Quinta-feira, 03.09.09

Em 1513, Azamor era conquistada pelas forças de D. Jaime, Duque de Bragança. Em 1539, eram aprovados os estatutos que Inácio de Loyola apresentara a Paulo III para a fundação da Companhia de Jesus. Em 1759, no reinado de D. José, os jesuítas eram expulsos de Portugal. Em 1783, era assinado o Tratado de Paris, entre os EUA e a coroa britânica, terminando a Guerra da Independência. Em 1939, o Reino Unido e a França declaravam guerra à Alemanha nazi. Quatro anos mais tarde, as tropas aliadas entravam em Itália. Em 1976, cessava a publicação o Jornal do Comércio, que iniciara a actividade em 17 de Outubro de 1853. Em 1980, no âmbito dos acordos de Gdansk, mineiros polacos voltavam ao trabalho dando por terminada as greves iniciadas em Julho. Em 1985, o Instituto francês para a Investigação e Exploração do Mar anunciava a descoberta do navio Titanic, quase intacto, a 900 quilómetros ao largo da costa da Terra Nova, a uma profundidade de 4.000 metros. Em 1991, morria o cineasta Frank Capra, 94 anos, galardoado com trêsÓscares, realizador de "Peço a Palavra", "Doido com Juízo” e "Do Céu Caiu uma Estrela". Em 1999, eram anunciados os resultados do referendo para a independência de Timor Leste. O voto a favor da independência atingira os 85%. A violência das milícias integracionistas regressava ao território. Em 2000, a TVI estreava o programa Big Brother. Em 2001, Fradique Melo Bandeira de Menezes era eleito presidente da República de São Tomé e Príncipe. No mesmo dia, Portugal sagrava-se vice-campeão mundial de canoagem, na disciplina de maratona. Em 2003, prestava juramento o Conselho de Governo iraquiano, a primeira administração própria, na era pós-Saddam Hussein. Em 2004, as forças russas iniciavam o assalto à escola de Beslan, na Ossétia do Norte. A Comissão Europeia aprovava o projecto de flexibilização do PEC, permitindo um défice público acima dos 3% do PIB. Em 2005, morria o arquitecto Fernando Távora, 83 anos, precursor da chamada Escola do Porto, mestre de Álvaro Siza Vieira.

(Azamor)



publicado por Jorge Ferreira às 10:12 | link do post | comentar

Terça-feira, 01.09.09

Em 1809, saíam, em Lisboa, os primeiros números dos jornais Novo Diário de Lisboa, Jornal de Lisboa, Mapa Político e Mensageiro. Em 1914, S.Petersburgo, na Rússia, passava a ser denominada Petrogrado. Em 1939, a Alemanha invadia a Polónia, dando início à II Guerra Mundial. Em 1969, na Líbia, um golpe dirigido pelo coronel Muammar Kadhafi depunha a monarquia e impunha a República Popular. Em 1975, eram nacionalizados os estaleiros navais de Viana do Castelo. Em 1988, morria o cientista Luis Walter Alvarez, de 77 anos, Prémio Nobel da Física em 1968. Em 1991, era inaugurada a ponte sobre o Guadiana, ligando o sul do Portugal a Espanha. Em 1998, o Sinn Fein anunciava o fim da violência no Ulster. Em 2003, começava a II Reunião de Lisboa sobre Terrorismo, promovida no âmbito da OSCE. No mesmo dia, morria o político espanhol Ramón Serrano Suñer, aos 100 anos, ideólogo do franquismo. Em 2004, um comando tchecheno tomava de assalto a escola de Beslan, na Ossétia do Norte, fazendo reféns cerca de um milhar de pessoas, entre elas perto de 200 crianças. No mesmo dia, morria Virgílio de Carvalho, com 77 anos, antigo militar, especialista em estratégia. Em 2005, a Al-Qaida reivindicava os atentados de 07 de Julho, em Londres, e ameaçava outros países europeus com novos ataques. Neste dia, as esquadras da PSP passavam a dispor de salas de atendimento e apoio às vítimas. Em 2006, o jornal O Independente publicava a última edição, 18 anos após o lançamento. E as autoridades norte-americanas entregavam oficialmente às iraquianas o controlo da prisão de Abu Ghraib. Em 2007, a portuguesa Vanessa Fernandes sagrava-se, em Hamburgo, campeã do Mundo de triatlo, na categoria de Elites, sendo agora o título olímpico o único que lhe falta no palmarés. 600 mil pessoas assistiram no Porto ao Red Bull Air race, que se realizou pela primeira vez em Portugal.

(Beslan)



publicado por Jorge Ferreira às 10:50 | link do post | comentar

Segunda-feira, 31.08.09

Em 1867, morria o poeta francês Charles Baudelaire. Em 1888, Jack o Estripador assassinava a primeira vítima, em Londres, a britânica Polly Nichols. Em 1890, em Portugal, começava a construção do actual Santuário do Sameiro, em Braga. Em 1901, começavam a circular os primeiros carros eléctricos de Lisboa. Em 1919, era abolida a censura à imprensa, na Irlanda. Em 1939, Adolf Hitler mandava avançar os Panzers para Leste. No dia seguinte, as forças alemãs entrariam na Polónia e a II Guerra Mundial tinha início. Em 1940, pela primeira vez desde o começo do conflito, a força aérea britânica bombardeava Berlim. Em 1941, a poeta russa Marina Tsvetayeva suicidava-se em Elabuga, aldeia remota da URSS, para onde fora deportada. Tsvetayeva escreveu "Indícios Terrestres", "Depois da Rússia". Em 1961, as últimas tropas espanholas deixavam Marrocos. Em 1963, morria o pintor Georges Braque, pioneiro do cubismo. Em 1973, desaparecia o cineasta norte-americano John Ford, realizador de "A Desaparecida", "O Homem que Matou Liberty Wallence", "Sete Mulheres", "O Homem Tranquilo". Em 1981, a Facção do Exército Vermelho, organização terrorista alemã, fazia explodir uma bomba no parque de estacionamento da base aérea da NATO em Ramstein, na RFA, ferindo vinte pessoas. Cerca de 20 anos depois, o fundador da organização terrorista, Horst Mahler, que também fora um dos célebres defensores do Maio de 1968, viria a assumir lugar de relevo no NPD, partido neonazi alemão. Em 1991, o Uzbequistão proclamava a independência. Em 1992, a extinção da Alta Autoridade contra a Corrupção era publicada em Diário da República. Em 1997, Diana de Gales, de 36 anos, morria num acidente de viação, em Paris. Em 1999, eram divulgados os números finais da afluência ao referendo em Timor-leste sobre o futuro do território: tinham votado 98,6% dos eleitores inscritos. Em 2004, o Ministério da Educação publicava a lista de colocação de professores, contestada pelos sindicatos, por causa do elevado número de erros e incorrecções. Em 2005, o primeiro balanço da destruição Katrina, no Sul dos EUA, apontava para a destruição de 85% dos imóveis no vale do Mississipi e para a morte de vários milhares de pessoas. No mesmo dia, desaparecia Joseph Rotblat, 96 anos, físico nuclear britânico de origem polaca, fundador das Conferências Pugwash, Nobel da Paz.

(Baudelaire)



publicado por Jorge Ferreira às 10:02 | link do post | comentar

Domingo, 30.08.09

No ano 30 a.C, suicidava-se Cleopatra do Egipto. Em 1585, morria o compositor italiano Andrea Gabrieli. Em 1645, índios americanos firmavam o tratado de paz com os holandeses de Nova Amsterdão, actual Nova Iorque. Em 1808, era assinada a convenção de Sintra, que pôs termo à primeira invasão francesa. Em 1852, era criado o Ministério das Obras Públicas, Comércio e Indústria, integrando uma Secretaria-Geral, a Direcção das Minas e Obras Públicas, a Direcção da Agricultura, a Direcção do Comércio e Manufacturas e a Repartição de Contabilidade. Fontes Pereira de Melo foi o ministro nomeado para o novo departamento do Estado. Em 1928, era formada a Liga da Independência da Índia. Em 1975, o primeiro-ministro Vasco Gonçalves era demitido, iniciando-se as negociações para a formação do VI Governo Provisório, numa coligação entre o PPD, PS e PCP. Em 1980, eram assinados os acordos de Gdansk, que criaram o sindicato polaco Solidariedade. Em 1981, morria Armando de Lucena, de 82 anos, cientista e antigo professor da Universidade de Coimbra. Em 1982, o líder da OLP Yasser Arafat era obrigado a deixar Beirute, no Líbano, cidade onde tinha instalado o quartel-general. Em 1984, o pintor surrealista espanhol Salvador Dali sofria graves queimaduras, no incêndio do Castelo de Pubol. Em 1987, o atleta canadiano Ben Johnson colocava, pela primeira vez, o recorde mundial dos 100 metros num valor abaixo dos 10 segundos, ao completar a prova em 9,83 segundos. Em 1991, o Azerbeijão declarava a independência. Em 1993, Israel e a OLP aprovavam o projecto de autonomia da faixa de Gaza e Jericó. Em 1996, morria o escritor cubano José Puig, com 79 anos. Em 1999, mais de noventa por cento dos timorenses acorriam às urnas para votar no referendo sobre o estatuto de Timor-Leste. Em 2001, elegiam, pela primeira vez, em plena democracia, uma administração para o território, cabendo a vitória à FRETILIN. Em 2003, na “rentrée” política, o antigo primeiro-ministro português, Durão Barroso, pedia a confiança dos portugueses para mais uma legislatura, até 2010, alegando que o seu projecto não era de curto prazo. No mesmo dia, morria o actor norte-americano Charles Bronson, aos 81 anos. Em 2005, a passagem do furacão Katrina no Louisiana destruía grande parte da cidade de Nova Orleães e localidades vizinhas. Neste dia, pela primeira vez, o barril de petróleo atingia os 70 dólares. Em 2006, o Conselho Superior de Defesa Nacional aprovava o envio para o Líbano de uma companhia de 140 militares de engenharia, para integrar a Força Interina das Nações Unidas - FINUL. E morriam Naguib Mahfouz, de 94 anos, escritor egípcio, o único árabe a receber o Nobel da Literatura, e Glenn Ford, aos 90 anos, actor norte-americano, co-protagonista de “Gilda”, com Rita Hayworth.

(Cleopatra)



publicado por Jorge Ferreira às 14:59 | link do post | comentar

Sábado, 29.08.09

Em 1825, Portugal reconhecia a independência do Brasil, proclamada em 07 de Setembro de 1822. Em 1842, terminava a guerra anglo-chinesa com o Tratado de Nanquim. Em 1896, era servido pela primeira vez o prato típico "chop suey", criado pela comunidade chinesa de Nova Iorque. Em 1921, era decretado o estado de emergência na Alemanha, pela instabilidade social da crise económica. Em 1925, morria o historiador Gama Barros. Em 1978, tomava posse o III Governo Constitucional, liderado por Nobre da Costa. Em 1984, morria o político cristão maronita Pierre Gemayel, 79 anos, membro do Governo libanês e pai do presidente do Líbano Amin Gemayel. Em 1991, eram suspensas todas as actividades do Partido Comunista da URSS, por decisão do Soviete Supremo. Em 1992, começava a campanha eleitoral para as eleições em Angola. No mesmo dia, morria o filósofo francês Félix Guattari, de 62 anos. Em 1994, era publicada a Lei que regulamenta a prática de nudismo em Portugal. Em 1998, Barrancos retomava a tradição dos touros de morte. No Congo, Kabila readquiria o poder sobre o Kinshasa, com a ajuda do Zimbabué. Em 1999, na véspera do referendo sobre a independência de Timor-Leste, independentistas e milícias assinaram o acordo que previa o exercício do direito de voto sem armas. Em 2002, em Barrancos, era feita a primeira lide de morte em situação de legalidade, desde 1928. No mesmo dia, morria António Maria Paulouro, aos 87 anos, director e fundador do Jornal do Fundão. Em 2004, Edmund Ho era reeleito para a liderança do executivo de Macau. E o piloto alemão Michael Schumacher conquistava o sétimo título de Campeão Mundial de Condutores de Fórmula 1. No mesmo dia, em Atenas, encerravam os XXV Jogos Olímpicos da era moderna. Em 2005, o furacão Katrina atingia Nova Orleães. Em 2007, era publicada em Diário da República a lei de revisão do Código de Processo Penal. Morria Pierre Messmer, com 91 anos, gaullista histórico, antigo primeiro-ministro francês. Em 2008, o juiz-conselheiro Mário Mendes era escolhido pelo primeiro-ministro, José Sócrates, para ocupar o novo cargo de secretário-geral do Sistema de Segurança Interna. A moçambicana Maria de Lurdes Mutola despedia-se das pistas de atletismo em Zurique, no mesmo palco em que ganhou por 12 vezes e onde conseguiu a sua melhor marca pessoal nos 800 metros, com 1.55,19 minutos.

(Nobre da Costa)



publicado por Jorge Ferreira às 11:49 | link do post | comentar

Sexta-feira, 28.08.09

Em 1551, Lisboa era atingida por um violento tremor de terra. Em 1578, subia ao trono o cardeal-Rei D. Henrique, filho de D. Manuel. Em 1676, morria o compositor espanhol Juan Cererols. Em 1797, D. Maria I criava a Brigada Real da Marinha. Em 1810, começava a terceira invasão francesa, com a tomada de Almeida, junto a Vilar Formoso. Em 1850, em Beyreuth, estreava-se a ópera "Lohengrin" de Richard Wagner. Em 1859, era obtida a primeira extracção mundial de petróleo em Titus Ville, nos EUA. Em 1938, as SS de Hitler abriam o campo de concentração de Mauthausen, na Áustria. Os primeiros prisioneiros chegaram, vindos do campo de Dachau, aberto na Alemanha em 1933. Em 1944, as cidades francesas de Marselha e Toulon eram libertadas da ocupação nazi. Em 1963, realizava-se a marcha sobre Washington, em defesa dos direitos civis da população negra, ainda sujeita à política segregacionista dos Estados do Sul. Martin Luther King profere então o mítico discurso "I have a dream" ("Eu tenho um sonho"), perante cerca de 250 mil pessoas. Em 1972, o nadador norte-americano Mark Spitz ganhava a primeira das sete medalhas de ouro que conquistaria nos Jogos Olímpicos de Munique, um recorde absoluto. Em 1974, era promulgada a Lei da Greve, em Portugal. Em 1987, morria o cineasta norte-americano John Huston, realizador de "O Tesouro de Sierra Madre", "The Dead", "Rainha Africana". Em 1990, o Iraque declarava o Kuwait décima nona província do país, consumando a anexação. Em 1995, morria o escritor Michael Ende, o autor de "História Interminável". Em 2004, o Governo português impedia a entrada do barco Born Diep, da organização Women on Waves, em águas territoriais portuguesas. No Iraque, dois jornalistas franceses desaparecidos no dia 19, são dados como reféns do Exército Islâmico. Em 2005, a aproximação do furacão Katrina do Sul dos EUA determinava a evacuação imediata e obrigatória de Nova Orleães. Em 2006, era lançado o Passaporte Electrónico Português. Em 2007, era publicado em Diário da República o diploma que altera o regime de acesso dos cidadãos ao direito e aos tribunais. Morriam Francisco Umbral, de 72 anos, escritor espanhol, autor de “E Como Eram as Ligas de Madame Bovary” (2003), Prémio Príncipe das Astúrias das Letras em 1996 e Prémio Cervantes de 2000; Hilly Kristal, com 75 anos, empresário norte-americano, fundador do clube nova-iorquino CBGB, que revelou nomes como os Ramones, Patti Smith, Talking Heads ou Blondie; António Puerta, aos 22 anos, futebolista do Sevilha FC; e José Flamínio Roza, de 61 anos, advogado, presidente da Fundação Alentejo-Terra Mãe. Em 2008, os donos de cães potencialmente perigosos vão passar a ser responsabilizados criminalmente pelos seus ataques, segundo a proposta de lei aprovada em Conselho de Ministros.

(Cardeal D. Henrique)



publicado por Jorge Ferreira às 10:17 | link do post | comentar

Quinta-feira, 27.08.09

Em 1521, morria o compositor Josquin Desprez, em Condé-sur-l'Escaut. Em 1664, morria o pintor espanhol Francisco de Zurbarán, um dos maiores nomes da pintura barroca. Em 1862, Giuseppe Garibaldi, patriota italiano, era capturado quando se preparava para tomar Roma. Em 1879, morria Roland Hill, criador dos selos de correio. Em 1912, aparecia a primeira aventura de Tarzan, de Edgar Rice Burroughs, redactor publicitário de Chicago. Em 1940, Salazar criava o Ministério da Economia, congregando os serviços dos antigos ministérios do Comércio e Indústria e da Agricultura. Em 1950, morria o escritor italiano Cesare Pavese, de 42 anos, autor de "A Lua e as Fogueiras", "Noites de Agosto" e "Trabalhar Cansa". Em 1965, morria o arquitecto de origem suíça, Le Courboisier, pioneiro do urbanismo moderno. Em 1967, morria Brian Epstein, o primeiro agente dos Beatles. Em 1974, era assinado, em Argel, o acordo entre Portugal e o PAIGC para a independência da Guiné-Bissau. Em 1975, 24 jornalistas do Diário de Notícias eram expulsos num plenário de trabalhadores. Em 1979, Lord Mountbatten, bisneto da rainha Vitória e tio de Filipe de Edimburgo, morria num atentado à bomba do IRA. Em 1991, o dirigente soviético Mikhail Gorbachov anunciava a realização de eleições directas e universais para a Presidência da URSS. No mesmo dia a Moldávia proclamava a independência. Em 2002, a magistrada Maria José Morgado pedia a demissão da Direcção Central para o Combate à Corrupção, Fraudes e Infracções Económicas e Financeiras da Polícia Judiciária. Em 2003, "o planeta Marte atingia a maior proximidade do planeta Terra, nos últimos 60 mil anos, passando a 55,76 milhões de quilómetros, fenómeno que só deverá repetir-se no final do século XXIII. Em 2004, morria Laura Branningan, 47 anos, cantora norte-americana que popularizou “Gloria”, no final da década de 1970. Em 2006, morria Maria Esther de Capovilla, aos 116 anos, equatoriana, a pessoa mais velha do mundo, para o Guinness. Em 2007, o atleta português Nelson Évora sagrava-se campeão mundial do triplo salto, com a marca de 17,74 metros à terceira tentativa, que lhe permitiu melhorar em 23 centímetros ao seu antigo recorde nacional.

