Quinta-feira, 31 de Janeiro de 2008
O indicador de clima económico em Portugal agravou-se em Janeiro pelo segundo mês consecutivo e a confiança dos consumidores degradou-se para valores mínimos de Setembro de 2005, avança o inquérito divulgado hoje pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). Sócrates tem muito que trabalhar e que mudar para reconquistar a credibilidade.


publicado por Jorge Ferreira às 23:18 | link do post | comentar

Os portugueses comemoram pouco e mal. Comemoram pouco porque abandonaram a sua história. Quando comemoram, comemoram mal, à base da comenda, das comissões e dos feriados. Entre nós, as comemorações são normalmente um bom pretexto para a preguiça.

Agrada-me que os monárquicos comemorem o homicídio político do rei D. Carlos. Significa que há gente viva, que não perdeu o sentido das suas convicções. O homicídio como método de luta política chama-se nos nossos dias terrorismo, no que os regicidas terão sido percursores. Tenho para mim que se tratou, não apenas de um crime, como de um acto inútil, já que a monarquia cairia por si.

Essa comemoração permite-me a mim comemorar desde já, a República. Comemorar o princípio democrático fundamental, segundo o qual, a sede do poder é o povo e o mérito e não o sangue e a herança de uma família especial. Aí reside a essência da diferença. E essa deve comemorar-se sempre. Para um republicano como eu, pelo menos.
(publicado na edição de hoje do Democracia Liberal)


publicado por Jorge Ferreira às 21:47 | link do post | comentar

Os ministros passam, Francisco Georges fica.


publicado por Jorge Ferreira às 12:12 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Não temam pelo futuro de Cuba. Está assegurado. O presidente interino Raúl Castro, obteve mais votos que o seu irmão Fidel Castro nas eleições gerais do passado dia 20, ao ser eleito deputado com 99,4 %. Fidel teve 98,3 %. Estes resultados são tanto mais valiosos quanto é certo ter existido enorme concorrência. Líderes assim já não há. Ou por outra, há. Em Cuba, claro.
(via Tomás Vasques)

tags:

publicado por Jorge Ferreira às 10:03 | link do post | comentar | ver comentários (1)

(A revolta republicana do 31 de Janeiro, Gravura publicada na Illustração: revista universal impressa em Paris, 1891, vol. 8)

Em 1606, o conspirador inglês Guy Fawkes era executado em Londres. Em 1891, verificava-se a tentativa de revolta republicana no Porto. Em 1950, o presidente norte-americano Harry Truman aprovava a produção da bomba de hidrogéneo. Em 1958, os EUA lançavam, de Cabo Canaveral, Florida, o primeiro satélite artificial Explorer 1. Em 1988, terminava, na Póvoa de Varzim, o VIII Congresso do CDS, marcado pelo regresso de Diogo Freitas do Amaral à liderança do partido. Em 1989, morria o escritor Fernando Namora, 69 anos, autor de "Retalhos da Vida de Um Médico" e "Rio Triste". Em 2001, um Tribunal escocês condenava a prisão perpétua um dos dois cidadãos líbios acusados do atentado de Lockerbie, em Dezembro de 1988. Em 2003, o apresentador de televisão Carlos Cruz, o pediatra João Ferreira Diniz e o advogado Hugo Marçal eram detidos, para interrogatório, no âmbito das investigações do Processo Casa Pia.



publicado por Jorge Ferreira às 09:54 | link do post | comentar

Hoje é Quinta-feira, 31 de Janeiro, trigésimo primeiro dia do ano. Faltam 335 dias para o final de 2008. Este dia é dedicado a São João Bosco, Confessor. A Lua encaminha-se para a Fase Nova. Lua Nova, dia 07 de Fevereiro, às 03:44. O Sol nasce às 07:44 e o ocaso regista-se às 17:57. No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 09:10 e 21:59 e a baixa-mar às 02:44 e 15:23. Os nascidos nesta data pertencem ao signo Aquário, destacando-se o compositor austríaco Franz Schubert (1797), o romancista norte-americano Norman Mailer (1923), a bailarina russa Ana Pavlova (1885), o compositor norte-americano Philip Glass (1937), o cineasta Derek Jarman (1942) e a actriz Minnie Driver (1970).


publicado por Jorge Ferreira às 09:41 | link do post | comentar

Que é feito desta rapaziada? Não está na altura de, eventualmente, voltarem a dolar?

tags:

publicado por Jorge Ferreira às 00:11 | link do post | comentar

Quarta-feira, 30 de Janeiro de 2008
Casos concretos de discrepâncias (o sistema não gosta que se usem certas palavras), por António Mira, n' O Insubmisso.

tags:

publicado por Jorge Ferreira às 19:57 | link do post | comentar

Luís Filipe Menezes está atrasado. Já devia ter lembrado o país que o PSD remodelou-se primeiro que o Governo. Só vantagens, portanto.


publicado por Jorge Ferreira às 14:46 | link do post | comentar | ver comentários (1)

""Só esses?", perguntavam os deputados socialistas, ao início da tarde, quando se cruzavam com jornalistas nos corredores do Parlamento e tentavam saber as últimas novidades sobre a remodelação. "Sim, só esses", respondiam os jornalistas. A versão oficial, veiculada pelo porta-voz do PS, diz que o Governo sai reforçado depois das mexidas cirúrgicas operadas por Sócrates. Mas, com os microfones desligados, não faltava entre os deputados socialistas quem confessasse a incredulidade perante a "oportunidade perdida" do primeiro-ministro.
Como é que eu, que até sou da oposição, não hei-de ter dúvidas?...


publicado por Jorge Ferreira às 14:42 | link do post | comentar | ver comentários (2)

Nunes Correia, a Isabel Pires de Lima do Ambiente, sobreviveu, ou vai na próxima leva?


publicado por Jorge Ferreira às 13:34 | link do post | comentar

Ainda há 11 ministros, incluindo o Primeiro, do Governo original, que não pediram para sair. O que se passará com eles?

tags: ,

publicado por Jorge Ferreira às 13:28 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Atendendo às suas posições a favor da Ota e agora de Alcochete, pode dizer-se que Luís Filipe Menezes é o Mário Lino da oposição?



publicado por Jorge Ferreira às 13:26 | link do post | comentar

Os blogues que usam e abusam das inserções do You Tube o que gostavam mesmo era de serem televisões?

