Domingo, 31 de Maio de 2009
"Em 1948, nasceu em Belém o Museu de Arte Popular. Com um projecto de Jorge Segurado, a partir do Pavilhão da Vida Popular da Exposição do Mundo Português de 1940, trata-se de um dos raríssimos museus construídos de raiz em Portugal para receber um determinado espólio, por sinal a melhor colecção de arte popular existente no País. Foi, para a sua época, um projecto inovador de museologia, concretizado decorativamente com a colaboração de alguns dos nomes mais ilustres do modernismo pictórico português. O edifício e o seu conteúdo constituem, por isso, um todo que não pode nem deve ser separado. (...)  Não somos contra o Museu da Língua. Mas não compreendemos porque razão o nascimento de um novo museu deve implicar a destruição de um outro. Acreditamos que ambos os Museus podem ser uma afirmação importante da nossa identidade. Porque um país é feito da sua memória, certamente, mas sobretudo da sua capacidade em saber entendê-la e aproveitá-la, exibindo e estimulando o poder criativo de uma identidade. Não temos dúvidas que o Museu de Arte Popular ainda pode vir a ser um objecto instigante de conhecimento, reflexão e acção. Assim ele se torne de facto um museu vivo." 

Assim abre a Petição sobre o Museu de Arte Popular, em Lisboa. É uma boa causa a que aderiro sem reservas. Por isso mesmo o blogue Museu de Arte Popular é o blogue da semana, aqui no Tomar Partido.
(Museu de Arte Popular)
 


publicado por Jorge Ferreira às 19:51 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Sexta-feira, 29 de Maio de 2009

O candidato Vital Moreira prometeu que não faria campanha nas eleições para o Parlamento Europeu discutindo política interna. Invectivava até o seu rival directo a falar das questões europeias, como que insinuando que ele não percebia nada de Europa. Mas o candidato socialista, com o tempo, tem-se desvitalizado. Ontem descobriu um novo tema europeu: o caso de polícia e de política interníssima ligado ao BPN. Parece-me existir um certo desnorte na campanha socialista. Ou será que a emergência de novas notícias sobre o caso Freeport obriga o candidato socilaista a tentar prolongar o assunto BPN na agenda mediática, perdão, na agenda europeia?… Depois de Elisa Ferreira ter desvitalizado o imposto europeu, é agora a vez de Maria de Belém desvitalizar a crítica ao PSD no caso do BPN. A deputada do PS e presidente da comissão parlamentar de inquérito ao BPN, Maria de Belém Roseira, disse hoje à Lusa que “não se revê” nas declarações do candidato socialista e destacou “a participação activa” do PSD na comissão. Isto não está a correr nada bem…



publicado por Jorge Ferreira às 13:47 | link do post | comentar | ver comentários (3)

O contrato dos blindados Pandur, que tem sido objecto de polémica e se revelou ruinoso para o Estado, foi assinado cinco dias antes das eleições de 2005. Mesmo a tempo de qualquer coisa. O líder da empresa portuguesa que participou no negócio era dirigente do CDS. A notícia é da edição de hoje do Sol. A sugestão é: para quando um inquérito parlamentar aos ruinosos, apressados e bizarros negócios de aquisição de equipamento militar decididos por Paulo Portas no ministério da Defesa? Com a recente vocação do CDS para gostar de inquéritos parlamentares, talvez até os seus deputados fossem capazes de mostrar a mesma eficácia, de que agora tanto se gabam relativamente ao caso do BPN...

(Um Pandur, dos que funcionam...)



publicado por Jorge Ferreira às 11:35 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Desde que decidiu privatizar a banca, disfarçando de concursos públicos alguns negócios preparados antecipadamente, que o cavaquismo se deu mal com bancos. E, muitos dos cavaquistas aproveitaram para se darem bem com os bancos… Aquilo a que o país tem assistido nos últimos meses à volta do BPN e do BPP, e que esta semana teve seu clímax com a segunda audição de Oliveira e Costa no Parlamento, é um triste mostruário dos despojos do cavaquismo.

 

Não é a primeira vez que estas trapalhadas se evidenciam. Já no inquérito parlamentar à privatização da Mundial Confiança e do Banco Totta & Açores, na VII Legislatura, nos idos de noventa, pudemos assistir a depoimentos assombrosos de várias pessoas, que na altura, por efeito da cumplicidade entre o PS e o PSD e também porque, por milagre inexplicável, ninguém ligava nenhuma aos bancos, conduziu ao silenciamento vergonhoso das conclusões do inquérito. Muitos dos protagonistas eram alguns dos actuais protagonistas. Mas um dia se escreverá toda a história desse imbróglio. Até Paulo Portas e outros, que agora se vangloriam do papel do CDS na Comissão de Inquérito ao BPN, nessa altura, tentaram boicotar o papel do CDS na outra Comissão de Inquérito. Lembro-me bem de todos e todos terão o seu lugar nessa novela que ocorreu porventura antes de tempo.

 

O segundo depoimento de Oliveira e Costa na Comissão de Inquérito explica-se pelo simples facto de ninguém estar disposto a cair sozinho. Tudo o que disse esta semana poderia ter dito da primeira vez que lá foi. Mas não: preferiu esperar pelos depoimentos dos outros para atacar. Tácticas de guerra aplicadas à política. É um depoimento que compõe um retrato feio da sociedade portuguesa. Está lá tudo, tudo o que se tem criticado, muitas vezes pelo “cheiro”, por instinto ou por meros indícios e que agora aparece confirmado por um dos protagonistas: como se fazem negócios, como se gerem empresas por onde se movimentam milhões e milhões de euros, como se fiscalizam ou não empresas, como lentamente, metodicamente, pelos exemplos públicos que se dão se vai atirando lentamente um país para a descrença. Todo um manual de leveza nacional.

 

Aguardei, com curiosidade, se Oliveira e Costa também falaria sobre o famigerado “caso Freeport” Mas, desta vez, optou por não falar disso. Talvez tenha incluído esse assunto naquela frase sibilina “eu sei mais do que aquilo que estou a dizer”, o que soou como um aviso à navegação. Mais um. Afinal de contas, parece que também com quem se mete com Oliveira e Costa, leva…

 

Apesar desta torrente de revelações há perguntas que não podemos deixar de colocar: se António Marta, o responsável pela supervisão no Banco de Portugal, recebeu uma cunha de Dias Loureiro para deixar o BPN sossegado, por que razão não foi o Banco de Portugal mais eficaz e consequente? Se Oliveira e Costa contou e não sabemos se contou tudo aquilo que disse no parlamento ao Ministério Público, como se explica que Dias Loureiro ainda nem ouvido no inquérito tenha sido?

 

Mistérios que talvez um dia venhamos a perceber. Como estamos agora a perceber muitos dos mistérios do cavaquismo. E, seguramente, viremos a conhecer outros mistérios, os mistérios do socratismo, alguns deles em pleno curso de vida.

 

Afinal de contas, os despojos do cavaquismo não diferem muito dos que virão a ser os despojos do socratismo. São filhos, esses despojos, de um mesmo sistema de influências que atravessa o bloco central e que têm conduzido Portugal para o estado em que se encontra.

(publicado na edição de hoje do Semanário)



publicado por Jorge Ferreira às 10:47 | link do post | comentar

Até parece mentira mas estamos a chegar ao fim do mandato dos actuais órgãos autárquicos. Foi em Outubro de 2005 que foram eleitos os titulares dos actuais órgãos autárquicos. Será em Outubro de 2009 que se realizará a nova eleição. Ao longo destes quatro anos, olhando para trás, há um tema dominante na vida municipal de Aveiro: a dívida brutal do município e as reclamações sobre a dívida. O que significa que o problema não está resolvido e quando dizemos resolvido não queremos significar “a dívida paga”, que sabemos que um monstro não se mata em quatro anos. Queremos apenas, mais modestamente, dizer a dívida assente e assumida.

