Terça-feira, 30 de Junho de 2009

O Tribunal Cível de Lisboa deu provimento à providência cautelar interposta pelo sócio do Benfica Carlos Quaresma. As eleições, marcadas para esta sexta-feira, estão assim suspensas. Luís Filipe Vieira e Manuel Vilarinho criaram uma das maiores embrulhadas de que há memória no S. L. e Benfica. O golpe de antecipação das eleições sem motivo atendível que não fosse o medo de perder as eleições se elas se realizassem quando deviam, está-lhes a sair caro, o que não me preocupa, e está a sair caro ao clube, o que já me preocupa. Não havia necessidade como dizia o outro... O que sei é que é verdadeiramente lamentável este espectáculo triste que os dirigentes do Benfica estão a dar. Não estão, definitivamente, à altura do Benfica. Entretanto, hoje, é apresentado o centésimo-centésimo-centésimo jogador adquirido por Luís Filipe Vieira... Da lista completa constam nomes verdadeiramente inacreditáveis!



publicado por Jorge Ferreira às 14:39 | link do post | comentar | ver comentários (3)

Em 1487, era publicado o primeiro livro impresso em Portugal, “Pentateuco”, cujo original se encontra na British Library, em Londres. Em 1793, era inaugurado o Teatro de S. Carlos, em Lisboa, com a exibição da farsa "Amore e Riconoscenza". Seguir-se-iam as óperas cómicas "A Saloia Enamorada ou o Remédio é Casar" e "Os Voluntários do Tejo", de Leal Moreira, e "La Ballerina Amante", primeira das muitas óperas "buffa", ou "burletta", de Domenico Cimarosa que passaram pelo teatro português. Em 1805, morria o Intendente-geral da Polícia portuguesa, Pina Manique, impulsionador da Casa Pia de Lisboa. Em 1878, era inaugurada a ponte de Viana do Castelo, edificada pela firma Eiffel. Em 1930, o Reino Unido reconhecia a independência do Iraque. Em 1934, os nazis cumpriam, na Alemanha, a “noite das facas longas”, com a morte dos dirigentes da tropa de choque SA, que poderiam vir a colocar em risco a liderança de Adolf Hitler e dos seus colaboradores mais próximos. Em 1960, o Zaire ascendia à independência. Em 1965, era assinado o cessar- fogo entre a Índia e o Paquistão. Em 1991, Portugal sagrava-se bicampeão mundial de sub-20. Na mesma data, eram instituídos, em Moçambique, a liberdade de imprensa, de reunião e de manifestação, o fim da polícia política e a abertura da economia à iniciativa privada. Em 1998, as primeiras eleições autárquicas em Moçambique davam a vitória à Frelimo. Em 1999, o presidente da Autoridade Palestiniana Yasser Arafat chegava a Lisboa para uma visita de 24 horas. Em 2000, terminava a Presidência portuguesa da União Europeia e, na mesma data, era aprovada, em Bruxelas, a Directiva da Água. Em 2002, a selecção brasileira sagrava-se pentacampeã mundial de futebol. Em 2004, morria António Sousa Freitas, 83 anos, poeta, co-fundador da "Vértice". E a selecção portuguesa de futebol qualificava-se para a final do Campeonato da Europa, com a vitória sobre a Holanda por 2-1. Em 2005, a reforma da administração pública revia o estatuto de aposentação, fixando a idade da reforma aos 65 anos, em vez de 60 ou dos 40 anos de serviço. E antigos reféns norte-americanos em Teerão, em 1979, reconheciam no presidente recém-eleito do Irão, o ultra-conservador Mahmud Ahmadinejad, um dos sequestradores. No mesmo dia, morria Christopher Fry, aos 97 anos, dramaturgo britânico, autor de "Ben Hur". Em 2006, demitia-se o ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros Freitas do Amaral, sucedendo-lhe Luís Amado, ministro da Defesa, por sua vez substituído por Nuno Severiano Teixeira. Em 2007, a portuguesa Vanessa Fernandes sagra-se campeã da Europa de triatlo pela quarta vez consecutiva, Em 2008, o Tribunal de Instrução Criminal do Porto decidia não levar a julgamento o presidente do FC Porto, Pinto da Costa, no processo Apito Dourado relativo ao jogo FC Porto-Estrela da época 2003/04, conhecido como o "Caso da Fruta". Este caso é um dos que sustentou a perda de seis pontos do FC Porto e a suspensão do seu presidente, por decisão da justiça desportiva.

(Teatro S. Carlos)



publicado por Jorge Ferreira às 09:31 | link do post | comentar

Hoje é Terça-feira, 30 de Junho, centésimo octogésimo primeiro dia do ano. Faltam 184 dias para o final de 2009. O dia é dedicado aos Primeiros Mártires da Igreja de Roma e a S. Marcial, Bispo. A Lua encaminha-se para a Fase Plena: é Lua Cheia, dia 07 de Julho, às 10:21. O Sol nasce às 06:15 e o ocaso regista-se às 21:05. No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 11:25 e 23:52, a baixa-mar, às 04:48 e 17:12. Caranguejo é o signo dos nascidos nesta data, destacando-se o escritor inglês John Gay (1685), o artista Horace Vernet (1789), o escritor francês George Duhamel (1884), o escritor e resistente polaco, Nobel da Literatura, Czeslaw Milosz (1911), a actriz norte-americana Susan Hayward (1919), a cantora Lena Horne (1917), o maestro e compositor finlandês Esa-Pekka Salonen (1958), o actor Vicent D’Onofrio (1959), o piloto de Fórmula 1 Ralf Schumacher (1975).



publicado por Jorge Ferreira às 09:30 | link do post | comentar

Segunda-feira, 29 de Junho de 2009

Madoff foi condenado a 150 anos de prisão. O paraíso do capitalismo é rápido e eficaz a julgar e punir quem viola a lei. Já por cá, 150 anos, só se fôr mesmo o tempo que duraria o processo...


tags: ,

publicado por Jorge Ferreira às 18:33 | link do post | comentar | ver comentários (2)

José Torres, velha glória do Benfica (assinalo com tristeza a passividade inexplicável do meu clube relativamente a este assunto) e da selecção nacional, está a atravessar um momento difícil. Por cada exemplar em papel da edição de hoje do Record que fôr vendido, 5 cêntimos vão para ajudar a família Torres. Eu, adepto e leitor confesso de A Bola, embora saiba muito bem que o belo jornal de antigamente, ainda fui a tempo de comprar o Record, que, aliás, saúdo pela oportuna iniciativa.


tags:

publicado por Jorge Ferreira às 18:20 | link do post | comentar

A bem da transparência, o Instituto da Construção e Imobiliário (InCI), organismo público que ficou responsável, a bem da transparência, pela execução do Código dos Contratos Públicos, e pela criação de um portal, onde devem ser publicitados, a bem da transparência, todos os ajustes directos e derrapagens, a bem da transparência e em nome do rigor no uso dos dinheiros públicos, encomendou directamente o portal à Microsoft, num contrato para o qual não houve concurso público, e onde já há derrapagens. O Governo, claro, transparentemente, não deve, como de costume nas primeiras 72 horas da notícia, saber de nada. Lá para o fim da semana se saberá que o Governo sabia, mas não teve culpa. Para a semana, ter-se-á tratado de um erro que será corrigido. Mas apenas para o próximo portal...
 



publicado por Jorge Ferreira às 12:52 | link do post | comentar

Em 1853, o Senado norte-americano ratificava a aquisição, por dez milhões de dólares, de cerca de 47 mil quilómetros quadrados de território anexo aos estados do Arizona e Novo México, completando a actual linha geográfica dos EUA. Em 1912, começavam, em Estocolmo, os V Jogos Olímpicos da era moderna, durante os quais viria a morrer o atleta português Francisco Lázaro. Em 1940, Portugal e a Espanha assinavam o Pacto Ibérico. Em 1949, a África do Sul dava início, a nível oficial, à política de segregação racial do apartheid. Em 1971, morriam, ao regressarem a terra, os três cosmonautas soviéticos que seguiam na nave Soyuz-11. Em 1974, morria o escritor português Ferreira de Castro. Em 1986, o economista português Vítor Constâncio, de 42 anos, era eleito secretário-geral do PS, no V Congresso do partido. Na mesma data, a Argentina conquistava, pela segunda vez, o título de Campeã Mundial de Futebol. Em 1992, o presidente da Argélia, Mohamed Boudiaf, 72 anos, era assassinado em Annaba. Em 1995, o vaivém norte-americano Atlantis e a estação espacial russa Mir acoplavam no espaço. Em 2000, morriam o actor português Carlos Duarte e o actor italiano Vitorio Gassman. Em 2002, morria a cantora norte-americana Rosemary Clooney, que se destacou no cinema ao lado de Bing Crosby no filme “White Christmas”. Em 2003, morria a actriz Katharine Hepburn, aos 96 anos, a grande dama do cinema, vencedora do maior número de Óscares para melhor actriz e aquela que mais vezes fora nomeada pela Academia de Hollywood, protagonista de "Sylvia Scarlett", "Philadelphia Story", "Mary of Scotland”. Em 2004, Durão Barroso era nomeado para a presidência da Comissão Europeia e demitia-se de primeiro-ministro do Governo português. Em 2005, morria Emídio Guerreiro, com 105 anos, co-fundador da Liga de União e de Acção Revolucionária (LUAR), fundador e antigo presidente do PPD-PSD, matemático, empresário. Em 2008, Robert Mugabe era empossado em Harare para um sexto mandato presidencial, cerca de 48 horas depois da realização da segunda volta das eleições, em que foi o único concorrente. A Espanha sagrava-se campeã da Europa de futebol. Uma vitória sem contestação deu à Espanha, 44 anos depois, o segundo título Europeu de futebol da sua história, à custa da Alemanha (1-0), que falhou o quarto título continental, na sexta final. Morria o maestro Jacques Roussel, fundador da orquestra Antiqua Musica de Paris, aos 96 anos, em Saint-Germain-en-Laye, arredores da capital francesa.