tags:

publicado por Jorge Ferreira às 13:07 | link do post | comentar

Hoje, em directo, às 21.15 horas, na TVNET, eu e Rui Paulo Figueiredo, para conversar sobre a actualidade. E assunto não fallta. Será corrupção? Será remodelação? Serão os vôos da CIA? O melhor mesmo é ver.

tags:

publicado por Jorge Ferreira às 10:21 | link do post | comentar

Em 1875, era aprovada a Constituição da França. Em 1933, Adolf Hitler era nomeado chanceler da Alemanha, constituindo um governo totalmente integrado por nazis. Em 1948, morria Mahatma Gandhi, em Nova Deli, Índia. Em 1975, tomava posse o Governo de Transição de Angola, constituído por representantes de Portugal e dos três movimentos de libertação nacional, MPLA, UNITA e FNLA. Em 1978, Mário Soares assumia a liderança do II Governo Constitucional, em coligação com o CDS. Em 1979, a minoria branca aprovava a nova constituição da Rodésia que entregou, virtualmente, o controle do país à maioria negra. Em 1980, Otelo Saraiva de Carvalho anunciava o lançamento da Força de Unidade Popular. Em 1989, o automóvel Daimler-Benz, construído na Alemanha em 1939, por encomenda de Himmler, um dos mais próximos colaboradores de Hitler, era localizado na cidade uruguaia de Las Piedras. Em 1993, a TVI iniciava as emissões experimentais. Em 1995, começava o julgamento do processo conhecido por "Timor Gap" (exploração de petróleo pela Austrália no mar de Timor, segundo o acordo com a Indonésia) no Tribunal Internacional da Haia. Em 1996, morria Jerry Siegel, 81 anos, norte-americano criador de "Superman". Em 2002, nascia a Euronext Lisboa após a assinatura do acordo de fusão da Bolsa de Valores de Lisboa e Porto (BVLP) e a Euronext, plataforma bolsista pan-europeia das praças de Paris, Amesterdão e Bruxelas. Na mesma data, morria o antigo jornalista João Carreira Bom, 57 anos, membro das equipas de O Século, da agência ANOP, do Expresso e da revista Sábado. Em 2005, realizavam-se as primeiras eleições multipartidárias no Iraque, em mais de 50 anos.
(Foto)


publicado por Jorge Ferreira às 10:16 | link do post | comentar

Hoje é Quarta-feira, 30 de Janeiro, trigésimo dia do ano. Faltam 336 dias para o final de 2008. Este dia é dedicado a Santa Jacinta de Mariscotti, virgem. A Lua atinge o Quarto Minguante, às 05:03. O Sol nasce às 07:45 e o ocaso regista-se às 17:55. No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 08:06 e 20:44 e a baixa-mar às 01:40 e 14:12. Os nascidos nesta data pertencem ao signo Aquário, destacando-se o filósofo inglês F.H.Bradley (1846), o antigo presidente dos EUA Franklin Roosevelt (1882), o músico de jazz Roy Eldridge (1911), o antigo primeiro-ministro sueco, figura essencial na social-democracia europeia Olof Palme (1927), os actores Gene Hackman (1930) e Vanessa Redgrave (1937) e o músico britânico Phil Collins (1951).


publicado por Jorge Ferreira às 09:57 | link do post | comentar

Terça-feira, 29 de Janeiro de 2008
Sem ser Vitalino Canas, ninguém diz bem da mini-remodelação. Politicamente é, portanto, uma oportunidade perdida para José Sócrates, que não apenas já anda a reboque de Cavaco Silva, Manuel Alegre e mais uns quantos, como revela que o líder do PS está sem poder de iniciativa e capacidade de liderança.


publicado por Jorge Ferreira às 20:26 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Lamento, mas isto é a pior forma de comemorar a República. Republicanamente lamento. Também vão aos cemitérios com a xaranga atrás?


publicado por Jorge Ferreira às 17:38 | link do post | comentar

A remodelação é mini. A remodelação faz-se dentro na pasta que conta. Sócrates não encantou ninguém de fora para dar sangue político novo ao Governo. Talvez não consiga ficar por aqui.


publicado por Jorge Ferreira às 16:34 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Neste Governo parece que toda a gente pede para sair. Sempre por razões pessoais. Campos e Cunha, Freitas do Amaral, Amaral Thomaz, Correia de Campos, Isabel Pires de Lima. Safa! Que estranho Governo este.


publicado por Jorge Ferreira às 16:14 | link do post | comentar

A remodelação do Governo. Verdadeiramente extraordinário é que Mário Lino fica.


publicado por Jorge Ferreira às 15:42 | link do post | comentar

Engraçado: de cada vez que são conhecidos mais dados sobre os vôos da CIA em espaço aéreo nacional, o PS e o Governo, que nunca forneceram esclarecimentos cabais sobre o assunto, dizem tratar-se de dados já conhecidos. O problema é que cada vez há mais dados conhecidos que o Governo tenta cada vez mais esconder. E o Governo nunca deu nenhuns a conhecer. O PSD , o CDS e o PS, estão a ser defendidos pelo PS. No essencial é sempre assim. Mais valia esclarecerem de uma vez o assunto. Primeiro, não sabiam de vôos. Alguém os deu a conhecer. Depois, não sabiam para serviram os vôos. Alguém disse para quê. Agora, não sabem o que ia dentro dos aviões. Alguém esclarecerá. É sempre esta a lógica dos "dados conhecidos".


publicado por Jorge Ferreira às 15:16 | link do post | comentar

Em 1505, morria Frei Miguel Contreiras, confessor da rainha D. Leonor e seu aliado na fundação da Misericórdia de Lisboa. Em 1801, a França e a Espanha impunham um "ultimatum" a Portugal, exigindo o termo da Aliança com a Inglaterra. Em 1825, era fundada a Faculdade de Medicina do Porto. Em 1921, morria o poeta Gomes Leal. Em 1924, era oficializada a Liga dos Combatentes. Em 1945, era lançado o tri-semanário desportivo A Bola. Em 1949, o Reino Unido reconhecia, "de facto", o Estado de Israel. Em 1978, era fundada a União de Esquerda para a Democracia Socialista (UEDS). Em 1985, um delegado do Ministério Público pedia, em Varsóvia, a pena de morte para o capitão da polícia secreta Grzegorz Piotrowski, acusado de ter organizado e dirigido o rapto e assassínio do padre Popieluszko. Em 1993, o presidente norte-americano Bill Clinton anulava a lei que impedia a entrada de homossexuais no exército dos EUA. Em 2004, o actor e encenador Jorge Silva Melo recusava o Prémio Almada para teatro, atribuído pelo Instituto das Artes. Em 2005, um incêndio destruía grande parte dos arquivos do Liceu Camões, em Lisboa. Em 2006, uma vaga de frio provocava a queda de neve em Lisboa, pela primeira vez em 52 anos.