 

Nestes quatro anos Aveiro viveu da incerteza aritmética e financeira de uma dívida e de declarações, de frases, de palavras, de anúncios sem facto, sem concreto, sem obra. Foram, assim, quatro anos perdidos. Para todos. Mas principalmente para os aveirenses que não viram a sua terra progredir, crescer, desenvolver-se.

 

A coligação PSD/PEM/CDS “fala, fala, fala, mas não os vejo a fazer nada”, como se ouvia no célebre spot publicitário dos Gato Fedorento. Tarde e más horas achou o montante da dívida, tarde e más horas fez um contrato de financiamento com a CGD. Mas nem esse contrato lhe saiu bem. E, afinal de contas, como em artigo anterior já referimos, a dívida acabou por… aumentar em vez de diminuir, o que é uma verdadeira mancha deste mandato.

 

Aveiro está muito mal nesta fotografia. Em vez de atenuar o problema, Élio Maia agravou o problema. E era difícil não agravar a partir do momento em que até o número de funcionários e as clientelas que entraram para a Câmara também aumentaram, ao contrário da promessa que fez de chegar ao fim do mandato com pelo menos um funcionário a menos do que aqueles que encontrou quando tomou posse. Não vai cumprir. Aliás, não vai cumprir nada.

 

O “problema principal” das finanças camarárias “não está resolvido”, afirma, num admirável exercício de amnésia o PS de Aveiro, pela boca de Pedro Pires da Rosa, falando durante a Assembleia Municipal em que foram analisadas as contas de 2008. É preciso muita lata: os criadores da dívida são os últimos a poder pedir responsabilidades no assunto. Deviam era ter pedido desculpa, mas também disso se esqueceram. Enterraram o futuro de Aveiro por muitos.

 

Mas que ninguém se iluda: Élio Maia não controla a Câmara, não tem autoridade sobre alguns dos seus vereadores e os cidadãos sentem isso. E as revoluções eleitorais são silenciosas como Élio Maia bem sabe. Ninguém pode excluir que José Costa venha a ser o Élio Maia do PS, ganhando inesperada e injustamente, tendo em conta a negra herança financeira pela qual também é responsável, que o PS deixou aos vindouros depois de oito anos de gasto irresponsável.

(publicado na edição de hoje do Diário de Aveiro)

 



publicado por Jorge Ferreira às 10:46 | link do post | comentar

Foi Cavaco Silva quem escolheu Dias Loureiro para o Conselho de Estado. O Presidente da República sai obviamente chamuscado deste processo, até dada a forma tardia em que Dias Loureiro saiu do Conselho de Estado e logo no dia seguinte às declarações de Oliveira e Costa no Parlamento, como saiu, como que validando as acusações de Oliveira e Costa conta si.

 

Reagindo ao facto, o Presidente disse que ninguém de direito o tinha informado do que fosse sobre Dias Loureiro. Sem o dizer, Cavaco Silva estava a falar do Ministério Público. Ora, é suposto o Ministério Público não informar ninguém sobre as investigações criminais em curso sob segredo de justiça. É suposto, mas esta declaração de Cavaco Silva levanta a questão de saber se noutras situações o faz.

 

E assim se vai alegremente contribuindo para minar ainda mais a confiança dos cidadãos nas instituições.

 

É difícil a Cavaco Silva libertar-se da camisa de onze varas onde se deixou aprisionar pelo cavaquismo.

(publicado na edição de hoje do Democracia Liberal)

 



publicado por Jorge Ferreira às 10:44 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Em 1453, a antiga Bizâncio, ou Constantinopla, caía em poder dos turcos, facto que marca o fim da Idade Média. Em 1709, Rhode Island completava a ratificação da Constituição norte-americana pelos 13 Estados iniciais da União. Em 1953, o cume do Everest era alcançado pela primeira vez por um homem, o neo-zelandês Edmund Hillary. Em 1961, a Alemanha Federal era autorizada, pelas autoridades aliadas europeias, a construir navios de guerra. Em 1985, pouco antes do início da final da Taça dos Campeões Europeus, entre o Liverpool e o Juventus, no Estádio de Hysel, em Bruxelas, adeptos ingleses atacavam a bancada italiana, provocando a morte de 38 pessoas. Em 1986, a nova bandeira da Comunidade Europeia, um círculo de 12 de estrelas sobre fundo azul, era hasteada em Bruxelas. Em 1990, Boris Ieltsin era eleito presidente da Federação Russa. Em 1991, a Croácia  proclamava a independência. Em 1994, o antigo presidente da República Democrática Alemã Eric Honecker, de 81 anos, morria em Santiago do Chile. Em 1996, Benjamin Netanyahu, dirigente do Likud, era nomeado primeiro-ministro de Israel. Em 1997, o partido Golkar, do presidente Suharto, vencia pela sétima vez as eleições gerais na Indonésia. Em 2001, os ministros da Justiça e da Administração Interna dos 15 países da União Europeia redigiam, em Bruxelas, o protocolo que obriga as entidades bancárias a fornecer dados de contas e transacções, para efeitos de investigação criminal. O documento marca o fim do sigilo bancário no espaço da UE. Em 2003, a Comissão Parlamentar de Ética autorizava a suspensão de mandato pedida pelo deputado socialista Paulo Pedroso, sob prisão preventiva, no âmbito do processo Casa Pia. Em 2005, os franceses rejeitavam, em referendo, o Tratado Constitucional Europeu com 54,87 por cento dos votos. Em 2006, o presidente da República Cavaco Silva iniciava o primeiro Roteiro para a Inclusão. E os Estados membros da União Europeia chegavam a acordo sobre a directiva de liberalização dos serviços. Em 2007, a Comissão Nacional de Protecção de Dados proibia o tratamento autónomo de dados pessoais de trabalhadores ausentes por greve, por considerar um procedimento discriminatório. Em 2008, morria o Almirante Andrade e Silva, Chefe de Estado-Maior da Armada entre 1989 e 1991.

(A tomada de Bizâncio)



publicado por Jorge Ferreira às 10:30 | link do post | comentar

Hoje é Sexta-feira, 29 de Maio, centésimo quadragésimo nono dia do ano. É Dia Mundial e Nacional da Energia e Dia Internacional das Forças Manutenção de Paz das Nações Unidas. Faltam 216 dias para o final de 2009. O dia é dedicado a S. Maximino, bispo, e ao Beato P. José Gérard, Oblato de Maria Imaculada. A Lua encontra-se na a Fase Crescente: é Quarto Crescente, dia 31, às 04:22. O Sol nasce às 06:15 e o ocaso regista-se às 20:54. No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 08:57 e 21:17, a baixa-mar às 02:21 e 14:35. Gémeos é o signo dos nascidos nesta data, destacando-se o compositor espanhol Isaac Albéniz (1860), o escritor inglês GK Chesterton (1874), o cineasta norte-americano de origem austríaca Josef von Sternberg (1894), o actor norte-americano Bob Hope (1903), o maestro alemão Karl Münchinger (1915), o 35º presidente dos EUA John F. Kennedy (1917), o compositor francês de origem grega Iannis Xenakis (1922), o músico John Mayall (1933), o maestro Helmuth Rilling (1933), o actor Helmut Berger (1944), os actores actriz Annette Bening (1958) e Rupert Everett (1959).



publicado por Jorge Ferreira às 10:25 | link do post | comentar

Quinta-feira, 28 de Maio de 2009

Quando um país acredita mais no que diz um cidadão em prisão preventiva do que naquilo que diz um conselheiro de Estado está tudo dito sobre os escolhidos e sobre quem escolhe.



publicado por Jorge Ferreira às 20:08 | link do post | comentar | ver comentários (2)

