Terça-feira, 30 de Setembro de 2008

Ferreira Leite abriu uma nova frente de oposição. O de saber se a serenidade tem um momento próprio para se afirmar. Diz que as palavras de serenidade de Sócrates vieram tarde de mais. Tarde demais porquê? Há um momento próprio para a exibir serenidade? Qual é? Isto sim, é oposição. Caramba, já todos tínhamos saudades de um bom debate ideológico...



publicado por Jorge Ferreira às 23:47 | link do post | comentar

Onde é que tu estavas no 25 de Abril? Numa casa da Camara.


tags:

publicado por Jorge Ferreira às 20:42 | link do post | comentar | ver comentários (1)

O Zé faz falta, dizia o cartaz. Agora, perante a situação de Ana Sara Brito e sua casinha de favor, o vereador Zé diz que nem pensar em a senhora demitir-se. "Foi uma coisa entre a vereadora e o engenheiro Abecassis, com um contrato de arrendamento, com critérios da altura". O Zé, afinal, fazia falta para branquear os socialistas. Sobretudo os moralistas.



publicado por Jorge Ferreira às 19:55 | link do post | comentar

No preciso momento em que os EUA discutem como salvar o capitalismo financeiro, a China vê o seu primeiro astronauta regresssar de uma missão espacial e anuncia que o próximo passo é chegar à Lua. Coincidências.


tags: , ,

publicado por Jorge Ferreira às 14:42 | link do post | comentar

Obrigado pela força! A todos e a todas.


tags:

publicado por Jorge Ferreira às 10:22 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Em 1452, surgia o primeiro livro impresso, "A Bíblia", de Johann Gutenberg. Em 1791, estreava-se a ópera de Mozart, "A Flauta Mágica", em Viena. Em 1936, Oliveira Salazar aprovava a constituição da Legião Portuguesa. Em 1946, o Tribunal Militar Internacional de Nuremberga, na Alemanha, condenava vários dirigentes nazis, considerando-os culpados de crimes de guerra e contra a humanidade. Em 1955 morria, num acidente de automóvel, o actor norte-americano James Dean. Em 1974, António de Spínola demitia-se da Presidência da República Portuguesa, sendo substituído por Costa Gomes. Em 1983, o Clube de Roma, reunido em Budapeste, apelava aos governos e populações do mundo para que se unissem na luta contra a fome. Em 1985, morria a actriz francesa Simone Signoret, 64 anos. Em 1988, o presidente soviético, Andrei Gromyko, era afastado, a seu pedido, do Politburo e da Chefia do Estado. Em 1991, o presidente do Haiti, o padre Jean-Bertrand Aristide, era derrubado num golpe de estado. Em 1993, George Marchais, 74 anos, secretário-geral do Partido Comunista Francês, anunciava o abandono da liderança do partido. Em 1998, após 132 dias, encerrava a EXPO-98. Em 2003, a época de incêndios era dada por terminada, com um balanço de 424 mil hectares de área de floresta ardida, número recorde nos últimos 23 anos. Em 2006, morria Margarida Abreu, 90 anos, bailarina e pedagoga, nome determinante na implantação da dança contemporânea em Portugal.

(A Bíblia de Gutenberg)



publicado por Jorge Ferreira às 10:20 | link do post | comentar

Hoje é Terça-feira, 30 de Setembro, ducentésimo septuagésimo quarto dia do ano, Dia Mundial do Coração. Faltam 92 dias para o final de 2008. O dia é dedicado a S. Jerónimo, Doutor da Igreja, e ao Beato Frederico Albert, Presbítero, Fundador das Vicentinas de Maria Imaculada. A Lua encontra-se na Fase Crescente: Quarto Crescente, dia 07 de Outubro às 10:04. O Sol nasce às 07:32 e o ocaso regista-se às 19:21. No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 05:32 e 17:48, a baixa-mar, às 11:16 e 23:35. Os nascidos nesta data pertencem ao signo Balança, destacando-se o escritor norte-americano Truman Capote (1924), o escritor, sobrevivente do holocausto e Nobel da Paz Elie Wiesel (1928) e as actrizes Deborah Kerr (1921) e Angie Dickinson (1931).
 



publicado por Jorge Ferreira às 10:19 | link do post | comentar

Segunda-feira, 29 de Setembro de 2008

Muito à portuguesa, o país acordou para um novo escândalo: na Câmara Municipal de Lisboa atribuem-se casas por cunha. Tudo porque segundo o Diário de Notícias, Pedro Santana Lopes vai ser constituído arguido num processo que tem por objecto a atribuição de casas na CML, no tempo em que era Presidente da Câmara.

 

Eu não sei se Santana Lopes vai ser arguido ou não. Sei que esta notícia surgiu no momento em que ele revelava disponibilidade para se recandidatar ao cargo que já exerceu, o que não dá jeito nenhum ao PS.

 

Quanto ao fundo da questão, constata-se que ao longo dos anos a CML gere o património público por encomenda, por telefonemas de autoridades públicas diversas, por amiguismo. Ou seja, sem regras nem critérios transparentes e objectivos, como devia ser. E, olhando para trás, vemos que nesta matéria não há esquerda nem direita camarárias que tenham logrado distinguir-se. Infelizmente, todos fizeram.

 

É isto que é necessário mudar. Esta maneira de “gerir” os bens públicos. Quando as entidades públicas elas próprias, dão o exemplo de comportamentos deste tipo, como exigir rigor aos cidadãos no cumprimento dos seus deveres legais? Quanto a Santana Lopes, talvez quem tenha tentado ir buscar lã, venha a sair tosquiado.

 

A política tem duas dimensões: a das propostas para resolver os problemas e a dos valores éticos e de comportamento na gestão dos negócios públicos. Lamentavelmente, nesta segunda dimensão da política, a distinção entre direita e esquerda não opera. Há bons e maus exemplos dos dois lados.

 

(publicado no Portal Lisboa)

 



publicado por Jorge Ferreira às 22:48 | link do post | comentar

Os mercados estão a reagir mal ao plano de recuperação anunciado por Bush. Esta crise do capitalismo financeiro não é a primeira nem será a última. Mas serve para reflectir. Quando o capitalismo financeiro se desliga da economia real entra em crise. Produzir é preciso. Para distribuir riqueza a folha de Excel ainda não chega.


tags: ,

publicado por Jorge Ferreira às 17:09 | link do post | comentar

Em 1829 era criada, em Londres, a Scotland Yard. Em 1923, iniciava-se o mandato britânico na Palestina. Em 1941, na Ucrânia, perto de Kiev, começava o massacre de Baby Yar: mais de 34.000 judeus foram mortos pelas forças nazis, no início da invasão das tropas de Adolf Hitler. Em 1944, eram constituídos os Estaleiros Navais do Mondego e a URSS invadia a Jugoslávia.  Em 1964, Mafalda, a contestatária, heroína criada por Quino, pseudónimo do "cartoonista" argentino Joaquín Lavado, teve a sua primeira "tira" publicada na revista Primera Plana, de Buenos Aires. Em 1992, as urnas eram abertas para as primeiras eleições presidenciais e legislativas em Angola. Na mesma data, o presidente brasileiro, Fernando Collor de Mello, era incriminado pelo Parlamento e suspenso do seu cargo por 180 dias. Em 1996, morria o escritor japonês Shusaku Endo, 73 anos. Em 1998, era assinado, na Gâmbia, o acordo de cessar-fogo para a Guiné-Bissau. Em 2001, os sócios do Benfica aprovavam, por maioria, a construção do novo Estádio da Luz. Em 2002, o governo de Israel levantava o cerco a Yasser Arafat, em Ramalah. Em 2007, Luís Filipe Menezes chegava à liderança do PSD, sucedendo a Marques Mendes. Morria a actriz Lois Maxwell, conhecida por interpretar o papel de Moneypenny nos filmes de James Bond, com 80 anos e morria o antigo guarda-redes internacional português Frederico Barrigana, que alinhou no FC Porto e Sporting, com 85 anos, no Hospital de Águeda, vítima de problemas pulmonares.