publicado por Jorge Ferreira às 10:47 | link do post | comentar

Hoje é Terça-feira, 29 de Janeiro, vigésimo nono dia do ano. Faltam 337 dias para o final de 2008. Este dia é dedicado à Beata Boleslava Maria Lament. A Lua encontra-se na Fase Minguante. Quarto Minguante, dia 30, às 05:03. O Sol nasce às 07:46 e o ocaso regista-se às 17:54. No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 07:21 e 19:48 e a baixa-mar às 00:53 e 13:21. Os nascidos nesta data pertencem ao signo Aquário, destacando-se o filósofo sueco Emanuel Swedenborg (1688), o autor inglês Thomas Paine (1737), o compositor francês Daniel Auber (1782), o compositor inglês Frederick Delius (1863), os actores norte-americanos W.C.Fields (1880) e John Forsythe (1918), o músico de "blues" Leadbelly (1886), o compositor italiano Luigi Nono (1924), a feminista Germaine Greer (1939), o modelo Pixie (1979) e o músico Johnny Lang (1981).


publicado por Jorge Ferreira às 10:09 | link do post | comentar

É a única coisa que me ocorre dizer à minha amiga Júlia Moura Lopes, que me concedeu o Privilégio do Caminho de um prémio. Ah, deixem-se de coisas, sabe bem de vez em quando.


publicado por Jorge Ferreira às 00:51 | link do post | comentar

Segunda-feira, 28 de Janeiro de 2008
O Sócrates espanhol é melhor que o nosso. Apertado com as eleições, prometeu devolver 400 euros a cada espanhol, devido a impostos entretanto pagos. Os socialistas não brincam em serviço. Quando é preciso até dão dinheiro em troca do voto. Toma lá dá cá. Mas isto prova uma tese liberal: o Estado cobra em impostos mais do que precisa. O problema é que normalmente não devolvem o excedente.


publicado por Jorge Ferreira às 17:34 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Helton, um moço guarda-redes que o F. C. do Porto foi buscar a Leiria, ao que se diz com bastante antecedência relativamente à data da chegada do jogador ao clube ..., deu ontem um frango em Alvalade. Erro. Ele diz que só quem não percebe de futebol é que julga que foi frango. Tem razão. Foi um aviário completo. Pela minha parte já meti a cunha da ordem para ele continuar firme no seu posto nas próximas jornadas.

tags:

publicado por Jorge Ferreira às 17:18 | link do post | comentar

(Pedro, O Grande)
Em 1641, realizavam-se em Portugal as primeiras cortes dos três estados, após a restauração da independência em 1640. Em 1725, morria Pedro "O Grande", Czar da Rússia. Em 1835, realizava-se, na Sé de Lisboa, o primeiro casamento de D.Maria II. Em 1898, morria Capelo Ivens, explorador do continente africano. Em 1924, morria o poeta, escritor e político português Teófilo Braga. Em 1980, Bani-Sadr era eleito presidente da República Islâmica do Irão. Em 1986, 75 segundos após o lançamento, explodia o vaivém espacial norte-americano Challenger, matando os sete tripulantes. Em 1995, o secretário-geral da UGT, Torres Couto, demitia-se das funções, sendo substituído por João Proença. Em 2001, morria o poeta português Egito Gonçalves. Em 2002, morria, em Estocolmo, a escritora sueca Astrid Lindgren, 94 anos, criadora da "Pipi das Meias Altas". Em 2003, o Conselho Superior de Magistratura propunha a introdução na Lei de uma "indemnização punitiva, nos casos de violação de direitos de personalidade cometida através de televisão". Em 2005, o movimento islamista radical Hamas vencia as eleições municipais da Faixa de Gaza.


publicado por Jorge Ferreira às 12:09 | link do post | comentar

Hoje é Segunda-feira, 28 de Janeiro, vigésimo oitavo dia do ano. Faltam 338 dias para o final de 2008. Este dia é dedicado a São Tomás de Aquino, Doutor da Igreja. A Lua encontra-se na Fase Minguante. Quarto Minguante, dia 30, às 05:03. O Sol nasce às 07:47 e o ocaso regista-se às 17:53. No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 06:45 e 19:06 e a baixa-mar às 00:14 e 12:40. Os nascidos nesta data pertencem ao signo Aquário, destacando-se o patriota norte-americano Thomas Paine (1737), o poeta revolucionário cubano José Marti (1853), o pianista polaco Artur Rubinstein (1889), o pintor abstraccionista Jackson Pollock (1912), o explorador britânico Sir Henry Stanley (1841) e o actor norte-americano Alan Alda (1936).


publicado por Jorge Ferreira às 12:05 | link do post | comentar

Domingo, 27 de Janeiro de 2008
Dizer mal do Cardozo parece que "pica" o homem. Pois aqui vai: o Cardozo não joga nada mesmo. Foi caro demais para o que vale. Vá Cardozito, agora no próximo domingo vinga-te de mim, se faz favor. Já hoje, percebi que o Benfica tem o melhor ataque da Superliga, o que é verdadeiramente extraordinário e constatei que o Sporting deixou de ser rival e passou a amigo. Quanto ao resto, pois sim, de acordo, ide para casa. Ah, e já agora uma cunha: já que o meu ídolo, Stepanov, foi arrumado, peço ardentemente que não tirem o Helton nos próximos jogos. Afinal, mais três derrotas chegam-nos perfeitamente.


publicado por Jorge Ferreira às 22:53 | link do post | comentar

Considerando os critérios do presidente da Sociedade Portuguesa de Endocrinologia, tive um domingo desastroso. Nem faltou o assado. Há que aproveitar enquanto é tempo...


