Sexta-feira, 30 de Novembro de 2007
O inglês está para José Sócrates, como o francês está para Mário Soares. Ambos falam as respectivas línguas sem técnica nenhuma.


publicado por Jorge Ferreira às 17:55 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Hardcore, por Rui Castro, no 31 da Armada.


publicado por Jorge Ferreira às 17:40 | link do post | comentar

Video apresentado pelo Governo colombiano com imagens de vários sequestrados das FARC, incluindo Ingrid Betancourt. AS FARC, para o PCP, são uma espécie de associação de beneficência dos trabalhadores. Para o mundo civilizado são uma tenebrosa organização terrorista.


publicado por Jorge Ferreira às 15:48 | link do post | comentar

(Fernando Pessoa)

Em 1782 eram assinados, em Paris, os primeiros acordos que punham termo à guerra da independência dos EUA. No dia 30 de Novembro de 1935 morria o escritor e poeta Fernando Pessoa, no hospital de S. Luís dos Franceses, em Lisboa. Em 1939, a URSS entrava em guerra com a Finlândia, o que custaria aos soviéticos a expulsão da Sociedade das Nações. Em 1962, U-Thant era eleito Secretário-Geral das Nações Unidas. Em 1966, os Barbados ascendiam à independência. Em 1967, era proclamada a república democrática do Iémen do Sul. Em 1986, morria o actor norte-americano Cary Grant, 82 anos. Em 1989, um atentado bombista matava, em Frankfurt, Alfred Herrhausen, presidente do Deutsche Bank. Em 1990, o Diário de Lisboa, vespertino editado desde 1921, cessava a publicação. Em 1995, morria o jornalista, poeta e romancista Fernando Assis Pacheco, 58 anos, autor de algumas das mais importantes peças do jornalismo português, em particular no Diário de Lisboa e no semanário O Jornal, que ajudara a fundar. Em 2000, o general guineense Ansumane Mané era morto a tiro a cerca de 50 Km da capital. Em 2001, morria o ex-Beatle George Harrison, 58 anos, autor de "Here Comes the Sun". Em 2003, morria Jesus Correia, 79 anos, o último dos Cinco Violinos do futebol do Sporting e campeão do mundo de hóquei em patins. Em 2004, o Presidente da República, Jorge Sampaio, comunicava a dissolução do Parlamento e a convocação de eleições legislativas antecipadas. Em Itália, uma greve geral contra a política de Sílvio Berlusconi paralisava o país. Em 2006, o Parlamento aprova a Lei das Finanças Regionais. Bento XVI e o patriarca ortodoxo grego de Constantinopla, Bartolomeu I, assinam a declaração conjunta de apelo à união de católicos e cristãos ortodoxos contra as ameaças à tradição cristã e liberdade religiosa. A Microsoft lança o Windows Vista, o Office System 2007 e o Exchange Server 2007 para empresas.


publicado por Jorge Ferreira às 13:33 | link do post | comentar

(Winston Churchill)

Hoje é Sexta-feira, 30 de Novembro, tricentésimo trigésimo quarto dia do ano. Faltam 31 dias para o final de 2007. Este dia é dedicado a Santo André, Apóstolo. A Lua encontra-se na Fase Minguante. Quarto Minguante, dia 01 de Dezembro, às 12:44. O So nasce às 07:34 e o ocaso regista-se às 17:16. No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 07:21 e 20:03, a baixa-mar, às 00:39 e 13:28. Os nscidos nesta data pertencem ao signo Sagitário, destacando-se o escritor norte-americano Mark Twainm, pseudónimo de Samuel Langhorne Clemens (1835) e o estadista britânico Sir Winston Churchill (1874).


publicado por Jorge Ferreira às 13:29 | link do post | comentar

Ainda não percebi por que razão o PCP escolhe deputados para as listas. Candidatos do PCP podem ser quaisquer cem ou duzentos, desde que assinem a renúncia em branco, tornando-se, assim, permanentemente amovíveis, como os tectos falsos ou as paredes em pladour. Sabe-se até que nem o Secretário-Geral é essencial. Sim, Jerónimo de Sousa esclareceu-nos esta semana que também a ele o Partido pode dispensar e, consequentemente também assina a renúncia em branco. Não se sabe bem para entregar a quem, se vier a ser o caso. Ou melhor, sabe: ao Partido. Tudo é devido ao Partido.

Como eu costumo dizer, o PCP faz, de vez em quando, um enorme favor à democracia ao lembrar-nos que se trata de um partido puramente totalitário, anti-democrático, que só joga o jogo da democracia representativa porque é obrigado a isso. Por isso as pessoas não contam. Não contam os métodos. Não contam os meios. Conta só o Partido.

Do episódio da expulsão de Luísa Mesquita resulta uma fotografia feia em que todos posam excessivamente mal, agravando a credibilidade do funcionamento dos partidos, da instituição parlamentar e da democracia.

O PCP sai mal porque, afinal de contas, tem deputados precários. De tanto falar de trabalho precário, inspirou-se e aderiu ao sistema. Sai mal, porque trata os deputados como coisas e os votos dos eleitores como propriedade sua, de que dispõe a bel-prazer e que pode ser colada a qualquer pessoa. Desrespeita os próprios eleitores que lhe confiam o voto.

Luísa Mesquita sai pessimamente. Durante anos assistiu a purgas, perseguições e expulsões, calada, obediente e provavelmente comodamente sentada no seu palanque parlamentar. Nem um dedo levantou, nem uma palavra se lhe ouviu, nem um sussurro de indignação lhe ocorreu. Agora, que lhe tocou a ela, revoltou-se e clama traição. Tarde demais. O que dizer de uma pessoa que assina o papelinho que ela de livre vontade (presumo…) assinou e depois diz que é um pró-forma? Ou assinou para não cumprir, isto é, com reserva mental, ou então, se assinou convictamente assinou nesse momento uma declaração de desprezo pelos eleitores que a elegeram e que tanto diz respeitar.

Por fim: a confissão da tentativa de suborno legal. Jerónimo de Sousa informou-nos que o Partido tentou comprar o cumprimento do compromisso escrito da deputada através de subvenções vitalícias que lhe garantissem um bom “estatuto material”. Eis a costela capitalista do Partido no seu pior, ou seja no papel de corruptor de vontades. O caso Luísa Mesquita é um manual de tudo o que repugna na política.


(publicado na edição de hoje do Semanário)


publicado por Jorge Ferreira às 00:05 | link do post | comentar | ver comentários (1)

O que assusta em Menezes não é ser uma versão PSD do socialismo vigente. Não é ser um gestor que não hesita endividar uma câmara até à ilegalidade. Não é querer fazer do seu Partido uma espécie de PSD, SA entregue a outsourcing especializado, como se fosse um banco ou uma companhia de seguros. O que assusta é que não se sabe o que quer.

Depois de ter diabolizado os pactos com o PS, que o seu antecessor tinha defendido e feito, na área da Justiça, Menezes ameaçou romper o pacto. No dia a seguir voltou atrás e já não rompeu. Agora, poucos dias depois, fez ele próprio um pacto com o PS. E logo numa lei eleitoral, a meio do mandato e para vigorar no próximo acto eleitoral autárquico.

Menezes seria excelente se fosse uma clarificação, ainda que se discordasse do seu caminho. Mas como em vez de clarificação é uma confusão, é só mais uma ajuda a Sócrates. O país definitivamente não precisa nem agradece.


(publicado na edição d ehoje do Democracia Liberal)


publicado por Jorge Ferreira às 00:04 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Hoje, véspera de fim de semana, os funcionários públicos decidiram fazer uma greve, começando assim mais cedo que os demais trabalhadores o gozo do fim de semana, por causa das medidas do Governo relativamente à alegada reforma da Administração Pública. Em França, os funcionários públicos decidiram fazer uma greve porque Sarkozy decidiu eliminar algumas discriminações de que beneficiavam os funcionários públicos relativamente aos outros franceses relativamente à segurança social.

A verdade é que há décadas sucessivas gerações de gestores políticos das instituições públicas têm engordado irresponsavelmente o exército de funcionários pagos pelo Orçamento, sem racionalidade, sem critério, sem escrutínio e perante a indiferença geral. Hoje, Portugal é uma sociedade mais dependente do Estado do que nunca, se considerarmos o número de funcionários, o número de pensionistas, a dimensão dos agregados familiares deles dependentes, já para não falar nos subsídios que o Estado distribui.