 

(Mafalda)

 



publicado por Jorge Ferreira às 12:35 | link do post | comentar

Hoje é Segunda-feira, 29 de Setembro, ducentésimo septuagésimo terceiro dia do ano. Faltam 93 dias para o final de 2008. O dia é dedicado aos Santos Arcanjos Miguel, Gabriel e Rafael. É Lua Nova às 09:12. O Sol nasce às 07:31 e o ocaso regista-se às 19:22. No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 04:57 e 17:14, a baixa-mar, às 10:42 e 23:03. Os nascidos nesta data pertencem ao signo Balança, destacando-se o escritor espanhol Miguel de Cervantes, autor de "D. Quixote de La Mancha", (1547), o pioneiro da investigação nuclear Enrico Fermi (1901), os cineastas Michellangelo Antonioni (1912) e Stanley Kramer (1913), o primeiro presidente de Moçambique Samora Machel (1933) e o político polaco Lech Walesa (1943). Em 1967, morria a escritora norte-americana Carson McCullers, autora de "Coração Solitário Caçador", e, em 1997, o artista plástico Roy Liechenstein.
 



publicado por Jorge Ferreira às 12:34 | link do post | comentar

Domingo, 28 de Setembro de 2008

"Mas andamos a pagar milhares de contos às pessoas da ERC para elas passarem a vida a fazerem colunas de opinião nos jornais e blogues? Desde quando, titulares de cargos públicos podem actuar assim? E que cargo público é este que permite aos seus titulares ter tanto tempo livre para passar a vida a fazer colunas de opinião?"

 

Henrique Raposo, no Atlântico.


tags: ,

publicado por Jorge Ferreira às 16:16 | link do post | comentar | ver comentários (2)

"É que começa a ficar um pouco estranha a forma livre e improvisada como os membros deste conselho regulador da ERC, e em particular a dr. Estrela Serrano, nomeados para funções específicas, entram em polémicas, enviam artigos para jornais, participam em debates televisivos, e agora, ao que parece, escrevem posts para blogues sem qualquer mandato ou limitação de funções. Devo recordar que a ERC tem poderes muito alargados e que a desobediência a algumas das suas decisões constitui crime. Por isso, está na altura de alguém começar a questionar onde começa e acaba a autoridade dos membros da ERC, os métodos que utilizam e a forma informal como parecem agir."

 

A ERC em roda livre?, por Daniel Oliveira, no Arrastão.


tags: ,

publicado por Jorge Ferreira às 15:53 | link do post | comentar

"Não creio que as matérias que tocam a consciência das pessoas ou as opções de natureza pessoal mais íntima ou de concepções de vida devam ser matéria de referendo." Diz Alberto Martins para justificar ser contra um referendo sobre o casamento dos homossexuais. Então e o aborto? Para virar o não já foram a favor de um referendo? Nos socialistas a bota nunca bate com a perdigota.
 



publicado por Jorge Ferreira às 13:17 | link do post | comentar

Em 1864, Karl Marx organizava, em Londres, a Primeira Internacional. Em 1865, era inaugurado, em Lisboa, o Teatro do Príncipe Real, mais tarde Teatro Apolo. Em 1939, a Alemanha Nazi e a URSS acordavam num plano de divisão da Polónia. Em 1950, a Indonésia era admitida nas Nações Unidas. Em 1970, morria Abdel Gamal Nasser, chefe de Estado egípcio. Em 1978, morria o Papa João Paulo I. Em 1989, morria Ferdinando Marcos, 72 anos, ex-Presidente das Filipinas. Em 1992, morria Fernando Piteira Santos, jornalista, historiador, professor e figura destacada da oposição ao regime ditatorial, anterior a 25 de Abril de 1974. Em 1996, Nandim de Carvalho era empossado no cargo de Grão-Mestre da Grande Loja Regular da maçonaria portuguesa. Em 1997, o general Pinochet, que dirigiu a ditadura chilena, decide terminar a sua carreira política, como "senador vitalício", atribuindo-se imunidade pelos crimes cometidos. Em 2000, registava-se a vitória do "não" no referendo na Dinamarca sobre a adesão ao Euro. Em 2003, morriam João Pato Ribeiro, de 62 anos, dirigente da UGT, e o cineasta e escritor Elia Kazan, com 94 anos, realizador de "Há Lodo no Cais". Em 2005, investigadores confirmavam a perda de 40% da massa de gelo no Pólo Norte, nos últimos 40 anos. Em 2006, o juiz conselheiro Noronha do Nascimento era eleito presidente do Supremo Tribunal de Justiça. Em 2007, na Birmânia, a Polícia utilizava bastões para dispersar milhares de manifestantes. A Unidade militar estacionada em Mandalay, 2ª maior cidade da Birmânia, recusou ordens governamentais para disparar sobre monges desarmados.

(João Paulo I)
 



publicado por Jorge Ferreira às 13:06 | link do post | comentar

Hoje é Domingo, 28 de Setembro, ducentésimo septuagésimo segundo dia do ano. Faltam 94 dias para o final de 2008. O dia é dedicado a S. Venceslau, Mártir, e a S. Simão de Rojas, Religioso. A Lua encaminha-se para a Fase Nova. Lua Nova, dia 29 às 09:12. O Sol nasce às 07:30 e o ocaso regista-se às 19:24. No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 04:20 e 16:37, a baixa-mar, às 10:06 e 22:30. Os nascidos nesta data pertencem ao signo Balança, destacando-se o artista italiano Caravaggio (1573), o escritor francês Prosper Mérimee (1803), o patriota italiano Giuseppe Garibaldi (1807), o Rei D.Carlos I, (1863), o actor italiano Marcelo Mastroianni (1924), a actriz francesa Brigitte Bardot (1934) e a actriz holandesa Sylvia Kristel (1952). Em 1902, morria o romancista francês Emile Zola e, em 1970, o escritor norte-americano John dos Passos.

 



publicado por Jorge Ferreira às 13:03 | link do post | comentar

Sábado, 27 de Setembro de 2008

No rei dos derbies, a águia voou alto. O Benfica é melhor. Ponto final. Pormenores: os golos são de dois reforços, um consagrado e outro com um grande futuro à sua frente. Carlos Martins deve estar especialmente feliz. E um agradecimento especial a Paulo Bento por ter motivado tanto o Benfica durante a semana. Já agora: há trivela para além de Quaresma.

 

(Foto)


tags:

publicado por Jorge Ferreira às 23:15 | link do post | comentar

Sócrates foi armado solenemente, hoje, cavaleiro porta-voz da América Latina de D. Hugo, o Confidente. É bem feito para aprender a escolher melhor os confidentes.



publicado por Jorge Ferreira às 17:59 | link do post | comentar

O boicote da DECO às gasolineiras é ridículo e inconsequente. Quem decidiu aderir e não comprar combustíveis hoje, ou o fez ontem ou o fará amanhã. O resto é folclore.



publicado por Jorge Ferreira às 17:56 | link do post | comentar

Morreu Paul Newman. De poucos se poderá dizer quando morrem, que é uma época que morre com eles. Neste caso, pode. Desde que me conheço que o vejo no cinema. É como se fosse da família. A morte do actor sensibiliza-me especialmente, confesso. Por todas as razões e mais uma.



