder de Hosni Mubarak. Em 2007, o partido nacionalista Istiqlal era o vencedor das eleições legislativas em Marrocos. O chefe da Al-Qaida, Usama bin Laden, aparecia, pela primeira vez desde há três anos, num vídeo divulgado pela cadeia de televisão do Qatar al-Jazira e no qual afirmava que "a América está fraca apesar da seu poderio aparente". Após muitas horas de interrogatório na Polícia Judiciária de Portimão, Kate McCann era constituída arguida no caso do desaparecimento da filha Madeleine. Em 2008, o governo norte-americano assumia o controlo das sociedades de crédito imobiliário Fannie Mae e Freddie Mac, que se encontravam à beira da falência, devido à crise do 'subprime'. Morria Anita Page, a actriz da Metro-Goldwyn-Mayer que fez vários filmes com Lon Chaney, Joan Crawford e Buster Keaton durante a transição do cinema mudo para o falado, aos 98 anos.

(D. José)



publicado por Jorge Ferreira às 06:43 | link do post | comentar

Domingo, 06.09.09

Em 1951, era assinado o primeiro acordo sobre a Base das Lajes. Em 1968, na sequência de uma queda, Salazar era afastado do Governo. Em 1972, recomeçavam os Jogos Olímpicos de Munique, após 80 mil pessoas terem prestado tributo aos 11 atletas israelitas mortos pelo comando terrorista Setembro Negro. Em 1976, a Organização de Libertação da Palestina (OLP) era admitida como membro pleno da Liga Árabe. Em 1978, Menachem Begin e Anwar Sadat iniciavam o processo de paz em Camp David, Maryland. Em 1989, uma equipa liderada pelo cirurgião Gentil Martins separava com êxito duas gémeas siamesas bebés, ligadas pelo abdómen. Em 1991, Gorbachov reconhecia a independência das repúblicas bálticas - Estónia, Lituânia e Letónia - e, em 1992, Álvaro Cunhal confirmava, na festa do Avante, a sua substituição como secretário-geral do PCP. Ainda em 1997, decorria o funeral de Diana de Gales. Em 2000, a OCDE afirmava que a produtividade de trabalho na economia portuguesa era a mais baixa da União Europeia. Em 2002, nos EUA, um scanner registava pela primeira vez a actividade cerebral de fetos reagindo a estímulos luminosos exteriores ao ventre materno. Em 2003, a União Europeia incluía o Hamas na lista das organizações terroristas e o primeiro-ministro palestiniano, Mahmoud Abbas, apresentava a demissão a Yasser Arafat, presidente da Autoridade Nacional Palestiniana. Em 2004, morria Luís Nunes de Almeida, 58 anos, presidente do Tribunal Constitucional, antigo deputado à Assembleia da República pelo PS.Em 2007, morria o tenor italiano Luciano Pavarotti, de 71 anos, na sua casa, em Modena, Itália, após uma longa luta contra um cancro no pâncreas. Em 2008, a portuguesa Vanessa Fernandes, vice-campeã olímpica em Pequim, sagrava-se campeã da Europa de triatlo de sub-23, em Pulpi, Espanha, conquistando o título pela quarta vez. Também o português João Silva se sagrava campeão da Europa de triatlo de sub-23, enquanto Miguel Arraiolos conquistava a medalha de prata.

(Base das Lages)



publicado por Jorge Ferreira às 11:32 | link do post | comentar

Sábado, 05.09.09

Em 1658, os holandeses tomavam Jaffnaptam, última possessão portuguesa no Ceilão. Em 1774 reunia-se o primeiro Congresso Continental em Filadélfia e, em 1877, o astrónomo italiano Giovanni Schiaparelli começava a desenhar o primeiro mapa de Marte. Em 1920 era proclamado o estado de sítio em Lourenço Marques (Moçambique), na sequência de movimentos grevistas. Em 1939, os EUA declaravam-se neutrais na II Guerra Mundial. Cinco anos mais tarde Bruxelas era libertada pelos soldados norte-americanos, da ocupação nazi. Em 1972, o grupo palestiniano Setembro Negro atacava a delegação israelita nos Jogos Olímpicos de Munique, matando 11 atletas. Em 1978, começava a cimeira de Camp David, entre os dirigentes egípcio e israelita, por iniciativa do Presidente dos EUA, James Carter. Em 1988, morria o realizador radiofónico António Costa Macedo, de 54 anos, responsável do Diário Rural. Em 1989, o recorde mundial de velocidade era retirado ao atleta canadiano Ben Johnson, após prova de doping. Em 1997, morria, na Índia, Madre Teresa de Calcutá, aos 87 anos. Em 2004, o número de mortos da escola de Beslan, na Ossétia do Norte, subia para 394, registando-se 160 desaparecidos. A versão oficial do assalto das forças russas era posta em causa. Em 2006, morria Giacinto Facchetti, de 64 anos, antiga estrela do futebol italiano, presidente do Inter de Milão. Em 2008, morria a criadora dos Bordados de Óbidos, Maria Adelaide Ribeirete, aos 103 anos, em sua casa, na Quinta da Penha.