(Tarzan)



publicado por Jorge Ferreira às 10:18 | link do post | comentar

Quarta-feira, 26.08.09

Em 1595, morria, no exílio, em Paris, D. António Prior do Crato. Em1635, desaparecia o dramaturgo espanhol Lope de Vega. Em 1789, a Assembleia Constituinte francesa aprovava a Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão. Em 1931, em plena ditadura nacional de Carmona e Salazar, gorava-se a tentativa de golpe de estado, por um grupo de oficiais do Quartel de Metralhadoras 1, em Lisboa. Em 1957, era proclamada a independência na Namíbia. Em 1972, começavam os XX Jogos Olímpicos de Munique que ficaram assinalados pela morte de onze elementos da equipa de Israel, sequestrados pelo comando Setembro Negro. Em 1974, Portugal reconhecia, em Argel, a independência da Guiné-Bissau, proclamada um ano antes pelo PAIGC. No mesmo dia, morria o aviador norte-americano Charles Lindberg. Em 1978, era eleito Papa o cardeal italiano Albino Luciani que veio a adoptar o nome de João Paulo I. Em 1992, os dirigentes da futura República Checa e da Eslováquia marcavam a cisão para 01 de Janeiro de 1993. Em 2002, começava, em Joanesburgo, na África do Sul, a Cimeira Mundial do Desenvolvimento Sustentável, dez anos após a Cimeira do Rio de Janeiro. No mesmo dia, o juiz Baltazar Garzón da Audiência Nacional de Espanha suspendia todas as actividades do Batasuna, ordenando o encerramento das sedes e bloqueando as estruturas de financiamento do partido separatista basco, estrutura política da ETA Militar. Em 2003, a ministra portuguesa das Finanças, Manuela Ferreira Leite, afirmava num debate dos TSD, em Braga, que o congelamento de admissões na Administração Pública tinha sido "a medida mais estúpida" que tomara, mas para a qual não tinha alternativa. Em 2005, morria Wolfgang Bauer, 64 anos, dramaturgo e cineasta austríaco, autor de "Tarde Mágica". Em 2007, morriam Gaston Thorn, de 78 anos, antigo primeiro-ministro luxemburguês e ex-presidente da Comissão Europeia; Edward George Seidensticker, com 86 anos, escritor e tradutor norte-americano, conhecido pela tradução para inglês de “Genji Monogatari”, “The Tale of Genji”, de Murasaki Shikibu, obra de referência da literatura japonesa; e também Alberto de Lacerda, aos 79 anos, poeta, um dos fundadores da revista Távola Redonda.

(João Paulo I)



publicado por Jorge Ferreira às 10:11 | link do post | comentar

Terça-feira, 25.08.09

Em 1742, morria em Lisboa o compositor Carlos Seixas. Em 1770, Pinhel passava a cidade. Em 1774, morria o compositor italiano Nicolo Jommelli. Em 1776, morria o filósofo escocês David Hume. Em 1825, o Uruguai proclamava a independência sobre o Brasil. Em 1900, morria o filósofo alemão Friedrich Nietzsche. Em 1944, na II Guerra Mundial, Paris era libertada da ocupação nazi. Em 1948, Kim Il Sung proclamava a República Democrática da Coreia. Em 1981, a sonda espacial Voyager II chegava a 100 mil quilómetros de Saturno. Em 1984, morria o escritor Truman Capote, pioneiro do novo jornalismo literário, autor de "A Sangue-Frio". Em 1989, morria o jornalista e escritor Norberto Lopes, de 88 anos. Em 1997, Engo Krenz, último presidente da ex-RDA, era condenado a seis anos e meio de prisão pela responsabilidade na morte de cidadãos da Alemanha de Leste quando pretendiam fugir para o Ocidente. Em 2002, duas trovoadas de granizo arrasaram a produção de azeitona e vinha no concelho de Freixo de Espada à Cinta, no distrito de Bragança. Em 2003, morriam 52 pessoas e mais de 150 ficavam feridas, no duplo atentado em Bombaim, capital comercial da Índia. No mesmo dia, no Ruanda, realizavam-se as primeiras eleições depois do genocídio de 1994. Paul Kagame garantiu a Presidência do país. Em 2004, uma equipa de cientistas europeus, liderada pelo português Nuno Cardoso, anunciava a descoberta de um planeta fora do sistema solar. O Palácio de Monserrate, em Sintra, reabria ao público. E morria o estilista português José Carlos, com 53 anos. Em 2007, morria Raymond Barre, aos 83 anos, antigo primeiro-ministro francês. E também morria Eduardo Prado Coelho, de 63 anos, professor e ensaísta, Grande Prémio de Literatura Autobiográfica da Associação Portuguesa de Escritores, em 1996, com o diário “Tudo o Que Não Escrevi”.

(Friedrich Nietzsche)



publicado por Jorge Ferreira às 10:07 | link do post | comentar

Segunda-feira, 24.08.09

Em 79, a erupção do Vesúvio arrasava as cidades de Pompeia e Herculano. Em 410, os Visigodos tomavam Roma, marcando o termo do que restava do Império Romano. Em 1356, um tremor de terra atingia Lisboa, demolindo parte da Sé. Em 1456, completava-se a impressão da Bíblia de Gutemberg. Em 1471, a cidade da Arzila era conquistada pelas forças portuguesas de Afonso V. Em 1666, morria D. Francisco Manuel de Melo, autor da "Carta de Guia de Casados" e das “Obras Métricas". Em 1690, era fundada a cidade de Calcutá. Em 1879, começava a construção da Avenida da Liberdade, em Lisboa. Em 1891, Thomas Edison patenteava a primeira câmara para registo de imagens em movimento. Em 1911, Manuel Arriaga era eleito primeiro presidente da República Portuguesa. Em 1949, entrava em vigor o Tratado do Atlântico Norte que criou a NATO. Em 1967, os EUA e a União Soviética assinavam, em Genebra, o Tratado de Não-Proliferação de Armas Nucleares. Em 1971, era inaugurado o aeroporto da Horta, nos Açores. Em 1972, o norte-americano Bobby Fischer sagrava-se campeão mundial de xadrez ao vencer o russo Boris Spassky. Em 1973, Augusto Pinochet era nomeado comandante-chefe do Exército chileno por Salvador Allende, presidente do país. Em 1995, era lançado o Windows 95. Em 2006, a União Astronómica Internacional decidia retirar a Plutão o estatuto de planeta. E morria Álvaro Veiga de Oliveira, de 77 anos, membro do “Grupo dos Seis”, ex-militante do PCP, antigo ministro do IV Governo Provisório. Em 2007, morrem Abdul Rahman Aref, de 91 anos, ex-presidente do Iraque, derrubado em 1968 por um golpe de Estado do partido Baas, de Saddam Hussein; José Sombreireiro, com 74 anos, médico-legista, que autopsiou Sá Carneiro e Joaquim Agostinho; e Alfredo Murça, de 59 anos, antigo futebolista internacional, bicampeão pelo FC Porto em 1977/78 e 78/79. Em 2008, com 51 medalhas de ouro, 21 de prata e 28 de bronze, a China "vencia", pela primeira vez na sua história, o quadro de medalhas dos Jogos Olímpicos, com base no critério de mais títulos, e deixava os Estados Unidos em segundo lugar (36 medalhas de ouro).

(Pompeia)



publicado por Jorge Ferreira às 11:03 | link do post | comentar

Sábado, 22.08.09

Em 1422, D. João I determinava a passagem do calendário português para a era de Cristo. Em 1484, D. João II, o Príncipe Perfeito, apunhalava seu primo, Duque de Viseu, acusado de chefiar uma conspiração contra o monarca. Em 1485, o rei de Inglaterra Ricardo III morria na batalha de Bosworth. Henrique VII subia ao trono. Em 1599, morria o compositor italiano Luca Marenzio. Em 1654, Jacob Barsimson, que se acredita ter sido o primeiro judeu a emigrar para a América, desembarcava em Nova Amsterdão, actual Nova Iorque. Em 1862, a actriz francesa Sarah Bernhardt estreava-se nos palcos de Paris. Em 1922, o líder revolucionário irlandês Michael Collins era morto numa emboscada. Em 1941, durante a II Guerra Mundial, as tropas alemãs chegavam a Leninegrado. Em 1953, era derrubado o Governo de Mossadegh, no Irão, e o Xá Reza Pahlevi regressava ao país. No mesmo dia, a soprano Maria Callas terminava as gravações históricas da ópera "Tosca", de Puccini, no Teatro alla Scala de Milão, sob a direcção do maestro Victor De Sabata. Em 1981, morria o cineasta brasileiro Glauber Rocha, mestre do Cinema Novo. Em 2003, era extinta a Telescola, com a determinação do encerramento dos 250 postos de Ensino Básico Mediatizado. Em 2004, o atleta português de origem nigeriana Francis Obikwelu conquistava a medalha de prata na final dos 100 metros dos Jogos Olímpicos de Atenas, estabelecendo novo recorde europeu da velocidade. No mesmo dia, os quadros “O Grito” e “Madonna”, os mais célebres do pintor norueguês Edvard Munch, eram roubados do Museu de Oslo.Em 2005, as frentes de fogo atingiam os limites de Coimbra e destruíam habitações em Ceira. Os doentes do Hospital Psiquiátrico Sobral Cid eram evacuados para instalações internas. A mata nacional do Vale de Canas acabou destruída pelo fogo. Em 2006, no Caso Mateus, o Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol confirmava a manutenção do Belenenses na primeira Liga e a despromoção do Gil Vicente à Liga de Honra. Em 2008, um acidente na Linha do Tua, envolvendo uma composição da Metro Mirandela, causava a morte de uma mulher de 47 anos e 43 feridos, cinco dos quais com gravidade. O jamaicano Usain Bolt entrava na história dos Jogos Olímpicos, ao alcançar a terceira medalha de ouro, a que juntou terceiro recorde mundial, na estafeta 4x100 metros, e junta-se ao norte-americano Michael Phelps como herói em Pequim.

(Mossadegh)



publicado por Jorge Ferreira às 11:35 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Sexta-feira, 21.08.09

Em 1415, D. João I conquistava Ceuta aos mouros. Em 1508, Funchal passava a cidade e, em 1534, era a vez de Angra do Heroísmo. Em 1808, terminava a Batalha do Vimeiro, com a derrota das tropas francesas invasoras, comandadas por Junot. Em 1822, o Banco de Lisboa, na origem do Banco de Portugal, abria as portas ao público. Em 1894, morria o escritor e historiador português Oliveira Martins, autor da "História da Civilização Ibérica". Em 1911, a Assembleia Constituinte aprovava a primeira Constituição da República Portuguesa. No mesmo dia, em Paris, era roubado o quadro de Leonardo Da Vinci, "Mona Lisa", no Museu do Louvre. Em 1968, as forças soviéticas destituíam Alexandre Dubcek da Checoslováquia. Em 1983, o líder oposicionista filipino Benigno Aquino era assassinado a tiro quando saía do avião em Manila. Em 1991, na URSS, a junta do golpe comunista tentava assaltar o Parlamento, onde se encontrava Boris Ieltsine.  Em 1994, Afonso Dhlakama, líder da Renamo, reunia-se em Maputo com o presidente Joaquim Chissano. O cessar-fogo em Moçambique estava marcado para 1 de Setembro. Em 1995, a Assembleia Nacional de S.Tomé e Príncipe aprovava a amnistia dos militares implicados no golpe de 15 de Agosto. Em 2003, morria a actriz Luísa Barbosa, aos 80 anos. Em 2006, começava o julgamento do ex-presidente iraquiano Saddam Hussein, no processo relativo à morte a 100.000 curdos, entre 1987 e 1988.

(Oliveira Martins)



publicado por Jorge Ferreira às 10:21 | link do post | comentar

Quinta-feira, 20.08.09

Em 1611, morria o compositor espanhol Tomás Luiz de Victoria, referência na polifonia ibérica do século XVI. Em 1641, os ingleses assinavam o tratado de paz com a Escócia. Em 1791, o Alasca era descoberto pelo navegador dinamarquês Vitus Jonas Bering. Em 1833, na Guerra Civil pela consolidação do Liberalismo em Portugal (1832-34), os miguelistas retiravam da margem sul do Douro, batidos pelas forças do marechal Saldanha. Em 1837, as forças da revolta cartista concentravam-se em Torres Novas. Em 1861, era autorizada a fundação do Banco União, o quarto banco português. Em 1890, era assinado o Tratado de Londres entre Portugal e o Reino Unido, definindo os limites territoriais de Angola e Moçambique. Em 1908, Leopoldo II da Bélgica transferia o Congo, até então sua propriedade pessoal, para o Governo belga. O acto sucedeu-se à denúncia das condições de escravatura da população e ao endividamento contínuo do Rei. Em 1932 eram publicados os estatutos da União Nacional, a única força política autorizada durante o Estado Novo. Em 1940, o revolucionário russo Leon Trotsky, refugiado no México, era atacado, vindo a morrer um dia depois. Em 1944, começava a sublevação da Resistência Francesa em Paris, contra as tropas nazis. Em 1960, o Senegal quebrava a integração na Federação do Mali, efectivando a independência. Em 1968, a Primavera de Praga terminava às ordens da URSS, com a entrada das forças do Pacto de Varsóvia na capital da Checoslováquia. Em 1979, era criada a União de Esquerda para a Democracia Socialista (UEDS). Em 1981, Pinto Balsemão aceitava formar o VIII Governo constitucional. Em 1984, morria, em Lisboa, o embaixador Vasco Futscher Pereira, de 62 anos, antigo Ministro dos Negócios Estrangeiros. Em 1989, um barco-discoteca afundava-se no Tamisa, em Londres, morrendo mais de 60 pessoas, entre as quais um empresário português e seu irmão. Em 1991, a Estónia declarava a independência. Em 1995, morria o desenhador e escritor italiano Hugo Pratt, criador do herói Corto Maltese. Em 2006, morria Joe Rosenthal, de 94 anos, fotógrafo norte-americano, correspondente de guerra da Associated Press, Prémio Pulitzer com a foto de Iwo Jima, símbolo da vitória das tropas norte-americanas, durante a Segunda Guerra Mundial. Em 207, morria Hua Guofeng, o sucessor de Mao Tse Tung na liderança da República Popular da China e do Partido Comunista chinês, em Pequim, aos 87 anos.

(O fim da Primavera de Praga)



publicado por Jorge Ferreira às 08:49 | link do post | comentar

Quarta-feira, 19.08.09

Em 1548, morria o escritor português Frei Heitor Pinto (data provável). Em 1591, travava-se a batalha naval entre Espanha e Inglaterra, ao largo dos Açores. A Espanha vencia. Em 1859, no reinado de D. Pedro V, era estabelecido o Tribunal de Contas. Em 1908, morria o escritor português Trindade Coelho, autor de “Aos Meus Amores”. Em 1910, o Governo português colocava em prevenção as forças armadas, dizendo temer um movimento de oposição à Monarquia. Em 1934, realizava-se, na Alemanha, o plebiscito que entregaria a Adolf Hitler a plena Chefia do Estado Alemão, após a morte do presidente Hidenburgo. Em 1936, na madrugada de 19 de Agosto, poucas semanas depois do início da Guerra Civil Espanhola, o poeta e dramaturgo andaluz Frederico García Lorca era fuzilado nos arredores de Granada, pelas forças nacionalistas.Nesta data, em 1948, realizava-se a reunião de apoio à campanha do general Norton de Matos à Presidência da República Portuguesa, como candidato da oposição. A polícia cercou o edifício e prendeu os participantes. Em 1965, o tribunal de Frankfurt, depois de um julgamento que durou 20 meses, condenava a prisão perpétua seis antigos oficiais nazis do campo de concentração de Auschwitz. Em 1991, verificava-se a tentativa de golpe de Estado na URSS, contra Mikhail Gorbachov, organizado por comunistas da linha dura. Em 1994, morria Linus Pauling, aos 93 anos, Prémio Nobel da Química, em 1954, e da Paz, em 1962. Em 1996, morria a jornalista Vera Lagoa, ex-directora de O Diabo, também Maria Armanda Falcão, primeira locutora de continuidade da RTP. Em 2003, era atacada a sede da ONU em Bagdad. O atentado suicida com um camião armadilhado fez 23 mortos, entre os quais o representante do secretário-geral da organização no país, o diplomata brasileiro Sérgio Vieira de Mello. Mais de cem pessoas ficaram feridas. Em 2004, forças norte-americanas bombardeavam Najaf, preparando o “assalto final” à cidade santa xiita, dominada pelas milícias do líder Moqtada al Sadr. A RTP perdia para a TVI os direitos de transmissão dos jogos e resumos da Liga de futebol. No mesmo dia, morria Elmer Bernstein, de 82 anos, compositor norte-americano, autor das bandas sonoras de filmes como "Os Dez Mandamentos", de Cecil B. De Mille, ou "A Idade da Inocência", de Martin Scorsese. Em 2005, morria Marjorie "Mo" Mowlam, aos 55 anos, dirigente trabalhista britânica, antiga ministra para a Irlanda do Norte, impulsionadora do acordo de paz de 1998.