publicado por Jorge Ferreira às 17:08 | link do post | comentar

Em 1597, um tremor de terra sacudia Lisboa, atingindo em particular a zona de Sta.Catarina. Em 1779, o estadista John Adams era nomeado para negociar com os ingleses o tratado de paz que pôs fim à Guerra da Independência dos EUA. Em 1810, travava-se, no Buçaco, a batalha decisiva para a vitória das forças anglo-portuguesas sobre os franceses. Em 1825, George Stephenson apresentava, em Inglaterra, a primeira locomotiva de um comboio de passageiros. Em 1915, morria o escritor português Ramalho Ortigão. Em 1964, era divulgado o relatório da Comissão Warren que apontava Lee Harvey Oswald o único responsável pela morte de John F. Kennedy. Em 1975, era assaltada a Embaixada de Espanha em Lisboa, num protesto contra a execução, em Espanha, de cinco separatistas bascos. Em 1985, era inaugurado nas Amoreiras, em Lisboa, o maior centro comercial do país, com 330 lojas e uma área bruta de 86.000 metros quadrados. Em 1987, o presidente de Angola, José Eduardo dos Santos, iniciava uma visita oficial a Portugal, a primeira de um Chefe de Estado angolano. Em 1990, o Presidente da República, Mário Soares, aceitava o pedido de demissão do governador de Macau, Carlos Melancia. Em 1993, morria Ilda Pulga, de 101 anos, modelo do busto da República Portuguesa. Em 1996, a milícia islâmica taliban tomava o poder no Afeganistão. Em 2000, José Adriano Souto de Moura era nomeado Procurador-Geral pelo Presidente da República Portuguesa. Em 2003, o concerto dos Rolling Stones, em Coimbra, abria ao público o novo Estádio da cidade. Em 2005, começava a campanha eleitoral para as Eleições Autárquicas. E morria João Antunes Varela, aos 86 anos, advogado, professor universitário, antigo ministro da Justiça (1954-67). Em 2006, morria Fausto Caniceiro da Costa, 92 anos, poeta popular e humorista da Figueira da Foz, enquanto em 2007 morria o antigo treinador Rodrigues Dias, campeão nacional de futebol ao comando do Sporting na época de 1979/1980, aos 82 anos. O técnico, que ao serviço dos "leões" venceu ainda a Taça de Portugal de 1977/78, orientou jogadores como Inácio, Jordão, Manuel Fernandes e Artur Correia, numa carreira em que também passou pelo Vitória Setúbal, Beira-Mar, Sintrense ou Varzim.

 

(Ramalho Ortigão)
 



publicado por Jorge Ferreira às 17:03 | link do post | comentar

Hoje é Sábado, 27 de Setembro, ducentésimo septuagésimo primeiro dia do ano, Dia Mundial do Turismo. Faltam 95 dias para o final de 2008. O dia é dedicado a S. Vicente de Paulo, Presbítero, e aos 17 Beatos Mártires Irlandeses. A Lua encaminha-se para a Fase Nova. Lua Nova, dia 29 às 09:12. O Sol nasce às 07:29 e o ocaso regista-se às 19:25. No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 03:40 e 15:57, a baixa-mar, às 09:27 e 21:54. Os nascidos nesta data pertencem ao signo Balança, destacando-se o patriota e estadista norte-americano Samuel Adams (1722) e o actor Shaun Cassidy (1958). Em 1917, morria o pintor francês Edgar Degas e, em 1921, o compositor Engelbert Humperdinck.
 



publicado por Jorge Ferreira às 17:01 | link do post | comentar

Sexta-feira, 26 de Setembro de 2008

Ora ponha aqui, ora ponha aqui, o nome do seu deputado. Em 200, só 16 conseguiram. Foi em Braga que aconteceu, mas temo que o fenómeno seja generalizado. O sistema eleitoral está em causa.

 

(publicado no Camara de Comuns)



publicado por Jorge Ferreira às 22:19 | link do post | comentar

Há dias o Rádio Clube Português conseguiu surpreender-me. Telefonaram-me a meio da tarde, afundava-me eu algures num processo, com o objectivo de responder a umas perguntinhas. Estranhei o interesse e perguntei qual era o asssunto. Que estavam a fazer uns trabalhos sobre o que pessoas que estiveram na política activa estavam agora a fazer, explicou-me o simpático jornalista. Acedi. Foi aí que tomei verdadeira consciencia que faço imensa coisa. Inevitavelmente começaram pelo CDS e se se tinha tratado de uma desilusão. Respondi pela centésima vez que não tinha sido desilusão mas divergência. Perguntaram-me também sobre se não era difícil um partido novo ter sucesso em Portugal. Concordei. Dificílimo, senão imposssível. O sistema de partidos vigente blindou qualquer hipótese, A não ser que seja um partido novo amestrado, daqueles que os partidos do sistema fazem por encomenda para o que der e vier. Anda um desses por aí.



publicado por Jorge Ferreira às 21:56 | link do post | comentar

McCain decidiu ir ao debate com Obama. Por muito desfavorável que seja o momento económico, a verdade é que não ir, o efeito da cadeira vazia, seria eleitoralmente mortífero para o candidato republicano.


tags:

publicado por Jorge Ferreira às 18:54 | link do post | comentar

A ministra da Educação, Maria de Lurdes Rodrigues, afirmou esta semana, que um dos objectivos da sua equipa é alcançar nos próximos anos cem por cento de aprovações no final do nono ano de escolaridade. "Não é uma utopia. Se outros países da Europa com os quais nos comparamos o fazem, Portugal também o pode fazer", disse a ministra. E garantiu, para o que der e vier, que Portugal começa a reunir todas as condições para alcançar a meta dos cem por cento de aprovações no final do ensino básico.

 

Isto significa que a ministra sabe que chegará o dia em que a patranha ministerial conseguirá passar todos os alunos do 9º ano. Os que devem e os que não devem. Os que têm merecimento e os que não têm. Os que sabem e os que não sabem. Todos.

 

Um Estado nunca foi, não é nem deveria ser sequer, ideologicamente neutro. Um Estado democrático, como Portugal se orgulha de ser, tem a obrigação de defender um conjunto de valores que os portugueses, enquanto comunidade, defendem.

 

A liberdade, a igualdade de oportunidades, a defesa dos direitos das minorias são alguns desses valores que, aliás, nos distinguem doutros países, como por exemplo a Venezuela, como por exemplo Angola. É por isto que o Estado português é, aliás, tão criticado. Porque defende deficientemente estes valores na actuação quotidiana dos seus órgãos e das decisões que tomam.

 

Esta nova meta do Governo, este objectivo de passar todos os alunos porque sim, é algo de perturbador, mas sobretudo de muito errado e perigoso. Para o Governo temos de ser todos iguais até aos 14 anos. Até à idade natural de completar o 9º ano de escolaridade todos os jovens de 14 anos passarão a sair de uma estranha linha de montagem que, se necessário, incluirá, como já sucede hoje, passagens administrativas, passagens falsas, determinadas por Despachos do tenebroso ministério da Educação, que a todos enganam, menos aos fabricantes de estatísticas baratas do pseudo-sucesso.

 

As pessoas, que deveriam ser o centro de toda e qualquer política de educação, são secundarizadas por motivos de mera ordem estatística. A explicação da Ministra chega a raiar o absurdo, defendendo-se com a necessidade de imitar o que é feito nalguns países europeus. Como se tenhamos de engolir tudo o que é feito nos outros países europeus, só porque é feito nos outros países europeus. Há muita coisa que os outros países europeus fazem que eu não quero que se faça em Portugal. Este provincianismo de jornal de copiar tudo o que se faz nos outros países europeus é absolutamente primário.

 

Se não fosse trágico até seria cómico.

 

Esta política de educação de chip retira da equação educativa valores como o estudo, o mérito, o sacrifício e o trabalho, baixando assim os critérios de avaliação, tudo em nome da sacrossanta igualdade abstracta e da perfeição estatística.

 

A História mostra-nos que a procura utópica da igualdade não tem dado os melhores resultados...

 

Sintomaticamente, estas declarações surgiram exactamente no momento em que o mesmo Governo decidiu inventar que um determinado computador era português e o distribui aos milhares pelas escolas, com uma câmara da RTP a tira-colo, a reproduzir as falsidades que os governantes decidiram impingir ao país sobre o Magalhães.

 

Até hoje, eu era da oposição ao Governo porque discordava dele. A partir de agora, sou da oposição ao Governo porque não só discordo dele, como porque o passei a achar extremamente perigoso.