Mudar esta situação dói. Dói politicamente, para quem precisa do voto dos eleitores habituados a viver do Estado. Dói socialmente, porque gera movimentos de contestação no sentido de conservar o estatuto adquirido. O país não aguenta mais a manutenção desta situação, que consome recursos crescentes, provoca o definhamento da economia e gera desigualdades entre os dois países: o que vive e arrisca à sua custa e o que vive encostado ao esforço invisível, anónimo e fiscalmente devastador da outra metade.

Por cá, salvo alguns pormenores que não tocam o essencial, a reforma da Administração Pública significa emprego e não trabalho, cursos e cursos de formação, direitos e mais direitos que retiram muitos dias de trabalho ao calendário dos funcionários, pintar balcões, instituir livros de reclamações, criar números de atendimento telefónico aos utentes, essa horrorosa designação das pessoas que pagam do seu bolso os serviços públicos e que são accionistas, isto é, proprietários e não meros usufrutuários dos serviços. No essencial, Estado, autarquias, institutos públicos, continuam a viver num mundo irreal, onde não se vê a cara de quem paga o que se decide gastar. A factura corre o risco de se tornar incobrável.

Para mudar isto só há um caminho: como o país não produz o suficiente para pagar tudo, tem de se mudar as funções do Estado. O resto é conversa de seminários e conferências.
(publicado na edição de hoje do Diário de Aveiro)


publicado por Jorge Ferreira às 00:01 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Quinta-feira, 29 de Novembro de 2007
O único Sporting de que eu gosto, o de Braga, até porque joga de encarnado, fez hoje uma grande jogatana contra um colosso. E deve ter uma equipa muito mais barata que cada um dos três grandes.

tags:

publicado por Jorge Ferreira às 23:44 | link do post | comentar

Dois desafios estão por responder: um, da já clássica página 161, notificado pela MP; outro sobre as brincadeiras de míudo, citado pelo Der Terrorist. Estão atrasadas, mas não estão esquecidas. Na primeira oportunidade terão o devido troco.

tags:

publicado por Jorge Ferreira às 23:40 | link do post | comentar

(Ficha do livro)

" ... o nosso sistema dito semipresidencialista é inadequado ás circunstâncias do tempo português, porque não assegura a continuidade das políticas nem responsabiliza os seus principais agentes; que temos uma economia cada vez mais debilitada e incapaz de suportar o peso do Estado, que se transformou numa espécie de asilo da Nação; que a importância relativa dos nossos gastos públicos nos arruinará no espaço de uma década se não forem reformadas, com urgência e nomeadamente, as políticas de remuneração do pessoal público e das prestações sociais, com saliência para a Educação, a Saúde, a Segurança Social e a Caixa Geral de Aposentações; que mantemos um sistema fiscal pesado, iníquo, instável e inutilmente complicado, cuja produção global de receitas excedeu já os limites convenientes: que os sistemas de ensino, de formação e de justiça são um autêntico desastre, ao serviço do nosso atraso; que os principais partidos políticos estão cada vez mais desacreditados e são meros instrumentos de clientelas, de amigos obedientes e de interesses muitas vezes pouco claros; que os partidos políticos não cumprem as leis que eles próprios criam; prometem o que sabem não cumprirão, criticam na oposição o que fazem no Governo e desculpam-se neste daquilo que é indesculpável não conhecer; que a Administração Pública é demasiado burocratizada e quase sempre nociva ao desenvolvimento; que o Estado, noutros tempos intervencionista, perdeu todos os instrumentos de que se servia e não pode agir nas economias abertas e insinuar práticas keynesianas sem sentido e sem alcance; que a social-semocracia, que todos os partidos parlamentares substantivamente defendem, foi produto da prosperidade económica ora desaparecida e se encontra esgotada pela globalização".
Medina Carreira
Não surpreende que não se fale muito deste livro. Ao sistema não convém exibir a sua nudez.


publicado por Jorge Ferreira às 15:18 | link do post | comentar

(Óscar Carmona)

Em 1922, era anunciada a descoberta do túmulo do faraó egípcio Tutankhamon. Em 1926, o general Óscar Carmona tomava posse da Presidência da República Portuguesa. Em 1945, o marechal Tito proclamava a República Socialista Federativa da Jugoslávia. Em 1947, a ONU anunciava o plano de divisão da Palestina em dois Estados, um judaico e outro palestiniano, o que deu origem à formação do estado de Israel, no ano seguinte. Em 1981, era descoberto o corpo da actriz norte-americana Natalie Wood, afogada ao largo da ilha Catalina, na Califórnia. Em 1989, a ginasta romena Nadia Comaneci, medalhada nos Jogos Olímpicos de 1976, fugia do seu país para a Hungria. Em 1990, o Conselho de Segurança da ONU aprovava a resolução 678, que autorizava o recurso à força para obrigar o Iraque a retirar do Kuwait, se tal não se verificasse até 15 de Janeiro do ano seguinte. Em 2000, o Orçamento do Estado 2001 era aprovado com a abstenção do deputado independente Daniel Campelo. Em 2002, Catalina Pestana era nomeada Provedora da Casa Pia de Lisboa. Em 2005, morria Manuel de Brito, 77 anos, o mais antigo galerista português, fundador da Galeria 111, em Lisboa, importante coleccionador e dinamizador da arte portuguesa contemporânea. E o Parlamento aprovava a constituição da comissão de inquérito sobre o processo Eurominas. Em 2006, o antigo segurança José Esteves afirma, em entrevista à revista Focus, ter preparado o engenho que alegadamente fez explodir o avião que matou Francisco Sá Carneiro e Adelino Amaro da Costa, em 04 de Dezembro de 1980. O Papa Bento XVI celebra a primeira missa num país muçulmano, no segundo dia da sua visita à Turquia.


publicado por Jorge Ferreira às 10:16 | link do post | comentar

Hoje é Quinta-feira, 29 de Novembro, tricentésimo trigésimo terceiro dia do ano. Faltam 32 dias para o final de 2007. Este dia é dedicado a S.Saturnino. A Lua encontra-se na Fase Minguante. Quarto Minguante, dia 01 de Dezembro, às 12:44. O Sol nasce às 07:33 e o ocaso regista-se às 17:16. No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 06:26 e 19:03, a baixa-mar, às 12:28. Os nascidos nesta data pertencem ao signo Sagitário, destacando-se o artista italiano Giovanni Bellini (1426), o físico austríaco Christian Doppler (1803), a escritora norte-americana Louisa May Alcott (1832) e o romancista irlandês Clive Staples Lewis (1898).


publicado por Jorge Ferreira às 10:15 | link do post | comentar

Quarta-feira, 28 de Novembro de 2007
Quero meter uma cunha ao Prof. Jesualdo: por favor ponha o Stepanov a jogar no domingo. Não seria justo pôr o homem contra todos e contra o Benfica substituí-lo por um defesa.

tags:

publicado por Jorge Ferreira às 23:25 | link do post | comentar | ver comentários (1)

O Benfica sai da Liga dos Campeões. Camacho porfia, porfia, porfia em contrariar um plantel mal feito e com vários jogadores que devem ter ido parar ao Benfica numa noite de Halloween. Dantes, o Benfica não tinha equipa nem treinador. Agora já tem treinador, mas ainda falta a equipa. Muito tem ele feito. Será preciso falhar a Taça UEFA para Luís Filipe Vieira enfrentar as suas responsabilidades e a realidade?

tags:

publicado por Jorge Ferreira às 23:15 | link do post | comentar

Os portistas estão a desancar em Jesualdo Ferreira raiando a difamação nos termos do disposto nos artigos 181º e seguintes do Código Penal. Os sportinguistas estão a desancar Filipe Soares Franco, ou para descansarem de desancar nos árbitros todos do Universo ou como forma de dizerem que mal por mal antes Carlos Queirós e 3-6 uma vez por ano do que esta apagada e vil tristeza. Habituem-se.

tags:

publicado por Jorge Ferreira às 23:07 | link do post | comentar

Ganhar ao Liverpool em Liverpool não é para todos.

tags:

publicado por Jorge Ferreira às 23:03 | link do post | comentar

A Presidência portuguesa do Conselho da União Europeia procura pobres de profissão para debate sobre a pobreza. Evidentemente um amador não será portador de suficiente realismo para efeito de debate. Está tudo aqui.


publicado por Jorge Ferreira às 22:52 | link do post | comentar

No Partido Comunista, os deputados não são do Povo, nem de Moscovo. São do Partido.

tags:

publicado por Jorge Ferreira às 17:54 | link do post | comentar | ver comentários (1)