(Trindade Coelho)



publicado por Jorge Ferreira às 11:46 | link do post | comentar

Terça-feira, 18.08.09

Em 1549, Inocêncio III criava a Diocese de Portalegre. Em 1833, na Guerra Civil que levaria à vitória Liberal de 1834, o Duque de Saldanha batia a divisão miguelista no Porto. Em 1834, na primeira sessão parlamentar, era discutida a proposta do ministro do Reino para que D. Pedro conservasse a regência até à maioridade de D. Maria II. Em 1836, eram estabelecidas as primeiras caixas económicas em Portugal, conhecidas por Montes de Piedade. Em 1842, o extinto Convento da Boa-Hora, em Lisboa, era posto à disposição do Ministério da Justiça, para nele se instalarem os tribunais da capital. Em 1843, morria o compositor e pianista português João Domingos Bomtempo, fundador do Conservatório de Música (1835). Em 1850, morria o escritor francês Honoré de Balzac e, em 1891, o português Luz Soriano. Um ano depois, era inaugurada a praça de touros do Campo Pequeno, em Lisboa. Em 1896, a declaração de insolvência do Banco do Porto e do Banco Comercial de Viana levou à corrida aos depósitos e à suspensão de todos os pagamentos. Em 1897, morria o médico português Sousa Martins. Em 1920, o Congresso norte-americano aprovava a 19ª emenda à Constituição, que atribuiu o direito de voto às mulheres. Em 1939, a URSS de José Estaline e a Alemanha de Adolf Hitler assinavam o pacto comercial, antes do Pacto de não-agressão.

Neste dia, em 1961, ao fim dos primeiros meses da Guerra Colonial, eram utilizados, pela primeira vez, os aviões caça-bombardeiros F84, da Força Aérea Portuguesa, a partir da Base de Luanda. Em 1964, o Apartheid justificava a expulsão da África do Sul dos Jogos Olímpicos. Em 1977, neste país, era preso o líder negro Stephen Biko, que não sobreviveu à tortura. No mesmo dia, nos EUA, morria o actor de comédia Groucho Marx. Em 1991, morria Lindley Cintra, com 66 anos, professor universitário, figura de prestígio na literatura portuguesa, na linguística e no ensino. Em 1994, o Supremo Tribunal da Austrália considerava válido o acordo celebrado entre o Governo australiano e a Indonésia para a exploração de petróleo no Mar de Timor. Em 1995, o presidente de S. Tomé e Príncipe, Miguel Trovoada, era libertado pelos militares golpistas, retomando as funções. Em 2005, morria Tonino delli Celli, 81 anos, cineasta italiano, director de fotografia dos filmes de Pier Paolo Pasolini, Federico Fellini e Roberto Benigni. Desaparecia ainda Freddy Alborta, de 73 anos, fotógrafo italiano, autor da última fotografia do corpo de Che Guevara. Em 2007, era inaugurado o primeiro observatório solar da Península Ibérica, no Centro de Ciência Viva de Constância, e o jornal sueco Nerikes Allehanda publicava uma caricatura do profeta Maomé, gerando nova vaga de protestos no mundo islâmico.

(Duque de Saldanha)



publicado por Jorge Ferreira às 12:39 | link do post | comentar

Segunda-feira, 17.08.09

Em 1710, morria o padre Manuel Bernardes, nome maior da literatura barroca portuguesa, autor de "Luz e Calor", "Os Últimos Dias do Homem". Em 1743, era assinado o acordo de paz entre a Rússia e a Suécia, em Abo, que levou à cedência à Rússia de uma parte da Finlândia. Em 1808, durante as Invasões Francesas, forças portuguesas e inglesas, sob o comando do britânico Wellesley, venciam os franceses na Batalha de Roliça. Em 1815, Napoleão Bonaparte chegava à Ilha de Santa Helena, para onde fora desterrado. Em 1838, morria o poeta italiano Lorenzo Da Ponte, autor dos libretos de três grandes óperas de Mozart, "As Bodas de Fígaro", "Don Giovanni" e "Così fan Tutte". Em 1862, nos EUA, começava a sublevação dos índios Lakota (Sioux), contra o encerramento em reservas. Em 1870, Esther Morris era nomeada a primeira magistrada, nos Estados Unidos. Em 1876, em Beyreuth, na Baviera, estreava-se a ópera de Richard Wagner "O Crepúsculo dos Deuses", última parte da tetralogia "O Anel do Nibelungo". Em 1879, era criada a Companhia Francesa do Canal do Panamá, sob a presidência de Ferdinand Lesseps. Em 1939, a poucos dias do início da II Guerra Mundial, Portugal assinava com o Reino Unido o Acordo Luso-Britânico de cooperação militar. No mesmo dia, em Nova Iorque, estreava-se "O Feiticeiro de Oz", filme de Victor Fleming, com Judy Garland. Um ano depois, em 1940, já em pleno conflito, Hitler ordenava obloqueio total a Inglaterra. Em 1941, morria o escritor indiano Rabindranath Tagore, Prémio Nobel da Literatura em 1913. Em 1943, as forças aliadas dos generais Montgomery, inglês, e Patton, norte-americano, concluíam a libertação da Sicília, na Itália, com a tomada de Massina. Em 1944, em Coimbra, morria o poeta português Eugénio de Castro, introdutor do Simbolismo em Portugal, autor de "Cristalizações da Morte". Em 1945, o general Sukarno proclamava unilateralmente a independência da Indonésia. No mesmo dia, o general De Gaulle, então presidente provisório de França, comutava a pena de morte a que fora condenado o marechal Pétain, alterando-a para prisão perpétua. Em 1960, era proclamada a independência do Gabão. Em 1969, morria o arquitecto alemão Ludwig Mies van der Rohe, nome central da Bauhaus, nos anos 20-30, e do urbanismo moderno. Em 1987, em Lisboa, tomava posse o XI Governo Constitucional, liderado por Aníbal Cavaco Silva. Foi o primeiro executivo português apoiado pela maioria absoluta de um só partido, no regime Parlamentar. Ainda em 1987, no Brasil, morria o poeta Carlos Drummond de Andrade, nome maior da literatura em língua portuguesa, autor de "Morte e Vida Severina". Um ano depois, na prisão de Spandau, suicidava-se Rudolf Hess, antigo líder do Partido Nazi, cúmplice do genocídio e braço-direito de Adolf Hitler, até 1940. Em 2000, o Governo português extinguia o Projecto Vida, passando as competências para o novo Instituto Português da Droga e Toxicodependência. Em 2001, o consórcio RTP-SIC-SGC vencia o concurso para a exploração da Televisão Digital Terrestre. Em 2006, era aprovado o novo regime de apoio às artes e a regulamentação da Lei do Cinema e do Audiovisual. A pintora Paula Rego e a Câmara Municipal de Cascais assinavam o contrato de doação e empréstimo de 121 obras, para o museu dedicado à artista, concebido pelo arquitecto Souto Moura e eram exumados os restos mortais de 1.153 presumíveis vítimas do massacre de Srebrenica, numa vala comum em Kamenica. Em 2007, Adriaan Vlok, antigo ministro da Administração Interna do último governo do apartheid na África do Sul, era condenado a 10 anos de prisão com pena suspensa por cinco anos, por tentativa de homicídio de um activista, e um tribunal de Frankfurt pronunciava-se pela libertação da antiga activista da organização terrorista Fracção do Exército Vermelho Eva Haule, após cumprir 21 anos de uma pena de prisão perpétua pela participação num triplo assassínio e num atentado na Alemanha, em 1985. Em 2008, o norte-americano Michael Phelps conquistava a sua oitava medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Pequim2008, batendo o mítico recorde do seu compatriota e também nadador Mark Spitz, conseguido em Munique1972. Phelps selou o oitavo título olímpico em Pequim ao ajudar a estafeta dos Estados Unidos a vencer a final dos 4x100 metros estilos, em 3.29,34 minutos, um novo recorde mundial.

(Carlos Drummond de Andrade)



publicado por Jorge Ferreira às 09:22 | link do post | comentar

Domingo, 16.08.09

Em 1900, morria o escritor português José Maria Eça de Queiroz, em Paris, onde era cônsul-geral. Em 1960, o Reino Unido concedia a independência a Chipre. Em 1964, o general Nguyen Khan assumia a presidência do Vietname do Sul. Em 1968, Oliveira Salazar procedia à última remodelação do Governo. Partiria para férias, pouco depois, para o Forte de Santo António do Estoril. Em 1977, o cantor norte-americano Elvis Presley, de 46 anos, morria em Memphis, Tennessee.Em 1989, na Polónia, os parlamentares do Solidariedade, com outros partidos, aprovavam, por maioria, a resolução que fundava a coligação governamental não-comunista. Era a primeira força política liberal num país do bloco do Leste. Em 1993, morria o actor norte-americano Stewart Granger, aos 80 anos, o galã inocente de "O Desconhecido do Norte-Expresso", de Alfred Hitchcock. Em 1995, um avião Concorde da Air France batia o próprio recorde de circum-navegação, efectuando uma volta ao mundo em 3h27m49s. Em 2003, morria Idi Amin Dada, com 80 anos, ex-ditador do Uganda (1971-79). Em 2004, passava a ser obrigatória a apresentação da Ficha Técnica da Habitação nas escrituras de compra de casa. No mesmo dia, morria Sune Bergstroem, de 88 anos, médico sueco, Prémio Nobel da Medicina em 1982 pela investigação sobre componentes bioquímicos que influenciam a coagulação e a tensão sanguínea. Em 2006, morria Alfredo Stroessner, aos 93 anos, antigo ditador do Paraguai (1954-89). Em 2008, o líder da oposição do Zimbabué, Morgan Tsvangirai, aceitava ser primeiro-ministro de um Governo de unidade nacional, cedendo a Presidência e o controlo das Forças Armadas ao actual Presidente, Robert Mugabe. Francis Obikwelu anunciava o fim da sua carreira de desportista, após ter sido eliminado nas meias-finais dos 100 metros dos Jogos Olímpicos Pequim2008, e pede desculpa aos portugueses pelo seu afastamento. Obikwelu foi sexto na segunda meia-final dos 100 metros dos Jogos Olímpicos de Pequim. O nadador norte-americano Michael Phelps voltava a deslumbrar ao igualar o recorde de sete medalhas de ouro numa edição de Jogos Olímpicos alcançada pelo seu compatriota Mark Spitz, ao vencer os 100 metros mariposa de Pequim2008. Morria o músico e compositor brasileiro Dorival Caymi, na sua residência no Rio de Janeiro, aos 94 anos. Dorival Caymi tornou-se mundialmente conhecido quando a cantora luso-brasileira Carmen Miranda interpretou uma das suas músicas, "O que é que a baiana tem", em 1938.

(Eça de Queiroz)



publicado por Jorge Ferreira às 10:49 | link do post | comentar

Sábado, 15.08.09

Em 1195, nascia, na freguesia da Sé, Fernando Bulhões, nome de baptismo de Santo António de Lisboa. Em 1423, D. Nuno Álvares Pereira entrava para a Ordem do Carmo, tomando o nome de frei Nuno de Santa Maria. Em 1791, Castelo Branco passava a cidade. Em 1806, era inaugurada, no Porto, a Ponte das Barcas. Em 1914, abria oficialmente o Canal do Panamá, ligando os oceanos Atlântico e o Pacífico. Em 1926, entrava em funcionamento a linha de comboios eléctricos entre Lisboa e Cascais. Em 1974, era proclamada a independência da Índia, a jóia da coroa britânica. Em 1955, forças indianas tentavam invadir o território de Goa. Em 1994, o Ministério francês do Interior anunciava a captura de Carlos, o Chacal. Em 1995, morria o actor português António Vilar, de 82 anos e, no mesmo dia, um golpe militar derrubava o Governo de S. Tomé e Príncipe. Em 2007, um sismo de magnitude 8,0 na escala de Richter abala o Sul do Peru, provocando mais de 540 mortos, 1.039 feridos e 80 mil desalojados, e morre Joel Silveira, com 88 anos, escritor e jornalista brasileiro. Em 2008, o Presidente da Geórgia assinava em Tbilissi um acordo de cessar-fogo com a Rússia para pôr termo ao conflito desencadeado no passado dia 08, e garantia que o seu país nunca admitirá alienar parte do seu território.

( Fernando Bulhões)



publicado por Jorge Ferreira às 11:14 | link do post | comentar

Sexta-feira, 14.08.09

 

Neste dia, em 1385, ocorria a Batalha de Aljubarrota, em que as tropas portuguesas, sob o comando de D. João I, Mestre de Avis, e de D. Nuno Álvares Pereira derrotaram o exército de Castela. Em 1443, morria D. João I. Em 1784, era fundada a primeira colónia russa no Alasca, na Ilha de Kodiak. Em 1811, o Paraguai declarava-se independente. Em 1890, era inaugurado o Coliseu dos Recreios, em Lisboa. Em 1936, no começo da Guerra Civil de Espanha, tropas comandadas pelo general Francisco Franco e pelo coronel Juan Yague tomavam Badajoz. Em 1945, o Japão aceitava as condições impostas pelos aliados, depois dos ataques a Hiroshima e Nagasaki, e rendia-se incondicionalmente. O presidente norte-americano William Truman anunciou a vitória e o fim da II Grande Guerra, no dia seguinte. No mesmo dia, em França, o general Henri Pétain era condenado à morte por ter colaborado com as forças nazis invasoras. Em 1951, era inaugurada em Lisboa a Igreja do Santo Condestável, no novo bairro de Campo de Ourique. Em 1956, morria o dramaturgo alemão Bertold Brecht. Em 1960, morria o poeta, historiador e político português Jaime Cortesão. Em 1994, poucas semanas depois de completar 89 anos, morria o escritor de origem búlgara Elias Canetti, autor de "Auto de Fé”, Prémio Nobel da Literatura em 1981. No mesmo dia morria o maestro de origem romena Sergiu Celibidache e, em 1995, o etnólogo português Fernando Galhano, de 91 anos. Em 1997, Timothy McVeigh, o norte-americano acusado do atentado de Oklahoma, era condenado à morte. Em 1999, começava, em Timor-Leste, a campanha para a consulta popular sobre o estatuto do território. Três anos depois, em 2002, o Tribunal indonésio para os crimes cometidos no país, durante a ocupação, absolvia seis militares, ilibando-os de responsabilidade. Em 2003, começava o maior “apagão” da América do Norte, que afectou todo o nordeste dos EUA, incluíndo a cidade de Nova Iorque, e o sudeste do Canadá. O fornecimento de energia só seria completamente restabelecido 30 horas depois. Em 2004, morria o poeta e romancista polaco Czeslaw Milosz, aos 93 anos, Nobel da Literatura em 1980, autor de "A Tomada do Poder". Em 2005, a banda irlandesa U2 fechava a digressão europeia em Lisboa e recebia a Ordem da Liberdade. Em 2007, a nova lei do tabaco que limita o fumo em locais públicos fechados e estabelece sanções até 250 mil euros para os infractores era publicada em Diário da República, para entrar em vigor em 2008.

 

(Batalha de Aljubarrota)



publicado por Jorge Ferreira às 09:51 | link do post | comentar

Quinta-feira, 13.08.09

Em 1521, o conquistador espanhol Hernan Cortez capturava a Tenochtitlán, a actual Cidade do México, aos Aztecas. Em 1624, Luís XIII nomeava o cardeal Richelieu primeiro-ministro. Em 1792, a família real francesa era encarcerada na prisão do Templo, depois de a população de Paris ter tomado as Tulherias. Em 1862, era assinado o Tratado de Jien-Jsin para Macau, passando a China a reconhecer a administração portuguesa do território. Em 1863, morria o pintor francês Eugène Delacroix. Em 1910, desaparecia Florence Nightingale, responsável pela definição dos padrões modernos da prática de enfermagem. Em 1940, a URSS anexava a Estónia. Em 1946, morria o escritor britânico H.G.Welles, autor de "A Guerra dos Mundos". Em 1945, o Congresso Sionista Mundial exigia a entrada de um milhão de judeus na Palestina. Em 1959, um incêndio destruía o interior da Igreja de São Domingos, em Lisboa. Em 1960, era proclamada a independência da República Centro Africana. Em 1964, eram executados os últimos condenados à morte no Reino Unido. Em 1991, morria Tossan, António dos Santos, aos 73 anos, artista gráfico, caricaturista, desenhador e actor. Em 1996, morria o marechal António de Spínola, de 86 anos. Em 2002, em Los Angeles, EUA, ia a enterrar o jornalista norte-americano Daniel Pearl, do Wall Street Journal, raptado e assassinado no Paquistão, em Janeiro, por operacionais da Al-Qaida. Em 2004, o semanário O Independente revelava possíveis excertos de conversas gravadas por um jornalista do Correio da Manhã, sobre o processo Casa Pia, com o ex-direcor nacional da PJ, Adelino Salvado, e a antiga assessora de imprensa da PGR. Morria António Domingues, com 84 anos, pintor, fundador do movimento surrealista português com Mário Cesariny de Vasconcelos e Cruzeiro Seixas. Em Atenas, abriam os XXVIII Jogos Olímpicos da era moderna.Em 2007, morria Lúcio Craveiro da Silva, de 93 anos, professor, escritor e jesuíta, primeiro reitor eleito da Universidade do Minho. Em 2008, o nadador norte-americano Michael Phelps tornava-se no atleta mais titulado na história dos Jogos Olímpicos, ao chegar às 11 medalhas de ouro.