(publicado na edição de hoje do Semanário)



publicado por Jorge Ferreira às 10:57 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Em 1907, a Nova Zelândia ascendia à autonomia no âmbito da Comunidade Britânica. Em 1928, o Pacto da Sociedade das Nações era assinado por 23 países e, em 1950, forças das Nações Unidas recapturavam Seul, capital da Coreia do Sul. Em 1960, o primeiro debate entre candidatos à presidência dos EUA, transmitido pela televisão, opunha John F. Kennedy a Richard Nixon. Em 1962, um grupo de oficiais derrubava o Presidente Iamn Mohammed, do Iémen do Norte, proclamando a República Árabe do Iémen. Em 1968, Marcello Caetano substituía Oliveira Salazar na Presidência de Conselho de Ministros. Em 1989, um avião, que transportava os deputados portugueses João Soares, Nogueira de Brito e Rui Gomes da Silva, despenhava-se na Jamba, Angola. Em 1990, morria o escritor italiano Alberto Moravia, com 82 anos. Em 1992, o cantor norte-americano Michael Jackson dava um concerto no estádio José Alvalade, em Lisboa. Em 1993, era lançado para o espaço, a partir da base de Kourou, na Guiana Francesa, o primeiro satélite português, o Posat I. Em 1995, em Palermo, começava o julgamento do antigo primeiro-ministro italiano Giulio Andreotti, acusado de ligações à máfia. Em 1997, um tribunal italiano condenava o "padrinho" da máfia Toto Riina a penas de prisão perpétua, pelo assassínio do juiz Giovanni Falcone, em Maio de 1992. Em 2001, morria o actor e produtor brasileiro Walter Avancini, 66 anos. Em 2007, morria Joaquim Magalhães Mota, um dos três fundadores do PSD, no Hospital da Luz, Lisboa, vítima de doença prolongada.

 

(Magalhães Mota, Francisco Sá Carneiro e Francisco Pinto Balsemão)

 



publicado por Jorge Ferreira às 10:50 | link do post | comentar

Hoje é Sexta-feira, 26 de Setembro, ducentésimo septuagésimo dia do ano, Dia Europeu das Línguas e Dia Mundial da Contracepção. Faltam 96 dias para o final de 2008. O dia é dedicado a Sta. Maria Vitória Teresa Couderc, Religiosa, e ao Beato Gaspar Stanggassinger, Religioso. A Lua encaminha-se para a Fase Nova. Lua Nova, dia 29 às 09:12. O Sol nasce às 07:28 e o ocaso regista-se às 19:27. No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 02:54 e 15:11, a baixa-mar, às 08:42 e 21:15. Os nascidos nesta data pertencem ao signo Balança, destacando-se o poeta inglês, de origem norte-americana, T. S. Eliot (1888), o filósofo alemão Martin Heidegger (1889), o Papa Paulo VI (1897) e o compositor norte-americano George Gershwin (1898). Em 1868 morria o matématico e astrónomo alemão August Ferdinand Mobius e, em 1991, o compositor e trompetista de jazz Miles Davis.
 



publicado por Jorge Ferreira às 10:49 | link do post | comentar

Dantes era só a Lua que tinha fases. Agora, além da Lua, também a política tem fases. Ultimamente todos parecem ter descoberto em Aveiro que as empresas municipais devem ser extintas. Esta semana, foi Alberto Souto, antigo Presidente da Câmara socialista que veio defender a extinção da EMA.

 

Parece ser um sinal dos tempos. Há políticos que descobrem, sempre depois de terem estado anos a fio no poder e, como diz o povo, com a faca e com o queijo na mão, que é preciso mudar de vida. Ontem, foi Marques Mendes que lançou um livro a dizer isso mesmo. E até explica como. Apresenta uma série de medidas para mudar a tal vida.

 

Será um fenómeno de arrependimento? Será uma espécie de amnésia? Será apenas uma tentativa de sobrevivência no espaço mediático para o que der e vier?

 

Na economia e nas finanças passa-se o mesmo. É ver todos os antigos ministros das Finanças em debates e conferencias a explicar depois como se deve fazer, depois de antes não terem feito.

 

O que é facto é que quando se discute a responsabilidade pela situação em que o país se encontra as pessoas não devem esquecer a sua própria quota-parte. Estes políticos que só têm ideias claras e certas depois de sair do poder foram lá parar porque alguém votou neles e não por obra e graça do Espírito Santo.

 

Evidentemente que é mais fácil dizer que a culpa é dos políticos. Mas é mentira. A culpa é de todos nós. Desde logo, porque a todos compete uma parte na mudança de vida. E mudar de vida começa por ser, desde logo, não dar atenção a quem só resolve os problemas depois de os ter podido resolver sem o ter feito.

 

Quem cria empresas municipais e depois vem pedir a sua extinção não mostra ser um político competente. Quem descobre a solução milagrosa dos problemas depois de ter sido anos a fio ministro, secretário de Estado, deputado e líder da oposição, não pode ser levado a sério. Sobretudo, quando essas soluções são exactamente o oposto do que se fez quando se esteve no poder.

 

Concretamente em Aveiro, a questão das empresas municipais já cheira mal. Cheira mal porque cheira a prejuízo. Cheira mal porque cheira a passivo municipal. Cheira mal porque só servem para dar emprego a politiquinhos sem passado nem futuro. E agora cheira mal porque todos dizem que não as querem mas ninguém é capaz de extingui-las. Estamos perante um claro exemplo de decisões erradas, quando as criaram e de incapacidade de decisão quando dizem querer extingui-las como é o caso do actual executivo municipal.

 

Entretanto, o tempo passa, o passivo aumenta e tudo fica na mesma. Até ao dia, lá está, em que os cidadãos que votam e escolhem, quiserem.

 

(publicado na edição de hoje do Diário de Aveiro)

(Foto)



publicado por Jorge Ferreira às 01:05 | link do post | comentar

Quinta-feira, 25 de Setembro de 2008

Por estes dias discute-se muito nos jornais e nos debates o papel da regulação e da supervisão bancária quando se descobriu que havia bancos com dinheiro de ilusão. Dinheiro que estava escriturado mas cujas notas representativas nunca existiram o que parece que causou uma crise mundial.

 

Em Portugal devia também discutir-se outra regulação: a da comunicação social. Esta semana ficou a conhecer-se que a Entidade Reguladora para a Comunicação Social, cujos membros, recorde-se, são negociados entre o PS e o PSD e depois votados no Parlamento, teve um comportamento inaceitável numa democracia digna desse nome.

 

Por detrás da questão estão as notícias sobre a licenciatura de José Sócrates e as pressões que Sócrates e os seus assessores fizeram na altura sobre os jornalistas para as notícias não saírem. A ERC tentou durante nove meses evitar entregar ao Expresso e, consequentemente evitar a divulgação do processo que promoveu sobre essas pressões, mesmo em desrespeito de decisões de outra entidade da mesma natureza, a CADA.

 

Qual o móbil da ERC para violar tão flagrantemente a lei? Proteger Sócrates? Com que autoridade pretende doravante “assegurar o direito à informação e o livre exercício da liberdade de imprensa”, como lhe atribui a lei? A verdade é que a ERC deixou de ser uma instância de regulação, tendo-se tornado ela própria num lamentável agente desregulador. Não lhe peçam que regule o que quer que seja, porque já não pode. Muito menos a comunicação social. 

 

(publicado na edição de hoje do Democracia Liberal)

 



publicado por Jorge Ferreira às 22:43 | link do post | comentar

A segurança alimentar é hoje um dos principais pilares de uma política de segurança global dos cidadãos. As ameaças diversificaram-se muito. Já não é só o carteirista, o carjacker, o atirador ou o sequestrador. É a perturbação da cadeia alimentar, por exemplo. Ora, apesar de se ligar pouco por cá a estas coisas, descobre-se agora, através dos chineses, que não é necessário esperar por uma acção terrorista de grande calibre da Al Qaeda para termos todos a segurança alimentar e, por arrasto, física, em risco. E aqui, têm falhado as instituições. Basta ir a um supermercado. Qualquer.



publicado por Jorge Ferreira às 19:52 | link do post | comentar

Sócrates diz que não fez experimentalismo social com a lei do divórcio. O problema é que fez e não foi só só com essa, foi com muitas outras. Olhe só para o experimentalismo fiscal, olhe lá o experimentalismo educativo. Francamente. Já está na altura de ter um pouco de lata. Pelo menos isso, já que outras coisas mais exigíveis, porventura, já todos percebemos que não terá.



publicado por Jorge Ferreira às 16:41 | link do post | comentar

Alguém sabe do paradeiro do tabú de Sócrates? Alguém se lembra do tabú de Sócrates? Não? Então é porque não era tabú.



publicado por Jorge Ferreira às 16:02 | link do post | comentar

Da Manipulação, por Gabriel Silva, no Blasfémias, sobre a ERC.