A vida política portuguesa faz-se de muitos silêncios. Às vezes há uma lei do silêncio, organizada e concertada. Outras vezes há apenas a oportunidade do silêncio. É o caso. O PS está calado sobre o caso Dias Loureiro porque não tem nada para dizer sobre Lopes da Mota e sobre José Sócrates.



publicado por Jorge Ferreira às 19:52 | link do post | comentar | ver comentários (1)

A TVI, mais concretamente algumas das suas emissões do Jornal da Noite de sexta-feira, foi condenada pelo Conselho Regulador da Entidade Reguladora para a Comunicação Social por “desrespeito de normas ético-legais aplicáveis à actividade jornalística”. Não sabia que competia à ERC fiscalizar o cumprimento de normas éticas. Acaso haverá por lá algum serviço, até agora desconhecido, de fiscalização deontológica? De qualquer forma, a ERC, que é filha legítima da coligação PS-PSD, mostra mais uma vez que não esquece a quem deve a sua existência. Os amigos são para as ocasiões.
 



publicado por Jorge Ferreira às 12:34 | link do post | comentar

O Tribunal de Vila Verde condenou um ex-aluno da escola secundária local pelo crime de injúria agravada a um professor ao pagamento de 300 euros de multa e de 500 euros de indemnização, disse hoje fonte judicial. O tribunal deu como provado que em Junho de 2006, o mocinho, agora com 19 anos, dirigiu palavras injuriosas ao professor de Matemática, nomeadamente dois adjectivos, considerados popularmente como "palavrões" , por ter sido chamado à atenção quando brincava com o telemóvel na sala de aula. Uma sentença exemplar. Talvez com mais umas quantas destas as coisas melhores dentro das salas de aula.



publicado por Jorge Ferreira às 11:32 | link do post | comentar

O presidente do Governo Regional dos Açores, Carlos César, defendeu hoje o voto obrigatório nas eleições em Portugal como forma de “proteger” a democracia e aumentar a responsabilidade dos políticos. Com os socialistas é tudo obrigações. Quando a democracia se torna obrigatória deixa de ser democracia. Para proteger a democracia e aumentar a responsabilidade dos políticos era melhor que não houvesse tanta corrupção, que os políticos não dessem tantos maus exemplos à sociedade e que a justiça funcionasse. Estas minudências, porém, não impressionam muito o PS. E a liberdade, para eles, passou a mero pormenor.
 


tags:

publicado por Jorge Ferreira às 11:28 | link do post | comentar | ver comentários (3)

Dada a propensão dos clubes pelos quais torço para perderem jogos e finais, decidi não torcer pelo Paços de Ferreira na final da Taça de Portugal. Está decidido...


tags:

publicado por Jorge Ferreira às 10:55 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Em 1553, o arcebispo Cranmer, de Inglaterra, pronunciava válido o casamento de Ana Bolena com Henrique VIII. Em 1871, terminava a Comuna de Paris, derrotada pelas forças de Versalhes. Em 1884, eram inauguradas as instalações do Jardim Zoológico de Lisboa. Em 1903, Lisboa passava a ser iluminada a electricidade. Em 1926, o general Gomes da Costa desencadeava a sublevação que iria pôr fim à I República. Em 1925, era inaugurado o Estádio das Antas, no Porto. Em 1961, depois de 78 anos de actividade, o comboio Expresso do Oriente fazia a última viagem. Em 1963, abatia-se o tecto da estação ferroviária do Cais do Sodré, em Lisboa. Em 1964, era criada a Organização de Libertação da Palestina. Em 1987, o jovem alemão Mathias Rust, de 19 anos, aos comandos de um monomotor Cessna, atravessava, sem ser detectado, o sistema de defesa aéreo soviético e aterrava em plena Praça Vermelha, em Moscovo. Em 1989, milhares de estudantes chineses manifestavam-se pelas ruas de Pequim, renovando o apelo a favor da democracia e contestando o afastamento de reformistas da liderança do Partido Comunista. (Foto)



publicado por Jorge Ferreira às 10:42 | link do post | comentar | ver comentários (2)

Hoje é Quinta-feira, 28 de Maio, centésimo quadragésimo oitavo dia do ano. Faltam 217 dias para o final de 2009. O dia é dedicado a S. Justo, bispo, e a S. Germano de Paris, bispo. A Lua encontra-se na a Fase Crescente: é Quarto Crescente, dia 31, às 04:22. O Sol nasce às 06:16 e o ocaso regista-se às 20:53. No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 08:01 e 20:21, a baixa-mar às 01:25 e 13:39. Gémeos é o signo dos nascidos nesta data, destacando-se o francês Joseph Guillotine (1738), inventor da guilhotina, o estadista inglês William Pitt (1759), o poeta Thomas Moore (1779), o pintor Carl Larsson (1853), o escritor britânico Ian Fleming (1908), criador do agente secreto 007 James Bond, o compositor húngaro Gyorgy Ligeti (1923), o barítono Dietrich Fischer-Dieskau (1925), o artista e arquitecto Osvaldo Romberg (1938), o líder dos Creedence Clearwater Revival John Fogerty (1945), a actriz Sondra Locke (1947) e a cantora Kylie Minogue (1968).



publicado por Jorge Ferreira às 10:27 | link do post | comentar

Quarta-feira, 27 de Maio de 2009

 

 

 

 

 

Primeiro é uma atitude. Depois virou blogue e agora o blogue vai ser livro. O lançamento é dia 3 de Junho, ao fim da tarde, na Bertrand do Chiado. O prefácio é de José Medeiros Ferreira. Quem apresenta o livro é José Pacheco Pereira.



publicado por Jorge Ferreira às 18:30 | link do post | comentar

Dias Loureiro terá já pedido a renúncia do cargo de conselheiro de Estado. Finalmente percebeu. Demorou mas percebeu. Obviamente nem devia ter sido convidado. O facto de o ter sido diz tudo sobre Cavaco Silva.



publicado por Jorge Ferreira às 18:07 | link do post | comentar | ver comentários (1)

                                               

 

 

 

 

Como sempre, torço pelas encarnados.


tags:

publicado por Jorge Ferreira às 09:16 | link do post | comentar | ver comentários (3)

O depoimento de Oliveira e Costa que acabou já hoje ajudou a compor um retrato feio da sociedade portuguesa. Está lá tudo, tudo o que se tem criticado muitas vezes por instinto e indícios e agora confirmado por um dos protagonistas. Como se fazem negócios, como se gerem empresas, como e quando as entidades responsáveis fiscalizam ou não as empresas, como se vai arrastando um país para a descrença. Um acto de vingança como o de ontem pode ter uma utilidade: mostrar as partes escuras da vida empresarial e política do país. É certo que se tratou apenas de uma versão. Só que essa versão, conjugada com as outras versões que já se conhecem, permitem tirar inúmeras conclusões. Resta saber se desta vez haverá consequência e se vamos aprender alguma coisa para que no futuro tudo isto não volte a repetir-se. Resta saber. Cavaco Silva tem a palavra (ou o gesto). O Ministério Público tem a palavra (ou o gesto).



publicado por Jorge Ferreira às 09:05 | link do post | comentar | ver comentários (2)

Em 1823, na sequência da Vilafrancada, D. Miguel abolia a Constituição Liberal de 1822. Em 1911, era publicado o primeiro Código da Estrada. Em 1936, o paquete de luxo britânico Queen Mary iniciava a primeira viagem transatlântica. Em 1951, Juan Domingo Peron era eleito presidente da Argentina. Em 1963, morria o escritor Aquilino Ribeiro. Em 1975, era promulgada a Lei do Divórcio. Em 1977, ocorria uma tentativa de revolta armada contra o presidente angolano Agostinho Neto. Em 1987, o FC Porto conquistava o título de Campeão Europeu de futebol. Em 1989, o congressista norte-americano de ascendência portuguesa Tony Coelho demitia-se da liderança da bancada democrática. Em 1990, Jorge Sampaio era reeleito secretário-geral do PS. Na mesma data, o liberal César Gaviria vencia as eleições na Colômbia. Em 1994, o escritor Alexander Soljenitsine regressava à Rússia após 20 anos de exílio. Em 1996, o Governo, a Liga de Clubes e a Federação Portuguesa de Futebol assinavam o convénio de transferência das receitas do Totobola para pagamento das dívidas ao fisco e à Segurança Social. Em 2004, morria José Augusto Seabra, de 66 anos, diplomata, catedrático da Universidade do Porto, ex-deputado à Assembleia Constituinte e à Assembleia da República, ex-embaixador de Portugal na UNESCO, poeta e ensaísta. No mesmo dia, também desaparecia Umberto Agnelli, aos 69 anos, presidente da Fiat.  Em 2007, a Rádio Caracas Televisão - RCTV, o mais antigo canal privado de televisão da Venezuela, encerrava à meia-noite, depois de o presidente Hugo Chávez ter decidido não renovar a licença da estação televisiva.

