Quarta-feira, 30 de Setembro de 2009

Sócrates faz as vezes de estadista. Como descrevi a semana passada, é um profissional do poder e não está escrito em lado nenhum que as opções eleitorais dos cidadãos tenham de coincidir com as melhores virtudes políticas...



publicado por Jorge Ferreira às 13:56 | link do post | comentar

Em 30 de Setembro de 1974, faz hoje 35 anos redondos, após a tentativa falhada de golpe da apelidada maioria silenciosa, ocorrida a 28 de Setembro de 1974, António Spínola que, desde 15 de Maio de 1974, ocupava a Presidência da República, renuncia ao cargo e é substituído pelo General Costa Gomes. Ele há cada coincidência...

 

(Foto)



publicado por Jorge Ferreira às 13:05 | link do post | comentar

Um dos aspectos de que menos se fala a propósito da comunicação social é o da edição de fotografia. E, todavia, essa é uma das dimensões mais importantes da comunicação: a imagem. Como se sabe, pela imagem se constrói e pela imagem se destrói. Um bom exemplo disso é a fotografia escolhida pelo Diário de Notícias para ilustrar a peça sobre a comunicação ao país de Cavaco Silva. Ora vejam lá...



publicado por Jorge Ferreira às 12:17 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Os erros políticos de Cavaco fizeram entrar algumas mentes cheias de recalcado ódio político em roda livre. Esta entrada no Jugular é pura e simplesmente repugnante. A ausência da tag, lá deveria estar "cavaco silva", torna ainda mais óbvio o que se pretendeu ocultar, isto é, a pessoa de quem se falava.



publicado por Jorge Ferreira às 11:41 | link do post | comentar | ver comentários (3)

Terça-feira, 29 de Setembro de 2009

Decididamente, Cavaco Silva saiu do carril. Hoje, produziu uma declaração totalmente dispensável. O que o país precisava e merecia saber não foi esclarecido. Lamentável esta declaração.



publicado por Jorge Ferreira às 20:00 | link do post | comentar | ver comentários (3)

A vertigem das quotas sexuais na política deu nisto: uma lei moderníssima. O resultado brilhante desta revolução social está aqui.



publicado por Jorge Ferreira às 18:42 | link do post | comentar

Os serviços secretos norte-americanos estão a investigar um inquérito que esteve disponível na rede social Facebook sobre se o Presidente norte-americano, Barack Obama, deveria ser assassinado. Eu também quero fazer uma comunicação ao país: eu não vi nada, juro.
 



publicado por Jorge Ferreira às 14:04 | link do post | comentar

Assim se poderia chamar a investigação criminal em curso sobre a aquisição dos célebres submarinos.



publicado por Jorge Ferreira às 13:33 | link do post | comentar

A opinativa e impertinente Mafalda nasceu em 29 de Setembro de 1964, no semanário argentino Primera Plana. Joaquin Lavado (Quino), aos 32 anos, criou a Mafalda para um anúncio publicitário a uma marca de electrodomésticos, que lhe encomendou que desenhasse a história de uma família típica da classe média. Essa banda desenhada não chegou a ser publicada, mas Quino recuperou a personagem Mafalda quando o convidaram para publicar no Primera Plana. Parabéns, Mafalda!
 

(Foto)



publicado por Jorge Ferreira às 13:14 | link do post | comentar

O Banco de Portugal vai rever em alta as estimativas de evolução da economia portuguesa em 2009 e 2010, anunciou hoje Vítor Constâncio. Justamente esse especialista de previsões certas que é o Banco de Portugal, mesmo a tempo das autárquicas, cá está a dar uma mãozinha ao PS. Conservem-no, que amigos destes há poucos.
 



publicado por Jorge Ferreira às 12:27 | link do post | comentar

As esquerdas sindicais e políticas passam a vida a vociferar contra a precariedade laboral. Talvez possam agora solidarizar-se com os líderes do PSD. Melhor exemplo de trabalho temporário não há.


tags:

publicado por Jorge Ferreira às 12:24 | link do post | comentar

Segunda-feira, 28 de Setembro de 2009

Falta a 3ª volta do campeonato eleitoral de 2009. Para já, com os resultados de ontem no concelho de Lisboa, Pedro Santana Lopes seria o novo presidente da Camara.



publicado por Jorge Ferreira às 17:25 | link do post | comentar | ver comentários (3)

Jorge Ferreira, organizador da festa da esferovite, no Paço da Comenda.



publicado por Jorge Ferreira às 15:21 | link do post | comentar

Com o resultado obtido, mais de 50.000 votos, Garcia Pereira (devia ser este o nome do PCTP/MRPP) obtece o direito de receber suvbvenção estatal para pagar a campanha. Ou seja: a democracia burguesa vai financiar o MR. Aguardo, com curiosidade, qual será a atitude do revolucionário Garcia Pereira. Será que vai coerentemente recusar a benesse?...



publicado por Jorge Ferreira às 00:52 | link do post | comentar | ver comentários (2)

Proeza, proeza, proeza mesmo conseguiu o bem informado sobre fontes de jornalistas Francisco Louçã: subir tanto, tanto e tornar-se irrelevante para discutir o poder. Conhecerá Pirro?



publicado por Jorge Ferreira às 00:50 | link do post | comentar

Domingo, 27 de Setembro de 2009

A má é que o PS ganhou as eleições, o que a meu ver é péssimo para o futuro de Portugal. A boa é que perdeu a maioria absoluta.



publicado por Jorge Ferreira às 21:20 | link do post | comentar

Dado o aumento dos deputados do Bloco de Esquerda é risonho o futuro dos PPR's e das acções de empresas em privatização. Um excelente contributo para a retoma da economia capitalista e de mercado.



publicado por Jorge Ferreira às 21:14 | link do post | comentar | ver comentários (1)

A maior abstenção de sempre em eleições legislativas. É bem feito. É mau para a democracia, mas o sistema merece. Assim como assim, apoosto que ninguém se preocupará muito com isso.



publicado por Jorge Ferreira às 19:39 | link do post | comentar

Sábado, 26 de Setembro de 2009

Depopis do fracasso de Louçã com os PPR foi a vez da ETA perder umas massas com investimentos em divisas, dólares, é claro. Mala suerte para estes aprendizes de capitalistas.