O que anda Marianne Mikko a fazer na vida, pelo Leonel Vicente, no Memória Virtual.

Pedro Picoito também está divertido com o PCP, no Cachimbo de Magritte.

Cicum-evolução, por FNV, no Mar Salgado.

Parece que andam todos ao mesmo na CML, pelo João Gonçalves, no Portugal dos Pequeninos.


tags:

publicado por Jorge Ferreira às 15:50 | link do post | comentar

O PCP vai fazer o seu XVIII Congresso. Até aqui, tudo normal. Mas leio na imprensa que o local escolhido para a realização do evento foi, adivinhem, o Campo Pequeno! Não pude deixar de rir a bom rir. Em 1975 quiseram meter "a reacção" no Campo Pequeno. Hoje, vão para lá eles. As voltas que a vida dá. Será, pois, no Campo Pequeno que se ouvirão os actualizados comunistas portugueses debater "a traição de altos responsáveis do Partido e do Estado" que conduziu à derrota da URSS, como se escreve nas Teses do Congresso. Eis uma forma de ver o problema que nunca tinha ocorrido a ninguém.


tags:

publicado por Jorge Ferreira às 11:18 | link do post | comentar | ver comentários (2)

Para a entrada redonda 3500, haveria de seleccionar uma coisa redonda. José Saramago, quem mais podia ser, agora mesmo, em conversa com Sandra Braga Fernandes do Rádio Clube Português:

 

(o Nobel) - ... o bolígrafo... como é que vocês dizem aí?

(a jornalista) - caneta.

 

Fixe.



publicado por Jorge Ferreira às 11:13 | link do post | comentar

O Ministério da Tecnologia, Ciência e Ensino Superior sabe, pelo menos desde 3 de Setembro, que os certificados de equivalência ao 12.º que foram recebidos dos serviços do Ministério da Educação, referentes a alunos de alguns currículos estrangeiros, foram calculados de forma ilegal. Isto, por se basearem numa proposta de lei que não estava, e não está, em vigor. Mesmo assim, aceitou-os e valorizou-os em conformidade. Neste Portugal arbitrário de Sócrates haverá ainda alguma coisa que tenha a verdadeira capacidade de nos espantar?



publicado por Jorge Ferreira às 11:01 | link do post | comentar | ver comentários (1)

José Mourinho, treinador de futebol nascido em Portugal, conseguiu mais um feito extraordinário: completou 100 jogos sem perder em casa passando por três equipas: Porto, Chelsea e Inter de Milão. O homem está cheio de azar. Por este andar nunca mais há-de chegar o dia em que o pessoal goste dele.



publicado por Jorge Ferreira às 10:54 | link do post | comentar

Em 1690, era publicado, em Boston, o primeiro jornal das colónias britânicas na América do Norte. Chamava-se "Ocorrências Públicas, tanto Estrangeiras como Domésticas". Em 1864, era fundada, em Londres, a Associação Internacional de Trabalhadores. Em 1933, era criado, em Portugal, o Secretariado da Propaganda Nacional, que posteriormente adoptaria o nome de Secretariado Nacional de Informação. Em 1964, em Moçambique, o comité central do Movimento de Libertação Frelimo proclamava a insurreição geral do povo moçambicano contra Portugal. Começava a guerra no território. Em 1983, um incêndio, de origem criminosa, destruía a Sé Catedral de Angra do Heroísmo. Em 1985, o Instituto de Sismologia, Vulcanologia, Meteorologia e Hidrologia da Guatemala revelava que o sismo que abalara o México, dias antes, atingira potência de 15 bombas atómicas como a lançada em Hiroshima. Em 2003, morriam José Manuel Casqueiro, com 59 anos, ex-secretário-geral da Confederação dos Agricultores Portugueses, e Franco Modigliani, de 85 anos, Prémio Nobel de Economia. Amina Lawal, condenada à morte por adultério, era absolvida por um tribunal islâmico de recurso, na Nigéria. Em 2004, José Sócrates era eleito secretário-geral do PS com 80,07% dos votos dos militantes socialistas. Em 2005, as eleições na Polónia tinham uma abstenção superior a 41%, permitindo a vitória dos ultra-conservadores. No mesmo dia, o piloto espanhol Fernando Alonzo, 24 anos, sagrava-se campeão mundial de Fórmula 1, e morria Don Adams, aos 82 anos, actor norte-americano, o Agente 86 de Olho Vivo (Get Smart), vencedor de três Emmy. Em 2006, Bento XVI recebia os embaixadores de países muçulmanos junto da Santa Sé, no âmbito da ofensiva diplomática que visava atenuar a polémica suscitada pelas suas declarações sobre o Islão em Ratisbona, a 12 de Setembro. Em 2007, o maior protesto em 20 anos na Birmânia contra a Junta Militar, no poder, juntava 300 mil pessoas, o que fez com que a mesma Junta Militar impusesse um recolher obrigatório a Rangoon, que foi declarada "cidade de acesso restrito", após diversas manifestações de monges budistas contra o regime.

(Amina Lawal)
 



publicado por Jorge Ferreira às 10:20 | link do post | comentar

Hoje é Quinta-feira, 25 de Setembro, ducentésimo sexagésimo nono dia do ano. Faltam 97 dias para o final de 2008. O dia é dedicado a S. Firmino I, Mártir, e ao Beato João Baptista Mazzuconi, Presbítero. A Lua encaminha-se para a Fase Nova. Lua Nova, dia 29 às 09:12. O Sol nasce às 07:27 e o ocaso regista-se às 19:29. No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 01:56 e 14:17, a baixa-mar às 07:46 e 20:27. Os nascidos nesta data pertencem ao signo Balança, destacando-se o escritor norte-americano Nobel da Literatura William Faulkner (1897), o pintor de origem russa Mark Rothko (1903), o compositor soviético Dimitri Shostakovich (1906) e o pianista e compositor canadiano Glenn Gould (1932). Em 1999, morria a escritora Marion Zimmer Bradley e, em 2002, o músico cabo-verdiano, Luís Morais, 67 anos.
 



publicado por Jorge Ferreira às 10:19 | link do post | comentar

Quarta-feira, 24 de Setembro de 2008

A discussão da alteração à lei para permitir o casamento entre homossexuais não está nos planos de José Sócrates, que hoje, durante o debate quinzenal na Assembleia da República, explicou que esta é uma questão que não está na agenda política, nem do Governo nem do PS. Este assunto incomoda sobremaneira o PS. O PS quer fracturas mas devagarinho. Nesta legislatura promoveu a fractura do aborto. Na próxima (credo!), se tiver os votos para isso, promoverá a do casamento dos homossexuais. Agora não, que tirava votos do eleitorado conservador. Para Sócrates é só isso que está em causa. A fractura rende votos? Faz-se. Não rende? Não se faz. Bem podem esbracejar as margens. É espantoso o papel absolutamente inexistente que o CDS e o PSD têm desempenhado nesta matéria. A alegada direita, até agora meteu o rabinho entre as pernas nesta discussão, isto é, fugiu dela. Em todo o caso falta votar no dia 10 de Outubro. E acho que por aí, ainda poderão haver algumas notícias.
 



publicado por Jorge Ferreira às 18:02 | link do post | comentar | ver comentários (1)

"O que pensam os cidadãos sobre a corrupção? Que avaliações fazem do combate à corrupção e do seu próprio desempenho nessa luta? Quais os factores que fazem aumentar ou diminuir as percepções de corrupção? Qual o impacto da educação nas percepções dos indivíduos sobre corrupção? Qual o grau de importância da corrupção em relação a outros temas?

 

Estas são algumas das questões tratadas por cinco investigadores universitários a partir das respostas dos portugueses no âmbito de um trabalho científico de longo fôlego, financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia, denominado de “Corrupção e Ética em Democracia: O Caso de Portugal”.