(Salazar e Franco)



publicado por Jorge Ferreira às 08:56 | link do post | comentar

Hoje é Segunda-feira, 29 de Junho, centésimo octogésimo dia do ano. Faltam 185 dias para o final de 2009. O dia é dedicado aos Apóstolos S. Pedro, Príncipe dos Apóstolos, e S. Paulo, Apóstolo das Gentes. A Lua atinge o Quarto Crescente às 12:28. O Sol nasce às 06:15 e o ocaso regista-se às 21:06. No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 10:25 e 22:48, a baixa-mar, às 03:50 e 16:08. Caranguejo é o signo dos nascidos nesta data, destacando-se o escritor e aviador francês Antoine de Saint-Éxupery (1900), os compositores Leroy Anderson (1908) e Bernard Herrmann (1911), o maestro checo Rafael Kubelik (1914), o poeta sérvio Vasko Popa (1922), Pedro Santana Lopes (1956), a atleta portuguesa Rosa Mota (1958) e a violinista Anne-Sophie Mutter (1963).



publicado por Jorge Ferreira às 08:54 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Domingo, 28 de Junho de 2009

O Memória Virtual, o excelente blogue de Leonel Vicente, comemora seis fantásticos anos de vida. Foi um dos blogues que comecei a ler quase diariamente quando decobri a blogoesfera. Ainda na plataforma Weblog. Hoje, continuo a ir lá como no primeiro dia. Chega?


tags:

publicado por Jorge Ferreira às 17:59 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Em 1867, era inaugurado o monumento a Luís de Camões, em Lisboa. Em 1914, em Sarajevo, o arquiduque Francisco Fernando de Áustria e sua a mulher eram assassinados, facto que esteve na origem da Grande Guerra 1914-18. Em 1919, era assinado o Tratado de Versalhes, que definia o novo desenho do mundo saído do conflito. Em 1927, o professor Egas Moniz executava a primeira angiografia cerebral, um dos procedimentos clínicos na base da atribuição do Prémio Nobel da Medicina, em 1949, e a única forma fiável de diagnóstico até ao aparecimento da moderna TAC. Em 1959, em Lisboa, abria o Estádio FNAT, mais tarde 1º de Maio. Em 1969, ocorria, em Nova Iorque, a chamada Batalha de Stonewall, ataque da polícia a um grupo de homossexuais. Em 1976, as Seychelles ascendiam à independência. Em 1985, os CTT-TLP completavam o ciclo de automatização da rede telefónica portuguesa com a eliminação dos últimos 4.300 terminais manuais. Em 1991, era extinto o COMECON, aliança económica dos seis países da Europa de Leste, com a Mongólia, Vietname e Cuba, criada em 1949. Em 1998, o primeiro referendo realizado em Portugal - sobre as situações possíveis para a despenalização do aborto, deu a vitória ao não (50,9 %). Em 1999, João Paulo II assinava o decreto que veio permitir a beatificação de Jacinta e Francisco Marto, de Fátima. Em 2001, o Governo de Belgrado entregava o ex-Presidente da Jugoslávia, Slobodan Milosevic, ao Tribunal Penal Internacional, para ser julgado por crimes de guerra e contra a Humanidade, durante a guerra do Kosovo. Em 2004, era feita a transferência do poder no Iraque, dois dias antes da data limite. No mesmo dia, os EUA e a Líbia restabeleciam relações diplomáticas. Em 2005, morria Mário Caetano Pereira, com 73 anos, médico, pioneiro da cirurgia vascular e dos transplantes renais e hepáticos. As eleições regionais na Galiza afastavam o Partido Popular de Fraga Iribarne, dando o poder, pela primeira vez, à coligação de esquerda. E, no Vaticano, começava o processo de beatificação de João Paulo II. Em 2006, entrava em vigor a nova Lei do Arrendamento Urbano. Em 2007, o ex-Chefe de Estado Mário Soares é indigitado pelo governo para presidir à Comissão de Liberdade Religiosa, substituindo no cargo o social-democrata Menéres Pimentel.

(Assim começou a I Guerra Mundial)



publicado por Jorge Ferreira às 11:20 | link do post | comentar

Hoje é Domingo, 28 de Junho, centésimo septuagésimo nono dia do ano. Faltam 186 dias para o final de 2009. O dia é dedicado a Stº anto Irineu, Bispo de Lião, e a S. Leão II, Papa. A Lua encontra-se na Fase Crescente: é Quarto Crescente dia 29, às 12:28. O Sol nasce às 06:14 e o ocaso regista-se às 21:06. No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 09:31 e 21:51, a baixa-mar, às 02:57 e 15:11. Caranguejo é o signo dos nascidos nesta data, destacando-se Henrique VIII de Inglaterra (1491), o filósofo e escritor francês Jean-Jacques Rosseau (1712), o compositor e guitarrista francês Napoleon Coste (1806), o violinista Joseph Joachim (1831), o dramaturgo italiano Luigi Pirandello (1867), o compositor norte-americano Richard Rodgers (1902), a médica norte-americana de origem austríaca, Nobel da Medicina em 1972, Maria Goeppert-Mayer (1906), o cineasta Mel Brooks (1926) e o actor John Cusack (1966).



publicado por Jorge Ferreira às 11:18 | link do post | comentar

Sábado, 27 de Junho de 2009

Gargalhada de direita sobre os independentes de direita....



publicado por Jorge Ferreira às 20:09 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Sobre o negócio PT/PRISA/TVI, das duas, uma: ou mente o Expresso ou mentiu Sócrates. O problema é que se instalou no país a ideia que aquilo que o Primeiro-Ministro diz tem um elevado grau de probabilidade de não ser verdade. Sócrates talvez ainda não tenha percebido, mas está submerso numa espiral de descredibilização. E aí, não há Luís Paixão Martins, remodelação, engenharias de datas de eleições, substituição de porta-vozes, exibições de António Vitorino ou terrorismo blogueiro que valham.



publicado por Jorge Ferreira às 16:35 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Eleições legislativas são uma coisa. Eleições autárquicas são outra. Gosto especialmente de saber que o bom senso de Cavaco Silva se sobrepõe, por vezes, às suas convicções. Boa medida a de não fazer as duas eleições no mesmo dia.



publicado por Jorge Ferreira às 16:29 | link do post | comentar

Em 1801, as forças britânicas capturavam a cidade do Cairo e a França começava a retirada do Egipto. Em 1943, morria, na cidade do Mindelo, Cabo Verde, para onde tinha sido deportado, o general Sousa Dias, chefe da revolta de 03 de Fevereiro de 1927 contra a ditadura do Estado Novo. Em 1976, realizavam-se as primeiras eleições para a Presidência da República Portuguesa, após o 25 de Abril. Em 1984, a França vencia o Europeu de Futebol ao derrotar a Espanha por 2-0. Em 1985, o presidente português Ramalho Eanes dissolvia o Parlamento e o PRD legalizava-se como partido político. Em 1986, os eleitores irlandeses decidiam, por maioria, manter o país sem a opção do divórcio. Em 1992, era divulgado, no Vaticano, o Novo Catecismo da Igreja Católica. Em 1996, o Parlamento português chumbava as propostas de Lei do Governo sobre a transferência das verbas do Totobola para pagamento das dívidas ao fisco dos clubes de futebol. Em 2001, morria, em Lisboa, o cavaleiro Jorge Matias, de 44 anos, que contava mais de 600 vitórias em provas nacionais e internacionais de hipismo. Na mesma data, morria o actor norte-americano Jack Lemmon, aos 76 anos. Em 2004, Durão Barroso, primeiro-ministro português, recebia o convite formal para se candidatar à presidência da Comissão Europeia e cerca de 3.000 pessoas manifestavam-se em frente ao Palácio de Belém, em Lisboa, exigindo eleições, repudiando a possibilidade de Santana Lopes vir a ser primeiro-ministro. Em 2006, a Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa aprovava o relatório sobre os voos secretos da CIA, que implica 14 países europeus, entre os quais Portugal. Francis Obikwelu era reconhecido campeão europeu dos 100 metros, pela Federação Europeia de Atletismo, depois da anulação dos resultados do britânico Dwain Chambers, por uso de doping. Em 2007, nasce o primeiro bebé português concebido por Maturação In Vitro (IVM), uma tecnologia de Procriação Medicamente Assistida. O líder trabalhista britânico Gordon Brown sucede a Tony Blair como primeiro-ministro.