publicado por Jorge Ferreira às 22:38 | link do post | comentar

Têm pedido nomes a Marinho Pinto sobre a denúncia alegadamente geral e abstracta que fez da corrupção. Fracos leitores das suas declarações, digo. Procurem bem nas ditas e vão ver que não é difícil encontrá-los. Não se façam de desentendidos. Ei-las:
“Um ministro de um governo recente atribui a concessão de um importante serviço público a uma empresa privada e depois saiu do Governo e assumiu a presidência dessa empresa”;
Em Coimbra, “vendeu-se um edifício público de manhã por 14 milhões de contos a uma empresa privada e às três tarde fez-se a escritura desse mesmo edifício por 19,5 milhões”;
Um “promotor imobiliário que pretendia fazer uma construção numa Reserva Ecológica Nacional” e, após anos de espera, “dois ministros consideraram que o projecto tinha interesse público". "Nesse mesmo dia entraram nos cofres do partido um milhão de euros".
Se não quiserem não mexam uma palha. Mas não deitem areia para os olhos do pessoal.


publicado por Jorge Ferreira às 12:09 | link do post | comentar | ver comentários (3)

(Giuseppe Verdi)
Em 1668, as Cortes de Lisboa nomeavam D.Pedro, irmão de Afonso VI, regente e sucessor da Coroa. Em 1901, morria, em Milão, Itália, o compositor Giuseppe Verdi. Em 1944, na II Guerra Mundial, as forças nazis eram expulsas da cidade soviética de Leninegrado. Em 1956, a RDA aderia ao Pacto de Varsóvia. Em 1973, eram assinados, em Paris, os acordos que punham termo à guerra do Vietname. Em 1981, morria Silva Pais, último director da PIDE- DGS. Em 1984, o Parlamento português aprovava o projecto de lei do PS que definiu as circunstâncias de despenalização do aborto. Em 1994, um Tribunal de Milão decidia julgar por corrupção o antigo primeiro-ministro italiano e ex-secretário-geral do Partido Socialista, Bettino Craxi. Em 1997, eleições presidenciais e parlamentares na Tchechénia davam a vitória a Aslan Maskhadov, antigo chefe do estado-maior dos guerrilheiros independentistas. Em 2005, eram assinalados os 60 anos da libertação do campo de extermínio de Auschwitz, para que "o mundo que não esqueça" o Holocausto nazi. Em 2006, era apresentado o Programa de Simplificação Administrativa e Legislativa, Simplex, instrumento do plano de reforma da administração, do Governo português.


publicado por Jorge Ferreira às 12:02 | link do post | comentar

Hoje é Domingo, 27 de Janeiro, vigésimo sétimo dia do ano. Faltam 339 dias para o final de 2008. Este dia é dedicado a Santa Ângela Merici, fundadora das Ursulinas. A Lua encontra-se na Fase Minguante. Quarto Minguante, dia 30, às 05:03. O sol nasce às 07:47 e o ocaso regista-se às 17:52. No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 06:12 e 18:32 e a baixa-mar às 12:04. Os nascidos nesta data pertencem ao signo Aquário, destacando-se o compositor austríaco Wolfgang Amadeus Mozart (1756), o compositor francês Edouard Lalo (1823), o escritor inglês Lewis Carroll (1832), o compositor norte-americano Jerome Kern (1885) e o bailarino de origem soviética Mikhail Baryshinikov (1945).


publicado por Jorge Ferreira às 12:00 | link do post | comentar

Sábado, 26 de Janeiro de 2008
"Já agora, será que alguém, que foi convidado a sair das universidades públicas e privadas portuguesas, por manifesto plágio de dezenas e dezenas de páginas numa dissertação de doutoramento, pode agora exercer o título obtido em Espanha e aqui apenas registado, contribuindo para essas fábricas denunciadas por Marinho Pinto? Eu descobri um deles, noutro dia, ao consultar a Internet... apenas espero que não vá para secretário de Estado das universidades, até porque o partido onde milita ocupa o governo de Portugal." José Adelino Maltez, no Sobre O Tempo que Passa.
Dão-se alvíissaras a quem o topar, ou será que também vão chamar o José Adelino ao Parlamento?...

tags:

publicado por Jorge Ferreira às 12:48 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Curiosas as reacções às afirmações de ontem do Bastonário da Ordem dos Advogados. A primeira: António Cluny, para quem não sabe, espécie de vitalício Procurador no Tribunal de Contas e presidente do Sindicato dos Magistrados do Ministério Público. A segunda: o CDS a exigir a presença do Bastonário no Parlamento. Ora bem: tantas interpretações possíveis...


publicado por Jorge Ferreira às 12:04 | link do post | comentar | ver comentários (1)

""Manuel Maria Carrilho não se deixou intimidar pela onda de violentas críticas a propósito do seu livro «Sob o Signo da Verdade», lançado a 11 de Maio. Consciente da manifesta incapacidade dos jornalistas discutirem os seus próprios problemas, o deputado do PS elevou o debate e avançou com duas ideias: a declaração de conflito de interesses dos jornalistas e o código de conduta das agências de comunicação. As propostas vão ser apresentadas num encontro com estudantes de Comunicação Social, na Escola Superior de Tecnologia de Abrantes, terça-feira, 6. É evidente que o deputado socialista está a jogar a sua sobrevivência política à custa da promoção de um debate sobre a imprensa. Mas confundir o discurso despeitado e o direito à crítica tem um risco: transformar Carrilho em herói da liberdade de imprensa. Quanto mais se varrer para debaixo do tapete os podres da informação, mais o politico Carrilho ganha protagonismo à custa de uma causa que nunca o interessou. As propostas de Manuel Maria Carrilho podem ser criticadas. Até podem não ser suficientes para alterar o Estatuto do Jornalista. Mas os profissionais da comunicação social não podem confundir a árvore com a floresta."
Aqui.


publicado por Jorge Ferreira às 11:52 | link do post | comentar

"As relações entre as agências de comunicação, a política e a comunicação social têm estado na berra. Na passada segunda-feira o Público fez um execelente trabalho sobre este mundo que o país viu começar a ser desvendado por Manuel Maria Carrilho. Respigo desse trabalho este excerto: "Para Salvador da Cunha, dono da Lift (grupo Bairro Alto), as técnicas usadas para assessorar na política são as mesmas que numa empresa: trabalhar a definição da mensagem e dos públicos. "É preciso estruturar as promessas, o discurso e as ideias do político", diz." Por aqui se vê o que as agências pensam do seu trabalho na política. Nomes alugam-se... eles tratam do resto."
Aqui.