publicado por Jorge Ferreira às 20:53 | link do post | comentar

Na Alemanha reflecte-se todos os dias até ao momento de votar. Não existe o dia de reflexão. Gente estranha esta...



publicado por Jorge Ferreira às 19:00 | link do post | comentar

Jorge Ferreira, cardiologista do Hospital de Santa Cruz.



publicado por Jorge Ferreira às 18:42 | link do post | comentar

Sexta-feira, 25 de Setembro de 2009

No dia 9 de Setembro Francisco Louçã afirma publicamente saber que foi Fernando Lima a fonte da notícia do Público sobre as escutas de Belém. No dia 23 de Setembro o Diário de Notícias faz a notícia que todos conhecemos, a qual, aliás, tem eventuais contornos criminais que ainda ninguém analisou. Até agora não vi ninguém perguntar a Louçã como é que soube de Fernando Lima. Será que o Bloco tem alguém a trabalhar no staff de uma certa agência de comunicação, que parece ter mãozinha na tramóia? Será que Louçã achará bem revelar ao país como é que soube? Será que o país não tem direito a saber, antes das eleições, se Francisco Louçã participou nesta tramóia? Ou será que Louçã vai dar "uma" de Cavaco?

(Foto)



publicado por Jorge Ferreira às 15:35 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Quatro dias depois de o Presidente da República ter afastado Fernando Lima da chefia da assessoria para a Comunicação Social, o “Expresso” noticia que a Presidência da República “insiste” em manter as informações sobre a suspeita de que assessores de Cavaco Silva tenham estado sob vigilância. Isto apesar de o SIS continuar a negar quaisquer escutas a Cavaco Silva. O “Expresso” cita mesmo um informador de Belém que diz que o caso é “sério e delicado”. Ao ponto a que isto chegou, isto só pode acabar mal. Seja lá para quem fôr, mas mal. Pena é que os portugueses tenham de votar sem saber a verdade.
 



publicado por Jorge Ferreira às 12:45 | link do post | comentar

A campanha eleitoral foi a mais medíocre da democracia portuguesa, escreveu em Espanha Luís Filipe Menezes em artigo publicado hoje no “El País”. O antigo presidente do PSD defende o TGV e enumera pontos que, segundo ele, devem nortear as relações entre Portugal e Espanha. Se a entrada de Manuel Alegre na campanah do PS contra tudo o que tinha dado a entender antes marcou o início da pré-campanha para as eleições presidenciais, este artigo de Menezes marca o início do próximo Congresso do PSD.
 



publicado por Jorge Ferreira às 12:05 | link do post | comentar

Helena Matos escreve no Blasfémias, sobre "José Sócrates", O Homem e o Líder", a biografia de autoria de Rui Costa Pinto.



publicado por Jorge Ferreira às 10:12 | link do post | comentar

Desde que José Sócrates tomou o poder no PS que Portugal não tem tido descanso. Bem avisou António Vitorino, há quatro anos, à porta da sede do PS, para nos irmos “habituando”… Desde então, o homem que dizia que ser ministro “era o seu limite” e que Primeiro-Ministro “jamais” porque não tinha qualidades para tal (onde pára tamanha lucidez?...), tratou de realizar a maior concentração de poder num só homem de que há memória desde o 25 de Abril.

 

O ambiente político do país tornou-se nos últimos quatro anos verdadeiramente irrespirável e desaconselhável a menores de 18 anos. Sócrates concentrou poderes sobre as polícias, Sócrates pressionou e ameaçou jornais, televisões e jornalistas, Sócrates processou jornais, televisões, jornalistas, cronistas como nenhum político até hoje.

 

Durante quatro anos vimos o nome de Sócrates envolvido em sucessivas embrulhadas e suspeições, até hoje não esclarecidas. De uma simples licenciatura até a um complexo licenciamento, o do Freeport de Alcochete, passando por assinaturas em projectos de autoria discutida de casas deprimentes, nada em que tenha mexido parece claro. Evidentemente que esta situação contribuiu para degradar ainda mais a credibilidade das instituições e da política, o que manifestamente não incomoda nada o líder do PS.

 

Quanto à acção governativa o balanço é apenas uma enorme desilusão. As contas públicas estão num fanico, as reformas timidamente ensaiadas ficaram a meio, os empregos não só não foram criados como foram destruídos. O governante Sócrates criou dois países: o verdadeiro e o da propaganda. Os portugueses vivem hoje pior do que viviam há quatro anos. Portugal deve mais dinheiro do que devia há quatro anos. O Estado deve mais dinheiro e gasta mais do que sucedia há quatro anos.  O país produz menos e está por isso mais pobre do que há quatro anos.

 

Mas, ao que parece, Sócrates prepara-se para ganhar as eleições de domingo. Depois de tão estrondosos quatro anos, já é extraordinário ter a possibilidade de as ganhar. Ganhá-las será um verdadeiro feito. Porquê? Pela simples razão de que é um profissional do poder. O deplorável episódio das escutas que dominou a campanha eleitoral mostra bem o grau de amadorismo que tem permitido ao profissionalismo político de Sócrates brilhar. Conseguir pôr Cavaco Silva na lamentável posição de dar uma ajudinha ao PS, quando as sondagens mantinham tudo em aberto é de mestre. Mestre do poder, sempre o poder. E o poder, quando se transforma num fim em si próprio, como é o caso paradigmático de Sócrates faz mal ao país.

 

A oposição talvez mereça este desfecho. Porque em quatro anos não conseguiu construir uma credibilidade nem um programa. Portugal é que mereceria, sem dúvida, muito melhor. (publicado na edição de hoje do Semanário)

(Foto)

 



publicado por Jorge Ferreira às 09:43 | link do post | comentar

No domingo os portugueses farão provavelmente mais um dos seus periódicos exercícios de masoquismo político. É difícil encontrar um lusitano recenseado que não diga mal do estado da Nação, que não desanque nos políticos e nos governantes, que não diga mal da vida e que não tenha um programa eleitoral prontinho a servir, ainda que não passe de uma colagem de ideias vazias. Mas, mesmo assim, os portugueses votam sistematicamente nos mesmos partidos.