(Jack Lemon)



publicado por Jorge Ferreira às 16:20 | link do post | comentar

Hoje é Sábado, 27 de Junho, centésimo septuagésimo oitavo dia do ano e Dia Nacional do Guarda Prisional. Faltam 187 dias para o final de 2009. O dia é dedicado a N. Srª do Perpétuo Socorro. A Lua encontra-se na Fase Crescente: é Quarto Crescente dia 29, às 12:28. O Sol nasce às 06:14 e o ocaso regista-se às 21:06. No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 08:40 e 20:59, a baixa-mar, às 02:06 e 14:19. Caranguejo é o signo dos nascidos nesta data, destacando-se Carlos XII da Suécia (1682), o patriota irlandês Charles Stewart Parnell (1846), a escritora norte-americana Helen Keller (1880), o cineasta polaco Krzysztof Kieslowski (1941), e a actriz francesa Isabelle Adjani (1955).



publicado por Jorge Ferreira às 16:19 | link do post | comentar

Sexta-feira, 26 de Junho de 2009

Hoje decidi estar presente na reunião da Assembleia Municipal de Tomar. Miguel Relvas conduziu os trabalhos com elevação e eficácia, como, aliás, eu já esperava.

Confirmei as minhas impressões sobre o ainda Presidente da Camara, Corvelo de Sousa. Acho que facilmente o PSD conseguiria escolher melhor. E não me ficaram dúvidas de que Tomar necessita como de pão para a boca de um Presidente de Camara. Oiço, boquiaberto, Corvelo de Sousa propôr, por escrito!..., a criação de um Gabinete de Apoio ao Investidor e, acto contínuo, dizer que não afecta pessoal ao Gabinete, porque não precisa do Gabinete para nada, visto que o próprio Gabinete da Presidência trata directamente com os investidores! Não entendo, pois, qual a razão por que maçou a Assembleia com a proposta de criação do Gabinete....

Surpresa: o deputado municipal do Bloco de Esquerda critica o PSD por não ter uma política de promoção do investimento privado! Esqueceu-se certamente da política de nacionalizações que o Bloco de Esquerda defende! Francisco Louçã acompanha pouco Tomar...

Agradável surpresa: a qualidade das intervenções Bruno Graça, que se diz que será o candidato da CDU à Camara e que tem obra feita na Sociedade Filarmónica Gualdim Pais.

Gostei das intervenções que ouvi aos Presidentes de Junta e o facto de não me referir ao PS não é gralha, é que nada há mesmo a registar...


tags:

publicado por Jorge Ferreira às 19:02 | link do post | comentar

Mesmo em maioria absoluta é difícil exercer o poder absoluto. O coro de indignações que se levantou com a hipotética nacionalização  da TVI deu frutos.



publicado por Jorge Ferreira às 10:59 | link do post | comentar

Desde que o PS destruiu o dogma da infalibilidade de Sócrates que o seu Governo entrou em acelerado movimento de decomposição. O estado actual de Sócrates, do Governo e do PS faz lembrar o estertor do guterrismo. Sócrates diz uma coisa no hemiciclo, os seus ministros, à mesmíssima hora dizem o contrário nos Passos Perdidos (simbólico este lugar…). O Governo mete os pés pelas mãos em tudo o que toca. Há ministros que desesperam pelo momento de partir, como o iberista Mário Lino, que metaforicamente afirmou numa entrevista que já não tem idade para estas embrulhadas. O calor do deserto de Alcochete parece ter-se revelado fatal. Agora somam-se mais trapalhadas em Fundações (memórias de Armando Vara), mais trapalhadas com a PT, isto é, o Governo, a tentar tirar Moniz da TVI rapidamente, com o caso Freeport a chegar já ao Governo, numa palavra, um pesadelo. O país precisa rapidamente de novas politicas, novos protagonistas e de um novo Governo. Não tenho, francamente, a certeza e o optimismo de pensar que teremos.

(publicado na edição de hoje do Semanário)

(Foto)



publicado por Jorge Ferreira às 10:22 | link do post | comentar

O bloco central é tido e bem como uma espécie de ninho de empresas, em que as nomenclaturas do PS e do PSD, com umas migalhas do CDS, se encontram, convivem e partilham negócios, administrações e lucros que o Estado, directa ou indirectamente lhe proporcionam. As diferenças entre ambos emergem apenas das conjunturas e dos tacticismos eleitorais de circunstância.

O TGV é um bom exemplo. Todos o querem. Divergem no momento e nas conveniências. Manuela Ferreira Leite assinou a construção de cinco linhas no Governo. José Sócrates já quis, duas, três, quatro, uma, etc. Manuela Ferreira Leite querias as linhas para ontem. José Sócrates também. Manuela Ferreira Leite decidiu agora que não pode ser já por causa da crise e do endividamento. Quis adiar. José Sócrates queria para amanhã. Agora quer para Outubro. Adiar, portanto. O bloco central, de vez em quando decide confundir-nos e transforma-se em confusão central. Uma espécie de caos organizado, por onde vão escorrendo milhões em estudos, consultadorias, pareceres e outras coisas essenciais para alimentar sempre os mesmos. Isto, em Outubro, passa.
(publicado na edição de hoje do Semanário)


publicado por Jorge Ferreira às 10:20 | link do post | comentar

Enquanto em Portugal os cidadãos desprezam olimpicamente o exercício do seu direito de voto, no Irão, uma mulher chamada Neda Agha-Soltan, com 26 anos, morreu a exigir que o seu voto contasse. Uma lição aos preguiçosos eleitores europeus que julgam que é a abstenção o caminho mais curto para a regeneração da política, o que, como se sabe, não sucede.

Por essa Europa fora e inclusivamente em Portugal os ayatollahs em exercício podem estar descansados. Nada lhes virá a pesar na consciência. Nem as abstenções em massa, nem a forma como desprezam a vontade dos eleitores, nem a forma como corrompem ou deixam corromper o Estado, nem as mentiras compulsivas com que alimentam a ilusão de governar.

Esta coisa bizarra de alguém morrer pelo voto é um anacronismo que, para os civilizados europeus foi actualidade nos séculos passados, em que se lutava nas ruas pelo direito ao sufrágio contra os absolutismos de antanho. Para eles nós estamos num estado mais avançado de civilização em que o sufrágio é um direito adquirido nos sistemas jurídicos, embora se esteja a transformar numa espécie de direito vazio por falta de exercício. Nada que nos deva atormentar em demasia, visto que, mesmo em crise, é suposto vivermos numa ilha de progresso e de superioridade económica e social face aos atrasados asiáticos e aos esquecidos e explorados africanos.
(publicado na edição de hoje do Semanário)


publicado por Jorge Ferreira às 10:17 | link do post | comentar

Esta semana foi pródiga em notícias e acontecimentos: da degradação do poder de Sócrates, das trapalhadas do PS no Governo, que fazem lembrar o estertor do guterrismo quando este decidiu exilar-se do pântano em que reconheceu ter mergulhado Portugal no dealbar do século, até notícias menos mediáticas, a que por norma o sistema dá pouca importância.

Apetece-me mais, confesso, falar destas.

Soube-se, por exemplo, que a empresa a quem o Ministério da Administração Interna adjudicou esta semana a proposta de fornecimento e instalação do Sistema Integrado de Vigilância, Comando e Controlo da Costa Portuguesa foi referenciada num caso de corrupção num relatório divulgado esta semana pela Transparência Internacional, uma maçadora e pouco ouvida entidade que se entretém a maçar as pessoas através de um levantamento anual deste tipo de criminalidade no mundo inteiro e, pasmem, oh gentes!, em Portugal também...

A empresa chama-se Indra, é uma empresa espanhola instalada em Portugal e é suspeita de, em 2004, ter tentado corromper funcionários do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras durante um concurso para fornecimento de material informático. Houve inquérito, a Polícia Judiciária propôs a dedução de acusação e ninguém sabe o que mais aconteceu até agora. Sabe-se apenas que o concurso esteve suspenso, que são indiciados como eventuais corruptos dois dos então funcionários do SEF, sendo um deles um quadro que fazia parte do júri que haveria de seleccionar a empresa que forneceria o equipamento informático! Esse funcionário, suspeito de beneficiar a empresa, acabaria por se reformar algum tempo depois de iniciado o processo. Oportuno, sem dúvida.
 