publicado por Jorge Ferreira às 11:47 | link do post | comentar

A "guerra da agência" actualmente em curso no PSD, traz à memória a questão levantada por Manuel Maria Carrilho depois das eleições autárquicas de Lisboa. E que, na altura, muito boa gente, sobrepondo antipatias pessoais à relevância do problema, preferiu não discutir abertamente.


publicado por Jorge Ferreira às 11:40 | link do post | comentar

(João Branco Núncio)
Em 1531, um tremor de terra destruía parte de Lisboa. Em 1788, era fundada a cidade australiana de Sidney. Em 1841, a Inglaterra proclamava a soberania sobre o território de Hong-Kong. Em 1923, Pio XI proclamava São Francisco de Sales patrono dos jornalistas e escritores católicos. Em 1934, a Alemanha assinava com a Polónia o pacto de não-agressão por um período de dez anos. Em 1950, a Índia proclamava a independência e a Constituição. Em 1976, morria o cavaleiro tauromáquico João Branco Núncio. Em 1979, morria Nelson Rockfeller, antigo vice-presidente dos EUA e quatro vezes governador de Nova Iorque. Em 1992, morriam os actores José Ferrer, 80 anos, Óscar de melhor actor pelo filme "Cyrano de Bérgerac", e Gwen Frangcon-Davis, 101. Em 1993, Vaclav Havel, último presidente da Checoslováquia, passava a primeiro Chefe de Estado da recém-criada República Checa. Em 1994, Silvio Berlusconi, empresário da comunicação social italiana, anunciava a entrada na política. Em 2001, a PT e a Telefónica assinavam o acordo para uma empresa conjunta de telecomunicações móveis no Brasil. Na mesma data, um sismo em Gujarat, no ocidente da Índia, provocava 100.000 mortos. Em 2003, a China e Taiwan retomavam as ligações aéreas após 50 anos de separação.


publicado por Jorge Ferreira às 11:12 | link do post | comentar

Hoje é Sábado, 26 de Janeiro, vigésimo sexto dia do ano. Faltam 340 dias para o final de 2008. Este dia é dedicado a São Timóteo, Bispo. A Lua encontra-se na Fase Minguante. Quarto Minguante, dia 30, às 05:03. O Sol nasce às 07:48 e o ocaso regista-se às 17:51. No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 05:39 e 17:59 e a baixa-mar às 11.30 e 23:38. Os nascidos nesta data pertencem ao signo Aquário, destacando-se o escritor italiano Ugo Fiscolo (1778), o general dos EUA Douglas MacArthur (1880), o regente alemão Karl Ristenpart (1900), o actor norte-americano Paul Newman (1925), o cineasta francês Roger Vadim (1928), a líder comunista norte-americana Angela Davis (1944), a violoncelista Jacqueline DuPré (1945) e a actriz Ellen DeGeneres (1958).


publicado por Jorge Ferreira às 11:10 | link do post | comentar

Sexta-feira, 25 de Janeiro de 2008
A ERC abriu concurso para contratar uma agência de comunicação. Lá diz o ditado "em casa de ferreiro, espeto de pau"...


publicado por Jorge Ferreira às 14:30 | link do post | comentar

Por uma vez posso dizer bem de Menezes: "O presidente do PSD, Luís Filipe Menezes, defendeu ontem “uma aproximação da segurança interna à justiça”, o que poderia passar por “um único ministro para tutelar as duas pastas”. Defendo o mesmo há quase 15 anos. Tenho mais discursos que lhe posso mandar, Dr. Menezes.


publicado por Jorge Ferreira às 14:20 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Amaral Thomaz quis sair do Governo. Como todos os anteriores membros do Governo que saíram, sai por razões pessoais. Mais tarde saber-se-á. Mais uma vez José Sócrates vai remodelar à força. Eu não digo?


publicado por Jorge Ferreira às 14:02 | link do post | comentar

(Miklos Feher)

Em 1554, a actual cidade brasileira de S. Paulo era fundada pelo padre Manuel da Nóbrega. Em 1576, nascia a cidade de Luanda, capital de Angola. Em 1831, o Parlamento polaco proclamava a independência do país. Em 1947, morria, em Miami, EUA, o gangster Al Capone. Em 1949, era fundado o COMECON, organização económica do bloco de Leste. Em 1971, Charles Mason e três mulheres eram condenados pelo assassínio da actriz Sharon Tate e de outras sete pessoas. Em 1975, realizava-se o primeiro congresso do CDS. Em 1990, morria a actriz norte-americana Ava Gardner, aos 67 anos. Em 2004, morria o futebolista húngaro Miklos Fehér, 24 anos, vítima de uma paragem cardíaca súbita, durante o encontro Guimarães-Benfica. Em 2006, o Hamas, movimento da resistência islâmica, vencia as eleições legislativas nos territórios palestinianos, com maioria absoluta. No mesmo dia, era publicada a primeira encíclica de Bento XVI.


publicado por Jorge Ferreira às 10:04 | link do post | comentar

Hoje é Sexta-feira, 25 de Janeiro, vigésimo quinto dia do ano. Faltam 341 dias para o final de 2008. Este dia é dedicado à Conversão de São Paulo. A Lua encontra-se na Fase Minguante. Qarto Minguante, dia 30, às 05:03. O Sol nasce às 07:49 e o ocaso regista-se às 17:50. No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 05:03 e 17:25 e a baixa-mar às 10:55 e 23:03. Os nascidos nesta data pertencem ao signo Aquário, destacando-se o poeta escocês Robert Burns (1759), o escritor britânico Somerset Maugham (1874), a inglesa Virginia Woolf (1882) e António Ramalho Eanes (1935), antigo presidente da República Portuguesa.


publicado por Jorge Ferreira às 09:43 | link do post | comentar

(Eusébio da Silva Ferreira)

Lourenço Marques, 25 de Janeiro de 1942.