(A Jangada de Medusa, de Delacroix)



publicado por Jorge Ferreira às 09:57 | link do post | comentar

Quarta-feira, 12.08.09

Em 1816, o rei João VI de Portugal criava a Escola de Belas-Artes. Em 1827, morria o pintor e poeta inglês William Blake, autor de "O Primeiro Livro de Urizen" e das "Canções da Inocência e Experiência". Em 1907, nascia, em São Martinho de Anta, concelho de Sabrosa, Trás-os-Montes, o escritor português Miguel Torga, pseudónimo do médico Adolfo Rocha, autor de "Os Bichos", "Contos da Montanha", "A Criação do Mundo". Em 1914, no começo do primeiro grande conflito mundial, o Reino Unido declarava guerra ao Império austro-húngaro. Em 1938, a Alemanha nazi demonstrava a inevitabilidade da II Guerra Mundial, dando início à mobilização dos efectivos. Em 1943, no Quebec, Canadá, o presidente dos EUA, Frank D.Roosevelt, e o primeiro-ministro britânico, Winston Churchill, iniciavam a Conferência do Quadrant, na qual decidiram invadir a França ocupada pelas forças nazis. Em 1955, morria o escritor alemão Thomas Mann, na Suiça, Prémio Nobel da Literatura em 1929, autor de "Os Buddenbrook", "Montanha Mágica", "Doutor Fausto" e "Morte em Veneza". Em 1975, era apresentado o Documento do COPCON, por oposição ao Documento dos Nove, surgido cinco dias antes. O Comando Operacional do Continente reforçava o papel político das Assembleias Populares. Ao conceito chamava "democracia de base". Em 1981, a IBM lançava o primeiro "personal computer". Em 1982, morria o actor norte-americano Henry Fonda. Em 1984, o atleta português Carlos Lopes conquistava a Medalha de Ouro na Maratona olímpica de Los Angeles. Em 2001, afundava-se o submarino nuclear russo Kursk, em exercício no Mar de Barents. No mesmo dia, seis turistas portugueses eram assassinados na praia de Fortaleza, Brasil. Em 2002, morria Helena Vaz da Silva, com 63 anos, jornalista, presidente do Centro Nacional de Cultura. Em 2003, o futebolista português Cristiano Ronaldo entrava no clube inglês Manchester United. Em 2004, morriam Godfrey Hounsfield, de 84 anos, engenheiro britânico, Nobel da Medicina, criador da Temografia Axial Computorizada, e John Clark, com 52 anos, director do Roslin Institute de Edimburgo, que desenvolvera o projecto de clonagem da ovelha Dolly.  Em 2007, morria Ronald Bracewell, aos 86 anos, cientista australiano, pioneiro do radiotelescópio e da ressonância magnética.

(Carlos Lopes em Los Angeles)



publicado por Jorge Ferreira às 09:39 | link do post | comentar

Terça-feira, 11.08.09

Em 1579, morria o matemático português Pedro Nunes, figura determinante do Humanismo português e da investigação científica europeia, autor do "Tratado das Esferas". Em 1654, D. João IV instituía a Casa do Infantado. Em 1675, era inaugurado o Observatório Astronómico de Greenwich, no Reino Unido. Em 1786, Penang era cedida ao Reino Unido pelo Rajá de Kedah, da Malásia. Em 1829, o compositor polaco Frederic Chopin dava o primeiro concerto em Viena, na Áustria. Em 1863, o Cambodja era declarado protectorado francês. Em 1897, nascia a escritora britânica Enid Blyton, criadora das aventuras dos Cinco e dos Sete, da série Mistério e de outras obras que vieram definir um modelo de literatura infanto-juvenil. Em 1906, o francês Eugene Augustin Lauste registava a patente do processo de sonorização de filmes. Em 1912, Marrocos tornava-se protectorado francês. Em 1919, era aprovada a Constituição Alemã, pela assembleia nacional reunida na cidade de Weimar. Em 1927, as Caldas da Rainha passavam a cidade. Em 1934, abria a prisão de alta segurança da ilha de Alcatraz, na Baía de São Francisco, nos EUA. Em 1938, partidários nazis destruíam a mesquita de Nuremberga, na Alemanha.Em 1948, abriam os X Jogos Olímpicos, em Londres, os primeiros desde o final do pós-guerra. Em 1961, na Guerra Colonial, em Angola, era efectuada a primeira operação militar portuguesa com lançamento de pára-quedistas, na região de Quipedro. Dois anos depois, em 1963, o marechal Craveiro Lopes, antigo presidente da República, criticava publicamente alguns aspectos da política ultramarina de Oliveira Salazar. A aproximação de Craveiro Lopes a sectores favoráveis à renovação das Forças Armadas já ditara o seu afastamento à corrida presidencial de 1958. Em 1992, o foguetão europeu Ariane IV colocava em órbita o satélite oceanográfico Topex-Poseidon. Na mesma data, os EUA, o Canadá e o México assinavam, em Washington, o Acordo de Comércio Livre da América do Norte (NAFTA). Em 1994, eram divulgados os resultados oficiais das eleições presidenciais na Guiné-Bissau que davam a vitória a João Bernardo Vieira, com 52,02% dos votos. Em 2003, o presidente da Libéria, Charles Taylor, entregava o poder ao vice-presidente Moses Blah. Em 2004, era encontrado o ensaio inédito da escritora britânica Virginia Woolf, “Retratos de Uma Londrina”, nos arquivos da Universidade de Sussex. Em 2005, o jornal New Scientist noticiava o “degelo sem precedentes” em grande parte da Sibéria ocidental. Em 2006, era assinado o acordo para a prospecção de petróleo na baía de Peniche, pelo consórcio Petrobrás-Galp-Partex.

(Um livro dos Cinco)



publicado por Jorge Ferreira às 13:45 | link do post | comentar

Quarta-feira, 05.08.09

Em 1895 morria o filósofo e ideólogo alemão Friedrich Engels. Em 1955, morria a actriz portuguesa, radicada no Brasil, Carmen Miranda. Em 1962, a actriz norte-americana Marilyn Monroe era encontrada morta, em Los Angeles. Em 1973, dois indivíduos, tidos por membros da organização Setembro Negro, atacavam o aeroporto de Atenas, com granadas e metralhadoras, causando a morte a três pessoas e ferimentos em 55. Em 1984, morria o actor Richard Burton, com 59 anos. Em 1992, o presidente de Moçambique, Joaquim Chissano, e o dirigente da Renamo, Afonso Dhlakama, encontravam-se em Roma, iniciando as conversações para a paz. Em 1993, era legalizado o Partido da Terra (MPT), liderado por Gonçalo Ribeiro Telles. Em 1995, a atleta portuguesa Manuela Machado vencia a maratona dos Campeonatos do Mundo de Gotemburgo. Em 1997, Carla Sacramento conquistava a medalha de ouro nos 1.500 metros, nos Mundiais de Atletismo de Atenas, e Fernanda Ribeiro arrebatava a de prata nos 10.000 metros. Em 2007, Portugal tornava-se formalmente o primeiro país a ter jurisdição sobre uma área para lá das 200 milhas náuticas, onde o mar é de todos. "Rainbow" é o nome do novo pedaço de Portugal. Situa-se a 40 milhas do limite da zona económica exclusiva (ZEE) dos Açores. Morriam o Cardeal Jean-Marie Lustiger, de 80 anos, antigo arcebispo de Paris, e o Padre Joaquim Saraiva Abrantes, de 82 anos, prior da paróquia de São José, em Lisboa, durante mais de quatro décadas. Em 2008, o Presidente da Guiné-Bissau dissolvia a Assembleia Nacional Popular (ANP) na sequência da "grave crise institucional" que afectava o país. Morria o Bispo Emérito de Aveiro, D. Manuel de Almeida Trindade, de 90 anos, em Coimbra, nos Hospitais da Universidade.

(Marilyn Monroe)



publicado por Jorge Ferreira às 10:46 | link do post | comentar

Terça-feira, 04.08.09

Em 1578, na localidade marroquina de Kars-el Kibir, travava-se a batalha de Alcácer-Quibir. Em 1674, tropas francesas arrasavam o Palatinado. Em 1789, era abolido, em França, o sistema feudal. Em 1849, procedentes de Pernambuco, Brasil, chegavam a Moçâmedes, em Angola, os primeiros colonos portugueses. Em 1914, na Grande Guerra 1914-18, o Reino Unido declarava guerra à Alemanha e os EUA manifestavam-se neutrais. Em 1944, a Gestapo capturava a jovem Anne Frank e outros 14 judeus holandeses que se encontravam escondidos em Amsterdão, durante a ocupação nazi, na II Guerra Mundial. Em 1977, morria o filósofo Ernst Bloch, precursor do marxismo utópico. Em 2003, morriam o médico João Pulido Valente, de 77 anos, e a jornalista Helena Sanches Osório, com 61 anos, antiga directora do semanário O Independente e do vespertino A Capital. Em 2004, o engenheiro português António Segadães Tavares recebia o “Óscar” da engenharia pelo projecto de ampliação da pista do aeroporto do Funchal. Em 2006, morria José Luís Ferreira da Cunha, com 78 anos, antigo secretário de Estado da Informação do VI Governo Provisório, chefe da casa civil da Presidência de Costa Gomes (1974-76). Em 2007,morriam Lee Hazlewood, aos 78 anos, compositor norte-americano, autor de “These Boots Were Made for Walkin”, popularizado por Frank Sinatra; Raul Hilberg, de 81 anos, escritor e historiador norte-americano, conhecido pelas suas obras sobre o Holocausto, e Bruno Santos, com 75 anos, jornalista, colaborador do jornal A Bola, acompanhou mais de 30 Voltas a França em bicicleta.

(D. Sebastião)



publicado por Jorge Ferreira às 09:59 | link do post | comentar

Segunda-feira, 03.08.09

Em 1492, Cristóvão Colombo partia de Espanha para Ocidente, com as caravelas Nina, Pinta e Santa Maria, com a Índia por destino. Em 1778, era inaugurado o Teatro Scala de Milão, com a ópera “Europa Riconosciuta”, de António Salieri. Em 1829, Rossini estreava a ópera “Guilherme Tell”, em Paris. Em 1914, a Alemanha declarava guerra à França. No dia seguinte, o Reino Unido declarava guerra à Alemanha. Em 1958, o submarino nuclear norte-americano Nautilus completava a primeira viagem ao Pólo Norte. Em 1960, o Niger ascendia à independência. Em 1977, morria o arcebispo Makarios, presidente de Chipre. Em 1996, a atleta portuguesa Fernanda Ribeiro ganhava a medalha de ouro na prova dos dez mil metros nos Jogos Olímpicos de Atlanta, EUA, estabelecendo novo recorde olímpico com a marca de 31.01.63 m. Em 2001, o Tribunal Penal Internacional para a ex-Jugoslávia condenava o general sérvio-bósnio Radislav Krstic a 46 anos de prisão, por genocídio. Em 2002, a Turquia revogava a pena de morte e reconhecia os direitos culturais dos curdos. Em 2003, os fogos florestais apresentavam-se incontroláveis em 15 dos 18 distritos de Portugal Continental. Em 2006, na sua casa nos Alpes suíços, morria Elisabeth Schwarzkopf, de 90 anos, soprano de origem alemã. Em 2008, morria o escritor russo Alexandre Soljenitsyne, aos 89 anos, prémio Nobel da Literatura em1970, em Moscovo. Soljenitsyne é mais conhecido por ter revelado ao mundo a realidade do sistema soviético em livros como "Arquipélago Gulag", "Um Dia na Vida de Ivan Denissovitch", ou "O Primeiro Círculo".

(Alexander Soljenitsine)



publicado por Jorge Ferreira às 09:21 | link do post | comentar

Domingo, 02.08.09

Em 1815, a Prussia, a Áustria, o Reino Unido e a Rússia decidiam a deportação Napoleão Bonaparte para a Ilha de Santa Helena. Em 1932, decorriam, em Lisboa, os funerais de D. Manuel II. Em 1934, o morria o presidente alemão Paul von Hindenburg, de 87 anos, deixando o caminho aberto a Adolfo Hitler.  Em 1990, o Iraque invadia o Kuwait. Em 1996, morria Michel Debré, aos 84 anos, antigo primeiro-ministro francês. Em 2004, morria Henri Cartier-Bresson, com 95 anos, fotógrafo francês, co-fundador da agência Magnum, nome que marcou definitivamente a fotografia e o foto-jornalismo do século XX. Cartier-Bresson concentrava-se no “instante da verdade”, aquele a que chamava o "momento decisivo". Em 2006, o Governo dos Açores confirmava o aparecimento de um caso de BSE numa exploração da Ilha do Pico e decretava o sequestro sanitário do local. E morria Jorge de Brito, antigo presidente do Benfica. Em 2007, um submarino russo colocava uma bandeira da Rússia no fundo do Oceano Árctico, para reclamar a posse de uma zona rica em petróleo e gás natural no Pólo Norte, e morria Holden Roberto, aos 84 anos, dirigente nacionalista angolano, líder histórico da Frente Nacional de Libertação de Angola. Em 2008, o líder da organização terrorista basca ETA, José Ignacio de Juana Chaos, condenado a três mil anos de prisão pelo assassínio de 25 pessoas, saía da cadeia após cumprir 21 anos de pena.

(Von Hindenburg)



publicado por Jorge Ferreira às 11:51 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Sábado, 01.08.09

Em 1291, era fundada a confederação helvética. Em 1492, os reis Católicos de Espanha decretavam a expulsão dos judeus. Em 1798, forças da Marinha britânica, comandadas por Horácio Nelson, derrotavam a esquadra francesa ao largo de Aboukirr, Egipto, na batalha do Nilo.Em 1804, era abolida a escravatura nos territórios da Coroa britânica. Em 1808, tropas inglesas desembarcavam em Lavos, Figueira da Foz, com o objectivo de repelir a invasão francesa. Em 1857, em Itália, Garibaldi formava a Associação Nacional para a unificação do País. Em 1868, a Rússia vendia o Alaska aos EUA. Em 1903, era fundado o Boavista Futebol Clube, no Porto. Em 1935, em Portugal, era inaugurada oficialmente a Emissora Nacional de Radiodifusão. Em 1944, no âmbito da II Guerra Mundial, começava a insurreição de Varsóvia, que uniu o exército polaco com a resistência e a população da cidade, na luta contra as forças nazis de ocupação. A revolta durou 63 dias, causou cerca de 200 mil mortos e foi sufocada pelas tropas de Hitler. Em 1961, o Benin (Daomé) ocupava o Forte de São João Baptista de Ajudá, anexando a fortaleza ao território. Apenas em 1985 Portugal reconheceria a anexação. Em 1977, morria o cardeal patriarca resignatário de Lisboa, Manuel Gonçalves Cerejeira. Em 2005, morria o Rei Fahd da Arábia Saudita, 84 anos, sucedendo-lhe Abdala bin Abdelaziz. Em 2006, o presidente cubano Fidel Castro delegava o poder no irmão Raul Castro. Pela primeira vez na história, e perto de cumprir 80 anos, o líder cubano transmitia a terceiros as suas próprias funções. Em 2008, as análises de laboratório realizadas na sonda exploradora "Phoenix" confirmavam a existência de água no planeta Marte, informou a NASA.

(Foto)



publicado por Jorge Ferreira às 12:29 | link do post | comentar

Sexta-feira, 31.07.09

Em 1750, morria D. João V e, em 1886, o pianista e compositor húngaro Franz Liszt. Em 1944, na II Guerra Mundial, o aviador e escritor francês Antoine de Saint-Exupéry, autor de “O Principezinho”, desaparecia numa missão aérea aliada. Em 1954, era inaugurada a Barragem do Cabril. E 1958, o dirigente soviético Nikita Krutschov visitava oficialmente Pequim. Em 1959, era constituída a organização separatista basca ETA (Euskadi Ta Askatasuna - Pátria Basca e Liberdade) por estudantes dissidentes dos grupos nacionalistas EKIN-EGI. Em 1971, os astronautas da nave espacial norte-americana Apollo-15 "passeavam" na Lua com o auxílio de um veículo todo-o-terreno, movido a energia solar. Em 1986, responsáveis das agências Notícias de Portugal e Anop assinavam o protocolo para a constituição de uma única agência nacional, a Lusa, que viria a entrar em funcionamento a 01 de Janeiro de 1987. Em 1988, morria o cantor português Francisco José, aos 64 anos. Em 1991, utilizando duas canetas feitas de restos de mísseis SS-20 soviéticos e Pershing norte-americanos, os dirigentes da URSS e dos EUA, Mikhail Gorbachov e George Bush, assinavam, em Moscovo, o tratado START, para a limitação de armas estratégicas. Em 1994, o Conselho de Segurança da ONU autorizava uma intervenção militar no Haiti, sob comando dos EUA, para restaurar a democracia e permitir o regresso ao poder do presidente no exílio, Jean-Bertrand Aristide. Em 1995, a Santa Casa da Misericórdia lançava a lotaria instantânea ou “raspadinha”. Em 2001, morria o marechal Francisco da Costa Gomes, de 87 anos, antigo Presidente da República Portuguesa e membro da Junta de Salvação Nacional após o 25 de Abril de 1974. Em 2002 começava, em Brasília, a IV Cimeira da CPLP, na qual se integrava, pela primeira vez, a República de Timor-Leste. Em 2003, o Presidente da República Jorge Sampaio vetava a Lei-quadro de Criação dos Municípios, inviabilizando a passagem de Fátima e Canas de Senhorim a concelhos. No mesmo dia, no México, era construído o derradeiro Volkswagen “carocha”. Em 2008, numa declaração que abria os noticiários das televisões, o Presidente da República, Cavaco Silva, alertava para a possibilidade de o novo Estatuto Político-Administrativo dos Açores colocar em causa a separação de poderes e as competências dos órgãos de soberania consagrados na Constituição.