(Juan Domingo Peron)



publicado por Jorge Ferreira às 09:00 | link do post | comentar

Hoje é Quarta-feira, 27 de Maio, centésimo quadragésimo sétimo dia do ano. Faltam 218 dias para o final de 2009. O dia é dedicado a Stº Agostinho de Cantuária, bispo, e a S. Júlio, mártir. A Lua encontra-se na a Fase Crescente: é Quarto Crescente, dia 31, às 04:22. O Sol nasce às 06:16 e o ocaso regista-se às 20:52. No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 07:09 e 19:28, a baixa-mar às 00:33 e 12:47. Gémeos é o signo dos nascidos nesta data, destacando-se o romancista inglês Arnold Bennett (1867), o pintor Georges Rouault (1871), o compositor francês Louis Durey (1888), do Grupo dos Seis, os escritores Louis-Ferdinand Céline e Dashiell Hammett (1894), o actor Vincent Price (1911), o escritor John Cheever (1912), o político Henry Kissinger (1923), o actor britânico Christopher Lee (1922), o contrabaixista dinamarquês Niels-Henning Ørsted Pedersen (1946), a cantora Siouxsie Sioux (1957), o actor Joseph Fiennes (1970).



publicado por Jorge Ferreira às 08:58 | link do post | comentar

Terça-feira, 26 de Maio de 2009

José Oliveira e Costa está a explicar, na comissão de inquérito parlamentar, por que razão o banco nunca foi vendido à Carlyle, alegadamente por acção de "um grupo de 10 accionistas que conscientemente manipularam factos para fazer abortar a venda do grupo." E?... Enfim, cada um tem direito à sua campanha negra...
 



publicado por Jorge Ferreira às 18:01 | link do post | comentar | ver comentários (1)

A greve dos professores de hoje correu mal. A adesão foi fraquíssima. Mário Nogueira cansa mais do que resolve. Talvez a programação da luta tendo em vista potenciar os resultados eleitorais do PCP nas eleições de 7 de Junho se venha a revelar perversa.



publicado por Jorge Ferreira às 14:51 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Acabou o segredo de justiça no processo que envolve Oliveira e Costa? Se não acabou, por que razão não falou na Comissão de Inquérito da primeira vez e fala agora? Para ver primeiro o que dava? E o Parlamento não acha estranho?



publicado por Jorge Ferreira às 11:28 | link do post | comentar | ver comentários (1)

O presidente do Partido Socialista Europeu no Parlamento Europeu, Poul Nyrup Rasmussen, sublinhou num blog que Durão Barroso não deve considerar que a permanência na presidência da Comissão “está no saco”, refere hoje a BBC. Segundo a BBC, Rasmussen admite que o Partido Popular Europeu pode continuar a ser o maior grupo no Parlamento Europeu depois das eleições, mas sublinha que estes apoiantes de Barroso não terão maioria absoluta e que uma combinação dos verdes, liberais, o novo grupo dos conservadores britânicos e o PSE pode apresentar um candidato alternativo. Olha que bela surpresa está reservada a Vital Moreira se o PPE não tiver maioria absoluta: uma coligação-salada com os conservadores britânicos!…



publicado por Jorge Ferreira às 10:46 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Em 1182, D. Afonso Henriques concedia foral à vila de Coruche, no Ribatejo. Em 1834, a Convenção de Évora-Monte punha fim à Guerra Civil portuguesa, com a vitória das forças Liberais. Em 1887, Portugal e a China assinavam o tratado de amizade e comércio, através do qual eram reconhecidos os direitos portugueses para a ocupação perpétua de Macau. Em 1954, era descoberto no Egipto o barco fúnebre do Faraó Keops. Em 1979, Israel devolvia ao Egipto El Arish, capital do Sinai, que ocupara durante mais de 12 anos. Em 1983, o Governo português criava a Reserva Ecológica Nacional. Em 1995, morria o cineasta norte-americano Friz Freeleng, com 89 anos, criador da Pantera Cor-de-Rosa, vencedor de cinco Óscares. Em 1996, o Partido Democrático ganhava as eleições legislativas na Albânia. Em 1999, o Manchester United vencia a final da Liga dos Campeões Europeus. Em 2002, o realizador francês de origem polaca Roman Polanski recebia a Palma de Ouro da 55ª edição do Festival de Cinema de Cannes, com o filme “O Pianista”. Na Colômbia, o advogado de 50 anos Álvaro Uribe era eleito para a Presidência da República. Em 2004, o FC Porto conquistava o título da Liga dos Campeões Europeus. Em 2007, morre Edward Behr, aos 81 anos, jornalista e escritor britânico de origem francesa, colaborador das revistas “Life”, “Time” e “Newsweek”, autor de várias obras como a que serviu de tema ao filme “O Último Imperador”, do realizador italiano Bernardo Bertolucci. Em 2008, o regime militar birmanês congratulava-se pela aprovação da constituição por mais de 92 por cento dos eleitores a nível nacional e pela participação no referendo ter atingido os 98 por cento. A oposição classificava o referendo como "fraude". Morria, de cancro, o realizador de cinema Sydney Pollack, galardoado pela Academia de Hollywood. O maior êxito de Pollack terá sido o filme de 1985 "Out of Africa" ("África Minha"), com Robert Redford e Meryl Streep, que conquistou os Óscares para Melhor Realizador e Melhor Filme.

(Sydney Pollack)



publicado por Jorge Ferreira às 10:21 | link do post | comentar

Hoje é Terça-feira, 26 de Maio, centésimo quadragésimo sexto dia do ano e Dia Europeu dos Vizinhos. Faltam 219 dias para o final de 2009. O dia é dedicado a Stª Maria Ana de Paredes e a S. Filipe Néri, fundador dos Padres Oratorianos. A Lua encontra-se na a Fase Crescente: é Quarto Crescente, dia 31, às 04:22. O Sol nasce às 06:17 e o ocaso regista-se às 20:51. No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 06:18 e 18:38, a baixa-mar às 11:59.

Gémeos é o signo dos nascidos nesta data, destacando-se o economista inglês William Petty (1623), a bailarina Isadora Duncan (1878), o músico Al Johnson (1886), o actor norte-americano John Wayne (1907), o actor britânico Peter Cushing (1913), as cantoras Peggy Lee (1920) e Stevie Nicks (1948), a soprano Teresa Stratas (1938), o guitarrista Lenny Kravitz (1964), a actriz Helena Bonham Carter (1966).



publicado por Jorge Ferreira às 10:20 | link do post | comentar

Segunda-feira, 25 de Maio de 2009

Tornou-se moda ser ouvido em inquérito parlamentar e não falar invocando o segredo de justiça ou um mero "não me lembro" e depois ir lá outra vez já sem segredo, vá lá saber-se porquê, ou com a memória subitamente avivada. E ninguém acha estranho.



publicado por Jorge Ferreira às 15:15 | link do post | comentar | ver comentários (2)

"E o alerta é esse mesmo: o Boavista tem que se libertar de uma vez por todas do estigma Loureiro. Tem que cortar todas as amarras que o ligam ao passado. Tem que uma vez por todas criar uma imagem própria que vai para além dessa ligação, perigosa e funesta. Mas para que isso aconteça tem que haver muita coragem. E muita vontade de fazer sangue. Mas só assim conseguiremos renascer das cinzas."