Hoje, às 21.15 horas, em directo na TVNET.

tags:

publicado por Jorge Ferreira às 15:04 | link do post | comentar

Assim de sub-desenvolve e se sub-qualifica um país. Mas ninguém liga. O que só prova uma coisa: muitos comeram...


publicado por Jorge Ferreira às 12:33 | link do post | comentar | ver comentários (1)

(Nancy Astor)

Em 1520, o navegador português Fernão de Magalhães atingia o Oceano Pacífico, depois de ter atravessado o estreito sul-americano que hoje tem o seu nome. Em 1821, o Panamá declarava unilateralmente a independência. Em 1905, era fundado o partido Sinn Fein, em Dublin, Irlanda. Em 1919, Nancy Astor era a primeira mulher eleita para o parlamento britânico. Em 1960, a Mauritânia tornava-se numa república islâmica independente. Em 1975, a Fretilin declarava a independência de Timor-Leste. Em 1978, morria o antigo jogador internacional de futebol Fernando Peyroteo. Em 1986, morria Mary Hemingway, 78 anos, correspondente de guerra, escritora e viúva do escritor norte-americano Ernest Hemingway. Em 1988, a pintura "Arlequim e o Acrobata", de Picasso, era vendido pelo preço recorde de 20,9 milhões de libras (cerca de 27,5 milhões de euros). Em 1994, os noruegueses rejeitavam, em referendo (53%), a integração do seu país na União Europeia. Em 2000, a Holanda tornava-se o primeiro país a despenalizar a eutanásia. Em 2002, a Federação Portuguesa de Futebol apresentava o novo seleccionador, Luiz Felipe Scolari. Em 2004, Jerónimo de Sousa era eleito secretário-geral do PCP no XVII Congresso do partido, em Almada. E o ministro da Juventude, Desporto e Reabilitação Henrique Chaves demitia-se, com críticas ao primeiro-ministro Santana Lopes, quatro dias depois de ter tomado posse. Em 2006, o Tribunal Administrativo e Fiscal de Almada levanta o decreto provisório da providência cautelar para a cimenteira da Secil, na Arrábida, abrindo caminho para que a empresa avance com os testes de queima de resíduos industriais perigosos. O Papa Bento XVI chega a Ancara para uma visita de quatro dias à Turquia, três meses depois da polémica suscitada por declarações do pontífice sobre o Islão.


publicado por Jorge Ferreira às 12:28 | link do post | comentar

Hoje é Quarta-feira, 28 de Novembro, tricentésimo trigésimo segundo dia do ano. Faltam 33 dias para o final de 2007. Este dia é dedicado a santa Catarina Labouré, Irmã de Caridade. A Lua encontra-se na Fase Minguante. Quarto Minguante, dia 01 de Dezembro, às 12:44. O Sol nasce às 07:32 e o ocaso regista-se às 17:17. No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 05:35 e 18:09, a baixa-mar, às 11:34 e 23:45. Os nascidos nesta data pertencem ao signo Sagitário, destacando-se o escritor e artista britânico William Blake (1757), Filipe Folque, professor universitário português (1800), o filósofo alemão Friedrich Engels (1820) e o escritor italiano Alberto Moravia (1907).


publicado por Jorge Ferreira às 12:27 | link do post | comentar

Terça-feira, 27 de Novembro de 2007
"La Guardia Civil ha detenido al director de las clínicas del grupo Ginemedex-TCB, Carlos Morín, que han sido registradas hoy de manera pormenorizada, en una operación dirigida por la Fiscalía y un juzgado de instrucción ante las sospechas de que se realizan de manera reiterada abortos ilegales." Só para lembrar aos esquecidos e aos distraídos que a liberalização do aborto não acaba com o aborto clandestino. E cá, vão as autoridades combater o aborto clandestino, vão perseguir e punir os responsáveis? Ou 'tá tudo em "ordem"?
(Via Desconcertante)

tags:

publicado por Jorge Ferreira às 23:31 | link do post | comentar

(Ghandi)

Em 1492, Cristóvão Colombo chegava a Cuba. Em 1895, era lavrado, num notário de Paris, o testamento de Alfredo Nobel. No mesmo dia, morria o escritor francês Alexandre Dumas(filho). Em 1919, Gandhi iniciava na Índia a campanha nacionalista. Em 1940, na II Guerra Mundial, a Alemanha nazi anexava a província francesa de Lorena. Em 1955, morria, em Lisboa, o compositor e musicólogo português Luís de Freitas Branco, nome determinante para a música portuguesa do século XX, seu ensino e investigação. Em 1986, o Governo português extinguia o papel selado, introduzido em Portugal em 24 de Dezembro de 1660 e que cuja utilização já fora dispensada em Abril de 1668 e Janeiro de 1804. Em 1988, morria o actor norte-americano John Carradine, 82 anos. Em 1990 o John Major, o novo líder conservador, tomava a chefia do Governo britânico. Em 1992, publicava-se o último número de O Jornal. O seu lugar viria a ser ocupado pela revista Visão, criada por oito dos 14 jornalistas fundadores do semanário. O Jornal perdurou por 17 anos, tendo liderado as vendas, nos anos 80, com os 80 mil exemplares vendidos todas as semanas. Em 1994, morria o compositor português Fernando Lopes-Graça, 86 anos, exactamente 39 anos depois do seu mestre, Luís de Freitas Branco. Em 2003, era conhecida a sentença do caso Moderna. George W. Bush fazia uma visita relâmpago às tropas norte-americanas em Bagdad, no dia de Acção de Graças. Em 2004, Cavaco Silva afirmava ter chegado "a altura de os políticos competentes afastarem os incompetentes", num artigo publicado no semanário Expresso. Na Ucrânia, o Parlamento declarava inválida a votação na segunda volta das eleições presidenciais. Em 2006, a chanceler alemã Angela Merkel é reeleita presidente da União Democrata-Cristã da Alemanha (CDU), com 93 por cento dos votos. O Supremo Tribunal de Justiça da República Democrática do Congo proclama a vitória de Joseph Kabila na segunda volta das eleições presidenciais, com 58,05 por cento dos votos. O futebolista internacional italiano Fábio Cannavaro, do Real Madrid, conquista a Bola de Ouro atribuída pela revista francesa France Football.


publicado por Jorge Ferreira às 14:39 | link do post | comentar | ver comentários (3)

Hoje é Terça-feira, 27 de Novembro, tricentésimo trigésimo primeiro dia do ano. Faltam 34 dias para o final de 2007. Este dia é dedicado a Nossa Senhora das Graças ou da Medalha Milagrosa A Lua encontra-se na Fase Minguante. Quarto Minguante, dia 01 de Dezembro, às 12:44. O Sol nasce às 07:31 e o ocaso regista-se às 17:17. No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 04:46 e 17:18, a baixa-mar, às 10:42 e 22:55. Os nascidos nesta data pertencem ao signo Sagitário, destacando-se o astrónomo sueco Anders Celsius (1701), o historiador norte-americano Charles Beard (1874), o poeta português Soares de Passos (1826), o produtor teatral norte-americano David Merrick (1912) e Caroline Kennedy (1957).


publicado por Jorge Ferreira às 14:10 | link do post | comentar

( Paraísos na Terra)

Carvalho da Silva, o modernaço líder (não sei se esta fraseologia é lícita lá na casa...) da CGTP, acaba de explicar que a greve de dia 30 calha numa sexta-feira para prejudicar menos a sociedade. Pela minha parte estou muit'agradecido. Afinal, os sindicatos pensam em mim. O que eu havia de descobrir a estas horas da noite! Quem pensa que a greve foi marcada para uma véspera de sábado e não é esta a primeira que calha a uma sexta-feira ou combina com uma ponte, para fomentar a adesão através de umas mini-férias, estava redondamente enganado. Claro.


publicado por Jorge Ferreira às 01:23 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Segunda-feira, 26 de Novembro de 2007
(Por que não me surpreendo?... )

Roberto Viciano Pastor, um espanholito professor de Direito Constitucional na Universidade de Valência, fez a Constituição democraticamente eterna de Chavez, é conselheiro de Chavez e de Morales e ainda dos Presidentes revolucionários do Equador e do Perú. Uma verdadeira multinacional unipessoal do pensamento e da acção. Agora digam-me: em Espanha pertencia a que Partido? À Fuerza Nueva, exactamente o partido da extrema-direita espanhola.


publicado por Jorge Ferreira às 14:40 | link do post | comentar | ver comentários (4)