publicado por Jorge Ferreira às 00:17 | link do post | comentar

A ASAE fiscaliza o cumprimento da lei. Entra nas lojas e muito bem. Verifica produtos, rótulos e equipamentos e muito bem. Nas suas instalações a ASAE viola a lei e muito bem. O seu Director desdobra-se em entrevistas, querendo por certo vir a ser seleccionado para um futuro Big Brother dos Famosos na TVI e muito bem. Dá entrevistas, desmente as suas próprias entrevistas e reclama as fraquezas humanas dos restantes mortais e daí o cigarrito. Aonde? No Casino, pois claro. O ministro da tutela, conhecido pela sua especial habilidade para discursar em Portugal e no estrangeiro, mandou o homem calar-se. O Director da ASAE veio da equipa de Armando Vara enquanto ministro, que não enquanto delegado bancário. O Major Silva Pais, para quem não sabe, o antigo chefe da PIDE também começou a sua carreira pela Inspecção das Actividades Económicas. A ASAE é a coisinha mais portuguesinha que há. Como não dizer bem da ASAE?
(publicado na edição de hoje do Democracia Liberal)

tags:

publicado por Jorge Ferreira às 00:15 | link do post | comentar

O PS e do PSD defenderam ontem que as dúvidas levantadas em relação à lei do tabaco têm como objectivo "lançar a confusão" para "fugir ao cumprimento" da lei, mas estão convictos que a lei será cumprida. O deputado do PSD José Eduardo Martins defendeu que "as dificuldades que estão a ser levantadas têm vindo da parte dos interesses que querem fugir à aplicação da lei". Defendendo que a lei "é clara" e se "aplica a todos os espaços públicos fechados, incluindo os casinos", José Eduardo Martins manifestou-se convicto de que a lei "não será desvirtuada" na sua aplicação. “Se a lei ficar desvirtuada ou for mal aplicada, agiremos", afirmou, rejeitando que haja "dúvidas jurídicas legítimas" mas apenas "interesses que lançam a confusão e criam desinformação sobre a interpretação da lei".

A actividade legiferante do Estado tem várias especificidades indígenas. Leis feitas em cima do joelho, mal pensadas e mal redigidas, que uma vez em vigor revelam o efeito perverso de induzir uma aplicação individual a gosto. É dos livros que uma má lei é pior que nenhuma lei, porque legaliza a arbitrariedade.

A chamada lei do tabaco é o exemplo acabado deste mau costume. E a reacção do PS e do PSD ao fenómeno é exemplarmente paradigmático da cultura legislativa vigente. É evidente que a discussão do problema de fundo que a lei coloca é a mais importante, mas importa hoje chamar a atenção para aspectos que, não sendo de fundo, revelam a degradação do acto legislativo e a descredibilização da lei.

Entre as bizarrias a que temos assistido contam-se estas: a lei não é clara e não esclarece se é ou não aplicável aos casinos. A lei permite várias interpretações sobre as discotecas. Quem interpreta a Lei para resolver estes problemas? Os tribunais? Nã0. O legislador? Não. O Director-Geral de Saúde em conversa com os agentes económicos é que interpreta a lei. A lei obriga a que seja instalado adequado equipamento de ventilação nos estabelecimentos comerciais que optem por dispor de áreas de fumadores. Quais os tipos de equipamento admissíveis? Ninguém sabe. Embora o mesmo Director-Geral já tenha afirmado que ao nível da verdade científica não existe nenhum equipamento de extracção do ar que permita satisfazer os requisitos da lei!

Sou favorável a uma lei sobre o tabaco equilibrada e que componha todos os interesses em conflito. Não a uma lei, mal feita, incumprível e nessa medida hipócrita. Tão hipócrita como o é o Estado, que, sem coragem para decretar a proibição de fumar, continua a usar os fumadores que deseja reprimir em bombos de festa fiscal para efeito de cobrança de impostos sobre o tabaco.
(publicado na edição de hoje do Semanário)

tags:

publicado por Jorge Ferreira às 00:11 | link do post | comentar

JORGE FERREIRA

tomarpartido@sapo.pt

visitantes em linha

English version by Google
Novembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

2
3
4
5
6
7

8
9

20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30



DESTAQUES




TAMBÉM ESTOU AQUI

Jorge Ferreira

Cria o Teu Crachá

Aveiro
Comunicar a direito
Democracia liberal
Diário de aveiro
Jorge ferreira
O carmo e a trindade
O templário
Terras de mármore
Tv net

O PARTIDO DOS AMIGOS

A cagarra
Alinhavos
Cão com pulgas
Eclético
Faccioso
Ilha da madeira
Fumaças
Mais actual
Meu rumo
Paris
Sobre o tempo que passa
Tubarão


OUTROS PARTIDOS

A arte da fuga
A barbearia do senhor luís
A casa de sarto
A casa dos comuns
A caveira vesga
A caverna obscura
A civilização do espectáculo
A destreza das dúvidas
A educação do meu umbigo
A gota de ran tan plan
A grande alface
A janela do ocaso
A natureza do mal
A origem das espécies
A outra varinha mágica
A regra do jogo
A revolta das palavras
a ritinha
A terceira noite
A textura do texto
A voz do povo
A voz nacional
A voz portalegrense
As escolhas do beijokense
As penas do flamingo
Abrigo de pastora
Abrupto
Às duas por três
Activismo de sofá
Admirável mundo novo
Adufe
Água leve
Água lisa
Alcabrozes
Alianças
Aliança nacional
Almocreve das petas
Apdeites v2
Arcadia
Arde lua
Arpão
Arrastão
Aspirina b
Atuleirus
Avatares de um desejo

Bar do moe, nº 133
Blasfémias
Bem haja
Berra-boi
Bic laranja
Bicho carpinteiro
Binoculista
Bissapa
Blogo social português
Blogotinha
Blogs e política
Blogue de direita
Blogue da sedes
Blogue real associação de lisboa
Blue lounge
Boca de incêndio
Boina frígia
Braga blog
Branco no branco
Busturenga

Cabalas
Café Bar James Dean
Café da insónia
Caixa de petri
Caixa de pregos
Câmara corporativa
Campos da várzea
Canhoto
Carreira da í­ndia
Causa liberal
Causa nossa
Cegos mudos e surdos
Centenário da república
Centurião
Certas divergencias
Chá preto
Charquinho
Cibertúlia
Cinco dias
Classe polí­tica
Clube das repúblicas mortas
Clube dos pensadores
Cobrador da persia
Combustões
Confidências
Congeminações
Contingências
Controversa maresia
Corta-fitas
Crónicas d'escárnio e mal dizer