(Franz Liszt)



publicado por Jorge Ferreira às 09:48 | link do post | comentar

Quinta-feira, 30.07.09

Em 1771, morria o escritor e enciclopedista francês Dennis Diderot, figura-chave da Idade das Luzes. Em 1848, era inaugurada a iluminação a gás em Lisboa. Em 1865, reabriam as Cortes Portuguesas, para encarregarem Joaquim António de Aguiar de formar Governo, depois da vitória dos Progressistas (aliança dos Históricos e dos Reformadores), nas eleições de 09 de Julho. Em 1906, Gabriel Lippmann apresentava, na Academia de Ciências de Paris, o primeiro método para a reprodução fotográfica a cor. Em 1932, realizavam-se eleições na Alemanha que permitiriam ao partido nazi, de Adolf Hitler, duplicar o número de lugares no Reichstag e bloquear o funcionamento das instituições, lançando uma campanha de terror com os batalhões de SA, braço armado do partido. Em 1971, dois astronautas norte-americanos da Apollo-15, David Scott e James Irwin, pousavam na superfície lunar. Em 1983, morria o realizador espanhol Luis Buñuel, de 83 anos. Em 1992, o Governo decidia a construção da futura ponte sobre o Tejo entre Sacavém e o Montijo, estabelecendo-se a conclusão em 1998.Em 1993, morria Jorge Campinos, aos 56 anos, fundador do PS, antigo deputado e ex-ministro. Em 1996, morria a actriz Claudette Colbert, com 92 anos, Óscar de melhor actriz pelo desempenho no filme de Frank Capra “Uma Noite Aconteceu”. Em 2000, Hugo Chávez ganhava as eleições presidenciais na Venezuela. Em 2001, o Governo português decidia vender a Cimpor à Teixeira Duarte pelo valor mínimo fixado (30,4 euros por acção). Na mesma data, a Colômbia conquistava, em casa, o primeiro título de campeã sul-americana de futebol. Em 2005, era suspensa a publicação dos jornais A Capital e O Comércio do Porto. E realizava-se o último espectáculo da companhia Ballet Gulbenkian, por iniciativa dos bailarinos, no Teatro Camões, em Lisboa. Em 2006, Fradique de Menezes era reeleito presidente de São Tomé e Príncipe, com 60,03% dos votos. Em 2007 morriamm dois grandes vultos do cinema mundial, o cineasta italiano Michelangelo Antonioni e o também encenador Ingmar Bergman. O cineasta e encenador Ingmar Bergman morreu com 89 anos, na ilha sueca de Faarö (Gotland). Ao longo da sua extensa carreira realizou mais de 40 filmes, entre os quais se destacam "Um Verão de Amor" (1951), "O Sétimo Selo" (1957), "Morangos Silvestres" (1957), "Em Busca da Verdade" (1961), "Lágrimas e Suspiros" (1972) "Sonata de Outono" (1978) "Fanny e Alexander" (1982) ou "Saraband" (2003). Além da sua obra cinematográfica, Bergman foi durante toda a vida um homem de teatro, tendo encenado numerosas peças. O cineasta italiano Michelangelo Antonioni, um dos grandes mestres do cinema europeu, morreu em Roma com 94 anos. Cineasta da incomunicabilidade ou da dificuldade de viver e amar, dirigiu duas dezenas de filmes, entre os quais "Escândalo de Amor" (1950) e "O Grito" (1957), a trilogia constituída por "A Aventura" (1960), "A Noite" (1961) e "O Eclipse" (1962), e ainda "O Grito" (1957), "O Deserto Vermelho" (1964), "Blow-up" (1966), ou "Identificação de uma Mulher" (1982). Consagrado internacionalmente, ganhou o Leão de Ouro da Bienal de Veneza em 1964, com "O Deserto Vermelho", a Palma de Ouro do Festival de Cannes em 1967 com "Blow-up", o Prémio Especial do Júri de Cannes com "Identificação de uma Mulher" em 1982, um Óscar de Hollywood pelo conjunto da sua carreira em 1955 e também um Leão de Ouro pela carreira em Veneza, em 1997. Em 2008, o primeiro-ministro, José Sócrates, anunciava a distribuição de 500 mil computadores portáteis - Magalhães - aos alunos do primeiro ciclo, no âmbito do novo programa 'e.escolhinha', que terão um custo máximo de 50 euros.

(Diderot)



publicado por Jorge Ferreira às 09:59 | link do post | comentar

Quarta-feira, 29.07.09

Em 1180, segundo reza a tradição, travava-se, no Cabo Espichel, o primeiro combate entre a armada portuguesa, comandada por D. Fuas Roupinho, e navios árabes, dirigidos por Bem Jami. Em 1803, era criada a Academia Real da Marinha e Comércio. Em 1808, as forças francesas de Napoleão saqueavam Évora. Em 1868, as Cortes eram convocadas extraordinariamente para apresentação do programa de Governo de Sá da Bandeira, o primeiro gabinete dominado pelo Partido Reformista. Em 1890, morria o pintor holandês Van Gogh, dois dias após a tentativa de suicídio com um tiro de pistola. Em 1939, morria o médico e investigador português Ricardo Jorge. Em 1940, começava a guerra-relâmpago (“blitzkrieg”) alemã contra o Reino Unido, na II Guerra Mundial. Em 1948, o general Norton de Matos apresentava-se como candidato da Oposição Democrática às Presidenciais de Fevereiro de 1949. Em 1974, a Lei Episcopal era desafiada nos EUA quando onze mulheres foram ordenadas para o sacerdócio, em Filadélfia. Em 1975, a Organização dos Estados Americanos punha termo ao embargo a Cuba, imposto em 1964. Em 1981, em Londres, casavam-se Carlos e Diana de Gales. Em 1983, morria, na Suíça, o actor britânico David Niven, de 73 anos. Em 1984 começavam os XXIII Jogos Olímpicos de Los Angeles. Em 1992, o Governo português manifestava a intenção de alterar o calendário dos feriados, para acabar com “pontes” de fim-de-semana. Em 1994, o antigo primeiro-ministro socialista italiano Bettino Craxi e Claudio Martelli, ex-ministro da Justiça, eram condenados a penas de oito anos de prisão por crimes de corrupção.Em 1995, morria o actor, cantor e radialista português Fernando Curado Ribeiro, aos 76 anos. Em 2005, era aprovada proposta para aumento da idade de reforma de 60 para 65 anos. E o maior jackpot de sempre do Euromilhões, no valor de 113 milhões de euros, ia para uma operária irlandesa. Em 2006, morria Jorge Machado, com 79 anos, chefe de orquestra e pianista.Em 2007, o Iraque vencia a Taça das Nações Asiáticas em futebol, ao bater a Arábia Saudita por 1-0. As celebrações da vitória do Iraque eram ensombradas por dois atentados que provocam pelo menos sete mortos. Em 2008, o conselho de administração do Teatro Nacional D. Maria II, presidido por Carlos Fragateiro, era "dissolvido" por despacho conjunto dos Ministérios da Cultura e das Finanças. O Tribunal Constitucional declarava inconstitucionais oito normas do Estatuto Político-Administrativo da Região Autónoma dos Açores, aprovado por unanimidade no Parlamento em Junho. Morria António Arnão Metelo, em Macau. Foi vice-primeiro-ministro de Vasco Gonçalves entre 8 de Agosto e 19 de Setembro de 1975. Morria também o presidente da Fundação Bissaya Barreto, Nuno Viegas Nascimento, vítima de doença prolongada.  Presidia ao conselho de administração da FBB desde 1981.

(Sá da Bandeira)



publicado por Jorge Ferreira às 09:21 | link do post | comentar

Terça-feira, 28.07.09

Em 1131, começavam os trabalhos de construção do Mosteiro de Santa Cruz de Coimbra. Em 1446, no reinado de D. Afonso V, eram publicadas as Ordenações Afonsinas, conjunto de leis que constitui o primeiro Código português. Em 1540, Thomas Cromwel era executado em Inglaterra por alta traição. Em 1794, os revolucionários franceses Robespierre e Saint Just eram guilhotinados. Em 1972, o governo de Pequim anunciava a morte do ministro da defesa, Lin Piao, num desastre de aviação, e acusava-o de ter tentado matar Mao Tsé Tung. Em 1973, a França fazia um teste nuclear no Atol de Mururoa, Oceano Pacífico. Em 1991, chegava a Lisboa o navegador solitário Manuel Gomes Martins, após uma viagem de circum-navegação de 30 mil milhas e 18 meses. Em 2003, morria o actor de comédia norte-americano Bob Hope, aos 100 anos. Em 2005, o Parlamento aprovava o projecto de limitação de mandatos dos autarcas, que terá efeito prático a partir de 2013. Morria o saxofonista de jazz Bill Coleman, de 81 anos.

(A execução de Robespierre)



publicado por Jorge Ferreira às 10:11 | link do post | comentar

Segunda-feira, 27.07.09

Em 1830, a revolução rebentava em Paris. O povo e a burguesia contestavam as medidas repressivas impostas por Carlos X, nomeadamente o controlo da imprensa, a dissolução das Câmaras Legislativas e a mudança do sistema eleitoral. Em 1867, era publicada a primeira edição de "O Capital", de Karl Marx. Em 1953, a Guerra da Coreia terminava com a assinatura do armistício pelos delegados dos EUA e da Coreia do Norte, em Panmunjon. E o Reino Unido e o Egipto assinavam o acordo sobre o Canal do Suez, documento que previa a retirada das forças militares britânicas até 1956. Em 1957, era proclamada a República na Tunísia. Em 1970, morria António de Oliveira Salazar, presidente do Conselho de 1932 a 1968, ministro das Finanças no período 1928-32. Oliveira Salazar apenas perdeu o cargo de presidente do Conselho em 1968, depois de comprovada a incapacidade para o exercer, com a confirmação da irreversibilidade das lesões cerebrais surgidas após o acidente no Forte de Santo António, no Estoril, com a queda de uma cadeira de lona. Nos dois anos seguintes, responsáveis do regime mantiveram-lhe a ilusão de poder. À data da morte, tinha 81 anos. Em 1974, o presidente da República Portuguesa em exercício, António de Spínola, anunciava o início da descolonização, prevista no Programa do MFA. Em 1981, terminava o julgamento do Caso Humberto Delgado, com a condenação, a 22 anos de prisão, de Casimiro Monteiro, antigo agente da PIDE. O Tribunal Militar de Lisboa considerou-o culpado material do assassínio do General sem Medo e da sua secretária, nos arredores de Badajoz, em Espanha, em 1965. A operação fora coordenada pelo agente da PIDE Rosa Casaco. Em 1983, um comando, composto por cinco arménios, atacava a embaixada da Turquia em Lisboa, provocando a morte de um agente da PSP e da mulher do encarregado de negócios daquele país. Em 1984, morria o actor britânico James Mason, aos 75 anos. Em 1993, morria o escritor, dramaturgo e publicista Luís de Sttau Monteiro, autor de "Angústia para o Jantar" e de "Felizmente Há Luar", além de inúmeras "Redacções da Guidinha", publicadas no suplemento Mosca do Diário de Lisboa e, depois, no semanário O Jornal. Em 1994, decorria a primeira emissão experimental de televisão por cabo, em Matosinhos. Em 1995, o arquivo pessoal de Oliveira Salazar, depositado na Torre do Tombo, era aberto à consulta pública, passados 25 anos sobre a morte do ditador. Em 1996, uma bomba explodia no Parque Olímpico de Atlanta, nos EUA, onde decorriam os XXVI Jogos Olímpicos. Provocou dois mortos e 110 feridos. Em 2004, morria Fernando Luso Soares, advogado e escritor, de 80 anos.

(António de Oliveira Salazar)



publicado por Jorge Ferreira às 09:53 | link do post | comentar

Sexta-feira, 24.07.09

Em 1245, Inocêncio IV retirava a autoridade real a Sancho II de Portugal. Em 1780, sob a presidência do duque de Lafões, realizava-se, no Palácio das Necessidades, em Lisboa, a primeira sessão da Real Academia das Ciências. Em 1833, as tropas liberais, comandadas pelo duque da Terceira, entravam em Lisboa, depois do exército liberal ter resistido, no Porto, ao cerco das forças absolutistas, superiores em armas e em número.Em 1923, a Grécia, a Turquia e os Aliados da Grande Guerra de 1914-18 assinavam o tratado de paz de Lausane. Em 1946, os EUA efectuavam o primeiro teste atómico submarino, ao largo do atol de Bikini, no Pacífico. Em 1976, a nave espacial norte-americana Viking-1 pousava em Marte, iniciando experiências que visavam determinar a existência de vida no planeta. Em 1984, morria o actor português Luís Cerqueira, com 57 anos. E o democrata-cristão francês Pierre Pfimlin, de 77 anos, era eleito presidente do Parlamento Europeu. Em 1997, Charles Taylor era proclamado presidente da Libéria. Em 1999, mais de 30 mil pessoas compunham, no relvado do Estádio Nacional, em Lisboa, o logotipo da candidatura portuguesa ao Euro 2004.Em 2007, o general das ex-Forças Armadas de Libertação de Angola, antigo braço armado da UNITA, Abílio Camalata Numa é eleito secretário-geral do partido, na primeira reunião da nova direcção, após o X Congresso.

(D. Sancho II)



publicado por Jorge Ferreira às 10:06 | link do post | comentar

Quinta-feira, 23.07.09

Em 1828, William Burt, norte-americano do estado de Michigan, registava a invenção do “tipógrafo”, primeira máquina de escrever. Em 1888, o hino “A Internacional” era cantado pela primeira vez, em público, numa reunião de vendedores de jornais na cidade francesa de Lille. Em 1951, era fundada, em Lisboa, a Liga de Cegos João de Deus. Em 1952, entrava em vigor o tratado fundador da Comunidade Europeia do Carvão e do Aço, na base da actual União Europeia. Em 1958, Isabel II de Inglaterra atribuía, pela primeira vez, o título de Par do Reino a quatro mulheres que assim entravam na Câmara dos Lordes. Em 1974, os dirigentes militares gregos devolviam ao poder civil o governo do país. Em 1976, tomava posse o primeiro Governo Constitucional português, liderado por Mário Soares. Em 1978, Américo Thomaz, último presidente da ditadura do Estado Novo, regressava a Portugal após quatro anos de exílio no Brasil. Em 1984, a primeira miss América negra, Vanessa Williams, desistia do título, após a publicação de fotografias com a sua nudez. No mesmo ano, desaparecia, na Serra da Arrábida, sem deixar rasto, o jovem escuteiro Tiago João Alcobia Francisco, de 19 anos. Em 1999, morria Hassan II de Marrocos. O monarca, de 70 anos, ocupava o trono desde Março de 1961. Em 2001, o Parlamento indonésio destituía o Chefe de Estado, Abdurrahman Wahid, envolvido em escândalos financeiros, substituindo-o por Megawati Sukarnoputri. Em 2002, Timor-Leste tornava-se membro do FMI, do Banco Mundial e do Banco Asiático para o Desenvolvimento.Em 2003, a investigadora portuguesa Ana Sofia Santos, do Instituto de Medicina e Higiene Tropical, publicava a descoberta da forma de proliferação da bactéria responsável pela “febre da carraça”, na revista Vector Bone and Zoonotic Diseases.Em 2004, morria Carlos Paredes, aos79 anos, o mestre da guitarra portuguesa, compositor de "Verdes Anos", "Movimento Perpétuo" e "Dança". Adoecera em 1993, ficando impedido de manejar a guitarra. No mesmo dia, desaparecia Serge Reggiani, com 82 anos, músico, compositor e escritor francês de origem italiana. Em 2007, morre o deposto rei do Afeganistão, Mohammed Zahir Shah, em Cabul, aos 92 anos.

(Antiga máquina de escrever)



publicado por Jorge Ferreira às 10:18 | link do post | comentar

Quarta-feira, 22.07.09

Em 1812, forças britânicas, sob o comando do duque de Wellington, derrotavam o exército bonapartista em Salamanca. Em 1933, o aviador norte-americano Wiley Post terminava o primeiro voo solitário à volta do mundo. Em 1946, a revista Time publicava a reportagem sobre Salazar e a ditadura do Estado Novo com o título “Até que ponto o melhor de Portugal é mau”. A distribuição nacional da revista foi proibida durante sete anos.Em 1977, era aprovada a Lei de Bases da Reforma Agrária, chamada “Lei Barreto”, do ministro da Agricultura António Barreto. Em 1981, Mehmet Ali Agca, que atentara contra a vida de João Paulo II, era condenado a prisão perpétua. Em 1983, a lei marcial era levantada na Polónia, no dia nacional do país. Em 1994, o padre Vitor Feytor Pinto era eleito, em Lisboa, presidente do conselho de administração do Observatório Europeu das Drogas e da Toxicodependência, por um período de três anos. Em 1995, o recém-criado Partido Português das Regiões (PPR) realizava o primeiro congresso. Em 2002, tomava posse a administração da RTP, presidida por Almerindo Marques. No mesmo dia, o diplomata brasileiro Sérgio Vieira de Mello, ex-administrador da ONU para o território de Timor-Leste, era nomeado alto comissário da ONU para os Direitos Humanos. Em 2003, os filhos de Saddam Hussein, Udai e Qoussai, eram mortos por tropas dos EUA, em Mossul, Iraque. Em 2004, Durão Barroso era eleito presidente da Comissão Europeia. No mesmo dia, morria o cantor francês Sacha Distel, com 71 anos. Em 2008, Salim Hamdan, ex-motorista de Usama bin Laden no Afeganistão, declara-se "não culpado" das acusações de terrorismo pelas quais começou a ser julgado num tribunal militar especial em Guantánamo. O iemenita é o primeiro prisioneiro a enfrentar um tribunal de crimes de guerra dos Estados Unidos desde a II Guerra Mundial. João Vieira Pinto anunciava o fim da carreira de futebolista, aos 36 anos, depois de um percurso cheio de sucessos, que incluiu títulos pelo Benfica, Sporting e selecção sub-20, mas também marcado por casos de indisciplina.