O Leonel Vicente repôs o seu Tomar em linha, com nova vida e atraente visual e, entretanto, nasceu o Nabantia, outro blogue que se propõe contar a História e histórias de Tomar. Que o primeiro seja bem regressado e o segundo bem vindo.

tags:

publicado por Jorge Ferreira às 14:07 | link do post | comentar | ver comentários (1)

(Gueto de Varsóvia)

Em 1504, há 500 anos, morria Isabel, a Católica, a primeira grande rainha do Renascimento, unificadora de Espanha. Em 1880, morria o maestro e compositor português Guilherme António Cossoul. Em 1922, arqueólogos procediam à abertura do túmulo do Faraó Tutankhamon. Em 1940, na II Guerra Mundial, nesta data, os cerca de 500 mil judeus de Varsóvia passavam a viver num gueto, construído pelas forças ocupantes nazis. Em 1967, chuvas torrenciais abatiam-se sobre Lisboa e regiões limítrofes, causando cerca de 500 mortos e deixando milhares de pessoas sem abrigo, sobretudo entre as populações residentes nos inúmeros bairros de lata e degradados que rodeavam a cidade. Em 1983, saía o primeiro número do jornal Semanário. Em 1986, começava o julgamento do ex-imperador da República Centro-Africana, Jean-Bedel Bokassa. Em 2003, a cidade catalã de Valência era escolhida para organizar a Taça América, em 2007, batendo a candidatura de Lisboa-Cascais. Em 2004, morria Fernando Valle, 104 anos, médico, fundador e presidente honorário do PS, antigo Governador Civil de Coimbra, republicano, mação, anti-fascista, opositor à ditadura do Estado Novo, derradeira figura do "João Semana", no espectro médico português. Em 2005, morria Richard Burns, 34 anos, piloto britânico, campeão do mundo de ralis, em 2001. Em 2006, morre em Lisboa o poeta e pintor Mário Cesariny de Vasconcelos, 83 anos, expoente do surrealismo na literatura e nas artes plásticas em Portugal, Grande Prémio Vida Literária APE/CGD, galardoado com a Grã-Cruz da Ordem da Liberdade. Rafael Correa, candidato da esquerda, vence a segunda volta das eleições presidenciais no Equador. A judoca portuguesa Ana Cachola sagra-se campeã europeia de sub-23 na categoria de 70 kg.


publicado por Jorge Ferreira às 13:48 | link do post | comentar

(Tina Turner)

Hoje é Segunda-feira, 26 de Novembro, tricentésimo trigésimo dia do ano. Faltam 35 dias para o final de 2007. Este dia é dedicado a São Pedro, Patriarca de Alexandria. A Lua encontra-se na Fase Minguante. Quarto Minguante, dia 01 de Dezembro, às 12:44. O Sol nasce às 07:30 e o ocaso regista-se às 17:17. No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 03:58 e 16:27, a baixa-mar, às 09:53 e 22:08. Os nascidos nesta data pertencem ao signo Sagitário, destacando-se entre eles a actriz portuguesa Maria Teresa Gomes de Almeida (1883), estrela dos primeiros filmes sonoros, o dramaturgo Eugene Ionesco (1909), Charles Schultz, criador da banda desenhada "Peanuts" (1922), o cantor norte-americano Robert Goulet (1933) e a cantora Tina Turner (1939).


publicado por Jorge Ferreira às 13:43 | link do post | comentar

Foto de João Espinho, no Praça da República em Beja.


publicado por Jorge Ferreira às 00:08 | link do post | comentar | ver comentários (2)

Domingo, 25 de Novembro de 2007
Esclarecimento ao Prof. Marcelo: a greve anunciada para dia 30 não é uma 'ponte', é um fim de semana prolongado.


publicado por Jorge Ferreira às 23:50 | link do post | comentar

Bem sei que dizem mal do ensino e dos manuais escolares. Mas achar que Bernardino Soares foi um dos piores malandros do 25 de Novembro, apenas com 4 anos, é obra. Nem nos Pioneiros ...


publicado por Jorge Ferreira às 22:41 | link do post | comentar

Faz hoje 32 anos que foi derrotado o golpe da extrema-esquerda para instaurar uma ditadura marxista-leninista e totalitária em Portugal. Devemos isso a militares como Ramalho Eanes, Pires Veloso, Jaime Neves e muitos outros, que garantiram a Liberdade e a Democracia em Portugal. Nunca é demais evocar a Liberdade e lembrar a natureza anti-democrática do PCP.


publicado por Jorge Ferreira às 11:08 | link do post | comentar | ver comentários (1)

(Jaime Neves)

Em 1510, Afonso de Albuquerque conquistava Goa. Em 1875, o Reino Unido passava a controlar o Canal do Suez através da compra de 176.602 acções ao Egipto. Em 1902, os estudantes de Coimbra efectuavam a "tomada da Bastilha", assalto ao luxuoso Clube dos Lentes, para ali instalarem a futura Associação Académica de Coimbra. No dia 25 de Novembro de 1975, um dispositivo militar, com base no regimento de comandos, sob a direcção do então tenente-coronel Ramalho Eanes, opunha-se, com êxito, à tentativa de sublevação de unidade militares e ocupação de meios de comunicação social efectuada por elementos conotados com sectores da extrema esquerda. Ao fim da tarde, era decretado o estado de sítio em Lisboa. Em 1989, na Checoslováquia, centenas de milhar de pessoas, lideradas por Alexander Dubcek, dirigente da Primavera de Praga, em 1968, e por Vaclav Havel, líder do grupo Novo Fórum, começavam, em Praga, a chamada Revolução de Veludo, manifestações que conduziram à abertura do regime. Em 1991, morria, vítima de sida, Freddie Mercury, 45 anos, vocalista dos Queen. Em 2001, morria João Tito de Morais, 62 anos, militante socialista e antigo administrador da agência noticiosa portuguesa ANOP. Em 2002, o provedor da Casa Pia de Lisboa era demitido, na sequência da revelação da prática continuada de abuso sexual de menores ao cuidado da instituição. Em 2003, os ministros das Finanças da Zona Euro chegava a um acordo sobre o Pacto de Estabilidade, exigindo um compromisso da França e da Alemanha para o controlo do défice, mas não o cumprimento imediato das metas impostas. Em Campolide, em Lisboa, o solo cedia abruptamente e um autocarro vazio era "engolido" pelo terreno. Em 2004, começava o julgamento do processo Casa Pia, no Tribunal da Boa Hora. O Governo de Pedro Santana Lopes aprovava a transferência dos fundos de pensões da CGD, Nav, Ana e INCM para a Caixa Geral de Pensões. Em 2005, a Unesco integrava 43 expressões populares mundiais no Património Oral e Imaterial da humanidade. A candidatura da tradição galaico-portuguesa era rejeitada. Em 2006, a judoca portuguesa Telma Monteiro, líder do ranking mundial de -52 kg sagra-se campeã europeia de judo sub-23.


publicado por Jorge Ferreira às 11:02 | link do post | comentar

(Eça de Queirós)

Hoje é Domingo, 25 de Novembro, tricentésimo vigésimo nono dia do ano, Dia Internacional para a Eliminação da Violência sobre a Mulher. Faltam 36 dias para o final de 2007. Este dia é dedicado a Santa Catarina, Protectora dos Estudiosos. A Lua encontra-se na Fase Minguante. Quarto Minguante, dia 01 de Dezembro, às 12:44. O Sol nasce às 07:29 e o ocaso regista-se às 17:18. No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 03:10 e 15:38, a baixa-mar, às 09:04 e 21:22. Os nascidos nesta data pertencem ao signo Sagitário, destacando-se o dramaturgo espanhol Lope de Veja (1562), o escritor português José Maria Eça de Queiroz (1845), o jogador norte-americano de baseball Joe Dimaggio (1914) e John F.Kennedy Jr (1960).


publicado por Jorge Ferreira às 10:59 | link do post | comentar

Sábado, 24 de Novembro de 2007
(Yukio Mishima)