Da condição humana
Da literatura
Da rússia
Dar à tramela
Dass
De vexa atentamente
Der terrorist
Delito de opinião
Desconcertante
Desesperada esperança
Despertar da mente
Direito de opinião
Do portugal profundo
Dois dedos de prosa e poesia
Dolo eventual
Duas cidades
Duas ou três coisas
2 rosas

É curioso
É tudo gente morta
e-konoklasta
Em 2711
Elba everywhere
Em directo
Encapuzado extrovertido
Entre as brumas da memória
Enzima
Ephemera
Esmaltes e jóias
Esquissos
Estado sentido
Estrago da nação
Estudos sobre o comunismo
Espumadamente
Eternas saudades do futuro

Falta de tempo
Filtragens
Fliscorno
Fôguetabraze
Foram-se os anéis
Fúria dos dias

Gajo dos abraços
Galo verde
Gazeta da restavração
Geometria do abismo
Geração de 80
Geração de 60
Geração rasca
Gonio
Governo sombra

Há normal?!
Herdeiro de aécio?!
Hic et nunc
Hoje há conquilhas, amanhã não sabemos
Homem ao mar

In concreto
Ideal social
Ideias soltas
Ilusão
Império lusitano
Impressões de um boticário de província
Insinuações
Inspector x
Intimista

Jacarandá
Janelar
Jantar das quartas
João Távora
Jornal dos media
José antónio barreiros
José maria martins
Jose vacondeus
Judaic kehillah of portugal - or ahayim
Jugular
Julgamento público

Kontrastes

La force des choses
Ladrões de bicicletas
Largo da memória
Largo das alterações
Latitude 40
Liblog
Lisbon photos
Lobi do chá
Loja de ideias
Lusitana antiga liberdade
Lusofin

Ma-schamba
Macroscópio
Maioria simples
Maquiavel & j.b.
Margem esquerda
Margens de erro
Mar salgado
Mas certamente que sim!
Mau tempo no canil
Memória virtual
Memórias para o futuro
Metafísica do esquecimento
Miguel teixeira
Miniscente
Minoria ruidosa
Minudencias
Miss pearls
Moengas
Movimento douro litoral
Mundo disparatado
Mundus cultus
My guide to your galaxy

Não há pachorra
Não não e não
Nem tanto ao mar
Neorema
Nocturno
Nortadas
Notas formais
Notícias da aldeia
Nova floresta
Nova frente
Num lugar à direita
Nunca mais

O afilhado
O amor nos tempos da blogosfera
O andarilho
O anónimo
O bico de gás
O bom gigante
O cachimbo de magritte
O condomínio privado
O contradito
O diplomata
O duro das lamentações
O espelho mágico
O estado do tempo
O eu politico
O insubmisso
O insurgente
O islamismo na europa
O jansenista
O jumento
O observador
O país do burro
O país relativo
O pasquim da reacção
O pequeno mundo
O pravda ilhéu
O principe
O privilégio dos caminhos
O profano
O reaccionário
O saudosista
O severo
O sexo dos anjos
O sinaleiro da areaosa
O tempo das cerejas
O universo é uma casca de noz
Os convencidos da vida
Os veencidos da vida
Obrigado sá pinto
Oceano das palavras
Office lounging
Outra Margem
Outubro

Palavra aberta
Palavrussaurus rex
Pangeia
Papa myzena
Patriotas.info
Pau para toda a obra
Pedra aguda
Pedro_nunes_no_mundo
Pedro rolo duarte
Pedro santana lopes
Pena e espada
Perguntar não ofende
Planetas politik
Planí­cie heróica
Playbekx
Pleitos, apostilas e comentários
Politeia
Política pura e dura
Polí­tica xix
Polí­tica de choque
Politicazinha
Politikae
Polvorosa
Porcausasemodivelas
Porto das pipas
Portugal dos pequeninos
Por tu graal
Povo de bahá
Praça da república em beja
Publicista

Quarta república

Registo civil
Relações internacionais
Retalhos de edith
Retórica
Retorno
Reverentia
Revisões
Ricardo.pt
Risco contínuo
Road book
Rua da judiaria

Salvaterra é fixe
Sem filtro
Sempre a produzir
Sentidos da vida
Serra mãe
Sete vidas como os gatos
Small brother
Sociedade aberta
Sociologando
Sorumbático
Sou contra a corrente
Super flumina

Táxi
Tempo político
Tenho dito
Teorias da cidade
Tese & antítese
Tesourinhos deprimentes
There is a light never goes out
Tirem-me daqui
Tralapraki
Transcendente
Tribuna
31 da armada
Tristeza sob investigação
Triunfo da razão
Trova do vento que passa

Último reduto
Um por todos todos por um

Vale a pena lutar
Vasco campilho
Velocidade de cruzeiro
Viagens no meu sofá
Vida das coisas
Vento sueste
Voz do deserto

Welcome to elsinore

Xatoo

Zarp blog

PARTIDOS DOS ALUNOS

Ao sul
As cobaias
Fados e companhia
O cheiro de santarém pela manhã
Platonismo político
Projecto comunicar

PARTIDOS DE ABRANTES

Abranteimas
Rua da sardinha
Torre de menagem

PARTIDOS DO ALGARVE

Mons cicus
Olhão livre
Tavira tem futuro
The best of lagos

PARTIDOS DE AVEIRO

A ilusão da visão
Academia de aveiro
Actas diárias
Amor e ócio
Arestália
Aveiro sempre
Bancada directa
Bancada norte
Blog de sergio loureiro
Botanabateira
Código da vivencia
Cogir
Debaixo dos arcos
Desporto aveiro
Divas e contrabaixos
Estados gerais
Forum azeméis
Já agora
Margem esquerda
Neo-liberalismo
Nós e os outros
Notas de aveiro
Notícias da aldeia
Noticias de ovar
Painéis de aveiro
Pontos soltos
Portal do beira-mar
4linhas
Quotidiano da miséria
7 meses
The sarcastic way
Visto de fora
Vouga

PARTIDOS DE OEIRAS

À rédea solta
Escrever sobre porto salvo
Eu sou o poli­ticopata
Oeiras local
Rememorar oeiras