 

É verdade que o sistema político está viciado. As leis que os partidos fazem protegem os partidos que as fazem e bloqueiam a renovação política do país. É verdade que o sistema mediático vicia a oferta eleitoral e nessa medida condiciona as opções dos eleitores. É verdade que somos portadores de uma atávica cultura de má língua nos cafés e nas paragens dos autocarros, que miraculosamente se transforma na mais conformista das atitudes no voto. Mas, ainda assim, e dada a dimensão da crise da República, seria de esperar um leve assomo de mudança. Não acontecerá.

 

Na campanha eleitoral que hoje termina, tal como infelizmente se esperava, debateu-se quase nada o país. Tratou-se de uma espécie de Benfica-Sporting sobre as escutas entre Belém e S. Bento que, de caminho, triturou o PSD. O melhor que podia ter acontecido a José Sócrates, depois da crise internacional que serviu às mil maravilhas para disfarçar a crise portuguesa, foi este episódio mal cheiroso, a que Cavaco Silva deu uma contribuição inestimável ao líder do PS.

 

E, todavia, no dia 28 de Setembro, Portugal continuará. Acordaremos com as lamúrias de sempre, com os problemas de sempre, e com a auto-desresponsabilização de sempre, apenas um dia depois de termos votado exactamente nos mesmos a que atribuímos a responsabilidade dos males nacionais.

 

Eu, pelo menos, reservo-me a saudável atitude de excluir a minha cumplicidade com a mediocridade dominante. Votarei no Partido da Nova Democracia. Garanto-vos: sabe bem e não morrerá ninguém. Acresce que, no caso concreto do círculo eleitoral de Aveiro, conheço bem Edgar Jorge, o cabeça de lista, e também vos garanto: fará, se for eleito deputado, muito melhor que a maioria dos que lá estão e dos que se candidatam. E acresce uma qualidade não desprezível: é uma pessoa séria, o que não sendo propriamente uma virtude em que o sistema seja particularmente exigente, é uma garantia para quem confia a gestão do interesse público a um representante.

(publicado na edição de hoje do Diário de Aveiro)

 



publicado por Jorge Ferreira às 09:40 | link do post | comentar

Quinta-feira, 24 de Setembro de 2009

campanha eleitoral do PS para o Parlamento Europeu tinha um orçamento de 1,5 milhões de euros, mas afinal custou 2,764 milhões - uma derrapagem de 1,2 milhões, ou seja, cerca de 80% a mais do que o PS tinha previsto no orçamento que entregou à Entidade das Contas antes da campanha. A propaganda do PS acabou por ser a mais cara das europeias. Já no Governo e nas obras públicas o PS faz o mesmo. Gasta mais do que diz que vai gastar e sai muito caro aos contribuintes.



publicado por Jorge Ferreira às 23:51 | link do post | comentar

Augusto Santos Silva é um dos socialistas em exercício mais insuportáveis que conheço. A sua alcunha bem podia ser "o reflector", tal é a fidelidade das suas afirmações ao pensamento profundo do chefe. Agora ataca o jornalista José Manuel Fernandes por ter ido a uma iniciativa de campanha do PSD. Eh pá, tenham lá calma que o pessoal (ainda) não tem de pedir autorização para exercer a profissão...



publicado por Jorge Ferreira às 18:00 | link do post | comentar | ver comentários (2)

O dirigente do PS José Lello, e o secretário de Estado das Comunidades, António Braga, são acusados de negociar cargos em troca de financiamento partidário com o empresário Licínio Santos envolvido na chamada máfia dos bingos,. A acusação é de Aníbal Araújo, outro membro do PS que foi cabeça-de-lista pelo círculo de Fora da Europa, nas legislativas de 2005. Depois de um dia sem falar de escutas pensei que a campanha tinha ido de férias. Até Portas meteu férias e tenciona maçar a intimidade dos cidadãos com o envio de sms's. Desde já aviso que pode poupar o meu: não estou indeciso e mesmo que estivesse certamente não votaria em pessoal sob investigação criminal. Aparece agora um cidadão a acusar dois dirigentes do PS de fazerem coisas muito feias. Será que o Ministério Público vai abrir inquérito? E, a fazê-lo, em que legislatura?...



publicado por Jorge Ferreira às 17:42 | link do post | comentar

Depois da polémica entre Manuel Maria Carrilho e as agencias de comunicação nunca mais se ouviu falar delas. E é de supôr que em tempos eleitorais elas estejam a carburar a mil por cento a servir os seus clientes. Eu penso que um dia se saberá o papel que desempenharam na história das célebres escutas de Belém e dos célebres emails do Público. Um dia...



publicado por Jorge Ferreira às 10:58 | link do post | comentar

Um candidato do CDS à Câmara Municipal de Moura, de seu nome Pedro dos Reis, foi detido sexta-feira pela GNR por, alegadamente, estar a furtar palha numa herdade.  Bem sei que a coisa não está fácil mas, que diabo!, nem a palha lhes escapa?



publicado por Jorge Ferreira às 10:42 | link do post | comentar

Quarta-feira, 23 de Setembro de 2009

Em 1995 Cavaco Silva afundou o PSD nas legislativas com um desmentido a afirmações de Fernando Nogueira. Em 2009, pode ter afundado o PSD com o incrivel espisódio das escutas. É uma sina. E por muito que custe a muitos, Pacheco Pereira tem toda a razão.



publicado por Jorge Ferreira às 21:09 | link do post | comentar | ver comentários (2)

Alguém sabe o que é feito de Alberto Costa? Não se vê, não se ouve...



publicado por Jorge Ferreira às 21:08 | link do post | comentar

«Muita água já tinha passado debaixo das pontes, entre o abandono de Vilar de Maçada e a chegada vitoriosa ao poder. Longe iam os tempos da pequena aldeia, dos estudos na Covilhã e em Coimbra, dos dias difíceis vividos pela sua mãe depois da separação do marido, do primeiro aparta­mento comprado em Cascais, com dinheiro de uma herança do seu avô materno, e da casa que comprou depois de casar. Chegou, seguramente, onde poucos se atreveram a vaticinar. Nem o próprio, a acreditar num dos seus mais célebres diálogos com a imprensa, que guardei religiosamente:

« – Engenheiro José Sócrates, vamos vê-lo, um dia, primeiro-ministro?»