Em 1807, Abrantes era ocupada pelas forças do general Junot, na I Invasão Francesa. Em 1867, o norte-americano Joseph Glidden registava a patente da invenção do arame farpado. Em 1963, Lee Harvey Oswald, presumível assassino do presidente norte-americano John F.Kennedy, era abatido a tiro por Jack Ruby, em Dallas, no Texas. Em 1970, o escritor japonês Yukio Mishima dirigia um ataque ao gabinete do comandante do exército, em Tóquio, suicidando-se em seguida. Em 1975, era fundada a Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP). Em 1977, arqueólogos descobriam perto de Salonica, na Grécia, o túmulo de Filipe II, rei da Macedónia, pai de Alexandre, o Grande. Em 1997, ocorria primeira fase da privatização da Brisa. Em 2001, as forças da Aliança do Norte tomavam a cidade de Kunduz, no norte do Afeganistão. Em 2002, morria o arquitecto João Rosado Correia, 63 anos, ex-ministro do Equipamento Social e antigo Grão-Mestre do Grande Oriente Lusitano. Em 2004, Pedro Santa Lopes remodelava o Governo. O Supremo Tribunal Administrativo aceitava o recurso da Câmara de Lisboa, autorizando o recomeço das obras do Túnel do Marquês. Em 2005, era aprovado o Plano Tecnológico, para dinamizar a investigação científica, a inovação e os níveis de qualificação dos portugueses. Basílio Horta era nomeado presidente da Agência Portuguesa para o Investimento. Em 2006, partem para o Líbano 123 militares portugueses que vão integrar a Força Interina das Nações Unidas. O socialista José Montilla é eleito presidente do novo governo da Catalunha. Morre Robert McFerrin, 85 anos, cantor de ópera norte-americano, o primeiro negro a apresentar-se como solista na Metropolitan Opera de Nova Iorque.


publicado por Jorge Ferreira às 13:26 | link do post | comentar

Hoje é Sábado, 24 de Novembro, tricentésimo vigésimo oitavo dia do ano, Dia Nacional da Cultura Científica. Faltam 37 dias para o final de 2007. Este dia é dedicado a São João da Cruz, Confessor. É Lua Cheia, às 14:30. O Sol nasce às 07:28 e o ocaso regista-se às 17:18. No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 02:24 e 14:49, a baixa-mar, às 08:16 e 20:37. Os nascidos nesta data pertencem ao signo Sagitário, destacando-se o filósofo Bento Espinoza (1632), o escritor português Ramalho Ortigão (1836), o romancista britânico Laurence Sterne (1713) e o pintor francês Henri Toulouse-Lautrec (1864).


publicado por Jorge Ferreira às 13:23 | link do post | comentar

Sexta-feira, 23 de Novembro de 2007
(Sobreiro)
Há novidades. Muitas.
Algumas: "O primeiro-ministro, José Sócrates, o ministro da Economia, Manuel Pinho e o dirigente socialista Jorge Coelho foram chamados a depor no processo Portucale, que diz respeito a suspeita de tráfico de influências para a aprovação de um empreendimento turístico do Grupo Espírito Santo, em Benavente."


publicado por Jorge Ferreira às 22:23 | link do post | comentar

Cavaco Silva começou o seu mandato com base na célebre "cooperação estratégica" com o Governo do PS e a maioria parlamentar que o sustenta, como tinha prometido na campanha eleitoral. Isso consistia basicamente em não levantar ondas, receber os diplomas, promulgá-los e fazer uns discursos aparentando uma agenda de preocupações um bocadinho carregadas para mostrar utilidade ao cargo. Nada de especial. O esperável.
Mas, agora, Cavaco Silva mudou. Em vez da "cooperação estratégica" o Presidente passou à fase da "prevenção estratégica". Isto é, lê os jornais, vê as polémicas e telefona a avisar que é melhor mudar umas coisas antes de receber o diploma para promulgação. É uma assessoria de luxo do Governo.


publicado por Jorge Ferreira às 21:25 | link do post | comentar | ver comentários (1)

O Francisco alvitra que no caso de se ter tratado de atrevimento do Procurador-Geral da República, a entrevista que deu esta semana à Visão, que o melhor é um processozito disciplinar. Bem sei que o Francisco ironiza, mas com este Governo o melhor mesmo é não dar ideias. Digo eu, não sei ...


publicado por Jorge Ferreira às 12:56 | link do post | comentar | ver comentários (2)

(Em casa)

José Sócrates, que enxotou o Dalai Lama, como se este fosse portador de uma doença política contagiosa, decidiu meter-nos Hugo Chavez em casa. Nestas duas atitudes, revela-se todo um cosmos.

O Estado português tem vários interesses estratégicos em ter boas relações diplomáticas com a Venezuela. Temos uma numerosa comunidade emigrante a viver na Venezuela e temos várias e importantes empresas com interesses no país.

Claro que não falo das relações entre a Fundação Mário Soares e a Venezuela. Para surpresa nossa mas perante a indiferença geral, Hugo Chavez declarou publicamente em Portugal que a Fundação Mário Soares tem recebido vários apoios financeiros da Venezuela, o que é susceptível de levantar muitas sombras e dúvidas sobre a natureza do empenhamento de Mário Soares em intermediar Chavez e o mundo e sobre as declarações públicas a favor do Presidente da Venezuela que tem proferido em várias entrevistas.

De que país e de que político falamos quando falamos de Chavez?

Falamos de um país em que a RCTV relatou, enquanto podia emitir, perto de 100 agressões físicas a jornalistas à Organização dos Estados Americanos e a Globovisión mais de 70. Falamos de um país em que um jornalista pode ser preso por publicar uma notícia pela simples razão de o visado dizer que se sentiu ofendido com a peça.

A inflação acumulada nos últimos três anos levou a uma grande perda de poder de compra dos venezuelanos. É difícil arranjar produtos alimentares de primeira necessidade como leite, açúcar, farinha, frango. Arranja-se, mas é no mercado negro, por preços obviamente exorbitantes, bem acima do valor real dos bens, assim do género do que sucedia na União Soviética. Desde que Hugo Chávez chegou ao poder, a produção da quinta maior potência petrolífera do mundo caiu 18 por cento e a descoberta de novas reservas desacelerou enquanto o preço do barril aumentou no mesmo período seis vezes.

Quanto ao homem, já se sabe. Fala horas, muitas, a fio nas televisões que lhe apetece e quando lhe apetece, fecha as que lhe apetece, insulta quem lhe apetece, ameaça quem lhe apetece, julga-se vítima de perseguição universal por ser de origem mestiça, altera manuais escolares a bel-prazer para começar bem cedo a lavagem ao cérebro das criancinhas e quer ser Presidente até morrer, não hesitando em mudar a Constituição para a adaptar aos seus caprichos pessoais.

Numa palavra: um paraíso.

A pergunta agora é: temos de meter o homem em nossa casa para ter boas relações com a Venezuela? A resposta é: não, não temos.

E as figurinhas diplomáticas que José Sócrates faz são politicamente deprimentes. É a diplomacia saloia de quem gosta de se dar bem com os fortes e despreza os fracos, independentemente de valores e de princípios. E, acresce, não compensa. A não ser, talvez, a alguns interesses particulares. Mas desses não cura, espera-se, o Governo.


publicado por Jorge Ferreira às 12:51 | link do post | comentar | ver comentários (2)

Os socialistas apanharam-se no poder e a primeira coisa que fizeram foi igualzinha à que fizeram o PSD e o CDS em idêntica circunstância: aumentaram os impostos para financiar um Estado mastodôntico e despesista.

Hoje, depois de traírem as promessas eleitorais, recusam baixar os impostos, alegando a famosa consolidação orçamental. No seu afã, investem ilegalmente para tudo quanto mexe, penhorando o que podem e o que não podem. Isto, claro, com os contribuintes que têm contas ordenado, contas reforma e que nem sequer dinheiro têm para contratar um advogado para os defender deste estado de selvajaria fiscal.

Ao contrário, qualquer empresa estrangeira que decida investir em Portugal só o faz com um acordo fiscal que lhe garanta condições fiscais mais favoráveis do que as condições de que beneficiam as empresas portuguesas. Isto é, o Governo reconhece que a carga fiscal que neste momento existe em Portugal é excessiva e inimiga do crescimento económico.
(publicado na edição de hoje do Democracia Liberal)


publicado por Jorge Ferreira às 12:50 | link do post | comentar

(Camara Municipal de Aveiro)

Foi, enfim, divulgado o relatório da Inspecção Geral de Finanças (IGF) sobre a situação do município de Aveiro. Saúdo desde já a iniciativa da Câmara Municipal de disponibilizar no seu sítio na Internet os documentos da auditoria para consulta pública.

O que consta desse relatório é da maior gravidade política. Depois de ler o relatório final ocorreu-me sugerir aos socialistas que geriram a Câmara no período analisado que tentem governar as suas finanças pessoais da mesma forma que fizeram com os dinheiros públicos.