A denúncia foi feita por outro membro do júri, o juiz Moreira da Silva, que à data era director-geral adjunto do SEF. Actualmente, este responsável, que recusou tecer comentários sobre o caso, é o responsável máximo pela Unidade Nacional de Combate à Fraude e à Corrupção da PJ, onde chegou em Abril de 2004. Um descanso para o cidadão como se vê.

A verdade é que a fama do país vem de longe e é recorrentemente apontada como má fama, para desespero do Primeiro-Ministro, sempre justamente preocupado com a imagem e a credibilidade externas do Estado. Portugal é apontado lá fora como um dos piores alunos no combate à corrupção e continua a perpetuar práticas pouco transparentes que incentivam o crime económico internacional. Esta é a principal conclusão do quinto relatório da organização Transparência Internacional, divulgado esta semana, e que dá como exemplos, pasmem novamente oh gentes!, casos como o do processo Freeport e o da compra dos submarinos por parte do então ministro da Defesa, Paulo Portas, durante o último Governo PSD/CDS-PP.
 
Entre os 36 países da OCDE, Portugal está classificado na pior categoria de um conjunto de três e onde se inserem os países que "pouco ou nada" fizeram para combater a corrupção em resultado de legislação pouco clara e fiscalização ainda menos clara e operante. Valha-nos que estamos bem acompanhados: Argentina, Brasil, Grécia, México e África do Sul.
 
A organização, pasmem oh gentes!, ousa falar de casos concretos. Fala no Freeport, em que afirma que "os atrasos na cooperação judicial, por vezes aparentemente influenciados por considerações políticas, atrasam as investigações internacionais". E diz claramente: "Portugal demorou três anos a responder a um pedido de cooperação do Reino Unido." Depois, refere a investigação ao presidente do Eurojust, por supostas pressões a magistrados do caso, o que gera na opinião pública pouca confiança na justiça. Destaca ainda o "tão falado caso dos submarinos" e o caso da espanhola Indra.

Conclusão: em Portugal nem tudo está em crise e há que ser optimista. A corrupção é um “cluster” a explorar, um nicho de mercado em que nos apresentamos altamente competitivos com as economias com que concorremos directamente, exibindo invejáveis vantagens comparativas com a da impunidade à cabeça… e vai muito bem, muito obrigado.

(publicado na edição de hoje do Diário de Aveiro)
 


publicado por Jorge Ferreira às 10:08 | link do post | comentar

Em 1945, 50 países assinavam, em S. Francisco, Califórnia, a carta da Organização das Nações Unidas (ONU). Em 1962, depois da tomada de Goa, Damão e Diu pela Índia, as autoridades portuguesas concediam um prazo de três meses para os cidadãos indianos abandonarem Moçambique. Em 1975, morria Josemaría Escrivá, fundador do Opus Dei. Em 1985, era inaugurado, no Padrão dos Descobrimentos em Lisboa, o Centro Cultural das Descobertas, permitindo a abertura do monumento ao público. Em 1988 decorriam, no Laos, as primeiras eleições gerais em 13 anos. Em 1990, Gonçalo Ribeiro Telles era empossado no cargo de chanceler das Ordens Nacionais. Em 1992, realizava-se a cimeira final da presidência portuguesa da Comunidade Europeia, em Lisboa. Na mesma data, o Governo austríaco processava a empresa Plasma Pharm Sera, por ter fornecido produtos sanguíneos contaminados com o vírus da sida, a hospitais portugueses. Em 2000, era divulgada a sequência do genoma humano. No mesmo dia, o Vaticano publicava o Terceiro Segredo de Fátima. Em 2003, morria subitamente o jogador de futebol camaronês Marc Vivien Foe, 28 anos, no encontro da equipa do seu país com a da Colômbia. Em 2004, os partidos portugueses na oposição reclamavam eleições legislativas antecipadas, no caso de o primeiro-ministro Durão Barroso aceitar a candidatura à presidência da Comissão Europeia. Em 2007, morre o actor e dramaturgo português Filipe Ferrer, natural de Faro,  vítima de doença prolongada.

(Foto)



publicado por Jorge Ferreira às 09:44 | link do post | comentar

Hoje é Sexta-feira, 26 de Junho, centésimo septuagésimo sétimo dia do ano. Celebra-se o Dia Internacional de Luta Contra o Uso e o Tráfico Ilícito de Drogas e o Dia Internacional de Apoio às Vítimas da Tortura. Faltam 188 dias para o final de 2009. O dia é dedicado ao Beato Josemaría Escrivá de Balaguer, fundador da Opus Dei, e a S. Pelágio, mártir. A Lua encontra-se na Fase Crescente: Quarto Crescente dia 29, às 12:28. O Sol nasce às 06:14 e o ocaso regista-se às 21:06. No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 07:51 e 20:09, a baixa-mar às 01.17 e 13:29. Caranguejo é o signo dos nascidos nesta data, destacando-se o físico britânico Lorde William Kelvin (1824), a escritora norte-americana Pearl S. Buck (1892), Nobel da Literatura, o desenhador alemão de aeronaves Willi Messerschmitt (1898), o actor Peter Lorre (1904), o maestro italiano Claudio Abbado (1933), o músico brasileiro Gilberto Gil (1942), o “patrão” da Yukos Mikhail B. Khodorkovsky (1963).



publicado por Jorge Ferreira às 09:32 | link do post | comentar

Quinta-feira, 25 de Junho de 2009

O negócio da venda da TVI pela Prisa à PT significa que ainda vivemos no tempo das nacionalizações da comunicação social disfarçadas de economia de mercado. Sócrates não está disposto a facilitar. Fará tudo o que achar necessário para manter o poder a todo o custo. Até tornar-se o novo chefe de José Eduardo Moniz e de Manuela Moura Guedes.



publicado por Jorge Ferreira às 18:44 | link do post | comentar

Caro João, estamos quase entendidos sobre esse assunto. É verdade o que dizes sobre a autoria material do pagamento especial por conta. Já quanto à autoria moral ela tem de ser partilhada com o PSD de Marcelo Rebelo de Sousa na S. Caetano à Lapa e de Manuela Ferreira Leite no Parlamento, já que o PSD viabilizou esse orçamento com a abstenção, num tempo em que a maioria do PS era relativa e nem isso, como se vê ainda hoje, era salvaguarda da asneira.



publicado por Jorge Ferreira às 14:03 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Jorge Miranda não está para mais brincadeiras e sai da eleição para Provedor de Justiça (como aturou tanto?...), esse nobre cargo da democracia, que não tem poderes vinculativos mas que tanto apetite desperta no bloco central. Ridícula é a posição do PSD que continua a dizer que Jorge Miranda é que dificultava a eleição do novo Provedor.



publicado por Jorge Ferreira às 13:49 | link do post | comentar

Cavaco Silva quer explicações sobre a compra da TVI pelo Estado, desculpem, pelo Governo, perdão, por este Governo. Parece-me que o Presidente quebrou a regra que costuma divulgar que sobre assuntos das competência do Governo fala em privado com o Primeiro-Ministro às 5ªs feiras.



publicado por Jorge Ferreira às 13:43 | link do post | comentar

Jorge Ferreira, técnico de segurança privada, Presidente da Junta de Freguesia da Madalena, eleito pela CDU.



publicado por Jorge Ferreira às 11:58 | link do post | comentar

Em 1876, o 7º regimento de cavalaria do general George Custer era derrotado pelos índios Sioux na batalha de Little Big Horn, no estado de Montana, EUA. Em 1927, era fundada a associação Louis Braille. Em 1948, morria o escritor e activista político português Bento de Jesus Caraça. Em 1950, começava a guerra da Coreia. Em 1962 era fundada a FRELIMO, sob a direcção de Eduardo Mondlane. Em 1975, Moçambique ascendia à independência, sob a presidência de Samora Machel. Em 1978, a Argentina vencia o Mundial de Futebol. Em 1979, Alexander Haig, comandante supremo das forças da Nato, escapava ileso a um atentado em Mons, Bélgica. Em 1984, morria o filósofo e historiador francês Michel Foucault. Em 1991, Portugal e Espanha assinavam, em Bona, o Acordo de Schengen, para a livre circulação de cidadãos entre os dois países. Na mesma data, a Croácia e a Eslovénia proclamavam a independência. Em 2002, o treinador António Oliveira deixava de ser de seleccionador português de futebol, depois da campanha na fase final do Mundial de Futebol 2002, na Coreia e no Japão. Em 2003, o ministro português da Cultura demitia o conselho de administração da Casa da Música, no Porto, e nomeava Manuel Alves Monteiro para a presidência da instituição. Em 2007, era inaugurado o Museu Colecção Berardo de Arte Moderna e Contemporânea, no Centro Cultural de Belém, em Lisboa. Eram publicados em Diário da República os decretos-lei que criam a Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP), que substitui a Agência Portuguesa para o Investimento (API) e integra as atribuições do ICEP Portugal.