 

A análise de um dos mais importantes fenómenos da actualidade, ilustrada com exemplos e resultados de estudos nacionais e internacionais, inclui ainda uma reflexão sobre o papel e os efeitos dos Media no combate à corrupção.

 

Os portugueses condenam a corrupção enquanto suborno ou extorsão, mas toleram as suas manifestações mais cinzentas. Somos o país do ‘puxar os cordelinhos’?

 

" Corrupção e os Portugueses - Atitudes, Práticas e Valores"
Autor: Luís de Sousa e João Triães (Participação de António Pedro Dores, Carlos Jalali e José M. Magone) . O livro, editado pela
RCP Edições, é lançado no próximo dia 16 de Outubro, pelas 15.30h., no Auditório Afonso de Barros, (Ala Autónoma), com apresentação de Maria José Morgado.



publicado por Jorge Ferreira às 16:21 | link do post | comentar

Em 1789 morria o jurista português Pascoal de Melo. Em 1834, morria D. Pedro IV, Rei de Portugal e primeiro Imperador do Brasil. Em 1835, a França anexava a Nova Caledónia. Em 1869 gerava-se o pânico em Wall Street, com a especulação sobre o preço do ouro. Em 1973, na Guiné, sob administração portuguesa, a Assembleia Nacional Popular, eleita em 1972, reunia-se em Madina do Boé, território libertado, proclamando a independência da Guiné-Bissau. Luís Cabral era eleito Presidente do Conselho de Estado. A independência foi reconhecida pela ONU. Em 1980, tropas iraquianas atravessaram a fronteira do Irão e destruíram a maior refinaria do mundo, em Abadan. Em 1984, morria o poeta francês Pierre Emmanuel, 69 anos. Em 1985, a polícia de Los Angeles tornava público o relatório sobre a morte de Marilyn Monroe, confirmando o suicídio. Em 1987 morria o cineasta e coreógrafo norte-americano Bob Fosse, 60 anos. Em 2000, as eleições presidenciais na República Federativa da Jugoslávia davam a vitória a Vojislav Kostunica. Em 2002, uma equipa de mergulhadores detectava uma brecha de 150 metros no túnel do Metro, no Terreiro do Paço, em Lisboa. Em 2004, desaparecia Françoise Sagan, pseudónimo da escritora francesa Françoise Quoirez, 69 anos, autora de "Bom-dia Tristeza".



publicado por Jorge Ferreira às 13:53 | link do post | comentar

Hoje é Quarta-feira, 24 de Setembro, ducentésimo sexagésimo oitavo dia do ano. Faltam 98 dias para o final de 2008. O dia é dedicado a N. Srª das Mercês. A Lua encaminha-se para a Fase Nova. Lua Nova, dia 29 às 09:12. O Sol nasce às 07:26 e o ocaso regista-se às 19:30. No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 00:34 e 13:06, a baixa-mar, às 06:25 e 19:24. Os nascidos nesta data pertencem ao signo Balança, destacando-se o escritor norte-americano Scott Fitzgerald (1896), o actor e cantor britânico Antony Newley (1931) e o produtor britânico Jim Henson (1936), criador de Os Marretas.
 



publicado por Jorge Ferreira às 13:45 | link do post | comentar

Terça-feira, 23 de Setembro de 2008

Pôr onze membros do Governo a distribuir computadores pelas escolas, como se distribuem bananas a macacos é pura e simplesmente obsceno. O Governo perdeu o senso. A RTP fazer o que fez com isso mostra-nos que o serviço público está possuído pelo espírito venezuelano.



publicado por Jorge Ferreira às 20:22 | link do post | comentar | ver comentários (1)

A ministra da Educação, Maria de Lurdes Rodrigues, afirmou ontem, em Lousada, que um dos objectivos da sua equipa é alcançar nos próximos anos cem por cento de aprovações no final do nono ano de escolaridade. É fácil: faça-se um Despacho a determinar que passe toda a gente. País de sábios este...



publicado por Jorge Ferreira às 10:12 | link do post | comentar

Nunca desistir. Atacar sempre. Quando se marca muito é mais difícil perder. Mas, por favor, vejam lá se não são todos os jogos assim. O coração não aguenta.


tags:

publicado por Jorge Ferreira às 07:31 | link do post | comentar

Em 1822, D. João VI jurava a Constituição que instituía a Monarquia Constitucional. Em 1835, morria o compositor italiano Vincenzo Bellini, autor de "Norma" e "La Sonnambula". Em 1846, era descoberto o planeta Neptuno. Em 1868, o Porto Rico declarava a independência. Em 1875, William Boney, "Billy the Kid", era preso pela primeira vez. Em 1913, Roland Garros, piloto francês, era o primeiro homem a efectuar a travessia aérea do Mediterrâneo. Em 1919 era fundado o clube desportivo Os Belenenses, em Lisboa. Em 1932, fundava-se a Arábia Saudita, com a unificação dos reinos de Nejd e Hejaz. Em 1933, em Portugal, António do Oliveira Salazar promulgava o Estatuto do Trabalho Nacional, acompanhado de legislação que previa a abertura das Casas do Povo e a constituição de Grémios e Sindicatos corporativos. Em 1939, morria Sigmund Freud, fundador da Psicanálise. Em 1941, começavam as execuções a gás, no campo de extermínio nazi de Auschwitz. Em 1973, doze dias após o golpe militar de 11 de Setembro, morria o poeta chileno, Nobel da Literatura, Pablo Neruda. Em 1983, tinha lugar, em Boston, o enterro do cardeal açoriano Humberto de Medeiros, chefe da terceira maior Diocese dos EUA. Em 1988, a atleta portuguesa Rosa Mota, Campeã Mundial da maratona, conquistava o título olímpico da modalidade, nos Jogos de Seul. Em 1990, Saddam Hussein ameaçava destruir Israel. Em 1996, morria a escultora Dorita Castel-Branco, 60 anos, na véspera de receber o Prémio Edinfor de Escultura. Em 2002, a Bélgica legalizava a eutanásia para doentes terminais sem cura. Em 2006, morria Malcolm Arnold, 84 anos, compositor britânico, Óscar pela música original do filme "A Ponte do Rio Kwai". Em 2007, cerca de 20.000 pessoas, entre civis e monges, manifestavam-se em Rangum, a maior cidade da Birmânia, em apoio à líder da oposição Aung San Suu Kyi, acentuando a pressão sobre a Junta Militar no poder. Morria o mímico francês Marcel Marceau, conhecido em particular pelo seu personagem Bip, inspirado em Charlie Chaplin, aos 84 anos. Marcel Marceau actuou em Portugal, pela última vez, em 2003, ano em que anunciou o abandono dos palcos, após mais de 13 mil actuações.

(Foto)



publicado por Jorge Ferreira às 07:25 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Hoje é Terça-feira, 23 de Setembro, ducentésimo sexagésimo sétimo dia do ano. Faltam 99 dias para o final de 2008. Odia é dedicado a S. Lino, Papa, Mártir, e a Sta. Tecla, Virgem. A Lua encaminha-se para a Fase Nova. Lua Nova, dia 29 às 09:12. O Sol nasce às 07:26 e o ocaso regista-se às 19:32. No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 11:32, a baixa-mar, às 04:41 e às 17:52. Os nascidos nesta data pertencem ao signo Virgem, destacando-se o poeta e escritor inglês John Donne (1572, data provável), o estadista holandês John de Witt (1625), o político italiano Aldo Moro (1896), o actor norte-americano Mickey Rooney (1920), o compositor e saxofonista de jazz norte-americano John Coltrane (1926) e Bruce Springsteen (1949).