(Madre Teresa de Calcutá)



publicado por Jorge Ferreira às 09:36 | link do post | comentar

Sexta-feira, 04.09.09

Em 1888, George Eastman registava a patente da máquina fotográfica Kodak. Em 1929, o dirigível alemão Graff Zeppelin completava a viagem à volta do mundo. Em 1963, morria o político francês Robert Schumman, figura de proa na construção das Comunidades Europeias. Em 1972, o nadador norte-americano Mark Spitz ganhava a sétima Medalha de Ouro olímpica, em Munique, o maior número de medalhas de ouro conseguidas por um atleta, numa única edição dos Jogos. Em 1974, os EUA e a RDA estabeleciam relações diplomáticas. Em 1980, começava a guerra entre o Iraque e o Irão. Em 1986, o presidente da República Portuguesa vetava o novo Estatuto de Autonomia dos Açores. No mesmo dia, no Rio de Janeiro, morria o treinador de futebol Otto Gloria, aos 69 anos, treinador do Benfica e da selecção portuguesa de futebol em 1966, quando a equipa conquistou o terceiro lugar no Mundial de Inglaterra. Em 1995, a Federação das Organizações de Arte Rupestre aprovava, em Turim, o documento que reconhece a "importância da herança cultural do Vale do Côa". Na mesma data, morria o actor brasileiro Paulo Gracindo, aos 84 anos. Em 1999, em Timor-Leste, as milícias pró-integracionistas espalhavam o terror em Díli, com a conivência da polícia e do exército indonésios. Em 2003, a Comissão de Jurisdição do PS expulsava Fátima Felgueiras, ex-presidente da Câmara de Felgueiras. Em 2004, a tentativa de resgate dos reféns da escola de Beslan, na Ossétia do Norte, provocava várias centenas de mortos, na maioria, crianças. Em 2005, o PS formalizava o apoio à candidatura presidencial de Mário Soares. No mesmo dia, morria William Rehnquist, de 80 anos, presidente do Supremo Tribunal dos EUA.

(Otto Glória)



publicado por Jorge Ferreira às 13:51 | link do post | comentar

JORGE FERREIRA

tomarpartido@sapo.pt

visitantes em linha

English version by Google
Novembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

2
3
4
5
6
7

8
9

20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30



DESTAQUES




TAMBÉM ESTOU AQUI

Jorge Ferreira

Cria o Teu Crachá

Aveiro
Comunicar a direito
Democracia liberal
Diário de aveiro
Jorge ferreira
O carmo e a trindade
O templário
Terras de mármore
Tv net

O PARTIDO DOS AMIGOS

A cagarra
Alinhavos
Cão com pulgas
Eclético
Faccioso
Ilha da madeira
Fumaças
Mais actual
Meu rumo
Paris
Sobre o tempo que passa
Tubarão


OUTROS PARTIDOS

A arte da fuga
A barbearia do senhor luís
A casa de sarto
A casa dos comuns
A caveira vesga
A caverna obscura
A civilização do espectáculo
A destreza das dúvidas
A educação do meu umbigo
A gota de ran tan plan
A grande alface
A janela do ocaso
A natureza do mal
A origem das espécies
A outra varinha mágica
A regra do jogo
A revolta das palavras
a ritinha
A terceira noite
A textura do texto
A voz do povo
A voz nacional
A voz portalegrense
As escolhas do beijokense
As penas do flamingo
Abrigo de pastora
Abrupto
Às duas por três
Activismo de sofá
Admirável mundo novo
Adufe
Água leve
Água lisa
Alcabrozes
Alianças
Aliança nacional
Almocreve das petas
Apdeites v2
Arcadia
Arde lua
Arpão
Arrastão
Aspirina b
Atuleirus
Avatares de um desejo