Sintetizando: com o PS na Câmara de Aveiro:

1º A Câmara Municipal de Aveiro fugiu ao fisco;
2º Algumas empresas municipais foram à falência;
3º Gastaram-se entre 29 e 46 milhões sem o devido registo contabilístico;
4º Violou-se a lei que estipula os limites de endividamento municipal;
5º O passivo é de 173 milhões.

Entre muitas outras situações que, pura e simplesmente, não deviam ter ocorrido.

Uma folha de serviços verdadeiramente inexcedível!

A Inspecção-Geral de Finanças (IGF) refere que o passivo do município de Aveiro ascendia em 2005 a 173 milhões de euros, tendo aumentado 20 milhões de euros entre 2003 e 2005. O documento, relativo aos últimos anos do anterior mandato em que o socialista Alberto Souto era presidente da Câmara, refere-se ainda a dívidas não registadas na contabilidade situadas entre os 29 e os 46 milhões de euros, aludindo igualmente a 44 milhões de euros de passivo das empresas municipais.

O relatório adverte, por outro lado, para a situação de falência técnica da empresa municipal EMA (responsável pela gestão do novo estádio municipal) e da Teatro Aveirense Lda., uma vez que os seus capitais próprios consomem mais de 50 por cento do seu capital social. O mesmo acontece, embora com algumas «particularidades», com os Serviços Municipalizados de Aveiro, acrescenta a IGF, concluindo que fica em causa a «continuidade da exploração» de algumas das instituições participadas pela autarquia.


A IGF critica a «escassa fiabilidade» da informação financeira produzida pelo município, salientando que os documentos disponibilizados «não reflectem uma imagem verdadeira e apropriada da situação patrimonial, financeira e económica da autarquia».


A IGF menciona a «estrutura financeira totalmente desequilibrada» do município, exemplificando com a «incapacidade para solver atempadamente os seus compromissos», já que o prazo médio de pagamento passou de 556 para 1.352 dias entre 2003 e 2005.


Entre as várias e graves críticas apontadas à gestão do executivo socialista figura a criação «nem sempre devidamente justificada» de entidades empresariais, sendo invocada a inexistência de «verdadeiros estudos técnicos» ou de «análises de custo/benefício que sustentem a decisão de adopção dessas formas organizacionais». «Os processos de constituição analisados padecem de significativas fragilidades, nomeadamente ao nível da escolha do parceiro privado, forma de realização do capital e falta de liquidação de imposto de selo», lê-se no relatório da IGF.

O «crescente e sistemático empolamento da previsão das receitas orçamentais» e a violação «de forma sistemática» do regime de endividamento municipal figuram também entre as críticas da IGF. «Não contribuiu, assim, o município de Aveiro, nos anos indicados, para as metas traçadas pelo Governo para o subsector das autarquias locais em matéria de dívida e de défice públicos», avalia a instituição.

Face a esta situação, a pergunta agora é: e agora? É com as vacuidades que foram anunciadas há alguns meses que o actual executivo municipal vai enfrentar uma situação deste calibre?


(publicado na edição de hoje do Diário de Aveiro)

tags:

publicado por Jorge Ferreira às 12:42 | link do post | comentar | ver comentários (1)

(André Malraux)

Em 1667, o D.Afonso VI abdicava do trono português a favor de seu irmão, o príncipe D.Pedro, Em 1891, Deodoro da Fonseca, primeiro presidente brasileiro, era deposto por uma revolta da Marinha. Em 1971, a China tornava-se membro permanente do Conselho de Segurança da ONU. Em 1976, morria o escritor francês André Malraux. Em 1979, o Irão considerava nulas as suas dívidas ao estrangeiro. Em 1985, Ali Montazeri era escolhido para suceder a Ayatollah Khomeini, na liderança da República Islâmica do Irão. Em 1990, morria o musicólogo Michel Giacometti, com 61 anos, responsável, com Fernando Lopes-Graça, pela mais completa investigação e recolha da música tradicional portuguesa, alguma vez efectuada. Em 1996, o presidente russo Boris Ieltsin ordenava a retirada completa das tropas russas da Tchetchénia. Em 2001, era inaugurada, em Lisboa, a maior loja da cadeia espanhola El Corte Inglês, garantindo 2500 postos de trabalho. Em 2002, em Portugal, rebentava o chamado "escândalo Casa Pia", sobre o abuso sexual de menores, com a apresentação de testemunhos de antigos alunos, pelo Expresso e pela SIC. Em 2003, era inaugurado o Estádio do Algarve. No mesmo dia, na Geórgia, demitia-se o Chefe de Estado Eduard Szhervanadze, sendo substituído interinamente pela presidente do Parlamento, Nino Burdjanadze. Em 2005, morria Isabel de Castro, 74 anos, actriz, 58 de carreira, "estrela" do cinema espanhol (1950-60). O Conselho da Europa anunciava a abertura de um inquérito sobre a possibilidade de suspeitos de actividades de terrorismo terem sido transportados e detidos pela CIA, em estados membros. No mesmo dia, o antigo ditador chileno Augusto Pinochet era acusado de fraude fiscal e colocado em prisão domiciliária, no âmbito do inquérito sobre contas bancárias secretas. Em 2006, um activista tibetano desfralda uma bandeira do Tibete e imola-se frente ao hotel de Bombaim, Índia, onde se encontra instalado o presidente da China, Hu Jintao. Morre em Londres o antigo espião russo Alexandre Litvinenko, vítima de envenenamento com polónio 210, substância radioactiva altamente tóxica. Morre Phillippe Noiret, 76 anos, actor francês, o poeta e diplomata de "O Carteiro de Pablo Neruda", operador de "Cinema Paraíso", co-protagonista de "A Grande Paródia" ou "Zazie no Metro". - Morre Anita O´Day, 87 anos, cantora de jazz norte-americana.


publicado por Jorge Ferreira às 12:36 | link do post | comentar

(Manuel de Falla)

Hoje é Sexta-feira, 23 de Novembro, tricentésimo vigésimo sétimo dia do ano. Faltam 38 dias para o final de 2007.Este dia é dedicado a Santa Lucrécia, Virgem e Mártir. A Lua aproxima-se da Fase Plena: Lua Cheia, dia 24, às 14:30. O Sol nasce às 07:27 e o ocaso regista-se às 17:19. No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 01:37 e 14:00, a baixa-mar, às 07:28 e 19:52. Os nascidos nesta data pertencem ao signo Sagitário, destacando-se o escritor português D.Francisco Manuel de Melo (1608), o historiador britânico Thomas Birch (1705) e o compositor espanhol Manuel de Falla (1876).


publicado por Jorge Ferreira às 12:32 | link do post | comentar

Quinta-feira, 22 de Novembro de 2007
(John Kennedy)

Em 1931, era inaugurado, em Lisboa, o monumento aos mortos da Primeira Grande Guerra. Em 1943, o primeiro-ministro britânico, Winston Churchill, o presidente dos EUA, Franklin Roosevelt e o dirigente chinês Chiang Kai-Shek definiam a estratégia a seguir para a derrota do Japão, na II Guerra Mundial. Em 1963, o presidente dos EUA, John Kennedy, era assassinado em Dallas, Texas. Em 1977, os primeiros-ministros português e espanhol, Mário Soares e Adolfo Suarez, assinavam, em Madrid, o tratado de amizade e cooperação entre os dois países, substituindo o Pacto Ibérico, dos ditadores Franco e Salazar. No mesmo dia, o avião supersónico franco-britânico "Concorde" efectuava o voo inaugural. Em 1978, tomava posse o Governo presidido por Mota Pinto, o primeiro de inciativa presidencial. Em 1990, a primeira-ministra britânica, Margaret Thatcher, anunciava a demissão da liderança do Partido Conservador e da chefia do Governo, cargos que eram assumidos por John Major. Em 1995, na sequência do assassínio de Yitzhak Rabin, Shimon Peres tomava posse como primeiro-ministro de Israel. Em 2000, o jornalista Carlos Cardoso, 52 anos, uma das vozes mais actuantes do jornalismo de Moçambique, era assassinado a tiro em Maputo. Em 2002, era preso Imam Samudra, o "cérebro" do atentado de 12 de Outubro num clube nocturno de Bali, na Indonésia, onde morreram 202 pessoas. No mesmo dia, a maré negra, provocada pelo petroleiro Prestige, atingia a costa da Galiza. Em 2003, confirmadas as suspeitas de fraude nas eleições presidenciais da Geórgia, que reconduziam Eduard Szhervanadze, a oposição ocupou o Parlamento e a população cercou o Ministério do Interior, com o apoio da Guarda Nacional, que se aliou à Oposição. Em 2004, começavam as manifestações na Ucrânia, pela realização de novas eleições, perante a suspeita de fraude no escrutínio da véspera. Em 2006, é divulgado o relatório da Associação Europeia para a Garantia de Qualidade no Ensino Superior em Portugal.