 



publicado por Jorge Ferreira às 07:22 | link do post | comentar

Segunda-feira, 22 de Setembro de 2008

Em 1711, forças francesas capturavam a cidade do Rio de Janeiro. Em 1776, os britânicos enforcavam o patriota e herói da guerra da independência dos Estados Unidos Nathan Hale. Em 1792, era proclamada a República Francesa. Em 1862, o presidente norte-americano, Abraham Lincoln, declarava livres todos os escravos (a partir de 1 de Janeiro de 1863). Em 1942, era publicado o primeiro número do vespertino lisboeta Diário Popular. Em 1949, a União Soviética levava a efeito a explosão da sua primeira bomba atómica. Em 1958, a capital portuguesa era abalada por violento sismo. Em 1979, José Eduardo dos Santos assumia a Presidência da República Popular de Angola. Em 1981, o comboio mais rápido do mundo, o TGV efectuava a viagem inaugural, alcançando velocidades da ordem dos 251Km por hora, na ligação ferroviária Paris-Lyon. Em 1989, morria o compositor norte-americano de origem russa Irving Berlin, com 101 anos, autor de êxitos como "God Bless America" e "White Christmas". Em 1996, a Associação Promotora para a Economia de Macau vencia as últimas eleições para a Assembleia Legislativa do território ainda sob administração portuguesa. Na Grécia, o PASOK vencia as legislativas. Em 1997, Pedro Pires, antigo primeiro-ministro de Cabo Verde, era eleito presidente do PAICV. Em 1999, morria o cantor lírico português Luís Piçarra, aos 82 anos. Em 2001, morria Gustavo Soromenho, 93 anos, dirigente histórico socialista.

(Irving Berlin)



publicado por Jorge Ferreira às 10:19 | link do post | comentar

JORGE FERREIRA

tomarpartido@sapo.pt

visitantes em linha

English version by Google
Novembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

2
3
4
5
6
7

8
9

20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30



DESTAQUES




TAMBÉM ESTOU AQUI

Jorge Ferreira

Cria o Teu Crachá

Aveiro
Comunicar a direito
Democracia liberal
Diário de aveiro
Jorge ferreira
O carmo e a trindade
O templário
Terras de mármore
Tv net

O PARTIDO DOS AMIGOS

A cagarra
Alinhavos
Cão com pulgas
Eclético
Faccioso
Ilha da madeira
Fumaças
Mais actual
Meu rumo
Paris
Sobre o tempo que passa
Tubarão


OUTROS PARTIDOS

A arte da fuga
A barbearia do senhor luís
A casa de sarto
A casa dos comuns
A caveira vesga
A caverna obscura
A civilização do espectáculo
A destreza das dúvidas
A educação do meu umbigo
A gota de ran tan plan
A grande alface
A janela do ocaso
A natureza do mal
A origem das espécies
A outra varinha mágica
A regra do jogo
A revolta das palavras
a ritinha
A terceira noite
A textura do texto
A voz do povo
A voz nacional
A voz portalegrense
As escolhas do beijokense
As penas do flamingo
Abrigo de pastora
Abrupto
Às duas por três
Activismo de sofá
Admirável mundo novo
Adufe
Água leve
Água lisa
Alcabrozes
Alianças
Aliança nacional
Almocreve das petas
Apdeites v2
Arcadia
Arde lua
Arpão
Arrastão
Aspirina b
Atuleirus
Avatares de um desejo

Bar do moe, nº 133
Blasfémias
Bem haja
Berra-boi
Bic laranja
Bicho carpinteiro
Binoculista
Bissapa
Blogo social português
Blogotinha
Blogs e política
Blogue de direita
Blogue da sedes
Blogue real associação de lisboa
Blue lounge
Boca de incêndio
Boina frígia
Braga blog
Branco no branco
Busturenga

Cabalas
Café Bar James Dean
Café da insónia
Caixa de petri
Caixa de pregos
Câmara corporativa
Campos da várzea
Canhoto
Carreira da í­ndia
Causa liberal
Causa nossa
Cegos mudos e surdos
Centenário da república
Centurião
Certas divergencias
Chá preto
Charquinho
Cibertúlia
Cinco dias
Classe polí­tica
Clube das repúblicas mortas
Clube dos pensadores
Cobrador da persia
Combustões
Confidências
Congeminações
Contingências
Controversa maresia
Corta-fitas
Crónicas d'escárnio e mal dizer

Da condição humana
Da literatura
Da rússia
Dar à tramela
Dass
De vexa atentamente
Der terrorist
Delito de opinião
Desconcertante
Desesperada esperança
Despertar da mente
Direito de opinião
Do portugal profundo
Dois dedos de prosa e poesia
Dolo eventual
Duas cidades
Duas ou três coisas
2 rosas

É curioso
É tudo gente morta
e-konoklasta
Em 2711
Elba everywhere
Em directo
Encapuzado extrovertido
Entre as brumas da memória
Enzima
Ephemera
Esmaltes e jóias
Esquissos
Estado sentido
Estrago da nação
Estudos sobre o comunismo
Espumadamente
Eternas saudades do futuro

Falta de tempo
Filtragens
Fliscorno
Fôguetabraze
Foram-se os anéis
Fúria dos dias

Gajo dos abraços
Galo verde
Gazeta da restavração
Geometria do abismo
Geração de 80
Geração de 60
Geração rasca
Gonio
Governo sombra

Há normal?!
Herdeiro de aécio?!
Hic et nunc
Hoje há conquilhas, amanhã não sabemos
Homem ao mar

In concreto
Ideal social
Ideias soltas
Ilusão
Império lusitano
Impressões de um boticário de província
Insinuações
Inspector x
Intimista

Jacarandá
Janelar
Jantar das quartas
João Távora
Jornal dos media
José antónio barreiros
José maria martins
Jose vacondeus
Judaic kehillah of portugal - or ahayim
Jugular
Julgamento público

Kontrastes

La force des choses
Ladrões de bicicletas
Largo da memória
Largo das alterações
Latitude 40
Liblog
Lisbon photos
Lobi do chá
Loja de ideias
Lusitana antiga liberdade
Lusofin

Ma-schamba
Macroscópio
Maioria simples
Maquiavel & j.b.
Margem esquerda
Margens de erro
Mar salgado
Mas certamente que sim!
Mau tempo no canil
Memória virtual
Memórias para o futuro
Metafísica do esquecimento
Miguel teixeira
Miniscente
Minoria ruidosa
Minudencias
Miss pearls
Moengas
Movimento douro litoral
Mundo disparatado
Mundus cultus
My guide to your galaxy

Não há pachorra
Não não e não
Nem tanto ao mar
Neorema
Nocturno
Nortadas
Notas formais
Notícias da aldeia
Nova floresta
Nova frente
Num lugar à direita
Nunca mais

O afilhado
O amor nos tempos da blogosfera
O andarilho
O anónimo
O bico de gás
O bom gigante
O cachimbo de magritte
O condomínio privado
O contradito
O diplomata
O duro das lamentações
O espelho mágico
O estado do tempo
O eu politico
O insubmisso
O insurgente
O islamismo na europa
O jansenista
O jumento
O observador
O país do burro
O país relativo
O pasquim da reacção
O pequeno mundo
O pravda ilhéu
O principe
O privilégio dos caminhos
O profano
O reaccionário
O saudosista
O severo
O sexo dos anjos
O sinaleiro da areaosa
O tempo das cerejas
O universo é uma casca de noz
Os convencidos da vida
Os veencidos da vida
Obrigado sá pinto
Oceano das palavras
Office lounging
Outra Margem
Outubro

Palavra aberta
Palavrussaurus rex
Pangeia
Papa myzena
Patriotas.info
Pau para toda a obra
Pedra aguda
Pedro_nunes_no_mundo
Pedro rolo duarte
Pedro santana lopes
Pena e espada
Perguntar não ofende
Planetas politik
Planí­cie heróica
Playbekx
Pleitos, apostilas e comentários
Politeia
Política pura e dura
Polí­tica xix
Polí­tica de choque
Politicazinha
Politikae
Polvorosa
Porcausasemodivelas
Porto das pipas
Portugal dos pequeninos
Por tu graal
Povo de bahá
Praça da república em beja
Publicista

Quarta república

Registo civil
Relações internacionais
Retalhos de edith
Retórica
Retorno
Reverentia
Revisões
Ricardo.pt
Risco contínuo
Road book
Rua da judiaria

Salvaterra é fixe
Sem filtro
Sempre a produzir
Sentidos da vida
Serra mãe
Sete vidas como os gatos
Small brother
Sociedade aberta
Sociologando
Sorumbático
Sou contra a corrente
Super flumina