Bar do moe, nº 133
Blasfémias
Bem haja
Berra-boi
Bic laranja
Bicho carpinteiro
Binoculista
Bissapa
Blogo social português
Blogotinha
Blogs e política
Blogue de direita
Blogue da sedes
Blogue real associação de lisboa
Blue lounge
Boca de incêndio
Boina frígia
Braga blog
Branco no branco
Busturenga

Cabalas
Café Bar James Dean
Café da insónia
Caixa de petri
Caixa de pregos
Câmara corporativa
Campos da várzea
Canhoto
Carreira da í­ndia
Causa liberal
Causa nossa
Cegos mudos e surdos
Centenário da república
Centurião
Certas divergencias
Chá preto
Charquinho
Cibertúlia
Cinco dias
Classe polí­tica
Clube das repúblicas mortas
Clube dos pensadores
Cobrador da persia
Combustões
Confidências
Congeminações
Contingências
Controversa maresia
Corta-fitas
Crónicas d'escárnio e mal dizer

Da condição humana
Da literatura
Da rússia
Dar à tramela
Dass
De vexa atentamente
Der terrorist
Delito de opinião
Desconcertante
Desesperada esperança
Despertar da mente
Direito de opinião
Do portugal profundo
Dois dedos de prosa e poesia
Dolo eventual
Duas cidades
Duas ou três coisas
2 rosas

É curioso
É tudo gente morta
e-konoklasta
Em 2711
Elba everywhere
Em directo
Encapuzado extrovertido
Entre as brumas da memória
Enzima
Ephemera
Esmaltes e jóias
Esquissos
Estado sentido
Estrago da nação
Estudos sobre o comunismo
Espumadamente
Eternas saudades do futuro

Falta de tempo
Filtragens
Fliscorno
Fôguetabraze
Foram-se os anéis
Fúria dos dias

Gajo dos abraços
Galo verde
Gazeta da restavração
Geometria do abismo
Geração de 80
Geração de 60
Geração rasca
Gonio
Governo sombra

Há normal?!
Herdeiro de aécio?!
Hic et nunc
Hoje há conquilhas, amanhã não sabemos
Homem ao mar

In concreto
Ideal social
Ideias soltas
Ilusão
Império lusitano
Impressões de um boticário de província
Insinuações
Inspector x
Intimista

Jacarandá
Janelar
Jantar das quartas
João Távora
Jornal dos media
José antónio barreiros
José maria martins
Jose vacondeus
Judaic kehillah of portugal - or ahayim
Jugular
Julgamento público

Kontrastes

La force des choses
Ladrões de bicicletas
Largo da memória
Largo das alterações
Latitude 40
Liblog
Lisbon photos
Lobi do chá
Loja de ideias
Lusitana antiga liberdade
Lusofin

Ma-schamba
Macroscópio
Maioria simples
Maquiavel & j.b.
Margem esquerda
Margens de erro
Mar salgado
Mas certamente que sim!
Mau tempo no canil
Memória virtual
Memórias para o futuro
Metafísica do esquecimento
Miguel teixeira
Miniscente
Minoria ruidosa
Minudencias
Miss pearls
Moengas
Movimento douro litoral
Mundo disparatado
Mundus cultus
My guide to your galaxy

Não há pachorra
Não não e não
Nem tanto ao mar
Neorema
Nocturno
Nortadas
Notas formais
Notícias da aldeia
Nova floresta
Nova frente
Num lugar à direita
Nunca mais

O afilhado
O amor nos tempos da blogosfera
O andarilho
O anónimo
O bico de gás
O bom gigante
O cachimbo de magritte
O condomínio privado
O contradito
O diplomata
O duro das lamentações
O espelho mágico
O estado do tempo
O eu politico
O insubmisso
O insurgente
O islamismo na europa
O jansenista
O jumento
O observador
O país do burro
O país relativo
O pasquim da reacção
O pequeno mundo
O pravda ilhéu
O principe
O privilégio dos caminhos
O profano
O reaccionário
O saudosista
O severo
O sexo dos anjos
O sinaleiro da areaosa
O tempo das cerejas
O universo é uma casca de noz
Os convencidos da vida
Os veencidos da vida
Obrigado sá pinto
Oceano das palavras
Office lounging
Outra Margem
Outubro

Palavra aberta
Palavrussaurus rex
Pangeia
Papa myzena
Patriotas.info
Pau para toda a obra
Pedra aguda
Pedro_nunes_no_mundo
Pedro rolo duarte
Pedro santana lopes
Pena e espada
Perguntar não ofende
Planetas politik
Planí­cie heróica
Playbekx
Pleitos, apostilas e comentários
Politeia
Política pura e dura
Polí­tica xix
Polí­tica de choque
Politicazinha
Politikae
Polvorosa
Porcausasemodivelas
Porto das pipas
Portugal dos pequeninos
Por tu graal
Povo de bahá
Praça da república em beja
Publicista