(Michel Foucault)



publicado por Jorge Ferreira às 09:49 | link do post | comentar

Hoje é Quinta-feira, 25 de Junho, centésimo septuagésimo sexto dia do ano e Dia Nacional da Multimédia. Faltam 189 dias para o final de 2009. O dia é dedicado a S. Próspero da Aquitânia, escritor eclesiástico, e a S. Guilherme de Vercelli, fundador da Congregação dos Eremitas de Monte-Vérgine. A Lua encontra-se na Fase Crescente: é Quarto Crescente dia 29, às 12:28. O Sol nasce às 06:13 e o ocaso regista-se às 21:05. No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 07:01 e 19:20, a baixa-mar, à 00:27 e 12:40. Caranguejo é o signo dos nascidos nesta data, destacando-se o compositor francês Gustave Charpentier (1860), o imperador Nicolau I da Rússia (1796), o arquitecto catalão Antonio Gaudí (1852), o pintor francês Robert Henri (1865), o escritor George Orwell (1903), o realizador Sidney Lumet (1924), a escritora austríaca, autora de “Malina”, Ingeborg Bachmann (1926), a cantora Carly Simon (1945), o cantor George Michael (1963), o escritor Yann Martel (1963).



publicado por Jorge Ferreira às 09:47 | link do post | comentar

Quarta-feira, 24 de Junho de 2009

Luís Filipe Vieira está para o Benfica assim como Sócrates está para o país. Logo, eu apoio a Lista B. Mais: está lá o meu amigo José Manuel Barão das Neves que me merece toda a confiança. Bem sei que o esquema, a esquemética, a esquemologia, a esquemometria, estão montadas para o candidato que tem de ser ganhar. Mas está dito. Ponto final.

(Foto)


tags:

publicado por Jorge Ferreira às 23:22 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Façamos um amigo feliz e não falemos das más notícias. O PIB vai aumentar este ano 3,8%. O desemprego vai baixar para 6,7%. O investimento vai bater recordes: subirá 17,4%. Claro, o défice situar-se-á abaixo dos 2,3%. Procura-se: organização internacional disposta a assinar estas excelentes notícias para o país. E pronto, não custa nada praticar uma boa acção por dia.



publicado por Jorge Ferreira às 23:17 | link do post | comentar

... cai sempre bem um Armando Vara perto de si.


tags:

publicado por Jorge Ferreira às 23:15 | link do post | comentar

«As expressões utilizadas pelo arguido João Miguel Tavares dirigidas ao primeiro-ministro, figura pública, ainda que acintosas e indelicadas, devem ser apreciadas no contexto e conjuntura em que foram publicadas, e inserem-se no direito à crítica, insusceptíveis de causar ofensa jurídica penalmente relevante», afirmou o Ministério Público. Considerou, porém, que o jornalista não ultrapassou os limites na crítica que fez ao chefe do Governo e líder do PS, enquanto figura pública. Verdadeiramente inovador este despacho do Ministério Público, onde, à míngua de matéria criminal, se fazem apreciações de estética de linguagem e de gosto literário. Tem o Ministério Público o direito de adjectivar de indelicadeza e de acinte factos a que não reconhece relevância criminal, que é o que lhe compete apurar? Onde iremos parar? É que, não ser acusado da prática de um crime, mas levar uma reprimenda sobre estética literária, não cabe propriamente nas atribuições legais do Ministério Público. Ficamos a saber que para alguns Procuradores o acinte e a indelicadeza não são crime. Já sabíamos, pelo que se dispensava a conjectura de gosto.
 



publicado por Jorge Ferreira às 18:17 | link do post | comentar | ver comentários (1)

A economia portuguesa deverá recuar 4,5% em 2009 e em 2010 continuará em terreno negativo, segundo a OCDE. Com a economia em recessão, o desemprego deverá atingir os dois dígitos: em 2009, a taxa de desemprego deverá subir para os 9,6%, para no ano seguinte chegar aos 11,2%. As novas previsões da OCDE apontam ainda para que a economia portuguesa registe em 2010 um recuo de 0,5%. O défice orçamental português deverá atingir os 6,5% este ano e no próximo e a taxa de inflação deverá ser negativa em 2009 (-0,2%) e voltar a valores positivos (1%) em 2010. Eis o país que Sócrates lega aos vindouros. Julgo que não são precisas mais palavras.
 



publicado por Jorge Ferreira às 11:11 | link do post | comentar | ver comentários (4)

De vez em quando somos dados a profundos debates metafísicos sobre assuntos da maior importância para o quotidiano da Pátria. O debate em curso sobre as datas das eleições, ou seja, a questão de saber se são juntas ou separadas é um deles. Resumindo a polémica: para os partidos que julgam beneficiar do "efeito contágio do boletim de voto" elas devem ser simultaneas. Para os outros devem ser separadas. No meio, está o Sr. Presidente da República, que quando foi Primeiro-Ministro não foi propriamente um governante preocupado com a poupança e o desperdício do Estado, mas agora se revestiu de solenes vestes de despojamento e contenção. Digo eu: fazei as eleições quando quiserdes! O povo não é estúpido e sabe muito bem "deitar" em quem quer. Fazei à suiça ou à americana, dezenas de refendos no mesmo dia. Marcai um dia santo onde tudo se resolva, Presidente, deputados, autarcas e o mais que houver a eleger. Assim só se estragaria um dia e despachávamos a democracia por atacado. Poupai nas eleições o que desbarateis na Refer, em Alcochete, no TGV, nos ministérios, nas avenças e nas consultadorias, no betão e nos papéis, nos Magalhães, nos Simplex's, nos Planos, e em tudo. Agora, digo-vos: para preservar a genuinidade das eleições, não tenho dúvidas que a melhor solução é realizar cada eleição em sua data.



publicado por Jorge Ferreira às 10:55 | link do post | comentar

"Decorrerá em 2009 o nono centenário do nascimento de D. Afonso Henriques. (...) Diga-se desde já que se trata mais de uma "biografia" do reinado do que de uma narração mais ou menos convencional da vida do fundador da nacionalidade, aqui traçada ou entrevista, e sobretudo entendida através dos factos e da sua interacção. E acontece que este D. Afonso Henriques é uma obra que vem marcar a historiografia portuguesa."

 

Vasco Graça Moura

(Foto)


tags:

publicado por Jorge Ferreira às 10:41 | link do post | comentar

Em 1128, D. Afonso Henriques derrotava o exército de D. Teresa na batalha de S. Mamede, desencadeando o processo que levaria à independência de Portugal. Em 1288, D. Dinis casava com D. Isabel de Aragão. Em 1717, a primeira Grande Loja Universal da Maçonaria era inaugurada num “pub” de Londres. Em 1926, os jornais portugueses passavam a inserir a inscrição “este número foi visado pela comissão de censura”, que se manteria na primeira página, até 24 de Abril de 1974. Em 1956, o coronel Gamal Abdel Nasser era eleito presidente do Egipto. Em 1983, o Parlamento português aprovava a moção de confiança apresentada pelo IX Governo Constitucional. Em 1988, nos hospitais da Universidade de Coimbra, nascia o primeiro bebé concebido pelo método de transferência de gâmetas Gift. Em 1989, Zhao Ziyang era demitido de secretário-geral do PC Chinês. Em 1991, era inaugurada a ponte ferroviária de S.João, no Porto. Em 1992, cerca de cem hemofílicos, infectados com o vírus da Sida, processavam o Estado português. Em 1994, a Áustria, a Suécia, a Finlândia e a Noruega assinavam os tratados de adesão à União Europeia. Em 1996, o atleta norte-americano Michael Johnson estabelecia novo recorde mundial dos 200 metros, com a marca de 19,66s, em Atlanta, EUA. Em 2006, manifestantes exigiam ao presidente timorense Xanana Gusmão a dissolução do Parlamento, a formação de um governo de transição e eleições antecipadas. As Filipinas aboliam a pena de morte. E a atleta portuguesa Vanessa Fernandes conquista o terceiro título europeu consecutivo do triatlo. Em 2007, o ministro das Finanças britânico, Gordon Brown, sucedia a Tony Blair na liderança do Partido Trabalhista. O Supremo Tribunal do Iraque condenava à morte três altos responsáveis do antigo regime de Saddam Hussein, pela morte de 182.00 curdos nos anos 80: Ali Hassan al-Majid, primo de Saddam, conhecido por "Ali o Químico”, Hussein Rachid al-Tikriti e Sultan Hachim Al-TAI, antigo ministro da Defesa. O guitarrista português Eurico Pereira vencia a Competição Internacional de Música de Londres 2007, uma iniciativa do Anglo-Czechoslovak Trust.