Táxi
Tempo político
Tenho dito
Teorias da cidade
Tese & antítese
Tesourinhos deprimentes
There is a light never goes out
Tirem-me daqui
Tralapraki
Transcendente
Tribuna
31 da armada
Tristeza sob investigação
Triunfo da razão
Trova do vento que passa

Último reduto
Um por todos todos por um

Vale a pena lutar
Vasco campilho
Velocidade de cruzeiro
Viagens no meu sofá
Vida das coisas
Vento sueste
Voz do deserto

Welcome to elsinore

Xatoo

Zarp blog

PARTIDOS DOS ALUNOS

Ao sul
As cobaias
Fados e companhia
O cheiro de santarém pela manhã
Platonismo político
Projecto comunicar

PARTIDOS DE ABRANTES

Abranteimas
Rua da sardinha
Torre de menagem

PARTIDOS DO ALGARVE

Mons cicus
Olhão livre
Tavira tem futuro
The best of lagos

PARTIDOS DE AVEIRO

A ilusão da visão
Academia de aveiro
Actas diárias
Amor e ócio
Arestália
Aveiro sempre
Bancada directa
Bancada norte
Blog de sergio loureiro
Botanabateira
Código da vivencia
Cogir
Debaixo dos arcos
Desporto aveiro
Divas e contrabaixos
Estados gerais
Forum azeméis
Já agora
Margem esquerda
Neo-liberalismo
Nós e os outros
Notas de aveiro
Notícias da aldeia
Noticias de ovar
Painéis de aveiro
Pontos soltos
Portal do beira-mar
4linhas
Quotidiano da miséria
7 meses
The sarcastic way
Visto de fora
Vouga

PARTIDOS DE OEIRAS

À rédea solta
Escrever sobre porto salvo
Eu sou o poli­ticopata
Oeiras local
Rememorar oeiras

PARTIDOS DE TOMAR

Alcatruzes da roda
Algures aqui
À descoberta de tomar
Charneca da peralva
Nabantia
Olalhas
Os cavaleiros guardiões de sta. maria do olival
Sondagem tomar
Tomar
Thomar vrbe
Tomar, a cidade
Tomar a dianteira
Vamos por aqui

PARTIDOS DE VILA VIÇOSA

A interpretação do tempo
Infocalipo
O restaurador da independencia
Tasca real

PARTIDOS POÉTICOS

Arrimar
Corte na aldeia
Forja de palavras
Linha de cabotagem (III)
Nimbypolis
O melhor amigo
Ofí­cio diário
Orgasmos dos sentidos

PARTIDOS DAS ÁGUIAS

A águia
A ilíada benfiquista
A mística benfiquista
Amo-te, benfica
Anti-anti-benfica
Benfiquistas desde pequeninos
Calcio rosso
Chama imensa
Diário de um adepto benfiquista
E isso me envaidece
E pluribus unum
Encarnados
Encarnado oriental
Encarnado e branco
Eterno benfica
Football dependent
Gloriosa fúria vermelha
Glorioso jornal
Gordo vai à baliza
Javardos benfiquistas
loucos pelo slb
Mágico slb
Mar vermelho
Memória gloriosa
Não se mencione o excremento
Novo benfica
O antitripa
O inferno da luz
O grémio benfiquista
Os nossos queridos jornalistas desportivos
País de corruptos
Quero a verdade
Ser benfiquista
Slbenfica - forever champions
Slblog
Tertúlia benfiquista
Um zero (1-0) basta
Vermelhovzky
Vedeta da bola
Vedeta ou marreta?
Velho estilo ultras
Vermelho à moda do porto

PARTIDOS DA BOLA

Cromo dos cromos

PARTIDOS DO DIREITO

Ab surdus
Assembleia de comarca
Blog de informação
Blog do dip
Cartilha jurídica
Cum grano salis
Direito na sociedade da informação
Dizpositivo
Elsa
Incursões
Iuris
Leituras oficiosas
Legalidade
Lex turistica nova
Mens agit molem
Notas constitucionais
O meu monte
Patologia social
Piti blawg
Ré em causa própria
Reforma da justiça
Rumo do direito
Santerna
Suo tempore
Trepalium
Urbaniuris
Vexata quaestio

PARTIDOS DA VIDA

Açores pelo não
Alentejo pelo não
(Des)conversas em família
Direito a viver
Évora pelo não
Fiat lux
Impensável
Jornal da família
Nebulado
Pela vida
Pelo não
Quero viver
Razões do não
Sinto a vida
Sou a favor da vida

PARTIDOS DA ARGENTINA

El opinador compulsivo

PARTIDOS DO BRASIL

Ação humana
Cronicas do joel
Depósito do maia

PARTIDOS DE ITÁLIA

Importanza dele parole

PARTIDOS DOS LIVROS

Blog do espaço de memória e do pátio das letras
D'outro tempo
Lerblog
Mundo pessoa

PARTIDOS DAS REVISTAS

Alameda digital
Leonardo, revista de filosofia portuguesa

PARTIDOS DA TAUROMAQUIA

Lides alentejanas
Toiradas

PARTIDOS DOS BLOGUES

aniversários de blogues
Blog do dia dn
Blogpatrol
Blogpulse
Blogsearch
Blogservatório
Blogs em lí­ngua portuguesa
Moblig
Orochi's blog
Sapo blogs
Technorati
Weblog

PARTIDOS DA POLÍTICA

Bloco de esquerda
Centro democrático social
Os verdes
Partido comunista português
Nova democracia
Partido social-democrata
Partido socialista


PARTIDOS DOS JOGOS OLÍMPICOS

Atenas 2004
Pequim 2008
Comité olí­mpico internacional
Comité olí­mpico de portugal

PARTIDOS DOS JORNALISTAS

a capital
Jornal do diabo
O comércio do porto



TAMBÉM JÁ ESTIVE AQUI
Blogue do não
Câmara de comuns
Eleições 2009
Nova vaga
Novo Rumo
O carmo e a trindade
O eleito
Olissipo
Ota não
Portal lisboa
RCP ONLINE
Semanário
Sportugal
Tomarpartido
ARQUIVOS

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

subscrever feeds
tags

efemérides(867)

borda d'água(850)

blogues(777)

josé sócrates(537)

ps(339)

psd(221)

cavaco silva(199)

pessoal(182)

justiça(180)

educação(150)

comunicação social(139)

política(137)

cds(126)

crise(121)

desporto(120)

cml(116)

futebol(111)

homónimos(110)

benfica(109)

governo(106)

união europeia(105)

corrupção(96)

freeport de alcochete(96)

pcp(93)

legislativas 2009(77)

direito(71)

nova democracia(70)

economia(68)

estado(66)

portugal(66)

livros(62)

aborto(60)

aveiro(60)

ota(59)

impostos(58)

bancos(55)

luís filipe menezes(55)

referendo europeu(54)

bloco de esquerda(51)

madeira(51)

manuela ferreira leite(51)

assembleia da república(50)

tomar(49)

ministério público(48)

europeias 2009(47)

autárquicas 2009(45)

pessoas(45)

tabaco(44)

paulo portas(43)

sindicatos(41)

despesa pública(40)

criminalidade(38)

eua(38)

santana lopes(38)

debate mensal(37)

lisboa(35)

tvnet(35)

farc(33)

mário lino(33)

teixeira dos santos(33)

financiamento partidário(32)

manuel monteiro(32)

marques mendes(30)

polícias(30)

bloco central(29)

partidos políticos(29)

alberto joão jardim(28)

autarquias(28)

orçamento do estado(28)

vital moreira(28)

sociedade(27)

terrorismo(27)

antónio costa(26)

universidade independente(26)

durão barroso(25)

homossexuais(25)

inquéritos parlamentares(25)

irlanda(25)

esquerda(24)

f. c. porto(24)

manuel alegre(24)

carmona rodrigues(23)

desemprego(23)

direita(23)

elites de portugal(23)

natal(23)

referendo(23)

apito dourado(22)

recordar é viver(22)

banco de portugal(21)

combustíveis(21)

música(21)

pinto monteiro(21)

bcp(20)

constituição(20)

liberdade(20)

saúde(19)

augusto santos silva(18)

cia(18)

luís amado(18)

todas as tags