Quarta república

Registo civil
Relações internacionais
Retalhos de edith
Retórica
Retorno
Reverentia
Revisões
Ricardo.pt
Risco contínuo
Road book
Rua da judiaria

Salvaterra é fixe
Sem filtro
Sempre a produzir
Sentidos da vida
Serra mãe
Sete vidas como os gatos
Small brother
Sociedade aberta
Sociologando
Sorumbático
Sou contra a corrente
Super flumina

Táxi
Tempo político
Tenho dito
Teorias da cidade
Tese & antítese
Tesourinhos deprimentes
There is a light never goes out
Tirem-me daqui
Tralapraki
Transcendente
Tribuna
31 da armada
Tristeza sob investigação
Triunfo da razão
Trova do vento que passa

Último reduto
Um por todos todos por um

Vale a pena lutar
Vasco campilho
Velocidade de cruzeiro
Viagens no meu sofá
Vida das coisas
Vento sueste
Voz do deserto

Welcome to elsinore

Xatoo

Zarp blog

PARTIDOS DOS ALUNOS

Ao sul
As cobaias
Fados e companhia
O cheiro de santarém pela manhã
Platonismo político
Projecto comunicar

PARTIDOS DE ABRANTES

Abranteimas
Rua da sardinha
Torre de menagem

PARTIDOS DO ALGARVE

Mons cicus
Olhão livre
Tavira tem futuro
The best of lagos

PARTIDOS DE AVEIRO

A ilusão da visão
Academia de aveiro
Actas diárias
Amor e ócio
Arestália
Aveiro sempre
Bancada directa
Bancada norte
Blog de sergio loureiro
Botanabateira
Código da vivencia
Cogir
Debaixo dos arcos
Desporto aveiro
Divas e contrabaixos
Estados gerais
Forum azeméis
Já agora
Margem esquerda
Neo-liberalismo
Nós e os outros
Notas de aveiro
Notícias da aldeia
Noticias de ovar
Painéis de aveiro
Pontos soltos
Portal do beira-mar
4linhas
Quotidiano da miséria
7 meses
The sarcastic way
Visto de fora
Vouga

PARTIDOS DE OEIRAS

À rédea solta
Escrever sobre porto salvo
Eu sou o poli­ticopata
Oeiras local
Rememorar oeiras

PARTIDOS DE TOMAR

Alcatruzes da roda
Algures aqui
À descoberta de tomar
Charneca da peralva
Nabantia
Olalhas
Os cavaleiros guardiões de sta. maria do olival
Sondagem tomar
Tomar
Thomar vrbe
Tomar, a cidade
Tomar a dianteira
Vamos por aqui

PARTIDOS DE VILA VIÇOSA

A interpretação do tempo
Infocalipo
O restaurador da independencia
Tasca real

PARTIDOS POÉTICOS

Arrimar
Corte na aldeia
Forja de palavras
Linha de cabotagem (III)
Nimbypolis
O melhor amigo
Ofí­cio diário
Orgasmos dos sentidos

PARTIDOS DAS ÁGUIAS

A águia
A ilíada benfiquista
A mística benfiquista
Amo-te, benfica
Anti-anti-benfica
Benfiquistas desde pequeninos
Calcio rosso
Chama imensa
Diário de um adepto benfiquista
E isso me envaidece
E pluribus unum
Encarnados
Encarnado oriental
Encarnado e branco
Eterno benfica
Football dependent
Gloriosa fúria vermelha
Glorioso jornal
Gordo vai à baliza
Javardos benfiquistas
loucos pelo slb
Mágico slb
Mar vermelho
Memória gloriosa
Não se mencione o excremento
Novo benfica
O antitripa
O inferno da luz
O grémio benfiquista
Os nossos queridos jornalistas desportivos
País de corruptos
Quero a verdade
Ser benfiquista
Slbenfica - forever champions
Slblog
Tertúlia benfiquista
Um zero (1-0) basta
Vermelhovzky
Vedeta da bola
Vedeta ou marreta?
Velho estilo ultras
Vermelho à moda do porto