Carlos Furtado, no Nortadas.


tags:

publicado por Jorge Ferreira às 09:07 | link do post | comentar

Em 1652, a rainha Santa Isabel era canonizada por Urbano VII. Em 1773, era abolida em Portugal a distinção entre cristãos-novos e cristãos-velhos. Em 1884, a Lei Barjona de Freitas estabelecia o princípio da representatividade parlamentar, segundo a proporção de votos de cada força política. Em 1949, as forças comunistas chinesas entravam em Xangai, expulsando os nacionalistas para a ilha Formosa (Taiwan). Em 1963, era constituída a Organização de Unidade Africana (OUA). Em 1974, era criado em Portugal o salário mínimo nacional, fixado em 3.300 escudos mensais. Em 1983, o presidente paraguaio aceitava extraditar o criminoso de guerra nazi Josef Mengele, directamente responsável pela morte de 400 mil pessoas no campo de concentração de Auschwitz. Em 1989, Mikhail Gorbachov era reeleito presidente da URSS, com 2.123 do total de 2.210 votos do congresso. Em 1991, saíam de Angola os últimos 1.910 soldados cubanos do contingente inicial de 50.000. Em 1993, morria Francisco de Sousa Tavares, com 72 anos, jornalista, advogado, antigo deputado e ex-ministro da Qualidade de Vida no Governo do Bloco Central. Em 2001, morria o fotógrafo cubano Alberto Díaz Guterrez, Korda, de 78 anos, autor da mais famosa fotografia de Che Guevara. Em 2006, o Parlamento aprovava a Lei de Procriação Medicamente Assistida. Em 2007, o Conselho da Europa condenava Portugal por violar o direito das crianças depois de o Supremo Tribunal de Justiça ter considerado "lícitos" e "aceitáveis" alguns castigos corporais infligidos a jovens deficientes de um lar em Setúbal. O Comité Europeu dos Direitos Sociais do Conselho da Europa concluiu que Portugal violou o artigo 17 da Carta Social Europeia, que consagra o direito das crianças à protecção, social, legal e económica. A revista Folhas de Poesia, que surgiu em 1957 e foi publicada até 1959, era relançada, na Casa Fernando Pessoa, no âmbito de uma homenagem à poetisa Fiama Hasse Pais Brandão. Em 2008, milhares de venezuelanos marchavam, em Caracas, para exigir do Governo a restituição da licença de transmissão à Rádio Caracas Televisão (RCTV), o mais antigo canal de televisão do país, com uma linha editorial opositora a Hugo Chávez, enquanto a portuguesa Vanessa Fernandes, campeã do Mundo e recém sagrada pentacampeã da Europa, batia, em Madrid, o recorde de vitórias em etapas da Taça do Mundo de triatlo, atingindo o 20º triunfo.

(Francisco Sousa Tavares)



publicado por Jorge Ferreira às 09:00 | link do post | comentar

Hoje é Segunda-feira, 25 de Maio, centésimo quadragésimo quinto dia do ano, Dia Internacional das Crianças Desaparecidas e Dia de África. Faltam 220 dias para o final de 2009. O dia é dedicado a Stª Madalena Sofia Barat, fundadora da Sociedade Religiosa de Damas do Sagrado Coração, e a S. Beda Venerável, Doutor da Igreja. A Lua encontra-se na a Fase Crescente: é Quarto Crescente, dia 31, às 04:22. O Sol nasce às 06:17 e o ocaso regista-se às 20:51. No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 05:29 e 17:50, a baixa-mar às 11:13 e 23:43. Gémeos é o signo dos nascidos nesta data, destacando-se o poeta e escritor norte-americano Ralph Waldo Emerson (1803), a escritora inglesa Anne Bronte (1820), o compositor húngaro Béla Bartók (1892), o político italiano Enrico Berlinguer (1922), precursor da cisão dos partidos comunistas europeus com Moscovo, o músico de jazz Miles Davis (1926), a soprano Beverly Sills (1926), o escritor norte-americano Raymond Carver (1938), o actor britânico Ian McKellen (1939), o cineasta Frank Oz (1944), o músico britânico Paul Weller (1958) e a actriz Anne Heche (1969).



publicado por Jorge Ferreira às 08:58 | link do post | comentar

Jóse Sócrates: "Nunca vi um pessimista criar um único posto de trabalho" . João Villalobos, no Papa Myzena: "Pois eu já vi um optimista acabar com vários". Subscrevo.



publicado por Jorge Ferreira às 00:38 | link do post | comentar

Domingo, 24 de Maio de 2009

Já operacional o sítio do Público exclusivamente dedicado às três eleições deste ano. Uma bela companhia para o corrente ano...



publicado por Jorge Ferreira às 20:48 | link do post | comentar | ver comentários (1)

José Sócrates foi começar a campanha para as eleições para o Parlamento Europeu em “espanhol”, um poliglota, a Valencia e em português a Coimbra num pequeno pavilhão semi-vazio. Paulo Rangel diz que vai interpelar José Sócrates todos os dias para compensar a falta dos debates quinzenais na… Assembleia da República portuguesa. O pessoal do CDS, com o outrora especialista de feiras à cabeça, quis começar a campanha numa feira que já tinha decorrido há dois dias. Uma campanha cada vez mais estimulante, sem dúvida…



publicado por Jorge Ferreira às 20:44 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Os clubes de futebol ligados à família Loureiro, Boavista e Gondomar, desceram juntinhos de divisão, da Liga de Honra para a II Divisão B. Sinais dos tempos da desgraça e de penúria, depois dos reinados de outrora. De tão reluzentemente dourado, o apito escureceu e fez-se noite como breu.

 

(Foto)


tags:

publicado por Jorge Ferreira às 20:23 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Novo e agradável visual tem o Corta-Fitas. Estão de parabéns os corta-fiteiros.


tags:

publicado por Jorge Ferreira às 20:21 | link do post | comentar

Em 1626, a Companhia Holandesa das Índias Ocidentais comprava a Ilha de Manhattan aos índios, pagando-a com mercadorias no valor de 24 dólares. Em 1844, Samuel Morse inaugurava a linha de telégrafo, nos EUA, entre Washington e Baltimore. Em 1883, era aberta ao público a ponte de Brooklyn, entre Brooklyn a Manhattan. Em 1930, era publicado o primeiro número do Diário de Coimbra. Em 1941, na II Guerra Mundial, o navio de guerra alemão Bismarck afundava o cruzador britânico Hood, no Mar do Norte, causando a morte a mais de 1300 pessoas. Em 1988, a Coreia do Norte anunciava a não participação nos Jogos Olímpicos de Seul. E, em 1990, o líder deste país, Kim Il Sung, era reeleito, pela quarta vez consecutiva, para a Presidência. Em 2003, morria Ramon La Féria, 83 anos, antigo Grão-Mestre do Grande Oriente Lusitano. Em 2005, António Guterres era nomeado Alto-Comissário das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR). Em 2006, o escritor angolano Luandino Vieira recusava o Prémio Camões 2006. Em 2007, os ministros que têm a tutela da comunicação social na União Europeia chegavam a um acordo político sobre a directiva “Audiovisual sem Fronteiras”, que flexibilizará as actuais regras da publicidade televisiva. Em 2008, o espanhol Quique Flores era apresentado como novo treinador da equipa de futebol do Benfica, vinculando-se ao clube da Liga portuguesa por duas temporadas. A Ovarense sagrava-se tricampeã portuguesa de basquetebol.