« – Não! Primeiro, porque não tenho o talento e as qualidades que um pri­meiro-ministro deve ter. Segundo, porque ser primeiro-ministro é ter uma vida na dependência mais absoluta de tudo, sem ter tempo para mais nada. É uma vida horrível e que eu não desejo. Ministro é o meu limite»

 

Esta passagem do livro de Rui Costa Pinto sobre a vida do nosso Primeiro-Ministro é verdadeiramente deliciosa. Chegamos à conclusão que Sócrates tem vivido nestes quatro anos fora dos seus limites! Bem me parecia. Resta-nos uma possibilidade: ajudar Sócrates a regressar aos seus limites. Pode ser já no próximo Domingo.



publicado por Jorge Ferreira às 18:03 | link do post | comentar

O Ministério da Educação explicou hoje que caberá ao próximo Governo decidir se o computador Magalhães será entregue aos alunos que entraram este ano para o ensino básico.Sim senhor, assim é que é democrático. E desasfixiante. Nada de propaganda de última hora, nada de manipulação do voto dos papás via computador dos fifis. Uns verdadeiros democratas estes socialistas!



publicado por Jorge Ferreira às 11:53 | link do post | comentar

Portugal perdeu no ano passado 71 milhões de euros de fundos estruturais comunitários por falta de absorção no prazo previsto, o que representa o valor mais elevado dos 27 países da União Europeia (UE). Graças à determinação de José Sócrates temos avançado muito. Na incompetencia e no desperdício. Somos certamente um país riquíssimo que s epode dar a estes luxos...



publicado por Jorge Ferreira às 11:26 | link do post | comentar

O PSD acha que Cavaco tem a obrigação de o levar às cavalitas até S. Bento.



publicado por Jorge Ferreira às 10:16 | link do post | comentar

Em 1822, D. João VI jurava a Constituição que instituía a Monarquia Constitucional. Em 1835, morria o compositor italiano Vincenzo Bellini, autor de "Norma" e "La Sonnambula". Em 1846, era descoberto o planeta Neptuno. Em 1868, Porto Rico declarava a independência. Em 1875, William Boney, "Billy the Kid", era preso pela primeira vez. Em 1913, Roland Garros, piloto francês, era o primeiro homem a efectuar a travessia aérea do Mediterrâneo. Em 1919 era fundado o clube desportivo Os Belenenses, em Lisboa. Em 1932, fundava-se a Arábia Saudita, com a unificação dos reinos de Nejd e Hejaz. Em 1933, em Portugal, António do Oliveira Salazar promulgava o Estatuto do Trabalho Nacional, acompanhado de legislação que previa a abertura das Casas do Povo e a constituição de Grémios e Sindicatos corporativos. Em 1939, morria Sigmund Freud, fundador da Psicanálise. Em 1941, começavam as execuções a gás, no campo de extermínio nazi de Auschwitz.  Em 1973, doze dias após o golpe militar de 11 de Setembro, morria o poeta chileno, Nobel da Literatura, Pablo Neruda. Em 1988, a atleta portuguesa Rosa Mota, Campeã Mundial da maratona, conquistava o título olímpico da modalidade, nos Jogos de Seul. Em 1996, morria a escultora Dorita Castel-Branco, com 60 anos, na véspera de receber o Prémio Edinfor de Escultura. Em 2007, cerca de 20.000 pessoas, entre civis e monges, manifestavam-se em Rangum, a maior cidade da Birmânia, em apoio à líder da oposição Aung San Suu Kyi, acentuando a pressão sobre a Junta Militar no poder. Morria o mímico francês Marcel Marceau, conhecido em particular pelo seu personagem Bip, inspirado em Charlie Chaplin, aos 84 anos.

(Rosa Mota)



publicado por Jorge Ferreira às 10:08 | link do post | comentar

Hoje é Quarta-feira, 23 de Setembro, ducentésimo sexagésimo sexto dia do ano. Faltam 99 dias para o final de 2009. O dia é dedicado a S. Lino, Papa, Mártir, e a Stª Tecla, Virgem. A Lua encontra-se na Fase Crescente: é Quarto Crescente, dia 26, às 05:50. O Sol nasce às 07:25 e o ocaso regista-se às 19:32. No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 07:18 e 19:42, a baixa-mar, às 01:07 e 13:28. Os nascidos nesta data pertencem ao signo Virgem, destacando-se o poeta e escritor inglês John Donne (1572, data provável), o estadista holandês John de Witt (1625), o político italiano Aldo Moro (1896), o actor norte-americano Mickey Rooney (1920), o compositor e saxofonista de jazz norte-americano John Coltrane (1926) e Bruce Springsteen (1949).



publicado por Jorge Ferreira às 10:06 | link do post | comentar

Terça-feira, 22 de Setembro de 2009

«Recordo, perfeitamente, o aborrecimento de me ter enganado, pois tinha assinado uma artigo de opinião, assumindo uma opinião altamente positiva sobre o político que apelidei de revelação da política portuguesa. Fui, com total convicção, o primeiro a prognosticar, em termos de opinião publicada, que chegaria a São Bento. Fi-lo muito tempo antes dos elogios da corte do costume, sempre disponível para bajular o poder, qualquer que ele seja. Após a publicação do artigo, as reacções não se fizeram es­perar: os meus colegas fartaram-se de me gozar e o próprio fez questão de me convidar para almoçar nas ‘Belgas’, mesmo ao lado da Assembleia da República, então um dos restaurantes da moda. José Sócrates é assim. Gosta de ‘marcar’ quem julga poder ser um futuro aliado...» (pag. 19)

 

« Depois da nossa última conversa telefónica, a propósito da investi­gação da PJ sobre o caso da “Cova da Beira”, preparei-me, imediatamente, para uma qualquer diatribe da sua parte ou de um qualquer dos seus apa­niguados. O que nunca imaginei, nem no maior dos pesadelos, foi passar por situações que vieram a acontecer posteriormente, que a serem coinci­dências são absolutamente extraordinárias.

No dia 5 de Março de 1999, sexta-feira, fui avisado, telefonicamente, que tinha sido alvo de uma carta anónima.» (pag 23)

 

«Hoje, ainda não sei quem inventou e enviou a carta anónima. Até posso desconfiar, mas não o posso provar». (pag 25).