publicado por Jorge Ferreira às 09:56 | link do post | comentar

Hoje é Quinta-feira, 22 de Novembro, tricentésimo vigésimo sexto dia do ano. Faltam 39 dias para o final de 2007. Este dia é dedicado a Santa Cecília, padroeira dos músicos. A Lua aproxima-se da Fase Plena: Lua Cheia, dia 24, às 14:30. O Sol nasce às 07:26 e o ocaso regista-se às 17:19. No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 00:50 e 13.10, a baixa-mar, às 06.39 e 19:06. Os nascidos nesta data pertencem ao signo Escorpião, destacando-se o general De Gaulle, militar e estadista francês (1890), o britânico Thomas Cook (1808) e o compositor inglês Benjamin Britten (1913).


publicado por Jorge Ferreira às 09:53 | link do post | comentar

Isso mesmo: o Governo vai entrar em guerra. Se não fosse a sério seria ridículo. Mas sucede que é a sério. E sendo a sério, pergunto apenas quanto do imposto que o Estado hipócrita cobra aos fumadores vai ser gasto nos panfletos. Este Governo panfletário e guerrilheiro vai ser exemplar a sensibilizar e a fiscalizar a lei do tabaco. Lamento que não tenha o mesmo empenho a combater outros males da sociedade. Há tantas coisas a sensibilizar e a fiscalizar por esse país fora... Por exemplo as promessas eleitorais que José Sócrates fez ao país e que deitou para o caixote do lixo. Este tique persecutório deve ser contágio de certas visitas de casa do Primeiro-Ministro. Ao menos esta guerra não exige a operacionalidade dos helicópteros e dos submarinos do Dr. Portas. Sempre é alguma coisa.


publicado por Jorge Ferreira às 01:43 | link do post | comentar

JORGE FERREIRA

tomarpartido@sapo.pt

visitantes em linha

English version by Google
Novembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

2
3
4
5
6
7

8
9

20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30



DESTAQUES




TAMBÉM ESTOU AQUI

Jorge Ferreira

Cria o Teu Crachá

Aveiro
Comunicar a direito
Democracia liberal
Diário de aveiro
Jorge ferreira
O carmo e a trindade
O templário
Terras de mármore
Tv net

O PARTIDO DOS AMIGOS

A cagarra
Alinhavos
Cão com pulgas
Eclético
Faccioso
Ilha da madeira
Fumaças
Mais actual
Meu rumo
Paris
Sobre o tempo que passa
Tubarão


OUTROS PARTIDOS

A arte da fuga
A barbearia do senhor luís
A casa de sarto
A casa dos comuns
A caveira vesga
A caverna obscura
A civilização do espectáculo
A destreza das dúvidas
A educação do meu umbigo
A gota de ran tan plan
A grande alface
A janela do ocaso
A natureza do mal
A origem das espécies
A outra varinha mágica
A regra do jogo
A revolta das palavras
a ritinha
A terceira noite
A textura do texto
A voz do povo
A voz nacional
A voz portalegrense
As escolhas do beijokense
As penas do flamingo
Abrigo de pastora
Abrupto
Às duas por três
Activismo de sofá
Admirável mundo novo
Adufe
Água leve
Água lisa
Alcabrozes
Alianças
Aliança nacional
Almocreve das petas
Apdeites v2
Arcadia
Arde lua
Arpão
Arrastão
Aspirina b
Atuleirus
Avatares de um desejo

Bar do moe, nº 133
Blasfémias
Bem haja
Berra-boi
Bic laranja
Bicho carpinteiro
Binoculista
Bissapa
Blogo social português
Blogotinha
Blogs e política
Blogue de direita
Blogue da sedes
Blogue real associação de lisboa
Blue lounge
Boca de incêndio
Boina frígia
Braga blog
Branco no branco
Busturenga

Cabalas
Café Bar James Dean
Café da insónia
Caixa de petri
Caixa de pregos
Câmara corporativa
Campos da várzea
Canhoto
Carreira da í­ndia
Causa liberal
Causa nossa
Cegos mudos e surdos
Centenário da república
Centurião
Certas divergencias
Chá preto
Charquinho
Cibertúlia
Cinco dias
Classe polí­tica
Clube das repúblicas mortas
Clube dos pensadores
Cobrador da persia
Combustões
Confidências
Congeminações
Contingências
Controversa maresia
Corta-fitas
Crónicas d'escárnio e mal dizer

Da condição humana
Da literatura
Da rússia
Dar à tramela
Dass
De vexa atentamente
Der terrorist
Delito de opinião
Desconcertante
Desesperada esperança
Despertar da mente
Direito de opinião
Do portugal profundo
Dois dedos de prosa e poesia
Dolo eventual
Duas cidades
Duas ou três coisas
2 rosas

É curioso
É tudo gente morta
e-konoklasta
Em 2711
Elba everywhere
Em directo
Encapuzado extrovertido
Entre as brumas da memória
Enzima
Ephemera
Esmaltes e jóias
Esquissos
Estado sentido
Estrago da nação
Estudos sobre o comunismo
Espumadamente
Eternas saudades do futuro

Falta de tempo
Filtragens
Fliscorno
Fôguetabraze
Foram-se os anéis
Fúria dos dias

Gajo dos abraços
Galo verde
Gazeta da restavração
Geometria do abismo
Geração de 80
Geração de 60
Geração rasca
Gonio
Governo sombra

Há normal?!
Herdeiro de aécio?!
Hic et nunc
Hoje há conquilhas, amanhã não sabemos
Homem ao mar

In concreto
Ideal social
Ideias soltas
Ilusão
Império lusitano
Impressões de um boticário de província
Insinuações
Inspector x
Intimista

Jacarandá
Janelar
Jantar das quartas
João Távora
Jornal dos media
José antónio barreiros
José maria martins
Jose vacondeus
Judaic kehillah of portugal - or ahayim
Jugular
Julgamento público

Kontrastes

La force des choses
Ladrões de bicicletas
Largo da memória
Largo das alterações
Latitude 40
Liblog
Lisbon photos
Lobi do chá
Loja de ideias
Lusitana antiga liberdade
Lusofin

Ma-schamba
Macroscópio
Maioria simples
Maquiavel & j.b.
Margem esquerda
Margens de erro
Mar salgado
Mas certamente que sim!
Mau tempo no canil
Memória virtual
Memórias para o futuro
Metafísica do esquecimento
Miguel teixeira
Miniscente
Minoria ruidosa
Minudencias
Miss pearls
Moengas
Movimento douro litoral
Mundo disparatado
Mundus cultus
My guide to your galaxy

Não há pachorra
Não não e não
Nem tanto ao mar
Neorema
Nocturno
Nortadas
Notas formais
Notícias da aldeia
Nova floresta
Nova frente
Num lugar à direita
Nunca mais

O afilhado
O amor nos tempos da blogosfera
O andarilho
O anónimo
O bico de gás
O bom gigante
O cachimbo de magritte
O condomínio privado
O contradito
O diplomata
O duro das lamentações
O espelho mágico
O estado do tempo
O eu politico
O insubmisso
O insurgente
O islamismo na europa
O jansenista
O jumento
O observador
O país do burro
O país relativo
O pasquim da reacção
O pequeno mundo
O pravda ilhéu
O principe
O privilégio dos caminhos
O profano
O reaccionário
O saudosista
O severo
O sexo dos anjos
O sinaleiro da areaosa
O tempo das cerejas
O universo é uma casca de noz
Os convencidos da vida
Os veencidos da vida
Obrigado sá pinto
Oceano das palavras
Office lounging
Outra Margem
Outubro

Palavra aberta
Palavrussaurus rex
Pangeia
Papa myzena
Patriotas.info
Pau para toda a obra
Pedra aguda
Pedro_nunes_no_mundo
Pedro rolo duarte
Pedro santana lopes
Pena e espada
Perguntar não ofende
Planetas politik
Planí­cie heróica
Playbekx
Pleitos, apostilas e comentários
Politeia
Política pura e dura
Polí­tica xix
Polí­tica de choque
Politicazinha
Politikae
Polvorosa
Porcausasemodivelas
Porto das pipas
Portugal dos pequeninos
Por tu graal
Povo de bahá
Praça da república em beja
Publicista