(A ponte de Brooklyn)



publicado por Jorge Ferreira às 12:19 | link do post | comentar

Hoje é Domingo, 24 de Maio, centésimo quadragésimo quarto dia do ano, Dia Europeu dos Parques Naturais e Dia Nacional de Luta Contra a Obesidade. Faltam 221 dias para o final de 2009. O dia é dedicado ao Beato Luís Zeferino Moreau, Bispo, e a N. Srª da Estrada. É Lua Nova às 13:11. O Sol nasce às 06:18 e o ocaso regista-se às 20:50. No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 04:41 e 17:03, a baixa-mar às 10:29 e 22:56. Gémeos é o signo dos nascidos nesta data, destacando-se o revolucionário francês Jean-Paul Marat (1743), a rainha Victoria de Inglaterra (1819), o escritor português Ferreira de Castro (1898), o poeta francês Henri Michaux (1899), o maestro Hans-Martin Linde (1930), fundador do Linde Consort, o poeta norte-americano de origem russa e Nobel da Literatura Josef Brodsky (1940), o cantor norte-americano Bob Dylan (1941), a actriz inglesa Kristin Scott Thomas (1960), o futebolista Eric Cantona (1966), o cantor Billy Gillman (1988).



publicado por Jorge Ferreira às 12:17 | link do post | comentar

Sábado, 23 de Maio de 2009

Independentemente de se concordar ou não com as suas posições e eu concordo com algumas e não com outras, o Bastonário da Ordem dos Advogados deve concluir o seu mandato. Depois há eleições. Para quem o critica não será certamente difícil apresentar uma lista que as ganhe. É assim em democracia. Ou não?...



publicado por Jorge Ferreira às 22:59 | link do post | comentar

Obviamente Zapatero falou castelhano e não espanhol (Sócrates acha que há uma língua espanhola...) no comício socialista de Coimbra. Foi a costumada humilhação não só para Sócrates, mas bem pior que essa, para todos os portugueses. Mas os espanhóis não têm culpa. Eles fazem pela vida. A bimbalhada portuguesa que mal passa a fronteira põe o sotaque na boca é que não aprende nada. Quanto ao comício foi um fracasso. Manuela Ferreira Leite percebeu que não era capaz de mobilizar e decidiu não os fazer. Sócrates não percebeu ainda o que lhe está a acontecer.



publicado por Jorge Ferreira às 22:44 | link do post | comentar | ver comentários (1)

O João Marchante, com quem partilho saudades do futuro,distinguiu mais uma vez o Tomar Partido como blogue do dia. Obrigado, João!


tags:

publicado por Jorge Ferreira às 21:42 | link do post | comentar | ver comentários (2)

O mau sotaque em línguas estrangeiras é uma poderosa tradição socialista. Não escondo que tenho muita curiosidade em ouvir Zapatero a falar português. O espanhol técnico já sabemos que soa pesssimamente. Já agora também podiam trocar umas palavrinhas sobre Olivença.



publicado por Jorge Ferreira às 20:32 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Em 1179, através da bula Manifestis Probatus, o Papa Alexandre III reconhecia a D. Afonso Henriques a soberania de Portugal. Em 1536, por insistente solicitação de D. João III, Paulo III permitia a instalação da Inquisição em Lisboa. Em 1845, era aprovada a Constituição espanhola. Em 1849, colonos portugueses partiam do Recife, Brasil, para Angola, para fundarem a cidade de Moçâmedes. Em 1905, era fundado o Museu dos Coches, em Lisboa. Em 1935, era criado o Instituto Nacional de Estatística. Em 1947, Portugal conquistava o primeiro título de campeão mundial de hóquei em patins. Em 1949, era promulgada a Constituição da República Federal da Alemanha. Em 1974, por iniciativa da Convergência Monárquica, era constituído o Partido Popular Monárquico, só legalizado em 1975. Em 1981, era criada a secção portuguesa da Amnistia Internacional. Em 1986, morria Altiero Spineli, 78 anos, um dos agentes para a fundação da actual União Europeia. Em 1992, o juiz anti-Máfia Giovanne Falcone era assassinado em Palermo. Em 1994, o conservador Roman Herzog, candidato do chanceler alemão Helmut Kohl, era eleito presidente da Alemanha Federal. Em 1998, os irlandeses aprovavam o acordo de paz para a Irlanda do Norte. No mesmo dia, morria o actor e realizador norte-americano John Derek, com 71 anos. Em 2001, morria o antigo treinador de futebol Joaquim Meirim, 65 anos. Em 2005, o Banco de Portugal situava em 6,8% do PIB o défice orçamental português.

(A bula)



publicado por Jorge Ferreira às 13:40 | link do post | comentar | ver comentários (2)

Hoje é Sábado, 23 de Maio, centésimo quadragésimo terceiro dia do ano. Faltam 222 dias para o final de 2009. O dia é dedicado a Stª Joana Antide Thouret e a S. João Baptista de Rossi. A Lua encaminha-se para a Fase Nova: é Lua Nova, dia 24 às 13:11. O Sol nasce às 06:19 e o ocaso regista-se às 20:49. No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 03:55 e 16:18, a baixa-mar às 09:46 e 22:10. Os nascidos nesta data pertencem ao signo Gémeos, destacando-se o botânico sueco Carl von Linne (1707), o físico e hipnotizador austríaco Franz Mesmer (1734), o actor Douglas Fairbanks Sr. (1883), o escritor sueco Nobel da Literatura Pär Lagerkvist (1891), o chefe de orquestra Artie Shaw (1910), a cantora Rosemary Clooney (1928), a actriz inglesa Joan Collins (1933), o músico português Carlos Mendes, o campeão de xadrez Anatoly Karpov (1951), a cantora Jewel (1975).



publicado por Jorge Ferreira às 13:37 | link do post | comentar

Sexta-feira, 22 de Maio de 2009

 

 

 

 

 

Tirem-me dali...

 (Foto)



publicado por Jorge Ferreira às 17:48 | link do post | comentar | ver comentários (2)

O director-geral da Volkswagen-Autoeuropa, Andreas Hinrichs, anunciou hoje que se quer reunir de novo com os trabalhadores para retomar as negociações. Considerando a situação em que se encontra a indústria automóvel, penso que a Comissão de Trabalhadores da Autoeuropa deveria ser a primeira a ter consciencia social e pensar nas dezenas de milhar de postos de trabalho que se perderão nas empresas fornecedoras se as suas reivindicações forem de tal ordem que provoquem o fecho da empresa. Ou não?...



publicado por Jorge Ferreira às 16:55 | link do post | comentar | ver comentários (2)

 

O combate à corrupção é a bandeira do primeiro cartaz cartaz da campanha de Manuel Monteiro e do Movimento Missão Minho para as eleições legislativas. O ex-dirigente do CDS-PP e do Partido da Nova Democracia vai concorrer pelo distrito de Braga, apoiado pelo Movimento ‘Missão Minho’

 

(Foto)



publicado por Jorge Ferreira às 16:13 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Os brasileiros costumam dizer que crise não é quando você deixa de pagar; crise mesmo é quando deixa de encomendar. Ei-la.


tags:

publicado por Jorge Ferreira às 15:01 | link do post | comentar

Coimar é fácil. Facílimo. Sancionar é fácil quando se está na Administração Pública. Facílimo. O pior é o Direito...O Ministério do Ambiente perdeu, nos últimos dois anos, cerca de metade dos recursos apresentados em tribunal por pessoas ou empresas multadas por infracções ambientais. A Inspecção-Geral do Ambiente e do Ordenamento do Território, que aplica a maior parte das coimas, revela que, em 2007 e 2008, houve 1723 decisões judiciais sobre recursos relativos a multas ambientais. Em 841 casos (49%), o alegado infractor foi absolvido. Seria também curioso por exemplo saber quantos recursos de decisões disciplinares aplicadas pela Inspecção-Geral da Educação são perdidos em tribunal.