 

Cá vamos, cantando e lendo...



publicado por Jorge Ferreira às 16:31 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Cavaco Silva tornou-se na má moeda de Ferreira Leite?



publicado por Jorge Ferreira às 15:35 | link do post | comentar

Em 1711, forças francesas capturavam a cidade do Rio de Janeiro. Em 1776, os britânicos enforcavam o patriota e herói da guerra da independência dos Estados Unidos Nathan Hale. Em 1792, era proclamada a República Francesa. Em 1862, o presidente norte-americano, Abraham Lincoln, declarava livres todos os escravos (a partir de 1 de Janeiro de 1863). Em 1942, era publicado o primeiro número do vespertino lisboeta Diário Popular. Em 1949, a União Soviética levava a efeito a explosão da sua primeira bomba atómica. Em 1958, Lisboa era abalada por violento sismo. Em 1979, José Eduardo dos Santos assumia a Presidência da República Popular de Angola. Em 1981, o comboio mais rápido do mundo, o TGV efectuava a viagem inaugural, alcançando velocidades da ordem dos 251Km por hora, na ligação ferroviária Paris-Lyon. Em 1989, morria o compositor norte-americano de origem russa Irving Berlin, aos 101 anos, autor de êxitos como "God Bless America" e "White Christmas". Em 1996, a Associação Promotora para a Economia de Macau vencia as últimas eleições para a Assembleia Legislativa do território ainda sob administração portuguesa. Na Grécia, o PASOK vencia as legislativas. Em 1997, Pedro Pires, antigo primeiro-ministro de Cabo Verde, era eleito presidente do PAICV. Em 1998, Paris e 34 outras cidades francesas proibiam, por um dia, a circulação de automóveis nos centros urbanos, alertando, assim, para os perigos da poluição atmosférica. Era dado o primeiro passo para o Dia Europeu sem Carros, que se assinalaria, pela primeira vez, a 22 de Setembro de 2000. Em 1999, morria o cantor lírico português Luís Piçarra, com 82 anos. Em 2001, morria Gustavo Soromenho, de 93 anos, dirigente histórico socialista. Na mesma data, na Polónia, a esquerda pós-comunista conquistava a maioria de votos nas eleições legislativas e afastava do poder a coligação de direita. Em 2002, o Governo cubano abria o acesso de especialistas e investigadores aos documentos do escritor Ernest Hemingway e morria a jornalista e fundadora da revista "Crónica Feminina", Maria Carlota Álvares da Guerra, com 81 anos. Em 2005, o furacão Rita atingia o Texas e Louisiana, nos EUA. Evacuação de um milhão de pessoas.

(Luís Piçarra)



publicado por Jorge Ferreira às 15:20 | link do post | comentar

 

Hoje é Terça-feira, 22 de Setembro, ducentésimo sexagésimo quinto dia do ano, Dia Europeu Sem Carros. Faltam 100 dias para o termo de 2009. O Outono começa hoje, às 22:19, hora do Equinócio. Esta estação manter-se-á até ao Solstício de Inverno, que ocorrerá dia 21 de Dezembro, às 17:47. A Lua encontra-se na Fase Crescente: Quarto Crescente, dia 26, às 05:50. O Sol nasce às 07:24 e o ocaso regista-se às 19:34. No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 06:39 e 19:01, a baixa-mar, às 00:31 e 12:47. Os nascidos nesta data pertencem ao signo Virgem, destacando-se o cientista Michael Faraday (1791), o cineasta alemão Eric von Stroheim (1885) e a actriz norte-americana Martha Scott (1916).

 

(Foto)



publicado por Jorge Ferreira às 15:17 | link do post | comentar

José Sócrates, requereu a abertura de instrução do processo que moveu contra o jornalista João Miguel Tavares, depois do Ministério Público ter arquivado, considerando que o artigo de opinião, “José Sócrates, o Cristo da política portuguesa”, publicado no "Diário de Notícias", não ultrapassava os limites da crítica a Sócrates, enquanto figura pública. Este é apenas um dos vários processos que José Sócrates tem movido contra jornalistas. Curiosamente, nenhum terminou antes das eleições.



publicado por Jorge Ferreira às 05:14 | link do post | comentar | ver comentários (1)

O afastamento de Fernando Lima por Cavaco Silva não anuncia nada de bom. Talvez ainda não se veja tudo, mas a política portuguesa está a viajar a grande velocidade para as profundezas das catacumbas do sistema de podridão em que vivemos há muito tempo. Cheira-me que isto não fica assim. Cavaco pode ter muitos defeitos mas não é pessoa de levar desaforo para casa e ficar-se.



publicado por Jorge Ferreira às 00:19 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Segunda-feira, 21 de Setembro de 2009

O Verão acaba hoje. A campanha acaba na sexta-feira. A legislatura idem. Pus-me aqui a tentar enganar umas dorezitas lombares passageiras imaginando o que poderia mudar as coisas nestes dias. Entrei em delírio. Exemplos:

 

1º O PS ganhar as eleições e Sócrates não ser o próximo Primeiro-Ministro.

2º Cavaco Silva fazer uma comunicação ao país lá para quarta ou quinta-feira.

3º Aparecer mais uma manchete no Público ou no DN, daquelas boas.

4º Uma biografia de Sócrates não autorizada inspirar o voto de domingo.