(D. Afonso Henriques)



publicado por Jorge Ferreira às 10:36 | link do post | comentar

Hoje é Quarta-feira, 24 de Junho, centésimo septuagésimo quinto dia do ano, Dia das Forças Armadas Portuguesas. Assinala-se, nesta data, a fundação da Nacionalidade Portuguesa, data da Batalha de S. Mamede em 1128. Faltam 190 dias para o final de 2009. O dia é dedicado a S. João Baptista. A Lua encontra-se na Fase Crescente: é Quarto Crescente dia 29, às 12:28. O Sol nasce às 06:13 e o ocaso regista-se às 21:05. No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 06:10 e 18:30, a baixa-mar, às 11:51. Caranguejo é o signo dos nascidos nesta data, destacando-se S.João da Cruz (1542), o escritor satírico Ambrose Bierce (1824), o campeão de boxe de pesos pesados Jack Dempsey (1895), o violoncelista Pierre Fournier (1906), o compositor alemão Hugo Distler (1908), o argentino Juan Manuel Fangio, pentacampeão de Fórmula 1 (1911), o cineasta francês Claude Chabrol (1930), o compositor norte-americano Terry Riley (1935), o músico Mick Fleetwood (1942), o guitarrista Jeff Beck (1944).

(Bandeira de D. Afonso Henriques)



publicado por Jorge Ferreira às 10:34 | link do post | comentar

Terça-feira, 23 de Junho de 2009

Em 1811, morria o poeta português Nicolau Tolentino de Almeida. Em 1894, responsáveis pelo desporto amador reunidos em Paris, decidiam fazer renascer a tradição dos Jogos Olímpicos. Era criado o Comité Olímpico Internacional e os primeiros Jogos Olímpicos da era moderna ficavam marcados para 1896, no lugar de origem, Atenas. Em 1940, era inaugurada a exposição do Mundo Português, em Lisboa, assinalando a Fundação e Restauração de Portugal. Em 1967, inaugurava-se a doca seca da Margueira, então a maior do mundo. Em 1976, os EUA vetavam a entrada de Angola na ONU. Em 1984, Portugal era afastado da final do Europeu 84 de futebol, ao perde por 3-2, frente à França, ficando-se pelo terceiro lugar do torneio. Em 1986, o Governo de Cavaco Silva apresentava ao Parlamento uma moção de confiança. Na mesma data, o Governo brasileiro punha em circulação o Cruzado, moeda que substituiu o antigo Cruzeiro. Em 1987, o atleta soviético Sergei Bubka batia o seu próprio recorde mundial de salto à vara, transpondo 6,03 metros, em Praga. Em 1991, o Governo da África do Sul e os principais movimentos da maioria negra, o ANC e o Inkhata, assinavam o acordo para o fim da violência no país. Na mesma data, a UNITA efectuava o primeiro comício em Luanda, após 1975, reunindo dez mil pessoas. Em 1992, Lisboa era escolhida para local da EXPO-98. Na mesma data, os trabalhistas israelitas venciam as eleições, derrotando o partido Likud, de Shamir. Em 1993, o matemático inglês Andrew Wiles, 40 anos, professor da Universidade norte-americana de Princeton, resolvia o Teorema de Fermat, que permanecera uma incógnita durante 350 anos. Em 1994, o Conselho de Ministros exonerava, a seu pedido, o Governador do Banco de Portugal, Miguel Beleza, nomeando para o cargo António de Sousa, Secretário de Estado das Finanças. Em 1996, morria Andréas Papandreou, com 77 anos, antigo primeiro-ministro grego. Na mesma data, era encontrado, numa casa de Alagoas, Brasil, o corpo do empresário brasileiro Paulo César Farias, protagonista do escândalo que envolveu o ex-presidente Collor de Mello. Em 2003, o professor do ISEC João Durães recebia, nos EUA, o prémio William C. Carter pelo trabalho em sistemas confiáveis que corrigem falhas em computadores. Em 2004, morria Joaquim Santos Simões, de 78 anos, pedagogo, presidente da Sociedade Martins Sarmento. Em 2005, era criado o Alto Comissariado da Saúde. E morria Isidore Cohen, aos 88 anos, violinista norte-americano, co-fundador dos históricos Quarteto Julliard e do Trio Beaux Arts. Em 2007, os líderes dos 27 alcançavam um acordo sobre o novo Tratado da União Europeia e davam à presidência portuguesa um mandato para liderar a redacção e aprovação formal do documento até ao final do ano.

(Exposiçao do Mundo Portugues)



publicado por Jorge Ferreira às 10:12 | link do post | comentar

Hoje é Terça-feira, 23 de Junho, centésimo septuagésimo quarto dia do ano, Dia Olímpico e Dia das Nações Unidas para o Serviço Público. Faltam 191 dias para o final de 2009. O dia é dedicado ao Beato Bento Menni e aos mártires de Nicomédia. A Lua encontra-se na Fase Crescente: Quarto Crescente dia 29, às 12:28. O Sol nasce às 06:13 e o ocaso regista-se às 21:05. No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 05:18 e 17:39, a baixa-mar às 11:01 e 23:36. Caranguejo é o signo dos nascidos nesta data, destacando-se a actriz Mary Livingstone (1905), o dramaturgo francês Jean Anouilh (1910), o cineasta e coreógrafo norte-americano Bob Fosse (1927), o maestro James Levine (1943), a actriz Francis McDormand (1957), o futebolista francês Zinedine Zidane (1972).



publicado por Jorge Ferreira às 10:11 | link do post | comentar

Segunda-feira, 22 de Junho de 2009

Nuno Cardoso, antigo presidente da camara do Porto do PS, foi condenado pelo crime de prevaricação, dado ter perdoado uma coima ao Boavista. O juiz do tribunal de São João Novo aludiu a uma “teia” entre o poder autárquico e os clubes de futebol e apresentou a sanção como um exemplo contra o sentimento de impunidade que muitos cidadãos descrevem. “Que tudo isto sirva para um alerta de consciências”, afirmou.Tanto bastou para Nuno Cardoso anunciar, acto contínuo, o regresso à política. Só não disse se será em Felgueiras ou em Oeiras...



publicado por Jorge Ferreira às 16:39 | link do post | comentar | ver comentários (2)

Português foi fácil, matemática foi fácil. É tudo fácil para estes governantes. O sucesso a martelo é fácil. As estatísticas induzidas são fáceis. É tudo fácil para estes governantes. Excepto, nos tempos que correm, voltar a ganhar as eleições. O resto, não conta. Por isso é que vale tudo. Até vale dar a sensação que há exames a sério, daqueles que servem para avaliar conhcimentos.



publicado por Jorge Ferreira às 14:56 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Mogren, Stabaek, Streymur, Ryhl, Bate Borlsov, Ekranas, Sheriff, Zrinjski, Ventspils, Aktobe, eis alguns dos famosos clubes europeus de futebol que vão disputar a 1ª pré-eliminatória da Liga dos Campeões. Haverá maior desespero para um benfiquista que ler uma lista destas?...


tags:

publicado por Jorge Ferreira às 14:52 | link do post | comentar | ver comentários (1)

"... queremos saudar todos os tomarenses, independentemente da idade, sexo ou opção política. Somos um grupo de cidadãos eleitores que decidiu apresentar uma candidatura aos orgãos autárquicos de Tomar nas próximas eleições autárquicas, que se realizarão em Outubro de 2009. Somos independentes, o que quer dizer que pomos os interesses de Tomar em primeiro lugar. Não nos candidataremos em representação de interesses partidários, económicos ou de qualquer outra natureza. O objectivo deste blogue é o de promover as ideias e os candidatos do Grupo de Cidadãos Eleitores denominado "Tomar Em Primeiro Lugar"."