tags:

publicado por Jorge Ferreira às 11:01 | link do post | comentar

JORGE FERREIRA

tomarpartido@sapo.pt

visitantes em linha

English version by Google
Novembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

2
3
4
5
6
7

8
9

20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30



DESTAQUES




TAMBÉM ESTOU AQUI

Jorge Ferreira

Cria o Teu Crachá

Aveiro
Comunicar a direito
Democracia liberal
Diário de aveiro
Jorge ferreira
O carmo e a trindade
O templário
Terras de mármore
Tv net

O PARTIDO DOS AMIGOS

A cagarra
Alinhavos
Cão com pulgas
Eclético
Faccioso
Ilha da madeira
Fumaças
Mais actual
Meu rumo
Paris
Sobre o tempo que passa
Tubarão


OUTROS PARTIDOS

A arte da fuga
A barbearia do senhor luís
A casa de sarto
A casa dos comuns
A caveira vesga
A caverna obscura
A civilização do espectáculo
A destreza das dúvidas
A educação do meu umbigo
A gota de ran tan plan
A grande alface
A janela do ocaso
A natureza do mal
A origem das espécies
A outra varinha mágica
A regra do jogo
A revolta das palavras
a ritinha
A terceira noite
A textura do texto
A voz do povo
A voz nacional
A voz portalegrense
As escolhas do beijokense
As penas do flamingo
Abrigo de pastora
Abrupto
Às duas por três
Activismo de sofá
Admirável mundo novo
Adufe
Água leve
Água lisa
Alcabrozes
Alianças
Aliança nacional
Almocreve das petas
Apdeites v2
Arcadia
Arde lua
Arpão
Arrastão
Aspirina b
Atuleirus
Avatares de um desejo

Bar do moe, nº 133
Blasfémias
Bem haja
Berra-boi
Bic laranja
Bicho carpinteiro
Binoculista
Bissapa
Blogo social português
Blogotinha
Blogs e política
Blogue de direita
Blogue da sedes
Blogue real associação de lisboa
Blue lounge
Boca de incêndio
Boina frígia
Braga blog
Branco no branco
Busturenga

Cabalas
Café Bar James Dean
Café da insónia
Caixa de petri
Caixa de pregos
Câmara corporativa
Campos da várzea
Canhoto
Carreira da í­ndia
Causa liberal
Causa nossa
Cegos mudos e surdos
Centenário da república
Centurião
Certas divergencias
Chá preto
Charquinho
Cibertúlia
Cinco dias
Classe polí­tica
Clube das repúblicas mortas
Clube dos pensadores
Cobrador da persia
Combustões
Confidências
Congeminações
Contingências
Controversa maresia
Corta-fitas
Crónicas d'escárnio e mal dizer

Da condição humana
Da literatura
Da rússia
Dar à tramela
Dass
De vexa atentamente
Der terrorist
Delito de opinião
Desconcertante
Desesperada esperança
Despertar da mente
Direito de opinião
Do portugal profundo
Dois dedos de prosa e poesia
Dolo eventual
Duas cidades
Duas ou três coisas
2 rosas

É curioso
É tudo gente morta
e-konoklasta
Em 2711
Elba everywhere
Em directo
Encapuzado extrovertido
Entre as brumas da memória
Enzima
Ephemera
Esmaltes e jóias
Esquissos
Estado sentido
Estrago da nação
Estudos sobre o comunismo
Espumadamente
Eternas saudades do futuro

Falta de tempo
Filtragens
Fliscorno
Fôguetabraze
Foram-se os anéis
Fúria dos dias

Gajo dos abraços
Galo verde
Gazeta da restavração
Geometria do abismo
Geração de 80
Geração de 60
Geração rasca
Gonio
Governo sombra

Há normal?!
Herdeiro de aécio?!
Hic et nunc
Hoje há conquilhas, amanhã não sabemos
Homem ao mar

In concreto
Ideal social
Ideias soltas
Ilusão
Império lusitano
Impressões de um boticário de província
Insinuações
Inspector x
Intimista

Jacarandá
Janelar
Jantar das quartas
João Távora
Jornal dos media
José antónio barreiros
José maria martins
Jose vacondeus
Judaic kehillah of portugal - or ahayim
Jugular
Julgamento público

Kontrastes

La force des choses
Ladrões de bicicletas
Largo da memória
Largo das alterações
Latitude 40
Liblog
Lisbon photos
Lobi do chá
Loja de ideias
Lusitana antiga liberdade
Lusofin

Ma-schamba
Macroscópio
Maioria simples
Maquiavel & j.b.
Margem esquerda
Margens de erro
Mar salgado
Mas certamente que sim!
Mau tempo no canil
Memória virtual
Memórias para o futuro
Metafísica do esquecimento
Miguel teixeira
Miniscente
Minoria ruidosa
Minudencias
Miss pearls
Moengas
Movimento douro litoral
Mundo disparatado
Mundus cultus
My guide to your galaxy

Não há pachorra
Não não e não
Nem tanto ao mar
Neorema
Nocturno
Nortadas
Notas formais
Notícias da aldeia
Nova floresta
Nova frente
Num lugar à direita
Nunca mais

O afilhado
O amor nos tempos da blogosfera
O andarilho
O anónimo
O bico de gás
O bom gigante
O cachimbo de magritte
O condomínio privado
O contradito
O diplomata
O duro das lamentações
O espelho mágico
O estado do tempo
O eu politico
O insubmisso
O insurgente
O islamismo na europa
O jansenista
O jumento
O observador
O país do burro
O país relativo
O pasquim da reacção
O pequeno mundo
O pravda ilhéu
O principe
O privilégio dos caminhos
O profano
O reaccionário
O saudosista
O severo
O sexo dos anjos
O sinaleiro da areaosa
O tempo das cerejas
O universo é uma casca de noz
Os convencidos da vida
Os veencidos da vida
Obrigado sá pinto
Oceano das palavras
Office lounging
Outra Margem
Outubro

Palavra aberta
Palavrussaurus rex
Pangeia
Papa myzena
Patriotas.info
Pau para toda a obra
Pedra aguda
Pedro_nunes_no_mundo
Pedro rolo duarte
Pedro santana lopes
Pena e espada
Perguntar não ofende
Planetas politik
Planí­cie heróica
Playbekx
Pleitos, apostilas e comentários
Politeia
Política pura e dura
Polí­tica xix
Polí­tica de choque
Politicazinha
Politikae
Polvorosa
Porcausasemodivelas
Porto das pipas
Portugal dos pequeninos
Por tu graal
Povo de bahá
Praça da república em beja
Publicista

Quarta república

Registo civil
Relações internacionais
Retalhos de edith
Retórica
Retorno
Reverentia
Revisões
Ricardo.pt
Risco contínuo
Road book
Rua da judiaria

Salvaterra é fixe
Sem filtro
Sempre a produzir
Sentidos da vida
Serra mãe
Sete vidas como os gatos
Small brother
Sociedade aberta
Sociologando
Sorumbático
Sou contra a corrente
Super flumina

Táxi
Tempo político
Tenho dito
Teorias da cidade
Tese & antítese
Tesourinhos deprimentes
There is a light never goes out
Tirem-me daqui
Tralapraki
Transcendente
Tribuna
31 da armada
Tristeza sob investigação
Triunfo da razão
Trova do vento que passa

Último reduto
Um por todos todos por um

Vale a pena lutar
Vasco campilho
Velocidade de cruzeiro
Viagens no meu sofá
Vida das coisas
Vento sueste
Voz do deserto