 

(Foto)



publicado por Jorge Ferreira às 15:41 | link do post | comentar | ver comentários (2)

Aqui mais abaixo, nas efemérides do dia, vem uma particularmente actual. Há três anos, o Parlamento aprovava a nova lei orgânica do Sistema de Informações da República, proposta pelo Governo, com votos do PS, PSD e CDS-PP. Sem mais comentários quanto à natureza do bloco central.



publicado por Jorge Ferreira às 15:19 | link do post | comentar

Em 1761, era queimado no Rossio, em Lisboa, o padre jesuíta Gabriel Malagrida, denunciado pelo Marquês de Pombal como falso profeta e impostor. Em 1792, a Convenção Nacional Francesa votava a abolição da monarquia. Em 1832, morria o romancista britânico Walter Scott. Em 1893, aparecia nas ruas de Springfield, Massachusetts, o primeiro automóvel norte-americano movido a gasolina. Em 1949, era proclamada a República Popular da China. Em 1973, Henry Kissinger era aceite pelo Senado norte-americano como Secretário de Estado. Kissinger foi o primeiro norte-americano naturalizado a integrar a Administração. Em 1973, Portugal tornava-se o décimo nono Estado membro do Conselho da Europa. Em 1985, onze reclusos, dez dos quais arguidos do processo FP 25, evadiam-se da penitenciária de Lisboa. Em 1988, morria o músico norte-americano Sam Woodyard, de 63 anos, antigo baterista de Duke Ellington.  Em 1997, Manuel Damásio demitia-se da presidência do Benfica. Em 2001, morria o violinista norte-americano, de origem ucraniana, Isaac Stern, aos 81 anos. Em 2002, o PCP ratificava as expulsões de Edgar Correia e Carlos Luís Figueira e a suspensão de Carlos Brito. Em 2004, o Ministério da Educação de Maria do Carmo Seabra falhava nova tentativa de elaboração da lista de colocação de professores, optando pelo sistema manual. Em 2005, a autarca Fátima Felgueiras regressava do Brasil e entregava-se às autoridades do aeroporto de Lisboa. Presente a Tribunal, viu revogada a prisão preventiva, passando as medidas de coacção a termo de identidade e residência. No mesmo dia, confirmou a candidatura à Câmara de Felgueiras.Em  2006, o Parlamento aprovava a nova lei orgânica do Sistema de Informações da República, proposta pelo Governo, com votos do PS, PSD e CDS-PP. Em 2007, mais de 1.500 monges budistas, seguidos por cerca de 1.500 apoiantes, manifestavam-se em Rangum, debaixo de chuva, contra o regime militar birmanês. Em 2008, a língua portuguesa passava a poder ser utilizada nas intervenções da abertura e debate geral da 63ª Assembleia-Geral das Nações Unidas, depois de Portugal ter assegurado a tradução simultânea para as seis línguas oficias da organização.

(Padre Gabriel Malagrida)



publicado por Jorge Ferreira às 15:14 | link do post | comentar

Hoje é Segunda-feira, 21 de Setembro, ducentésimo sexagésimo quarto dia do ano, Dia Internacional da Paz e Dia Mundial do Doente de Alzheimer. Faltam 101 dias para o final de 2009. Este é o último dia de Verão. O Outono começa amanhã, às 22:19, hora do Equinócio. Esta estação manter-se-á até ao Solstício de Inverno, que ocorrerá dia 21 de Dezembro, às 17:47. O dia é dedicado a S. Mateus, Apóstolo e Evangelista. A Lua encontra-se na Fase Crescente: é Quarto Crescente, dia 26, às 05:50. O Sol nasce às 07:24 e o ocaso regista-se às 19:35. No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 06:01 e 18:22, a baixa-mar, às 12:07. Os nascidos nesta data pertencem ao signo Virgem, destacando-se o escritor inglês H. G. Wells (1886), o compositor britânico Gustav Holst (1874), o actor norte-americano Larry Hagman (1931), o escritor Stephen King (1947) e o Rei Mohamed VI de Marrocos (1963). Em 2002, morriam Blasco Hugo Fernandes, 71 anos, engenheiro agrónomo e presidente da Intervenção Democrática, e o norte-americano William Rosenberg, 86 anos, pioneiro do sistema de franchising.



publicado por Jorge Ferreira às 15:11 | link do post | comentar

JORGE FERREIRA

tomarpartido@sapo.pt

visitantes em linha

English version by Google
Novembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

2
3
4
5
6
7

8
9

20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30



DESTAQUES




TAMBÉM ESTOU AQUI

Jorge Ferreira

Cria o Teu Crachá

Aveiro
Comunicar a direito
Democracia liberal
Diário de aveiro
Jorge ferreira
O carmo e a trindade
O templário
Terras de mármore
Tv net

O PARTIDO DOS AMIGOS

A cagarra
Alinhavos
Cão com pulgas
Eclético
Faccioso
Ilha da madeira
Fumaças
Mais actual
Meu rumo
Paris
Sobre o tempo que passa
Tubarão


OUTROS PARTIDOS

A arte da fuga
A barbearia do senhor luís
A casa de sarto
A casa dos comuns
A caveira vesga
A caverna obscura
A civilização do espectáculo
A destreza das dúvidas
A educação do meu umbigo
A gota de ran tan plan
A grande alface
A janela do ocaso
A natureza do mal
A origem das espécies
A outra varinha mágica
A regra do jogo
A revolta das palavras
a ritinha
A terceira noite
A textura do texto
A voz do povo
A voz nacional
A voz portalegrense
As escolhas do beijokense
As penas do flamingo
Abrigo de pastora
Abrupto
Às duas por três
Activismo de sofá
Admirável mundo novo
Adufe
Água leve
Água lisa
Alcabrozes
Alianças
Aliança nacional
Almocreve das petas
Apdeites v2
Arcadia
Arde lua
Arpão
Arrastão
Aspirina b
Atuleirus
Avatares de um desejo

Bar do moe, nº 133
Blasfémias
Bem haja
Berra-boi
Bic laranja
Bicho carpinteiro
Binoculista
Bissapa
Blogo social português
Blogotinha
Blogs e política
Blogue de direita
Blogue da sedes
Blogue real associação de lisboa
Blue lounge
Boca de incêndio
Boina frígia
Braga blog
Branco no branco
Busturenga

Cabalas
Café Bar James Dean
Café da insónia
Caixa de petri
Caixa de pregos
Câmara corporativa
Campos da várzea
Canhoto
Carreira da í­ndia
Causa liberal
Causa nossa
Cegos mudos e surdos
Centenário da república
Centurião
Certas divergencias
Chá preto
Charquinho
Cibertúlia
Cinco dias
Classe polí­tica
Clube das repúblicas mortas
Clube dos pensadores
Cobrador da persia
Combustões
Confidências
Congeminações
Contingências
Controversa maresia
Corta-fitas
Crónicas d'escárnio e mal dizer