Tomar em Primeiro Lugar.



publicado por Jorge Ferreira às 10:40 | link do post | comentar

Afinal, o Banco de Portugal tem um problema de comunicação. Quem se queixa é a Provedoria de Justiça. Está desfeito o mistério do Banco de Portugal. Ele não entende os bancos e os bancos nao o entendem, ele não entende o país e o país nao o entende, porque tem um problema de comunicação... e de entendimento do real, acrescento eu.



publicado por Jorge Ferreira às 10:07 | link do post | comentar

Jorge Ferreira, atleta de trial bike.



publicado por Jorge Ferreira às 09:54 | link do post | comentar

Em 1921 era inaugurado o Parlamento (Sinn Fein) na Irlanda do Norte. Em 1940, o Governo do marechal Pétain assinava a rendição ao exército alemão de Hitler. Em 1941, as forças nazis invadiam a URSS. Em 1963, era inaugurada a Ponte da Arrábida, no Porto. Em 1976, o Canadá abolia a pena de morte. Em 1980, a URSS anunciava o envio de tropas para o Afeganistão. Em 1981, o Parlamento espanhol aprovava a lei do divórcio. Em 1983, o Escudo português era desvalorizado em 12%. Em 1984, morria o cineasta britânico Joseph Loosey. No mesmo dia, o holandês Joseph Luns deixava o cargo de secretário-geral da Nato, funções que desempenhara durante 13 anos. Em 1987, morria o actor e bailarino Fred Astaire, aos 88 anos. Em 1988, Portugal, Moçambique e a África do Sul assinavam o acordo sobre a barragem de Cahora Bassa. Em 1989, José Eduardo dos Santos e Jonas Savimbi assinavam a declaração de princípios que previa o acordo de cessar-fogo em Angola, em Gbadolite, Zaire. Em 1992, morria o escritor de origem romena Virgil Gheorghiu, aos 75 anos, autor de “A 25ª Hora”. Em 1995, o primeiro-ministro britânico John Major demitia-se da liderança do partido Conservador, anunciando, simultaneamente, que se recandidataria ao cargo. Em 1997, era comunicada a descoberta de ovos de dinossauro, na Lourinhã. Em 1998, o general Garcia dos Santos abandonava a presidência da Junta Autónoma das Estradas. Em 1999, o Vaticano autorizava o processo de beatificação dos pastores de Fátima, Jacinta e Francisco. Em 2001, o ministro português das Finanças, Pina Moura, anunciava o plano de emergência, que constava de 50 medidas destinadas a combater os desperdícios no Estado. Em 2003, na Rússia, o Governo fechava a emissora de televisão TVS, último canal independente do país. Em 2004, era atingido o acordo sobre o texto do Tratado Constitucional Europeu, na Cimeira de chefes de Governo, em Bruxelas. E o primeiro-ministro português, Durão Barroso, dizia-se indisponível para uma candidatura à presidência da Comissão Europeia.

(Fred Astaire)



publicado por Jorge Ferreira às 09:49 | link do post | comentar

Hoje é Segunda-feira, 22 de Junho, centésimo septuagésimo terceiro dia do ano. Faltam 192 dias para o final de 2009. O dia é dedicado a S. Tomás More, mártir, e a S. João Fisher, mártir. E Lua Nova às 20:35. O Sol nasce às 06:12 e o ocaso regista-se às 21:05. No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 04:24 e 16:48, a baixa-mar às 10:11 e 22:45. Caranguejo é o signo dos nascidos nesta data, destacando-se o escritor inglês H. Rider Haggard (1856), o cineasta norte-americano de origem alemã Billy Wilder (1906), o tenor britânico Peter Pears (1910), a actriz Meryl Streep (1949).



publicado por Jorge Ferreira às 09:48 | link do post | comentar

JORGE FERREIRA

tomarpartido@sapo.pt

visitantes em linha

English version by Google
Novembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

2
3
4
5
6
7

8
9

20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30



DESTAQUES




TAMBÉM ESTOU AQUI

Jorge Ferreira

Cria o Teu Crachá

Aveiro
Comunicar a direito
Democracia liberal
Diário de aveiro
Jorge ferreira
O carmo e a trindade
O templário
Terras de mármore
Tv net

O PARTIDO DOS AMIGOS

A cagarra
Alinhavos
Cão com pulgas
Eclético
Faccioso
Ilha da madeira
Fumaças
Mais actual
Meu rumo
Paris
Sobre o tempo que passa
Tubarão


OUTROS PARTIDOS

A arte da fuga
A barbearia do senhor luís
A casa de sarto
A casa dos comuns
A caveira vesga
A caverna obscura
A civilização do espectáculo
A destreza das dúvidas
A educação do meu umbigo
A gota de ran tan plan
A grande alface
A janela do ocaso
A natureza do mal
A origem das espécies
A outra varinha mágica
A regra do jogo
A revolta das palavras
a ritinha
A terceira noite
A textura do texto
A voz do povo
A voz nacional
A voz portalegrense
As escolhas do beijokense
As penas do flamingo
Abrigo de pastora
Abrupto
Às duas por três
Activismo de sofá
Admirável mundo novo
Adufe
Água leve
Água lisa
Alcabrozes
Alianças
Aliança nacional
Almocreve das petas
Apdeites v2
Arcadia
Arde lua
Arpão
Arrastão
Aspirina b
Atuleirus
Avatares de um desejo

Bar do moe, nº 133
Blasfémias
Bem haja
Berra-boi
Bic laranja
Bicho carpinteiro
Binoculista
Bissapa
Blogo social português
Blogotinha
Blogs e política
Blogue de direita
Blogue da sedes
Blogue real associação de lisboa
Blue lounge
Boca de incêndio
Boina frígia
Braga blog
Branco no branco
Busturenga

Cabalas
Café Bar James Dean
Café da insónia
Caixa de petri
Caixa de pregos
Câmara corporativa
Campos da várzea
Canhoto
Carreira da í­ndia
Causa liberal
Causa nossa
Cegos mudos e surdos
Centenário da república
Centurião
Certas divergencias
Chá preto
Charquinho
Cibertúlia
Cinco dias
Classe polí­tica
Clube das repúblicas mortas
Clube dos pensadores
Cobrador da persia
Combustões
Confidências
Congeminações
Contingências
Controversa maresia
Corta-fitas
Crónicas d'escárnio e mal dizer

Da condição humana
Da literatura
Da rússia
Dar à tramela
Dass
De vexa atentamente
Der terrorist
Delito de opinião
Desconcertante
Desesperada esperança
Despertar da mente
Direito de opinião
Do portugal profundo
Dois dedos de prosa e poesia
Dolo eventual
Duas cidades
Duas ou três coisas
2 rosas

É curioso
É tudo gente morta
e-konoklasta
Em 2711
Elba everywhere
Em directo
Encapuzado extrovertido
Entre as brumas da memória
Enzima
Ephemera
Esmaltes e jóias
Esquissos
Estado sentido
Estrago da nação
Estudos sobre o comunismo
Espumadamente
Eternas saudades do futuro

Falta de tempo
Filtragens
Fliscorno
Fôguetabraze
Foram-se os anéis
Fúria dos dias

Gajo dos abraços
Galo verde
Gazeta da restavração
Geometria do abismo
Geração de 80
Geração de 60
Geração rasca
Gonio
Governo sombra

Há normal?!
Herdeiro de aécio?!
Hic et nunc
Hoje há conquilhas, amanhã não sabemos
Homem ao mar

In concreto
Ideal social
Ideias soltas
Ilusão
Império lusitano
Impressões de um boticário de província
Insinuações
Inspector x
Intimista

Jacarandá
Janelar
Jantar das quartas
João Távora
Jornal dos media
José antónio barreiros
José maria martins
Jose vacondeus
Judaic kehillah of portugal - or ahayim
Jugular
Julgamento público

Kontrastes

La force des choses
Ladrões de bicicletas
Largo da memória
Largo das alterações
Latitude 40
Liblog
Lisbon photos
Lobi do chá
Loja de ideias
Lusitana antiga liberdade
Lusofin

Ma-schamba
Macroscópio
Maioria simples
Maquiavel & j.b.
Margem esquerda
Margens de erro
Mar salgado
Mas certamente que sim!
Mau tempo no canil
Memória virtual
Memórias para o futuro
Metafísica do esquecimento
Miguel teixeira
Miniscente
Minoria ruidosa
Minudencias
Miss pearls
Moengas
Movimento douro litoral
Mundo disparatado
Mundus cultus
My guide to your galaxy

Não há pachorra
Não não e não
Nem tanto ao mar
Neorema
Nocturno
Nortadas
Notas formais
Notícias da aldeia
Nova floresta
Nova frente
Num lugar à direita
Nunca mais

O afilhado
O amor nos tempos da blogosfera
O andarilho
O anónimo
O bico de gás
O bom gigante
O cachimbo de magritte
O condomínio privado
O contradito
O diplomata
O duro das lamentações
O espelho mágico
O estado do tempo
O eu politico
O insubmisso
O insurgente
O islamismo na europa
O jansenista
O jumento
O observador
O país do burro
O país relativo
O pasquim da reacção
O pequeno mundo
O pravda ilhéu
O principe
O privilégio dos caminhos
O profano
O reaccionário
O saudosista
O severo
O sexo dos anjos
O sinaleiro da areaosa
O tempo das cerejas
O universo é uma casca de noz
Os convencidos da vida
Os veencidos da vida
Obrigado sá pinto
Oceano das palavras
Office lounging
Outra Margem
Outubro

Palavra aberta
Palavrussaurus rex
Pangeia
Papa myzena
Patriotas.info
Pau para toda a obra
Pedra aguda
Pedro_nunes_no_mundo
Pedro rolo duarte
Pedro santana lopes
Pena e espada
Perguntar não ofende
Planetas politik
Planí­cie heróica
Playbekx
Pleitos, apostilas e comentários
Politeia
Política pura e dura
Polí­tica xix
Polí­tica de choque
Politicazinha
Politikae
Polvorosa
Porcausasemodivelas
Porto das pipas
Portugal dos pequeninos
Por tu graal
Povo de bahá
Praça da república em beja
Publicista