PARTIDOS DE TOMAR

Alcatruzes da roda
Algures aqui
À descoberta de tomar
Charneca da peralva
Nabantia
Olalhas
Os cavaleiros guardiões de sta. maria do olival
Sondagem tomar
Tomar
Thomar vrbe
Tomar, a cidade
Tomar a dianteira
Vamos por aqui

PARTIDOS DE VILA VIÇOSA

A interpretação do tempo
Infocalipo
O restaurador da independencia
Tasca real

PARTIDOS POÉTICOS

Arrimar
Corte na aldeia
Forja de palavras
Linha de cabotagem (III)
Nimbypolis
O melhor amigo
Ofí­cio diário
Orgasmos dos sentidos

PARTIDOS DAS ÁGUIAS

A águia
A ilíada benfiquista
A mística benfiquista
Amo-te, benfica
Anti-anti-benfica
Benfiquistas desde pequeninos
Calcio rosso
Chama imensa
Diário de um adepto benfiquista
E isso me envaidece
E pluribus unum
Encarnados
Encarnado oriental
Encarnado e branco
Eterno benfica
Football dependent
Gloriosa fúria vermelha
Glorioso jornal
Gordo vai à baliza
Javardos benfiquistas
loucos pelo slb
Mágico slb
Mar vermelho
Memória gloriosa
Não se mencione o excremento
Novo benfica
O antitripa
O inferno da luz
O grémio benfiquista
Os nossos queridos jornalistas desportivos
País de corruptos
Quero a verdade
Ser benfiquista
Slbenfica - forever champions
Slblog
Tertúlia benfiquista
Um zero (1-0) basta
Vermelhovzky
Vedeta da bola
Vedeta ou marreta?
Velho estilo ultras
Vermelho à moda do porto

PARTIDOS DA BOLA

Cromo dos cromos

PARTIDOS DO DIREITO

Ab surdus
Assembleia de comarca
Blog de informação
Blog do dip
Cartilha jurídica
Cum grano salis
Direito na sociedade da informação
Dizpositivo
Elsa
Incursões
Iuris
Leituras oficiosas
Legalidade
Lex turistica nova
Mens agit molem
Notas constitucionais
O meu monte
Patologia social
Piti blawg
Ré em causa própria
Reforma da justiça
Rumo do direito
Santerna
Suo tempore
Trepalium
Urbaniuris
Vexata quaestio

PARTIDOS DA VIDA

Açores pelo não
Alentejo pelo não
(Des)conversas em família
Direito a viver
Évora pelo não
Fiat lux
Impensável
Jornal da família
Nebulado
Pela vida
Pelo não
Quero viver
Razões do não
Sinto a vida
Sou a favor da vida

PARTIDOS DA ARGENTINA

El opinador compulsivo

PARTIDOS DO BRASIL

Ação humana
Cronicas do joel
Depósito do maia

PARTIDOS DE ITÁLIA

Importanza dele parole

PARTIDOS DOS LIVROS

Blog do espaço de memória e do pátio das letras
D'outro tempo
Lerblog
Mundo pessoa

PARTIDOS DAS REVISTAS

Alameda digital
Leonardo, revista de filosofia portuguesa

PARTIDOS DA TAUROMAQUIA

Lides alentejanas
Toiradas

PARTIDOS DOS BLOGUES

aniversários de blogues
Blog do dia dn
Blogpatrol
Blogpulse
Blogsearch
Blogservatório
Blogs em lí­ngua portuguesa
Moblig
Orochi's blog
Sapo blogs
Technorati
Weblog

PARTIDOS DA POLÍTICA

Bloco de esquerda
Centro democrático social
Os verdes
Partido comunista português
Nova democracia
Partido social-democrata
Partido socialista


PARTIDOS DOS JOGOS OLÍMPICOS

Atenas 2004
Pequim 2008
Comité olí­mpico internacional
Comité olí­mpico de portugal

PARTIDOS DOS JORNALISTAS

a capital
Jornal do diabo
O comércio do porto



TAMBÉM JÁ ESTIVE AQUI
Blogue do não
Câmara de comuns
Eleições 2009
Nova vaga
Novo Rumo
O carmo e a trindade
O eleito
Olissipo
Ota não
Portal lisboa
RCP ONLINE
Semanário
Sportugal
Tomarpartido
ARQUIVOS

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

subscrever feeds
tags

efemérides(867)

borda d'água(850)

blogues(777)

josé sócrates(537)

ps(339)

psd(221)

cavaco silva(199)

pessoal(182)

justiça(180)

educação(150)

comunicação social(139)

política(137)

cds(126)

crise(121)

desporto(120)

cml(116)

futebol(111)

homónimos(110)

benfica(109)

governo(106)

união europeia(105)

corrupção(96)

freeport de alcochete(96)

pcp(93)

legislativas 2009(77)

direito(71)

nova democracia(70)

economia(68)

estado(66)

portugal(66)

livros(62)

aborto(60)

aveiro(60)

ota(59)

impostos(58)

bancos(55)

luís filipe menezes(55)

referendo europeu(54)

bloco de esquerda(51)

madeira(51)

manuela ferreira leite(51)

assembleia da república(50)

tomar(49)

ministério público(48)

europeias 2009(47)

autárquicas 2009(45)

pessoas(45)

tabaco(44)

paulo portas(43)

sindicatos(41)

despesa pública(40)

criminalidade(38)

eua(38)

santana lopes(38)

debate mensal(37)

lisboa(35)

tvnet(35)

farc(33)

mário lino(33)

teixeira dos santos(33)

financiamento partidário(32)

manuel monteiro(32)

marques mendes(30)

polícias(30)

bloco central(29)

partidos políticos(29)

alberto joão jardim(28)

autarquias(28)

orçamento do estado(28)

vital moreira(28)

sociedade(27)

terrorismo(27)

antónio costa(26)

universidade independente(26)

durão barroso(25)

homossexuais(25)

inquéritos parlamentares(25)

irlanda(25)

esquerda(24)

f. c. porto(24)

manuel alegre(24)

carmona rodrigues(23)

desemprego(23)

direita(23)

elites de portugal(23)

natal(23)

referendo(23)

apito dourado(22)

recordar é viver(22)

banco de portugal(21)

combustíveis(21)

música(21)

pinto monteiro(21)

bcp(20)

constituição(20)

liberdade(20)

saúde(19)

augusto santos silva(18)

cia(18)

luís amado(18)

todas as tags