Da condição humana
Da literatura
Da rússia
Dar à tramela
Dass
De vexa atentamente
Der terrorist
Delito de opinião
Desconcertante
Desesperada esperança
Despertar da mente
Direito de opinião
Do portugal profundo
Dois dedos de prosa e poesia
Dolo eventual
Duas cidades
Duas ou três coisas
2 rosas

É curioso
É tudo gente morta
e-konoklasta
Em 2711
Elba everywhere
Em directo
Encapuzado extrovertido
Entre as brumas da memória
Enzima
Ephemera
Esmaltes e jóias
Esquissos
Estado sentido
Estrago da nação
Estudos sobre o comunismo
Espumadamente
Eternas saudades do futuro

Falta de tempo
Filtragens
Fliscorno
Fôguetabraze
Foram-se os anéis
Fúria dos dias

Gajo dos abraços
Galo verde
Gazeta da restavração
Geometria do abismo
Geração de 80
Geração de 60
Geração rasca
Gonio
Governo sombra

Há normal?!
Herdeiro de aécio?!
Hic et nunc
Hoje há conquilhas, amanhã não sabemos
Homem ao mar

In concreto
Ideal social
Ideias soltas
Ilusão
Império lusitano
Impressões de um boticário de província
Insinuações
Inspector x
Intimista

Jacarandá
Janelar
Jantar das quartas
João Távora
Jornal dos media
José antónio barreiros
José maria martins
Jose vacondeus
Judaic kehillah of portugal - or ahayim
Jugular
Julgamento público

Kontrastes

La force des choses
Ladrões de bicicletas
Largo da memória
Largo das alterações
Latitude 40
Liblog
Lisbon photos
Lobi do chá
Loja de ideias
Lusitana antiga liberdade
Lusofin

Ma-schamba
Macroscópio
Maioria simples
Maquiavel & j.b.
Margem esquerda
Margens de erro
Mar salgado
Mas certamente que sim!
Mau tempo no canil
Memória virtual
Memórias para o futuro
Metafísica do esquecimento
Miguel teixeira
Miniscente
Minoria ruidosa
Minudencias
Miss pearls
Moengas
Movimento douro litoral
Mundo disparatado
Mundus cultus
My guide to your galaxy

Não há pachorra
Não não e não
Nem tanto ao mar
Neorema
Nocturno
Nortadas
Notas formais
Notícias da aldeia
Nova floresta
Nova frente
Num lugar à direita
Nunca mais

O afilhado
O amor nos tempos da blogosfera
O andarilho
O anónimo
O bico de gás
O bom gigante
O cachimbo de magritte
O condomínio privado
O contradito
O diplomata
O duro das lamentações
O espelho mágico
O estado do tempo
O eu politico
O insubmisso
O insurgente
O islamismo na europa
O jansenista
O jumento
O observador
O país do burro
O país relativo
O pasquim da reacção
O pequeno mundo
O pravda ilhéu
O principe
O privilégio dos caminhos
O profano
O reaccionário
O saudosista
O severo
O sexo dos anjos
O sinaleiro da areaosa
O tempo das cerejas
O universo é uma casca de noz
Os convencidos da vida
Os veencidos da vida
Obrigado sá pinto
Oceano das palavras
Office lounging
Outra Margem
Outubro

Palavra aberta
Palavrussaurus rex
Pangeia
Papa myzena
Patriotas.info
Pau para toda a obra
Pedra aguda
Pedro_nunes_no_mundo
Pedro rolo duarte
Pedro santana lopes
Pena e espada
Perguntar não ofende
Planetas politik
Planí­cie heróica
Playbekx
Pleitos, apostilas e comentários
Politeia
Política pura e dura
Polí­tica xix
Polí­tica de choque
Politicazinha
Politikae
Polvorosa
Porcausasemodivelas
Porto das pipas
Portugal dos pequeninos
Por tu graal
Povo de bahá
Praça da república em beja
Publicista

Quarta república

Registo civil
Relações internacionais
Retalhos de edith
Retórica
Retorno
Reverentia
Revisões
Ricardo.pt
Risco contínuo
Road book
Rua da judiaria

Salvaterra é fixe
Sem filtro
Sempre a produzir
Sentidos da vida
Serra mãe
Sete vidas como os gatos
Small brother
Sociedade aberta
Sociologando
Sorumbático
Sou contra a corrente
Super flumina

Táxi
Tempo político
Tenho dito
Teorias da cidade
Tese & antítese
Tesourinhos deprimentes
There is a light never goes out
Tirem-me daqui
Tralapraki
Transcendente
Tribuna
31 da armada
Tristeza sob investigação
Triunfo da razão
Trova do vento que passa

Último reduto
Um por todos todos por um

Vale a pena lutar
Vasco campilho
Velocidade de cruzeiro
Viagens no meu sofá
Vida das coisas
Vento sueste
Voz do deserto

Welcome to elsinore

Xatoo

Zarp blog

PARTIDOS DOS ALUNOS

Ao sul
As cobaias
Fados e companhia
O cheiro de santarém pela manhã
Platonismo político
Projecto comunicar

PARTIDOS DE ABRANTES

Abranteimas
Rua da sardinha
Torre de menagem

PARTIDOS DO ALGARVE

Mons cicus
Olhão livre
Tavira tem futuro
The best of lagos

PARTIDOS DE AVEIRO

A ilusão da visão
Academia de aveiro
Actas diárias
Amor e ócio
Arestália
Aveiro sempre
Bancada directa
Bancada norte
Blog de sergio loureiro
Botanabateira
Código da vivencia
Cogir
Debaixo dos arcos
Desporto aveiro
Divas e contrabaixos
Estados gerais
Forum azeméis
Já agora
Margem esquerda
Neo-liberalismo
Nós e os outros
Notas de aveiro
Notícias da aldeia
Noticias de ovar
Painéis de aveiro
Pontos soltos
Portal do beira-mar
4linhas
Quotidiano da miséria
7 meses
The sarcastic way
Visto de fora
Vouga

PARTIDOS DE OEIRAS

À rédea solta
Escrever sobre porto salvo
Eu sou o poli­ticopata
Oeiras local
Rememorar oeiras

PARTIDOS DE TOMAR

Alcatruzes da roda
Algures aqui
À descoberta de tomar
Charneca da peralva
Nabantia
Olalhas
Os cavaleiros guardiões de sta. maria do olival
Sondagem tomar
Tomar
Thomar vrbe
Tomar, a cidade
Tomar a dianteira
Vamos por aqui