(A revista proibida)



publicado por Jorge Ferreira às 10:49 | link do post | comentar

Terça-feira, 21.07.09

Em 1542, Paulo II institucionalizava a Inquisição em Roma. Em 1588, forças britânicas, comandadas por Francis Drake, atacavam a armada espanhola no Canal da Mancha. Em 1718, a Paz de Passarowitz punha termo à guerra entre o Império Austro-Húngaro e a Turquia. Em 1773, Clemente XIV dissolvia a Companhia de Jesus, com a emissão da bula “Dominus ac Redemptor”. A ordem dos jesuítas seria restaurada em 1814 por Pio VII. Em 1798, Napoleão Bonaparte vencia a batalha das Pirâmides, no Cairo. Em 1831, Leopoldo I era proclamado rei da Bélgica, depois da separação da Holanda. Em 1861, começava a Batalha de Bull Run, a Sul de Washington, o primeiro grande confronto na Guerra Civil americana, entre o Exército do Norte e as tropas Confederadas do Sul. Em 1899, nasceram igualmente dois dos maiores escritores norte-americanos: Ernest Hemingway, Prémio Nobel da Literatura em 1954, autor de “Adeus às Armas”, “Paris É Uma Festa”, “Na Outra Margem entre as Árvores”; e o poeta Hart Crane, autor de “A Ponte”, uma das maiores referências na poesia em língua inglesa do século XX. Em 1920, o Sinn Fein (Parlamento irlandês) e os sindicatos revoltavam-se em Belfast. Em 1951, em Portugal, o general Craveiro Lopes era eleito presidente da República, sucedendo a Óscar Carmona. Em 1969, os astronautas norte-americanos Neil Armstrong e Edwin Aldrin Jr. regressavam à Apollo 11, a bordo do módulo lunar Águia, depois da primeira descida no satélite da Terra. Em 1974, a Turquia e a Grécia acordavam um cessar-fogo, na disputa sobre Chipre. Em 1984, abriam os XXIII Jogos Olímpicos da era moderna, em Los Angeles, EUA. Em 1986, apesar dos diversos pedidos de clemência, as autoridades da Guiné-Bissau executavam, por fuzilamento, o ex-vice-presidente do Conselho de Estado Paulo Correia e outros cinco réus implicados na intentona de Outubro de 1985. Em 1988, Michael Dukakis, governador do Estado do Massachusetts, era nomeado candidato do Partido Democrata às eleições presidenciais norte-americanas. Em 1994, Tony Blair, aos 41 anos, era eleito líder do Partido Trabalhista britânico. Em 1996, Miguel Trovoada vencia a segunda volta das eleições presidenciais de S.Tomé e Príncipe. Em 1997, violentas inundações na Europa Central provocavam a morte de 107 pessoas. Em 1998, morria o astronauta Alan Shepard, aos 74 anos, o primeiro norte-americano no espaço (1961) e um dos primeiros doze a pisar solo lunar (1971). Em 2002, nos EUA, era revelada a fraude financeira do gigante das telecomunicações, Worldcom. No mesmo dia, Michael Schumacher garantia o quinto título no Campeonato Mundial de Condutores de Fórmula 1, com a vitória no Grande Prémio de França, igualando o recorde do condutor argentino Juan Manuel Fangio, nos anos de 1950. Em 2004, o físico Stephen Hawkins reconhecia a necessidade de revisão da chamada teoria dos buracos negros. E, nos EUA, morria o compositor norte-americano Jerry Goldsmith, 75 anos, autor das bandas sonoras de "Rambo" e "Caminho das Estrelas". Em 2005, verificavam-se quatro novas tentativas de atentado no sistema de transportes de Londres. A polícia britânica recuperou quatro bombas, transportadas em mochilas. Em 2006, o presidente do Sindicato dos Profissionais de Polícia António Ramos era notificado da aposentação compulsiva, por declarações prestadas à comunicação social. Em 2007, morre o magnata espanhol dos media Jésus Polanco, fundador do império Prisa, maior grupo de imprensa privado espanhol, que edita o El Pais, mas está também presente em Portugal, França e América Latina, em Madrid aos 77 anos. Em 2008, o Ministério Público decidia arquivar o inquérito relativo ao desaparecimento de Madeleine McCann e levantar a condição de arguido aos pais da menor e a Robert Murat. O antigo responsável político sérvio bósnio Radovan Karadzic, acusado de genocídio, era detido pelos serviços de segurança sérvios. Karadzic e o seu antigo chefe militar Ratko Mladic, que continua a monte, estavam em fuga desde que o TPI os acusou, há 13 anos, de genocídio e de crimes de guerra durante o conflito na Bósnia 1992-1995.

(Francis Drake)



publicado por Jorge Ferreira às 10:05 | link do post | comentar

Segunda-feira, 20.07.09

Em 1903, Marrocos concedia à França o controlo da polícia fronteiriça. Em 1936, através do Tratado de Montreaux, a Turquia recuperava a soberania sobre os estreitos de Dardanelos e do Bósforo. Em 1937, morria Guglielmo Marconi, inventor da telegrafia sem fios. Em 1944, falhava a Operação Valquíria, atentado à bomba contra Adolf Hitler, perpetrado pelo coronel Von Stauffenberg, durante a reunião do Estado-Maior, em Rastenburgo. Em 1951, o rei Abdulah da Jordânia era assassinado em Jerusalém. Em 1954, o armistício da Indochina, entre a França e o Exército Popular do Vietname, era assinado em Genebra. Em 1955, em Lisboa, morria o arménio Calouste Sarkis Gulbenkian, magnata do petróleo e filantropo. Detentor de uma enorme colecção de arte, decidiu, em testamento, mantê-la em Portugal, país onde residiu nos últimos anos de vida. A opção daria origem à Fundação Calouste Gulbenkian. Em 1969, o homem chegava à Lua, como o antigo presidente dos EUA John F. Kennedy assegurara no início da década. O astronauta norte-americano Neil Armstrong pisava solo lunar, logo seguido de Edwin Aldrin. “Um pequeno passo para o homem, um salto gigantesco para a humanidade”, disse Armstrong. Em 1974, tropas turcas invadiam a ilha de Chipre. Em 1976, a Viking-1, nave espacial norte-americana, aterrava em Marte, iniciando a transmissão de fotografias do planeta para Terra.  Em 1977, os dirigentes sindicalistas norte-americanos Saco e Vanzetti, acusados e condenados pelos crimes de roubo e assassinato, com provas falsas, eram absolvidos pelo Estado de Massachusetts. Em 1999, Nicole Fontaine era eleita presidente do Parlamento Europeu. Em 2002 morria o musicólogo e produtor norte-americano Alain Lomax, de 87 anos, figura essencial na recolha e tratamento da tradição musical dos EUA. Em 2005, o ministro de Estado e das Finanças Luís Campos e Cunha abandonava o Governo, sendo substituído por Fernando Teixeira dos Santos, presidente da CMVM. Em 2007, o alpinista português João Garcia alcança o cume do K2 nos Himalaias, a segunda maior montanha do Mundo, com 8.611 metros de altitude. Morre o senador António Carlos Magalhães, do Partido Democratas, de centro-direita, e um dos históricos políticos brasileiros, de paragem cardíaca, em São Paulo, aos 79 anos.

(Foto)



publicado por Jorge Ferreira às 10:28 | link do post | comentar

Sábado, 18.07.09

Em 1536, a autoridade do Papa era declarada nula sob o domínio britânico pelo rei Henrique VIII, que se proclamou chefe supremo da Igreja de Inglaterra. Em 1697, morria o padre António Vieira, em São Salvador da Baía, missionário jesuíta português, diplomata, autor de “A Chave dos Profetas”, célebre pelos seus sermões anti-dogmáticos. Em 1870, o Concílio Vaticano I definia o dogma da infalibilidade papal. Em 1936 começava a Guerra Civil de Espanha, com o levantamento militar simultâneo em várias regiões do país, comandado pelo futuro ditador Francisco Franco, a partir de Ceuta. Em 1974, tomava posse o II Governo Provisório, chefiado por Vasco Gonçalves. Em 1987, morria o sociólogo e escritor brasileiro Gilberto Freyre, com 87 anos, autor de “Casa Grande e Senzala”, abordagem da formação da família brasileira sob o regime de economia patriarcal. Em 1988, morria o compositor português Joly Braga Santos, de 64 anos, figura determinante na música portuguesa do século XX. Em 2003, no Reino Unido, aparecia morto o perito em armas biológicas do Governo inglês David Kelly. Em 2004, morria José Viana Baptista, aos 73 anos, gestor, ex-ministro das Obras Públicas.Em 2006, morria Raul Cortez, com 73 anos, actor brasileiro.Em 2008, o Governo escolhia o arquitecto João Biancard Cruz para suceder ao ex-bastonário da Ordem dos Advogados José Miguel Júdice na liderança do projecto da Frente Tejo em Lisboa. O novo Regime de Contrato de Trabalho em Funções Públicas era aprovado pela maioria socialista com as abstenções do PSD e do CDS-PP e os votos contra do PCP, Bloco de Esquerda e Verdes. Valentim Loureiro e mais 13 dos 24 arguidos eram condenados no Tribunal de Gondomar no âmbito do processo “Apito Dourado”, relacionado com alegada corrupção e tráfico de influências no futebol profissional e na arbitragem. Valentim Loureiro é condenado a três anos e dois meses de prisão, com pena suspensa por igual período, por abuso de poder e prevaricação, bem como perda de mandato na presidência da Câmara de Gondomar. Valentim Loureiro, José Luís Oliveira e Pinto de Sousa foram absolvidos pelo Tribunal no que se refere aos crimes de corrupção.

(Padre António Vieira)



publicado por Jorge Ferreira às 10:30 | link do post | comentar

Quinta-feira, 16.07.09

Em 1054, era oficializada a ruptura entre a Igreja romana e a ortodoxa, com a excomunhão do patriarca de Constantinopla. Em 1394, o rei Carlos VI, o Louco, ordenava a expulsão dos judeus de França. Em 1547, era instituído o Tribunal da Inquisição, em Portugal, pelo papa Paulo III, a pedido de D. João III. Em 1918, o Czar da Rússia, Nicolau II, e toda a família eram executados. Em 1945, no deserto do Novo México, nos EUA, rebentava a primeira bomba atómica experimental. Em 1949, chineses nacionalistas organizavam o Conselho Supremo, presidido por Chaing Kai-Shek, começando a deslocar forças militares para a Formosa (Taiwan). Em 1951, era lançada a primeira edição de “Uma Agulha no Palheiro” (“The Catcher in the Rye”), de J. D. Salinger, obra que se transformaria numa referência da literatura norte-americana contemporânea. Em 1969, começava a missão espacial da NASA Apollo XI. Lançada de Cabo Canaveral, na Florida, tinha por objectivo colocar o primeiro homem na Lua. Em 1985, morria o escritor alemão Heinrich Böll, com 67 anos. Prémio Nobel da Literatura em 1972, autor de "Retrato de Grupo com Senhora” e de "A Honra Perdida de Katharina Blum". Em 2003, ocorria um Golpe de Estado em São Tomé e Príncipe. E morria a cantora cubana Célia Cruz, a "rainha da salsa”, aos 77 anos. Em 2005, era feito o lançamento mundial da sexta aventura de Harry Potter, “Harry Potter and the Half-blood Prince”, de J. K. Rowlling. Em 2008, era aprovado em Conselho de Ministros o Fundo da Língua Portuguesa, o qual vai ter um montante inicial de 30 milhões de euros, e estará aberto à participação e contribuição de todos os países. A Câmara de Lisboa aprovava em reunião do executivo municipal a cedência da Casa dos Bicos para a instalação da Fundação José Saramago, que acolherá a biblioteca do autor prémio Nobel da Literatura. O treinador Carlos Queiroz era apresentado oficialmente como o novo seleccionador nacional de futebol.

(Heinrich Böll)



publicado por Jorge Ferreira às 08:28 | link do post | comentar

Quarta-feira, 15.07.09

Em 1099 (data provável), os Cruzados, comandados por Godofredo de Bouillon, tomavam Jerusalém. Em 1759, Sebastião José de Carvalho e Melo, Marquês de Pombal, recebia o título de Conde de Oeiras. Em 1789, Luis XVI de França era informado do fim da sua soberania, depois da Tomada da Bastilha. Em 1912, morria o atleta português Francisco Lázaro, na maratona dos Jogos Olímpicos de Estocolmo. Em 1965, a nave espacial norte-americana Mariner IV enviava para Terra as primeiras fotografias do planeta Marte. Em 1968, começava a ligação aérea comercial entre os EUA e a URSS, pela Aeroflot e pela Panam. Em 1975, partiam para o espaço as naves espaciais Apollo, norte-americana, e Soyuz, soviética. Em 1981, o Partido Comunista polaco elegia a direcção por voto secreto, pela primeira vez. Em 1991, formalizava-se o acordo para a instalação, em Portugal, da Autoeuropa. Em 1992, o Conselho da União Europeia escolhia Jacques Santer, primeiro-ministro do Luxemburgo, para suceder a Jacques Delors, na presidência da Comissão. Em 1997, o estilista italiano Gianni Versace era assassinado à porta de casa, em Miami, EUA. Em 2000, um sem-abrigo norte-americano de 45 anos, Steven Kent, recebia uma herança de 320 mil euros. Em 2003, morria o  fadista Fernando Maurício, aos 69 anos. Em 2005, a Unesco aprovava a inclusão das zonas históricas de Macau na lista de Património Mundial da Humanidade. Em 2007, entra em vigor a regulamentação da lei da interrupção voluntária da gravidez. António Costa, do PS, é eleito presidente da Câmara de Lisboa com 29,54 % dos votos. O Brasil revalida o título na Copa América, ao vencer na final a Argentina por 3-0, em jogo disputado em Maracaíbo (Venezuela).

(Gianni Versace)



publicado por Jorge Ferreira às 09:09 | link do post | comentar

Terça-feira, 14.07.09

Em 1789, os cidadãos parisienses revoltavam-se e tomavam a prisão da Bastilha, libertando os prisioneiros. A Revolução Francesa tomava forma. Em 1933, eram ilegalizados todos os partidos políticos na Alemanha, à excepção do nacional-socialista nazi, no poder. Em 1976, o general Ramalho Eanes prestava juramento como presidente da República Portuguesa, o primeiro eleito por sufrágio directo e universal. Em 1978, Anatoly Scharansky, dirigente do movimento de emigração dos judeus na URSS, era condenado a 13 anos de trabalhos forçados por espionagem e agitação anti-soviética. Em 1993, morria o cantor, compositor e poeta francês Leo Ferré, aos 77 anos. Em 2002, o presidente francês, Jacques Chirac, era alvo de uma tentativa de homicídio durante o desfile do 14 de Julho, em Paris. Em 2003, investigadores do Instituto de Patologia e Imunologia Molecular da Universidade do Porto, sob a direcção de Manuel Sobrinho Simões, anunciavam a descoberta de um método de identificação e tratamento precoce do cancro do estômago. No mesmo dia, morria Compay Segundo, com 95 anos, pianista e compositor, lenda da música cubana. Em 2004, morria Germano Figueiredo, futebolista que integrara as equipas do Benfica e do Atlético, um dos Magriços da Selecção ao Campeonato do Mundo de 1966. Em 2006, começava o julgamento de sete sérvios bósnios acusados do massacre de Srebrenica, no Tribunal Penal Internacional para a ex-Jugoslávia. E o processo sobre a corrupção no futebol italiano impunham a descida do Juventus, da Fiorentina e da Lazio à Série B e o impedimento de o AC Milan participar nas taças europeias.

(Tomada da Bastilha)



publicado por Jorge Ferreira às 10:14 | link do post | comentar

Segunda-feira, 13.07.09

Em 1491, morria o D. Afonso, filho único e herdeiro de D. João II. Em 1793, o revolucionário francês Jean Marat era assassinado por Charlotte Corday. Em 1979, a Comissão Internacional para a Pesca da Baleia decidia declarar o Oceano Índico local de refúgio do mamífero, por um período de dez anos. Em 1981, as autoridades cubanas evitavam uma tentativa de assassínio de Fidel Castro. Em 1983, o Parlamento britânico rejeitava a moção apresentada do Governo para o retorno da pena de morte. Em 1985, o superconcerto de rock “Live Aid” era transmitido, via satélite, para 160 países, com uma audiência estimada em 1,5 mil milhões de pessoas. Em 1988, morria o empresário português Cupertino de Miranda, aos 95 anos. Na mesma data, o regime militar do Haiti abolia a pena de morte. Em 1996, a Câmara dos Representantes, dos EUA, aprovava o projecto de lei que proibia o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Em 2001, O Comité Olímpico Internacional atribuía a Pequim a organização dos Jogos Olímpicos de 2008. Em 2003, morria Henrique Barrilaro Ruas, com 81 anos, um dos fundadores do Partido Popular Monárquico, professor e ensaísta, deputado entre 1979 e 1983, integrando a Aliança Democrática.Em 2004, a cantora Filipa Pais ganhava o prémio José Afonso pelo disco “À Porta do Mundo”. No mesmo dia, morria o maestro Carlos Kleiber, 74 anos, um dos mais prestigiados e enigmáticos regentes do século XX. Em 2005, a polícia britânica identificava os quatro suspeitos dos ataques terroristas de dia 7 e lançava a procura de um quinto suspeito. No mesmo dia, morria Gordon Wigglesworth, de 85 anos, arquitecto britânico, pioneiro na renovação de conceitos de urbanismo, após a II Guerra Mundial. Em 2006, Israel impunha o bloqueio aéreo, marítimo e terrestre ao Líbano, no quadro resultante da ofensiva do Hezbollah. O preço por barril de petróleo marcava então novos recordes, ultrapassando os 76 dólares, em Londres e Nova Iorque. No mesmo dia, morriam Sérgio Ferreira, de 59 anos, escritor e produtor de televisão, e Vítor Correia, com 64 anos, antigo árbitro internacional. Em 2007, é confirmada a primeira morte em Portugal relacionada com a nova variante da doença de Creutzfeldt-Jacob. Morre o ex-presidente da Câmara Municipal de Penafiel, Justino do Fundo, aos 74 anos, vítima de paragem cardíaca. O antigo autarca penafidelense esteve onze anos na presidência da Câmara, entre 1983 e 1994, tendo sido eleito sempre em lista do Partido Socialista. Em 2008, a selecção portuguesa de râguebi sagrava-se campeã europeia de sevens, ao vencer a equipa de Gales por 26-12, em jogo disputado em Hannover, na Alemanha. Morria o antigo ministro dos Negócios Estrangeiros polaco Bronislw Geremek, figura proeminente da oposição anticomunista, com 76 anos, num acidente de viação, no oeste da Polónia.