Welcome to elsinore

Xatoo

Zarp blog

PARTIDOS DOS ALUNOS

Ao sul
As cobaias
Fados e companhia
O cheiro de santarém pela manhã
Platonismo político
Projecto comunicar

PARTIDOS DE ABRANTES

Abranteimas
Rua da sardinha
Torre de menagem

PARTIDOS DO ALGARVE

Mons cicus
Olhão livre
Tavira tem futuro
The best of lagos

PARTIDOS DE AVEIRO

A ilusão da visão
Academia de aveiro
Actas diárias
Amor e ócio
Arestália
Aveiro sempre
Bancada directa
Bancada norte
Blog de sergio loureiro
Botanabateira
Código da vivencia
Cogir
Debaixo dos arcos
Desporto aveiro
Divas e contrabaixos
Estados gerais
Forum azeméis
Já agora
Margem esquerda
Neo-liberalismo
Nós e os outros
Notas de aveiro
Notícias da aldeia
Noticias de ovar
Painéis de aveiro
Pontos soltos
Portal do beira-mar
4linhas
Quotidiano da miséria
7 meses
The sarcastic way
Visto de fora
Vouga

PARTIDOS DE OEIRAS

À rédea solta
Escrever sobre porto salvo
Eu sou o poli­ticopata
Oeiras local
Rememorar oeiras

PARTIDOS DE TOMAR

Alcatruzes da roda
Algures aqui
À descoberta de tomar
Charneca da peralva
Nabantia
Olalhas
Os cavaleiros guardiões de sta. maria do olival
Sondagem tomar
Tomar
Thomar vrbe
Tomar, a cidade
Tomar a dianteira
Vamos por aqui

PARTIDOS DE VILA VIÇOSA

A interpretação do tempo
Infocalipo
O restaurador da independencia
Tasca real

PARTIDOS POÉTICOS

Arrimar
Corte na aldeia
Forja de palavras
Linha de cabotagem (III)
Nimbypolis
O melhor amigo
Ofí­cio diário
Orgasmos dos sentidos

PARTIDOS DAS ÁGUIAS

A águia
A ilíada benfiquista
A mística benfiquista
Amo-te, benfica
Anti-anti-benfica
Benfiquistas desde pequeninos
Calcio rosso
Chama imensa
Diário de um adepto benfiquista
E isso me envaidece
E pluribus unum
Encarnados
Encarnado oriental
Encarnado e branco
Eterno benfica
Football dependent
Gloriosa fúria vermelha
Glorioso jornal
Gordo vai à baliza
Javardos benfiquistas
loucos pelo slb
Mágico slb
Mar vermelho
Memória gloriosa
Não se mencione o excremento
Novo benfica
O antitripa
O inferno da luz
O grémio benfiquista
Os nossos queridos jornalistas desportivos
País de corruptos
Quero a verdade
Ser benfiquista
Slbenfica - forever champions
Slblog
Tertúlia benfiquista
Um zero (1-0) basta
Vermelhovzky
Vedeta da bola
Vedeta ou marreta?
Velho estilo ultras
Vermelho à moda do porto

PARTIDOS DA BOLA

Cromo dos cromos

PARTIDOS DO DIREITO

Ab surdus
Assembleia de comarca
Blog de informação
Blog do dip
Cartilha jurídica
Cum grano salis
Direito na sociedade da informação
Dizpositivo
Elsa
Incursões
Iuris
Leituras oficiosas
Legalidade
Lex turistica nova
Mens agit molem
Notas constitucionais
O meu monte
Patologia social
Piti blawg
Ré em causa própria
Reforma da justiça
Rumo do direito
Santerna
Suo tempore
Trepalium
Urbaniuris
Vexata quaestio

PARTIDOS DA VIDA

Açores pelo não
Alentejo pelo não
(Des)conversas em família
Direito a viver
Évora pelo não
Fiat lux
Impensável
Jornal da família
Nebulado
Pela vida
Pelo não
Quero viver
Razões do não
Sinto a vida
Sou a favor da vida

PARTIDOS DA ARGENTINA

El opinador compulsivo

PARTIDOS DO BRASIL

Ação humana
Cronicas do joel
Depósito do maia

PARTIDOS DE ITÁLIA

Importanza dele parole

PARTIDOS DOS LIVROS

Blog do espaço de memória e do pátio das letras
D'outro tempo
Lerblog
Mundo pessoa

PARTIDOS DAS REVISTAS

Alameda digital
Leonardo, revista de filosofia portuguesa

PARTIDOS DA TAUROMAQUIA

Lides alentejanas
Toiradas

PARTIDOS DOS BLOGUES

aniversários de blogues
Blog do dia dn
Blogpatrol
Blogpulse
Blogsearch
Blogservatório
Blogs em lí­ngua portuguesa
Moblig
Orochi's blog
Sapo blogs
Technorati
Weblog

PARTIDOS DA POLÍTICA

Bloco de esquerda
Centro democrático social
Os verdes
Partido comunista português
Nova democracia
Partido social-democrata
Partido socialista


PARTIDOS DOS JOGOS OLÍMPICOS

Atenas 2004
Pequim 2008
Comité olí­mpico internacional
Comité olí­mpico de portugal

PARTIDOS DOS JORNALISTAS

a capital
Jornal do diabo
O comércio do porto



TAMBÉM JÁ ESTIVE AQUI
Blogue do não
Câmara de comuns
Eleições 2009
Nova vaga
Novo Rumo
O carmo e a trindade
O eleito
Olissipo
Ota não
Portal lisboa
RCP ONLINE
Semanário
Sportugal
Tomarpartido
ARQUIVOS

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

subscrever feeds
tags

efemérides(867)

borda d'água(850)

blogues(777)

josé sócrates(537)

ps(339)

psd(221)

cavaco silva(199)

pessoal(182)

justiça(180)

educação(150)

comunicação social(139)

política(137)

cds(126)

crise(121)

desporto(120)

cml(116)

futebol(111)

homónimos(110)

benfica(109)

governo(106)

união europeia(105)

corrupção(96)

freeport de alcochete(96)

pcp(93)

legislativas 2009(77)

direito(71)

nova democracia(70)

economia(68)

estado(66)

portugal(66)

livros(62)

aborto(60)

aveiro(60)

ota(59)

impostos(58)

bancos(55)

luís filipe menezes(55)

referendo europeu(54)

bloco de esquerda(51)

madeira(51)

manuela ferreira leite(51)

assembleia da república(50)

tomar(49)

ministério público(48)

europeias 2009(47)

autárquicas 2009(45)

pessoas(45)

tabaco(44)

paulo portas(43)

sindicatos(41)

despesa pública(40)

criminalidade(38)

eua(38)

santana lopes(38)

debate mensal(37)

lisboa(35)

tvnet(35)

farc(33)

mário lino(33)

teixeira dos santos(33)

financiamento partidário(32)

manuel monteiro(32)

marques mendes(30)

polícias(30)

bloco central(29)

partidos políticos(29)

alberto joão jardim(28)

autarquias(28)

orçamento do estado(28)

vital moreira(28)

sociedade(27)

terrorismo(27)

antónio costa(26)

universidade independente(26)

durão barroso(25)

homossexuais(25)

inquéritos parlamentares(25)

irlanda(25)

esquerda(24)

f. c. porto(24)

manuel alegre(24)

carmona rodrigues(23)

desemprego(23)

direita(23)

elites de portugal(23)

natal(23)

referendo(23)

apito dourado(22)

recordar é viver(22)

banco de portugal(21)

combustíveis(21)

música(21)

pinto monteiro(21)

bcp(20)

constituição(20)

liberdade(20)

saúde(19)

augusto santos silva(18)

cia(18)

luís amado(18)

todas as tags