Quarta república

Registo civil
Relações internacionais
Retalhos de edith
Retórica
Retorno
Reverentia
Revisões
Ricardo.pt
Risco contínuo
Road book
Rua da judiaria

Salvaterra é fixe
Sem filtro
Sempre a produzir
Sentidos da vida
Serra mãe
Sete vidas como os gatos
Small brother
Sociedade aberta
Sociologando
Sorumbático
Sou contra a corrente
Super flumina

Táxi
Tempo político
Tenho dito
Teorias da cidade
Tese & antítese
Tesourinhos deprimentes
There is a light never goes out
Tirem-me daqui
Tralapraki
Transcendente
Tribuna
31 da armada
Tristeza sob investigação
Triunfo da razão
Trova do vento que passa

Último reduto
Um por todos todos por um

Vale a pena lutar
Vasco campilho
Velocidade de cruzeiro
Viagens no meu sofá
Vida das coisas
Vento sueste
Voz do deserto

Welcome to elsinore

Xatoo

Zarp blog

PARTIDOS DOS ALUNOS

Ao sul
As cobaias
Fados e companhia
O cheiro de santarém pela manhã
Platonismo político
Projecto comunicar

PARTIDOS DE ABRANTES

Abranteimas
Rua da sardinha
Torre de menagem

PARTIDOS DO ALGARVE

Mons cicus
Olhão livre
Tavira tem futuro
The best of lagos

PARTIDOS DE AVEIRO

A ilusão da visão
Academia de aveiro
Actas diárias
Amor e ócio
Arestália
Aveiro sempre
Bancada directa
Bancada norte
Blog de sergio loureiro
Botanabateira
Código da vivencia
Cogir
Debaixo dos arcos
Desporto aveiro
Divas e contrabaixos
Estados gerais
Forum azeméis
Já agora
Margem esquerda
Neo-liberalismo
Nós e os outros
Notas de aveiro
Notícias da aldeia
Noticias de ovar
Painéis de aveiro
Pontos soltos
Portal do beira-mar
4linhas
Quotidiano da miséria
7 meses
The sarcastic way
Visto de fora
Vouga

PARTIDOS DE OEIRAS

À rédea solta
Escrever sobre porto salvo
Eu sou o poli­ticopata
Oeiras local
Rememorar oeiras

PARTIDOS DE TOMAR

Alcatruzes da roda
Algures aqui
À descoberta de tomar
Charneca da peralva
Nabantia
Olalhas
Os cavaleiros guardiões de sta. maria do olival
Sondagem tomar
Tomar
Thomar vrbe
Tomar, a cidade
Tomar a dianteira
Vamos por aqui

PARTIDOS DE VILA VIÇOSA

A interpretação do tempo
Infocalipo
O restaurador da independencia
Tasca real

PARTIDOS POÉTICOS

Arrimar
Corte na aldeia
Forja de palavras
Linha de cabotagem (III)
Nimbypolis
O melhor amigo
Ofí­cio diário
Orgasmos dos sentidos

PARTIDOS DAS ÁGUIAS

A águia
A ilíada benfiquista
A mística benfiquista
Amo-te, benfica
Anti-anti-benfica
Benfiquistas desde pequeninos
Calcio rosso
Chama imensa
Diário de um adepto benfiquista
E isso me envaidece
E pluribus unum
Encarnados
Encarnado oriental
Encarnado e branco
Eterno benfica
Football dependent
Gloriosa fúria vermelha
Glorioso jornal
Gordo vai à baliza
Javardos benfiquistas
loucos pelo slb
Mágico slb
Mar vermelho
Memória gloriosa
Não se mencione o excremento
Novo benfica
O antitripa
O inferno da luz
O grémio benfiquista
Os nossos queridos jornalistas desportivos
País de corruptos
Quero a verdade
Ser benfiquista
Slbenfica - forever champions
Slblog
Tertúlia benfiquista
Um zero (1-0) basta
Vermelhovzky
Vedeta da bola
Vedeta ou marreta?
Velho estilo ultras
Vermelho à moda do porto

PARTIDOS DA BOLA

Cromo dos cromos

PARTIDOS DO DIREITO

Ab surdus
Assembleia de comarca
Blog de informação
Blog do dip
Cartilha jurídica
Cum grano salis
Direito na sociedade da informação
Dizpositivo
Elsa
Incursões
Iuris
Leituras oficiosas
Legalidade
Lex turistica nova
Mens agit molem
Notas constitucionais
O meu monte
Patologia social
Piti blawg
Ré em causa própria
Reforma da justiça
Rumo do direito
Santerna
Suo tempore
Trepalium
Urbaniuris
Vexata quaestio

PARTIDOS DA VIDA

Açores pelo não
Alentejo pelo não
(Des)conversas em família
Direito a viver
Évora pelo não
Fiat lux
Impensável
Jornal da família
Nebulado
Pela vida
Pelo não
Quero viver
Razões do não
Sinto a vida
Sou a favor da vida

PARTIDOS DA ARGENTINA

El opinador compulsivo

PARTIDOS DO BRASIL

Ação humana
Cronicas do joel
Depósito do maia

PARTIDOS DE ITÁLIA

Importanza dele parole

PARTIDOS DOS LIVROS

Blog do espaço de memória e do pátio das letras
D'outro tempo
Lerblog
Mundo pessoa

PARTIDOS DAS REVISTAS

Alameda digital
Leonardo, revista de filosofia portuguesa

PARTIDOS DA TAUROMAQUIA

Lides alentejanas
Toiradas

PARTIDOS DOS BLOGUES

aniversários de blogues
Blog do dia dn
Blogpatrol
Blogpulse
Blogsearch
Blogservatório
Blogs em lí­ngua portuguesa
Moblig
Orochi's blog
Sapo blogs
Technorati
Weblog

PARTIDOS DA POLÍTICA

Bloco de esquerda
Centro democrático social
Os verdes
Partido comunista português
Nova democracia
Partido social-democrata
Partido socialista


PARTIDOS DOS JOGOS OLÍMPICOS

Atenas 2004
Pequim 2008
Comité olí­mpico internacional
Comité olí­mpico de portugal

PARTIDOS DOS JORNALISTAS

a capital
Jornal do diabo
O comércio do porto



TAMBÉM JÁ ESTIVE AQUI
Blogue do não
Câmara de comuns
Eleições 2009
Nova vaga
Novo Rumo
O carmo e a trindade
O eleito
Olissipo
Ota não
Portal lisboa
RCP ONLINE
Semanário
Sportugal
Tomarpartido
ARQUIVOS

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

subscrever feeds
tags

efemérides(867)

borda d'água(850)

blogues(777)

josé sócrates(537)

ps(339)

psd(221)

cavaco silva(199)

pessoal(182)

justiça(180)

educação(150)

comunicação social(139)

política(137)

cds(126)

crise(121)

desporto(120)

cml(116)

futebol(111)

homónimos(110)

benfica(109)

governo(106)

união europeia(105)

corrupção(96)

freeport de alcochete(96)

pcp(93)

legislativas 2009(77)

direito(71)

nova democracia(70)

economia(68)

estado(66)

portugal(66)

livros(62)

aborto(60)

aveiro(60)

ota(59)

impostos(58)

bancos(55)

luís filipe menezes(55)

referendo europeu(54)

bloco de esquerda(51)

madeira(51)

manuela ferreira leite(51)

assembleia da república(50)

tomar(49)

ministério público(48)

europeias 2009(47)

autárquicas 2009(45)

pessoas(45)

tabaco(44)

paulo portas(43)

sindicatos(41)

despesa pública(40)

criminalidade(38)

eua(38)

santana lopes(38)

debate mensal(37)

lisboa(35)

tvnet(35)

farc(33)

mário lino(33)

teixeira dos santos(33)

financiamento partidário(32)

manuel monteiro(32)

marques mendes(30)

polícias(30)

bloco central(29)

partidos políticos(29)

alberto joão jardim(28)

autarquias(28)

orçamento do estado(28)

vital moreira(28)

sociedade(27)

terrorismo(27)

antónio costa(26)

universidade independente(26)

durão barroso(25)

homossexuais(25)

inquéritos parlamentares(25)

irlanda(25)

esquerda(24)

f. c. porto(24)

manuel alegre(24)

carmona rodrigues(23)

desemprego(23)

direita(23)

elites de portugal(23)

natal(23)

referendo(23)

apito dourado(22)

recordar é viver(22)

banco de portugal(21)

combustíveis(21)

música(21)

pinto monteiro(21)

bcp(20)

constituição(20)

liberdade(20)

saúde(19)

augusto santos silva(18)

cia(18)

luís amado(18)

todas as tags