(Cupertino de Miranda)



publicado por Jorge Ferreira às 13:34 | link do post | comentar

Domingo, 12.07.09

Em 1797, eram banidas as associações políticas na Grã-Bretanha. Em 1859, em Portugal, era assinado o armistício de Vila Franca. Em 1902, o Parlamento australiano concedia o direito de voto às mulheres. Em 1957, o príncipe Karim, de 20 anos, passava a Aga Khan, dirigente de 20 milhões de muçulmanos ismailitas. Em 1960, a França concedia a independência à República de Damoé, à Nigéria, ao Alto Volta, à Costa do Marfim, ao Chade, à Africa Central e ao Congo. Em 1975, São Tomé e Príncipe proclamava a independência. Em 1979, as Ilhas Gilbert, no Oceano Pacífico, também se tornavam independentes, sob o nome de Kiribati, depois de 90 anos de domínio britânico. Em 1986, o ex-vice-presidente do Conselho de Estado guineense Paulo Correia e mais 11 outros réus, implicados na intentona de Outubro de 1985, eram condenados à morte pelo tribunal superior da Guiné-Bissau. Em 1994, em Portugal, era inaugurado o Museu do Chiado, em Lisboa. Em 1997, a ETA assassinava Miguel Angel Blanco, vereador do Partido Popular do município basco de Ermua, levando a manifestações de indignação em toda a Espanha. Em 1998, a França conquistava o Mundial de Futebol, derrotando o Brasil. Em 2002, a FIFA suspendia a actividade do futebolista João Pinto. Em 2003, morria o músico de jazz norte-americano Benny Carter, aos 95 anos. Em 2006, o ataque do Hezbollah ao norte de Israel desencadeava a ofensiva de Telavive no Líbano, que se prolongou até meados de Agosto. Em 2008, o ministro da Administração Interna anunciava que Loures e Sintra iriam ser os primeiros concelhos da região de Lisboa a receber contratos locais de segurança, instrumento que prevê o reforço da segurança comunitária e policiamento de proximidade. Morria o antigo porta-voz da Casa Branca e comentador conservador Tony Snow, de 53 anos, devido a um cancro do cólon.

(Aga Khan)



publicado por Jorge Ferreira às 14:40 | link do post | comentar

Sábado, 11.07.09

Em 1536, morria Erasmo de Roterdão, autor de “Elogio da Loucura”, amigo e mentor do humanista português Damião de Góis. Em 1822, as Cortes Constituintes portugueses votavam a primeira lei eleitoral do país, prevendo o sufrágio directo secreto. Em 1828, D. Miguel era proclamado rei absoluto de Portugal. Em 1960, Moises Tschombé, primeiro-ministro do Katanga, proclamava a independência do antigo Congo Belga.Em 1973, um dia depois da denúncia do massacre de Wiriyamu pelo jornal britânico The Times, o Governo de Marcello Caetano emitia um comunicado para desmentir os factos. Ocorrido a 16 de Dezembro de 1972, o massacre causou perto de meio milhar de vítimas civis. Em 1979, o laboratório espacial norte-americano Skylab reentrava na atmosfera terrestre, desintegrando-se, depois de seis anos em órbita. Em 1989, morria o actor, encenador e cineasta britânico Lawrence Olivier, de 82 anos. Em 2001, morria a cantora portuguesa Cândida Branca Flor, aos 51 anos. Na mesma data, Portugal conquistava 20 medalhas, entre as quais três de ouro, e estabelecia um recorde europeu e 11 nacionais, no Mundial de Atletismo para deficientes. Em 2003, em Teerão, era anunciada a morte da jornalista canadiana, de origem iraniana, Zahra Kazemi, detida pelas autoridades do país, desde Junho. A morte, como se descobriria mais tarde, fora provocada por tortura. Em 2004, Pedro Santana Lopes admitia vir a localizar Ministérios em diferentes zonas do país. Em 2005, era criado o fundo de apoio à floresta. O Tribunal de Setúbal absolvia duas mulheres acusadas de terem praticado aborto, a pedido do Ministério Público e da defesa. E o Grupo Espírito Santo e o grupo de comunicação Impresa cortavam relações. Em 2006, a General Motors anunciava o encerramento da fábrica da Opel na Azambuja, no final do ano, e o Governo português ameaçava a GM com um processo judicial, por incumprimento contratual. No mesmo dia, morria o antigo inspector da PIDE António Rosa Casaco, de 91 anos, líder da brigada que assassinou o general Humberto Delgado, em Fevereiro de 1965. Em 2008, a Lei de Segurança Interna era aprovada em votação final no Parlamento apenas com os votos do PS, mas dois deputados socialistas - Manuel Alegre e Teresa Alegre Portugal - juntaram-se à oposição no voto contra. Cinquenta indivíduos envolviam-se, pela segunda vez em menos de 24 horas, num desacato com armas de fogo no Bairro da Quinta da Fonte, no Concelho de Loures. A Federação Portuguesa de Futebol anunciava a contratação de Carlos Queiroz para o cargo de seleccionador nacional, com contrato válido até 2012. Morria o cirurgião cardiovascular Michael DeBakey, pioneiro das operações para fazer “bypass”, Houston, sul do Texas, EUA, com 99 anos.

(Erasmo de Roterdão)



publicado por Jorge Ferreira às 10:55 | link do post | comentar

Sexta-feira, 10.07.09

Em 1372, era assinado o Tratado de Tagilde, o primeiro de uma série de acordos que consolidaram a aliança anglo-portuguesa. Em 1609, era constituída, em Munique, a Liga Católica dos Príncipes alemães. Em 1890, o Wyoming passava a integrar os EUA. Em 1962, os EUA lançavam o primeiro satélite de telecomunicações, o Telstar, que passou a transmitir imagens de televisão entre os EUA e a Europa. Em 1965, as Bahamas tornavam-se independentes. Em 1973, o jornal britânico The Times revelava o massacre de Wiriyamu, em Moçambique, ocorrido a 16 de Dezembro do ano anterior. Inserido na estratégia de domínio do comandante das forças no território, Kaúlza de Arriaga, o massacre foi dirigido por oficiais da PIDE-DGS e comandos. Estima-se que mais de 400 civis, habitantes da região, tenham sido mortos.Em 1974, o primeiro-ministro português, Adelino da Palma Carlos, apresentava a demissão do primeiro Governo provisório, constituído após o 25 de Abril. Em 1985, um atentado bombista contra o navio Rainbow Warrior, da organização ecologista Greenpeace, ancorado no porto de Auckland, Nova Zelândia, causava a morte do fotógrafo português Fernando Pereira, de 33 anos. Mais tarde viria a comprovar-se o envolvimento dos serviços secretos franceses no atentado. Em 1986, a justiça italiana, que julgara os 15 implicados no desvio do navio Achille Lauro, condenava três réus a prisão perpétua, oito a penas de cadeia até 30 anos e absolvia quatro. Em 1995, a líder da oposição birmanesa, Aung San Suu Kyi, era libertada, depois de quase seis anos de prisão domiciliária. Na mesma data, João Paulo II, em carta aberta às mulheres de todo o mundo, pedia desculpa pelo papel da Igreja Católica na opressão feminina. Em 1996, o Ministério do Ambiente multava a Lusoponte por incumprimento do estudo de impacte ambiental da ponte sobre o Tejo. Em 2004, morria Maria de Lourdes Pintasilgo, de 74 anos, engenheira química, primeira-ministra no V Governo Constitucional, ministra dos Assuntos Sociais nos II e III Governos Provisórios, embaixadora de Portugal na UNESCO (1975-81), fundadora do Movimento para o Aprofundamento da Democracia (1986), candidata à Presidência da República (1986) e deputada ao Parlamento Europeu (1986-91). Em 2008, uma rixa registada à noite no Bairro da Quinta da Fonte, no concelho de Loures, entre dois grupos, causava nove feridos ligeiros e estragos em várias viaturas. O Governo anunciava a criação da taxa Robin dos Bosques, de 25%, que se destinará a financiar despesas sociais, terá neutralidade fiscal, não aumentando os custos das petrolíferas.

(R. do Tratado de Tagilde, em Vizela, marco evocativo)



publicado por Jorge Ferreira às 09:46 | link do post | comentar

Quinta-feira, 09.07.09

Em 1926, o general Óscar Fragoso Carmona assumia a Presidência da República, após o golpe de 28 de Maio. Em 1960, a URSS ameaçava disparar mísseis sobre os EUA, se forças norte-americanas tentassem derrubar o Governo cubano de Fidel Castro. A ameaça daria início à escalada para a chamada “crise dos mísseis” de Outubro de 1962. Em 1963, era assinado o acordo que criou a Federação da Malásia, unindo Malásia, Singapura, Saraway e Norte Bornéu. Em 1980, morria o poeta e compositor brasileiro Vinícius de Morais, com 67 anos, autor de “Caminho para a Distância” e “Para Viver Um Grande Amor”. Em 1986, um atentado bombista, perpetrado em Munique pela facção do Exército Vermelho, matava um executivo da Siemens e o seu motorista. Em 1997, a NATO aprovava a relação estratégica com a Rússia e a criação do Conselho Euro-Atlântico de Parceria, integrado por 44 países da América do Norte, Europa e Ásia Central. Em 1998, um sismo de 5,8 pontos na escala de Richter atingia a costa norte da ilha do Faial, provocando oito mortos, 110 feridos e 1.500 desalojados. Em 2001, o internacional francês Zinedine Zidane, eleito o melhor futebolista do Mundo, no ano anterior, assinava um contrato de 70 milhões de euros (cerca de 14 milhões de contos), com o Real Madrid. Em 2003, tomava posse a Comissão Estratégica dos Oceanos e o Instituto Pasteur, em Paris, identificava o receptor celular da infecção do vírus de dengue. Em 2006, a Itália vencia o Mundial de Futebol da Alemanha, ao derrotar a França por 5-3, no desempate por penaltis.

(Óscar Carmona)



publicado por Jorge Ferreira às 10:02 | link do post | comentar

Quarta-feira, 08.07.09

Em 1497, a armada de Vasco da Gama partia de Lisboa para a primeira viagem marítima entre a Europa e a Índia. Em 1832, as tropas liberais portuguesas desembarcavam no Mindelo, comandadas por D. Pedro IV. Em 1912, a cidade de Chaves resistia ao cerco das forças procedentes de Espanha, que pretendiam restaurar a monarquia derrubada em 05 de Outubro de 1910. Em 1926, o general Gomes da Costa era destituído das funções de Presidente da República, cargo que conquistara com o golpe de 28 de Maio. Óscar Carmona, ministro dos Negócios Estrangeiros, assumia as funções.Em 1940, na II Guerra Mundial, o Governo da Noruega mudava-se para Londres, depois de 62 dias de luta contra os invasores nazis. Em 1943, morria Jean Moulin, resistente francês à ocupação das forças de Adolf Hiltler, depois de onze dias de tortura pela Gestapo. Em 1964, era inaugurado o aeroporto do Funchal. Em 1985, um tribunal de Hamburgo condenava três pessoas pela venda dos falsos diários de Hitler a uma revista alemã federal, por 9,3 milhões de marcos. Em 1986, Kurt Waldheim, antigo secretário-geral da ONU, tomava posse como Chefe do Estado austríaco. Na mesma data, morria o almirante norte-americano Hyman Rickover, 86 anos, engenheiro que concebera e divulgara o uso de navios de propulsão nuclear na marinha dos EUA. Em 1992, começavam a ser comercializados, em Portugal, os primeiros medicamentos genéricos, 20 % mais baratos do que os tradicionais. Em 1993, o Governo de Cavaco Silva aprovava a subida da idade de reforma das mulheres de 62 para 65 anos. Em 1994, morria, aos 82 anos, o Presidente da Coreia do Norte, Kim il Sung, que governava o país desde 1948. Em 2001, os restos mortais da fadista Amália Rodrigues eram trasladados do Cemitério dos Prazeres, em Lisboa, para o Panteão Nacional. Em 2002, a Organização de Unidade Africana (OUA), que articulou a luta pela independência de todas as antigas colónias europeias em África, reunia-se pela última vez. Iria dar lugar à União Africana. Em 2004, morria Henrique Mendes, de 73 anos, apresentador de TV, profissional da rádio, actor, pioneiro da televisão em Portugal. Em 2007, o primeiro-ministro, José Sócrates, inaugura a Ponte da Lezíria, sobre o rio Tejo, entre o Carregado e Benavente.

(partida de Vasco da Gama para a Índia)



publicado por Jorge Ferreira às 10:19 | link do post | comentar

Terça-feira, 07.07.09

Em 1923, morria o escritor Guerra Junqueiro. Em 1937, começava a guerra sino-japonesa. Em 1974, era criado o COPCON, Comando Operacional do Continente, sob a liderança de Otelo Saraiva de Carvalho. Em 1986, o Partido Democrático Liberal japonês, no poder desde 1955, reafirmava a posição, conquistando 300 dos 512 lugares no Parlamento. Em Hong Kong, era posto à venda o primeiro número da edição chinesa da revista Playboy. Em 1987, começava, em Chernobyl, na ex-URSS, o julgamento de três funcionários superiores, pela explosão do reactor da central nuclear, em 26 de Abril de 1986. Em 1988, o Governo de Cavaco Silva dava início ao processo de reprivatizações, autorizando a venda, até 49% do capital, do Banco Totta e Açores e da Unicer. Em 1995, morria o jornalista Neves de Sousa, com 64 anos. Em 1998, Sílvio Berlusconi, actual primeiro-ministro italiano, era condenado a dois anos e nove meses de prisão, por tentativa de suborno ao fisco. Em 2000, o ministro português das Finanças e Economia, Joaquim Pina Moura, vetava a OPA da Semapa/Holderbank sobre a Cimpor. Em 2001, o PSD Madeira acrescentava à sigla a designação Partido da Autonomia, por decisão do Conselho Regional. Em 2002, morria o bailarino, jornalista e escritor de romances policiais Pietro Valpreda, com 69 anos, figura histórica do anarquismo italiano. Em 2004, o Tribunal de Contas confirmava a subida da dívida pública portuguesa acima dos 60% do PIB. Em 2005, atentados no sistema de transportes de Londres. Quatro explosões, ao início da manhã, causavam 56 mortos e mais de 700 feridos. Em Portugal, o Instituto da Água confirmava a situação de seca severa e extrema em 97% do território português continental. No mesmo dia, morria Patrick Gray, com 88 anos, antigo número um do FBI, sucessor de Edgar J. Hoover na liderança dos serviços secretos internos dos EUA, em 1972. Em 2006, morria Syd Barrett, aos 60 anos, músico e compositor inglês, fundador dos Pink Floyd. Em 2008, o Sínodo da Igreja Anglicana aprovava a ordenação de mulheres bispos, depois de um vivo debate entre conservadores e liberais. O Vaticano reagiu com tristeza a esta decisão sublinhando que constituirá "um novo obstáculo para a reconciliação" entre as duas Igrejas.