PARTIDOS DA BOLA

Cromo dos cromos

PARTIDOS DO DIREITO

Ab surdus
Assembleia de comarca
Blog de informação
Blog do dip
Cartilha jurídica
Cum grano salis
Direito na sociedade da informação
Dizpositivo
Elsa
Incursões
Iuris
Leituras oficiosas
Legalidade
Lex turistica nova
Mens agit molem
Notas constitucionais
O meu monte
Patologia social
Piti blawg
Ré em causa própria
Reforma da justiça
Rumo do direito
Santerna
Suo tempore
Trepalium
Urbaniuris
Vexata quaestio

PARTIDOS DA VIDA

Açores pelo não
Alentejo pelo não
(Des)conversas em família
Direito a viver
Évora pelo não
Fiat lux
Impensável
Jornal da família
Nebulado
Pela vida
Pelo não
Quero viver
Razões do não
Sinto a vida
Sou a favor da vida

PARTIDOS DA ARGENTINA

El opinador compulsivo

PARTIDOS DO BRASIL

Ação humana
Cronicas do joel
Depósito do maia

PARTIDOS DE ITÁLIA

Importanza dele parole

PARTIDOS DOS LIVROS

Blog do espaço de memória e do pátio das letras
D'outro tempo
Lerblog
Mundo pessoa

PARTIDOS DAS REVISTAS

Alameda digital
Leonardo, revista de filosofia portuguesa

PARTIDOS DA TAUROMAQUIA

Lides alentejanas
Toiradas

PARTIDOS DOS BLOGUES

aniversários de blogues
Blog do dia dn
Blogpatrol
Blogpulse
Blogsearch
Blogservatório
Blogs em lí­ngua portuguesa
Moblig
Orochi's blog
Sapo blogs
Technorati
Weblog

PARTIDOS DA POLÍTICA

Bloco de esquerda
Centro democrático social
Os verdes
Partido comunista português
Nova democracia
Partido social-democrata
Partido socialista


PARTIDOS DOS JOGOS OLÍMPICOS

Atenas 2004
Pequim 2008
Comité olí­mpico internacional
Comité olí­mpico de portugal

PARTIDOS DOS JORNALISTAS

a capital
Jornal do diabo
O comércio do porto



TAMBÉM JÁ ESTIVE AQUI
Blogue do não
Câmara de comuns
Eleições 2009
Nova vaga
Novo Rumo
O carmo e a trindade
O eleito
Olissipo
Ota não
Portal lisboa
RCP ONLINE
Semanário
Sportugal
Tomarpartido
ARQUIVOS

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

subscrever feeds
tags

efemérides(867)

borda d'água(850)

blogues(777)

josé sócrates(537)

ps(339)

psd(221)

cavaco silva(199)

pessoal(182)

justiça(180)

educação(150)

comunicação social(139)

política(137)

cds(126)

crise(121)

desporto(120)

cml(116)

futebol(111)

homónimos(110)

benfica(109)

governo(106)

união europeia(105)

corrupção(96)

freeport de alcochete(96)

pcp(93)

legislativas 2009(77)

direito(71)

nova democracia(70)

economia(68)

estado(66)

portugal(66)

livros(62)

aborto(60)

aveiro(60)

ota(59)

impostos(58)

bancos(55)

luís filipe menezes(55)

referendo europeu(54)

bloco de esquerda(51)

madeira(51)

manuela ferreira leite(51)

assembleia da república(50)

tomar(49)

ministério público(48)

europeias 2009(47)

autárquicas 2009(45)

pessoas(45)

tabaco(44)

paulo portas(43)

sindicatos(41)

despesa pública(40)

criminalidade(38)

eua(38)

santana lopes(38)

debate mensal(37)

lisboa(35)

tvnet(35)

farc(33)

mário lino(33)

teixeira dos santos(33)

financiamento partidário(32)

manuel monteiro(32)

marques mendes(30)

polícias(30)

bloco central(29)

partidos políticos(29)

alberto joão jardim(28)

autarquias(28)

orçamento do estado(28)

vital moreira(28)

sociedade(27)

terrorismo(27)

antónio costa(26)

universidade independente(26)

durão barroso(25)

homossexuais(25)

inquéritos parlamentares(25)

irlanda(25)

esquerda(24)

f. c. porto(24)

manuel alegre(24)

carmona rodrigues(23)

desemprego(23)

direita(23)

elites de portugal(23)

natal(23)

referendo(23)

apito dourado(22)

recordar é viver(22)

banco de portugal(21)

combustíveis(21)

música(21)

pinto monteiro(21)

bcp(20)

constituição(20)

liberdade(20)

saúde(19)

augusto santos silva(18)

cia(18)

luís amado(18)

todas as tags