PARTIDOS DE VILA VIÇOSA

A interpretação do tempo
Infocalipo
O restaurador da independencia
Tasca real

PARTIDOS POÉTICOS

Arrimar
Corte na aldeia
Forja de palavras
Linha de cabotagem (III)
Nimbypolis
O melhor amigo
Ofí­cio diário
Orgasmos dos sentidos

PARTIDOS DAS ÁGUIAS

A águia
A ilíada benfiquista
A mística benfiquista
Amo-te, benfica
Anti-anti-benfica
Benfiquistas desde pequeninos
Calcio rosso
Chama imensa
Diário de um adepto benfiquista
E isso me envaidece
E pluribus unum
Encarnados
Encarnado oriental
Encarnado e branco
Eterno benfica
Football dependent
Gloriosa fúria vermelha
Glorioso jornal
Gordo vai à baliza
Javardos benfiquistas
loucos pelo slb
Mágico slb
Mar vermelho
Memória gloriosa
Não se mencione o excremento
Novo benfica
O antitripa
O inferno da luz
O grémio benfiquista
Os nossos queridos jornalistas desportivos
País de corruptos
Quero a verdade
Ser benfiquista
Slbenfica - forever champions
Slblog
Tertúlia benfiquista
Um zero (1-0) basta
Vermelhovzky
Vedeta da bola
Vedeta ou marreta?
Velho estilo ultras
Vermelho à moda do porto

PARTIDOS DA BOLA

Cromo dos cromos

PARTIDOS DO DIREITO

Ab surdus
Assembleia de comarca
Blog de informação
Blog do dip
Cartilha jurídica
Cum grano salis
Direito na sociedade da informação
Dizpositivo
Elsa
Incursões
Iuris
Leituras oficiosas
Legalidade
Lex turistica nova
Mens agit molem
Notas constitucionais
O meu monte
Patologia social
Piti blawg
Ré em causa própria
Reforma da justiça
Rumo do direito
Santerna
Suo tempore
Trepalium
Urbaniuris
Vexata quaestio

PARTIDOS DA VIDA

Açores pelo não
Alentejo pelo não
(Des)conversas em família
Direito a viver
Évora pelo não
Fiat lux
Impensável
Jornal da família
Nebulado
Pela vida
Pelo não
Quero viver
Razões do não
Sinto a vida
Sou a favor da vida

PARTIDOS DA ARGENTINA

El opinador compulsivo

PARTIDOS DO BRASIL

Ação humana
Cronicas do joel
Depósito do maia

PARTIDOS DE ITÁLIA

Importanza dele parole

PARTIDOS DOS LIVROS

Blog do espaço de memória e do pátio das letras
D'outro tempo
Lerblog
Mundo pessoa

PARTIDOS DAS REVISTAS

Alameda digital
Leonardo, revista de filosofia portuguesa

PARTIDOS DA TAUROMAQUIA

Lides alentejanas
Toiradas

PARTIDOS DOS BLOGUES

aniversários de blogues
Blog do dia dn
Blogpatrol
Blogpulse
Blogsearch
Blogservatório
Blogs em lí­ngua portuguesa
Moblig
Orochi's blog
Sapo blogs
Technorati
Weblog

PARTIDOS DA POLÍTICA

Bloco de esquerda
Centro democrático social
Os verdes
Partido comunista português
Nova democracia
Partido social-democrata
Partido socialista


PARTIDOS DOS JOGOS OLÍMPICOS

Atenas 2004
Pequim 2008
Comité olí­mpico internacional
Comité olí­mpico de portugal

PARTIDOS DOS JORNALISTAS

a capital
Jornal do diabo
O comércio do porto



TAMBÉM JÁ ESTIVE AQUI
Blogue do não
Câmara de comuns
Eleições 2009
Nova vaga
Novo Rumo
O carmo e a trindade
O eleito
Olissipo
Ota não
Portal lisboa
RCP ONLINE
Semanário
Sportugal
Tomarpartido
ARQUIVOS

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

subscrever feeds
tags

efemérides(867)

borda d'água(850)

blogues(777)

josé sócrates(537)

ps(339)

psd(221)

cavaco silva(199)

pessoal(182)

justiça(180)

educação(150)

comunicação social(139)

política(137)

cds(126)

crise(121)

desporto(120)

cml(116)

futebol(111)

homónimos(110)

benfica(109)

governo(106)

união europeia(105)

corrupção(96)

freeport de alcochete(96)

pcp(93)

legislativas 2009(77)

direito(71)

nova democracia(70)

economia(68)

estado(66)

portugal(66)

livros(62)

aborto(60)

aveiro(60)

ota(59)

impostos(58)

bancos(55)

luís filipe menezes(55)

referendo europeu(54)

bloco de esquerda(51)

madeira(51)

manuela ferreira leite(51)

assembleia da república(50)

tomar(49)

ministério público(48)

europeias 2009(47)

autárquicas 2009(45)

pessoas(45)

tabaco(44)

paulo portas(43)

sindicatos(41)

despesa pública(40)

criminalidade(38)

eua(38)

santana lopes(38)

debate mensal(37)

lisboa(35)

tvnet(35)

farc(33)

mário lino(33)

teixeira dos santos(33)

financiamento partidário(32)

manuel monteiro(32)

marques mendes(30)

polícias(30)

bloco central(29)

partidos políticos(29)

alberto joão jardim(28)

autarquias(28)

orçamento do estado(28)

vital moreira(28)

sociedade(27)

terrorismo(27)

antónio costa(26)

universidade independente(26)

durão barroso(25)

homossexuais(25)

inquéritos parlamentares(25)

irlanda(25)

esquerda(24)

f. c. porto(24)

manuel alegre(24)

carmona rodrigues(23)

desemprego(23)

direita(23)

elites de portugal(23)

natal(23)

referendo(23)

apito dourado(22)

recordar é viver(22)

banco de portugal(21)

combustíveis(21)

música(21)

pinto monteiro(21)

bcp(20)

constituição(20)

liberdade(20)

saúde(19)

augusto santos silva(18)

cia(18)

luís amado(18)

todas as tags