(Guerra Junqueiro)



publicado por Jorge Ferreira às 09:15 | link do post | comentar

Segunda-feira, 06.07.09

Em 1854, constituía-se formalmente o Partido Republicano norte-americano. Em 1919, formava-se a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS). Em 1958, o Alasca passava a 49º nono estado norte-americano. Em 1962, morria o escritor norte-americano William Faulkner, autor de “As I Lay Dying” e “Palmeiras Bravas”, Prémio Nobel da Literatura em 1949, o National Book Award (EUA) e o Prémio Pulitzer. Em 1970, no decurso da Operação Nó Górdio, em Moçambique, decorria o assalto à Base Gungunhana, da Frelimo. Concebida por Kaúlza de Arriaga, a operação provocou a morte de dezenas de pessoas e centenas de feridos. Em vez de conter os combates, como esperava o então comandante militar do território, a guerra aumentou de intensidade no Norte e alastrou a Tete, em direcção a Sul. Em 1997, eram formalmente identificados os restos mortais de Ernesto Che Guevara, descobertos duas semanas antes numa vala comum, na Bolívia. Em 1998, abria o aeroporto de Chek Lap Kok, em Hong-Kong, um dos maiores do mundo. Em 1999, morria o compositor espanhol Joaquín Rodrigo, aos 97 anos, conhecido sobretudo pelo “Concerto de Aranjuez”, para guitarra e orquestra. Em 2004, o presidente da República Portuguesa, Jorge Sampaio, começava a audição dos partidos com representação parlamentar sobre a crise governamental, criada pela demissão de Durão Barroso. Em 2005, morriam Claude Simon, com 91 anos, escritor francês, Nobel da Literatura em 1985, nome chave do "nouveau roman", e Evan Hunter ou Ed McBain, pseudónimos de Salvatore Lombino, de 78 anos, escritor norte-americano, autor de "Sementes de Violência". Em 2007, o tenista espanhol Rafael Nadal conquistava o primeiro título em Wimbledon, ao vencer o suíço Roger Federer na final mais longa da história do torneio inglês de relva, terceira prova do Grand Slam. (Símbolo do Partido Republicano)



publicado por Jorge Ferreira às 08:39 | link do post | comentar

Sábado, 04.07.09

Em 1336, morria a Rainha Santa Isabel. Em 1776, os representantes das 13 colónias britânicas no Novo Mundo, reunidos em Congresso em Filadélfia, aprovavam, por unanimidade, a Declaração da Independência dos Estados Unidos da América, tal como Thomas Jefferson a concebeu. Exactamente 50 anos depois, em 1826, morriam os antigos presidentes norte-americanos John Adams e Thomas Jefferson.Em 1833, morria o português Borges de Carneiro, um dos dirigentes da Revolução Liberal de 1820. Em 1937, em Lisboa, ocorria, em vão, um atentado bombista contra Oliveira Salazar. Em 1946, era constituída a República das Filipinas, após 47 anos de administração norte-americana. Em 1986, uma equipa de médicos australianos revelava o nascimento de gémeos concebidos a partir de óvulos congelados. Em 1995, John Major, primeiro-ministro britânico, vencia as eleições para a liderança do Partido Conservador. Em 1997, a sonda norte-americana Mars Pathfinder pousava em Marte. Em 2001, Portugal proibia a venda de óleo de bagaço de azeitona, após ter sido detectada, em Espanha, a presença de uma substância cancerígena no produto. Em 2003, morria o escritor, professor e jornalista português Augusto Abelaira, de 77 anos, autor de “Cidade das Flores”, “As Boas Intenções”, “Os Desertores”, “Bolor”, “Sem Tecto, Entre Ruínas”, antigo director de programas da RTP e das revistas Vida Mundial e Seara Nova. “Não só mas também”, o seu último romance, foi publicado postumamente. Em 2004, a Grécia vencia o Campeonato Europeu de Futebol 2004, batendo a selecção portuguesa por um golo. Em Nova Iorque, era colocada a primeira pedra da Torre da Liberdade, no “Ground Zero”. Em 2006, o Tribunal de Aveiro condenava três mulheres a seis meses de prisão pela prática de aborto, depois de terem sido absolvidas em 2004. Em 2007, morre em Lisboa, vítima de cancro, o actor Henrique Viana, com 71 anos, cuja carreira se estendeu por mais de 50 anos. O actor começou nas lides teatrais na Sociedade Guilherme Cossoul, de que era o sócio número 08, e o seu último trabalho foi no filme "O julgamento", de Leonel Vieira. Na televisão foi um dos actores mais requisitados a partir da década de 1980. Participou no tele-romance "Chuva na areia" (1985), de Luís Sttau Monteiro, contracenando, entre outros, com Rui Mendes, Virgílo Teixeira, Mariana Rey Monteiro, Alina Vaz, Manuela Maria, Laura Soveral e Natália Luiza. "Sozinhos em casa" (1993), que protagonizava com Miguel Guilherme, "Os imparáveis" (1996), "Camilo na prisão" (1998) em que contracenava com Camilo de Oliveira, "Esquadra de Polícia" (1999), "Alves dos Reis", "Processo dos Távoras" (2001), "Inspector Max" (2005), "Bocage" (2006), "Paixões proibidas" (2007) foram outras séries televisivas em que participou.

(Rainha Sta. Isabel)



publicado por Jorge Ferreira às 10:06 | link do post | comentar

JORGE FERREIRA

tomarpartido@sapo.pt

visitantes em linha

English version by Google
Novembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

2
3
4
5
6
7

8
9

20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30



DESTAQUES




TAMBÉM ESTOU AQUI

Jorge Ferreira

Cria o Teu Crachá

Aveiro
Comunicar a direito
Democracia liberal
Diário de aveiro
Jorge ferreira
O carmo e a trindade
O templário
Terras de mármore
Tv net

O PARTIDO DOS AMIGOS

A cagarra
Alinhavos
Cão com pulgas
Eclético
Faccioso
Ilha da madeira
Fumaças
Mais actual
Meu rumo
Paris
Sobre o tempo que passa
Tubarão


OUTROS PARTIDOS

A arte da fuga
A barbearia do senhor luís
A casa de sarto
A casa dos comuns
A caveira vesga
A caverna obscura
A civilização do espectáculo
A destreza das dúvidas
A educação do meu umbigo
A gota de ran tan plan
A grande alface
A janela do ocaso
A natureza do mal
A origem das espécies
A outra varinha mágica
A regra do jogo
A revolta das palavras
a ritinha
A terceira noite
A textura do texto
A voz do povo
A voz nacional
A voz portalegrense
As escolhas do beijokense
As penas do flamingo
Abrigo de pastora
Abrupto
Às duas por três
Activismo de sofá
Admirável mundo novo
Adufe
Água leve
Água lisa
Alcabrozes
Alianças
Aliança nacional
Almocreve das petas
Apdeites v2
Arcadia
Arde lua
Arpão
Arrastão
Aspirina b
Atuleirus
Avatares de um desejo

Bar do moe, nº 133
Blasfémias
Bem haja
Berra-boi
Bic laranja
Bicho carpinteiro
Binoculista
Bissapa
Blogo social português
Blogotinha
Blogs e política
Blogue de direita
Blogue da sedes
Blogue real associação de lisboa
Blue lounge
Boca de incêndio
Boina frígia
Braga blog
Branco no branco
Busturenga

Cabalas
Café Bar James Dean
Café da insónia
Caixa de petri
Caixa de pregos
Câmara corporativa
Campos da várzea
Canhoto
Carreira da í­ndia
Causa liberal
Causa nossa
Cegos mudos e surdos
Centenário da república
Centurião
Certas divergencias
Chá preto
Charquinho
Cibertúlia
Cinco dias
Classe polí­tica
Clube das repúblicas mortas
Clube dos pensadores
Cobrador da persia
Combustões
Confidências
Congeminações
Contingências
Controversa maresia
Corta-fitas
Crónicas d'escárnio e mal dizer

Da condição humana
Da literatura
Da rússia
Dar à tramela
Dass
De vexa atentamente
Der terrorist
Delito de opinião
Desconcertante
Desesperada esperança
Despertar da mente
Direito de opinião
Do portugal profundo
Dois dedos de prosa e poesia
Dolo eventual
Duas cidades
Duas ou três coisas
2 rosas

É curioso
É tudo gente morta
e-konoklasta
Em 2711
Elba everywhere
Em directo
Encapuzado extrovertido
Entre as brumas da memória
Enzima
Ephemera
Esmaltes e jóias
Esquissos
Estado sentido
Estrago da nação
Estudos sobre o comunismo
Espumadamente
Eternas saudades do futuro

Falta de tempo
Filtragens
Fliscorno
Fôguetabraze
Foram-se os anéis
Fúria dos dias

Gajo dos abraços
Galo verde
Gazeta da restavração
Geometria do abismo
Geração de 80
Geração de 60
Geração rasca
Gonio
Governo sombra

Há normal?!
Herdeiro de aécio?!
Hic et nunc
Hoje há conquilhas, amanhã não sabemos
Homem ao mar

In concreto
Ideal social
Ideias soltas
Ilusão
Império lusitano
Impressões de um boticário de província
Insinuações
Inspector x
Intimista

Jacarandá
Janelar
Jantar das quartas
João Távora
Jornal dos media
José antónio barreiros
José maria martins
Jose vacondeus
Judaic kehillah of portugal - or ahayim
Jugular
Julgamento público

Kontrastes

La force des choses
Ladrões de bicicletas
Largo da memória
Largo das alterações
Latitude 40
Liblog
Lisbon photos
Lobi do chá
Loja de ideias
Lusitana antiga liberdade
Lusofin

Ma-schamba
Macroscópio
Maioria simples
Maquiavel & j.b.
Margem esquerda
Margens de erro
Mar salgado
Mas certamente que sim!
Mau tempo no canil
Memória virtual
Memórias para o futuro
Metafísica do esquecimento
Miguel teixeira
Miniscente
Minoria ruidosa
Minudencias
Miss pearls
Moengas
Movimento douro litoral
Mundo disparatado
Mundus cultus
My guide to your galaxy

Não há pachorra
Não não e não
Nem tanto ao mar
Neorema
Nocturno
Nortadas
Notas formais
Notícias da aldeia
Nova floresta
Nova frente
Num lugar à direita
Nunca mais

O afilhado
O amor nos tempos da blogosfera
O andarilho
O anónimo
O bico de gás
O bom gigante
O cachimbo de magritte
O condomínio privado
O contradito
O diplomata
O duro das lamentações
O espelho mágico
O estado do tempo
O eu politico
O insubmisso
O insurgente
O islamismo na europa
O jansenista
O jumento
O observador
O país do burro
O país relativo
O pasquim da reacção
O pequeno mundo
O pravda ilhéu
O principe
O privilégio dos caminhos
O profano
O reaccionário
O saudosista
O severo
O sexo dos anjos
O sinaleiro da areaosa
O tempo das cerejas
O universo é uma casca de noz
Os convencidos da vida
Os veencidos da vida
Obrigado sá pinto
Oceano das palavras
Office lounging
Outra Margem
Outubro

Palavra aberta
Palavrussaurus rex
Pangeia
Papa myzena
Patriotas.info
Pau para toda a obra
Pedra aguda
Pedro_nunes_no_mundo
Pedro rolo duarte
Pedro santana lopes
Pena e espada
Perguntar não ofende
Planetas politik
Planí­cie heróica
Playbekx
Pleitos, apostilas e comentários
Politeia
Política pura e dura
Polí­tica xix
Polí­tica de choque
Politicazinha
Politikae
Polvorosa
Porcausasemodivelas
Porto das pipas
Portugal dos pequeninos
Por tu graal
Povo de bahá
Praça da república em beja
Publicista

Quarta república

Registo civil
Relações internacionais
Retalhos de edith
Retórica
Retorno
Reverentia
Revisões
Ricardo.pt
Risco contínuo
Road book
Rua da judiaria

Salvaterra é fixe
Sem filtro
Sempre a produzir
Sentidos da vida
Serra mãe
Sete vidas como os gatos
Small brother
Sociedade aberta
Sociologando
Sorumbático
Sou contra a corrente
Super flumina

Táxi
Tempo político
Tenho dito
Teorias da cidade
Tese & antítese
Tesourinhos deprimentes
There is a light never goes out
Tirem-me daqui
Tralapraki
Transcendente
Tribuna
31 da armada
Tristeza sob investigação
Triunfo da razão
Trova do vento que passa

Último reduto
Um por todos todos por um

Vale a pena lutar
Vasco campilho
Velocidade de cruzeiro
Viagens no meu sofá
Vida das coisas
Vento sueste
Voz do deserto

Welcome to elsinore

Xatoo

Zarp blog

PARTIDOS DOS ALUNOS

Ao sul
As cobaias
Fados e companhia
O cheiro de santarém pela manhã
Platonismo político
Projecto comunicar

PARTIDOS DE ABRANTES

Abranteimas
Rua da sardinha
Torre de menagem

PARTIDOS DO ALGARVE

Mons cicus
Olhão livre
Tavira tem futuro
The best of lagos

PARTIDOS DE AVEIRO

A ilusão da visão
Academia de aveiro
Actas diárias
Amor e ócio
Arestália
Aveiro sempre
Bancada directa
Bancada norte
Blog de sergio loureiro
Botanabateira
Código da vivencia
Cogir
Debaixo dos arcos
Desporto aveiro
Divas e contrabaixos
Estados gerais
Forum azeméis
Já agora
Margem esquerda
Neo-liberalismo
Nós e os outros
Notas de aveiro
Notícias da aldeia
Noticias de ovar
Painéis de aveiro
Pontos soltos
Portal do beira-mar
4linhas
Quotidiano da miséria
7 meses
The sarcastic way
Visto de fora
Vouga

PARTIDOS DE OEIRAS

À rédea solta
Escrever sobre porto salvo
Eu sou o poli­ticopata
Oeiras local
Rememorar oeiras

PARTIDOS DE TOMAR

Alcatruzes da roda
Algures aqui
À descoberta de tomar
Charneca da peralva
Nabantia
Olalhas
Os cavaleiros guardiões de sta. maria do olival
Sondagem tomar
Tomar
Thomar vrbe
Tomar, a cidade
Tomar a dianteira
Vamos por aqui

PARTIDOS DE VILA VIÇOSA

A interpretação do tempo
Infocalipo
O restaurador da independencia
Tasca real

PARTIDOS POÉTICOS

Arrimar
Corte na aldeia
Forja de palavras
Linha de cabotagem (III)
Nimbypolis
O melhor amigo
Ofí­cio diário
Orgasmos dos sentidos

PARTIDOS DAS ÁGUIAS

A águia
A ilíada benfiquista
A mística benfiquista
Amo-te, benfica
Anti-anti-benfica
Benfiquistas desde pequeninos
Calcio rosso
Chama imensa
Diário de um adepto benfiquista
E isso me envaidece
E pluribus unum
Encarnados
Encarnado oriental
Encarnado e branco
Eterno benfica
Football dependent
Gloriosa fúria vermelha
Glorioso jornal
Gordo vai à baliza
Javardos benfiquistas
loucos pelo slb
Mágico slb
Mar vermelho
Memória gloriosa
Não se mencione o excremento
Novo benfica
O antitripa
O inferno da luz
O grémio benfiquista
Os nossos queridos jornalistas desportivos
País de corruptos
Quero a verdade
Ser benfiquista
Slbenfica - forever champions
Slblog
Tertúlia benfiquista
Um zero (1-0) basta
Vermelhovzky
Vedeta da bola
Vedeta ou marreta?
Velho estilo ultras
Vermelho à moda do porto

PARTIDOS DA BOLA

Cromo dos cromos

PARTIDOS DO DIREITO

Ab surdus
Assembleia de comarca
Blog de informação
Blog do dip
Cartilha jurídica
Cum grano salis
Direito na sociedade da informação
Dizpositivo
Elsa
Incursões
Iuris
Leituras oficiosas
Legalidade
Lex turistica nova
Mens agit molem
Notas constitucionais
O meu monte
Patologia social
Piti blawg
Ré em causa própria
Reforma da justiça
Rumo do direito
Santerna
Suo tempore
Trepalium
Urbaniuris
Vexata quaestio

PARTIDOS DA VIDA

Açores pelo não
Alentejo pelo não
(Des)conversas em família
Direito a viver
Évora pelo não
Fiat lux
Impensável
Jornal da família
Nebulado
Pela vida
Pelo não
Quero viver
Razões do não
Sinto a vida
Sou a favor da vida

PARTIDOS DA ARGENTINA

El opinador compulsivo

PARTIDOS DO BRASIL

Ação humana
Cronicas do joel
Depósito do maia

PARTIDOS DE ITÁLIA

Importanza dele parole

PARTIDOS DOS LIVROS

Blog do espaço de memória e do pátio das letras
D'outro tempo
Lerblog
Mundo pessoa

PARTIDOS DAS REVISTAS

Alameda digital
Leonardo, revista de filosofia portuguesa

PARTIDOS DA TAUROMAQUIA

Lides alentejanas
Toiradas

PARTIDOS DOS BLOGUES

aniversários de blogues
Blog do dia dn
Blogpatrol
Blogpulse
Blogsearch
Blogservatório
Blogs em lí­ngua portuguesa
Moblig
Orochi's blog
Sapo blogs
Technorati
Weblog

PARTIDOS DA POLÍTICA

Bloco de esquerda
Centro democrático social
Os verdes
Partido comunista português
Nova democracia
Partido social-democrata
Partido socialista


PARTIDOS DOS JOGOS OLÍMPICOS

Atenas 2004
Pequim 2008
Comité olí­mpico internacional
Comité olí­mpico de portugal

PARTIDOS DOS JORNALISTAS

a capital
Jornal do diabo
O comércio do porto



TAMBÉM JÁ ESTIVE AQUI
Blogue do não
Câmara de comuns
Eleições 2009
Nova vaga
Novo Rumo
O carmo e a trindade
O eleito
Olissipo
Ota não
Portal lisboa
RCP ONLINE
Semanário
Sportugal
Tomarpartido
ARQUIVOS

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

subscrever feeds
tags

efemérides(867)

borda d'água(850)

blogues(777)

josé sócrates(537)

ps(339)

psd(221)

cavaco silva(199)

pessoal(182)

justiça(180)

educação(150)

comunicação social(139)

política(137)

cds(126)

crise(121)

desporto(120)

cml(116)

futebol(111)

homónimos(110)

benfica(109)

governo(106)

união europeia(105)

corrupção(96)

freeport de alcochete(96)

pcp(93)

legislativas 2009(77)

direito(71)

nova democracia(70)

economia(68)

estado(66)

portugal(66)

livros(62)

aborto(60)

aveiro(60)

ota(59)

impostos(58)

bancos(55)

luís filipe menezes(55)

referendo europeu(54)

bloco de esquerda(51)

madeira(51)

manuela ferreira leite(51)

assembleia da república(50)

tomar(49)

ministério público(48)

europeias 2009(47)

autárquicas 2009(45)

pessoas(45)

tabaco(44)

paulo portas(43)

sindicatos(41)

despesa pública(40)

criminalidade(38)

eua(38)

santana lopes(38)

debate mensal(37)

lisboa(35)

tvnet(35)

farc(33)

mário lino(33)

teixeira dos santos(33)

financiamento partidário(32)

manuel monteiro(32)

marques mendes(30)

polícias(30)

bloco central(29)

partidos políticos(29)

alberto joão jardim(28)

autarquias(28)

orçamento do estado(28)

vital moreira(28)

sociedade(27)

terrorismo(27)

antónio costa(26)

universidade independente(26)

durão barroso(25)

homossexuais(25)

inquéritos parlamentares(25)

irlanda(25)

esquerda(24)

f. c. porto(24)

manuel alegre(24)

carmona rodrigues(23)

desemprego(23)

direita(23)

elites de portugal(23)

natal(23)

referendo(23)

apito dourado(22)

recordar é viver(22)

banco de portugal(21)

combustíveis(21)

música(21)

pinto monteiro(21)

bcp(20)

constituição(20)

liberdade(20)

saúde(19)

augusto santos silva(18)

cia(18)

luís amado(18)

todas as tags