Quarta república

Registo civil
Relações internacionais
Retalhos de edith
Retórica
Retorno
Reverentia
Revisões
Ricardo.pt
Risco contínuo
Road book
Rua da judiaria

Salvaterra é fixe
Sem filtro
Sempre a produzir
Sentidos da vida
Serra mãe
Sete vidas como os gatos
Small brother
Sociedade aberta
Sociologando
Sorumbático
Sou contra a corrente
Super flumina

Táxi
Tempo político
Tenho dito
Teorias da cidade
Tese & antítese
Tesourinhos deprimentes
There is a light never goes out
Tirem-me daqui
Tralapraki
Transcendente
Tribuna
31 da armada
Tristeza sob investigação
Triunfo da razão
Trova do vento que passa

Último reduto
Um por todos todos por um

Vale a pena lutar
Vasco campilho
Velocidade de cruzeiro
Viagens no meu sofá
Vida das coisas
Vento sueste
Voz do deserto

Welcome to elsinore

Xatoo

Zarp blog

PARTIDOS DOS ALUNOS

Ao sul
As cobaias
Fados e companhia
O cheiro de santarém pela manhã
Platonismo político
Projecto comunicar

PARTIDOS DE ABRANTES

Abranteimas
Rua da sardinha
Torre de menagem

PARTIDOS DO ALGARVE

Mons cicus
Olhão livre
Tavira tem futuro
The best of lagos

PARTIDOS DE AVEIRO

A ilusão da visão
Academia de aveiro
Actas diárias
Amor e ócio
Arestália
Aveiro sempre
Bancada directa
Bancada norte
Blog de sergio loureiro
Botanabateira
Código da vivencia
Cogir
Debaixo dos arcos
Desporto aveiro
Divas e contrabaixos
Estados gerais
Forum azeméis
Já agora
Margem esquerda
Neo-liberalismo
Nós e os outros
Notas de aveiro
Notícias da aldeia
Noticias de ovar
Painéis de aveiro
Pontos soltos
Portal do beira-mar
4linhas
Quotidiano da miséria
7 meses
The sarcastic way
Visto de fora
Vouga

PARTIDOS DE OEIRAS

À rédea solta
Escrever sobre porto salvo
Eu sou o poli­ticopata
Oeiras local
Rememorar oeiras

PARTIDOS DE TOMAR

Alcatruzes da roda
Algures aqui
À descoberta de tomar
Charneca da peralva
Nabantia
Olalhas
Os cavaleiros guardiões de sta. maria do olival
Sondagem tomar
Tomar
Thomar vrbe
Tomar, a cidade
Tomar a dianteira
Vamos por aqui

PARTIDOS DE VILA VIÇOSA

A interpretação do tempo
Infocalipo
O restaurador da independencia
Tasca real

PARTIDOS POÉTICOS

Arrimar
Corte na aldeia
Forja de palavras
Linha de cabotagem (III)
Nimbypolis
O melhor amigo
Ofí­cio diário
Orgasmos dos sentidos

PARTIDOS DAS ÁGUIAS

A águia
A ilíada benfiquista
A mística benfiquista
Amo-te, benfica
Anti-anti-benfica
Benfiquistas desde pequeninos
Calcio rosso
Chama imensa
Diário de um adepto benfiquista
E isso me envaidece
E pluribus unum
Encarnados
Encarnado oriental
Encarnado e branco
Eterno benfica
Football dependent
Gloriosa fúria vermelha
Glorioso jornal
Gordo vai à baliza
Javardos benfiquistas
loucos pelo slb
Mágico slb
Mar vermelho
Memória gloriosa
Não se mencione o excremento
Novo benfica
O antitripa
O inferno da luz
O grémio benfiquista
Os nossos queridos jornalistas desportivos
País de corruptos
Quero a verdade
Ser benfiquista
Slbenfica - forever champions
Slblog
Tertúlia benfiquista
Um zero (1-0) basta
Vermelhovzky
Vedeta da bola
Vedeta ou marreta?
Velho estilo ultras
Vermelho à moda do porto

PARTIDOS DA BOLA

Cromo dos cromos

PARTIDOS DO DIREITO

Ab surdus
Assembleia de comarca
Blog de informação
Blog do dip
Cartilha jurídica
Cum grano salis
Direito na sociedade da informação
Dizpositivo
Elsa
Incursões
Iuris
Leituras oficiosas
Legalidade
Lex turistica nova
Mens agit molem
Notas constitucionais
O meu monte
Patologia social
Piti blawg
Ré em causa própria
Reforma da justiça
Rumo do direito
Santerna
Suo tempore
Trepalium
Urbaniuris
Vexata quaestio

PARTIDOS DA VIDA

Açores pelo não
Alentejo pelo não
(Des)conversas em família
Direito a viver
Évora pelo não
Fiat lux
Impensável
Jornal da família
Nebulado
Pela vida
Pelo não
Quero viver
Razões do não
Sinto a vida
Sou a favor da vida

PARTIDOS DA ARGENTINA

El opinador compulsivo

PARTIDOS DO BRASIL

Ação humana
Cronicas do joel
Depósito do maia

PARTIDOS DE ITÁLIA

Importanza dele parole

PARTIDOS DOS LIVROS

Blog do espaço de memória e do pátio das letras
D'outro tempo
Lerblog
Mundo pessoa

PARTIDOS DAS REVISTAS

Alameda digital
Leonardo, revista de filosofia portuguesa

PARTIDOS DA TAUROMAQUIA

Lides alentejanas
Toiradas

PARTIDOS DOS BLOGUES

aniversários de blogues
Blog do dia dn
Blogpatrol
Blogpulse
Blogsearch
Blogservatório
Blogs em lí­ngua portuguesa
Moblig
Orochi's blog
Sapo blogs
Technorati
Weblog

PARTIDOS DA POLÍTICA

Bloco de esquerda
Centro democrático social
Os verdes
Partido comunista português
Nova democracia
Partido social-democrata
Partido socialista


PARTIDOS DOS JOGOS OLÍMPICOS

Atenas 2004
Pequim 2008
Comité olí­mpico internacional
Comité olí­mpico de portugal

PARTIDOS DOS JORNALISTAS

a capital
Jornal do diabo
O comércio do porto



TAMBÉM JÁ ESTIVE AQUI
Blogue do não
Câmara de comuns
Eleições 2009
Nova vaga
Novo Rumo
O carmo e a trindade
O eleito
Olissipo
Ota não
Portal lisboa
RCP ONLINE
Semanário
Sportugal
Tomarpartido
ARQUIVOS

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

subscrever feeds
tags

efemérides(867)

borda d'água(850)

blogues(777)

josé sócrates(537)

ps(339)

psd(221)

cavaco silva(199)

pessoal(182)

justiça(180)

educação(150)

comunicação social(139)

política(137)

cds(126)

crise(121)

desporto(120)

cml(116)

futebol(111)

homónimos(110)

benfica(109)

governo(106)

união europeia(105)

corrupção(96)

freeport de alcochete(96)

pcp(93)

legislativas 2009(77)

direito(71)

nova democracia(70)

economia(68)

estado(66)

portugal(66)

livros(62)

aborto(60)

aveiro(60)

ota(59)

impostos(58)

bancos(55)

luís filipe menezes(55)

referendo europeu(54)

bloco de esquerda(51)

madeira(51)

manuela ferreira leite(51)

assembleia da república(50)

tomar(49)

ministério público(48)

europeias 2009(47)

autárquicas 2009(45)

pessoas(45)

tabaco(44)

paulo portas(43)

sindicatos(41)

despesa pública(40)

criminalidade(38)

eua(38)

santana lopes(38)

debate mensal(37)

lisboa(35)

tvnet(35)

farc(33)

mário lino(33)

teixeira dos santos(33)

financiamento partidário(32)

manuel monteiro(32)

marques mendes(30)

polícias(30)

bloco central(29)

partidos políticos(29)

alberto joão jardim(28)

autarquias(28)

orçamento do estado(28)

vital moreira(28)

sociedade(27)

terrorismo(27)

antónio costa(26)

universidade independente(26)

durão barroso(25)

homossexuais(25)

inquéritos parlamentares(25)

irlanda(25)

esquerda(24)

f. c. porto(24)

manuel alegre(24)

carmona rodrigues(23)

desemprego(23)

direita(23)

elites de portugal(23)

natal(23)

referendo(23)

apito dourado(22)

recordar é viver(22)

banco de portugal(21)

combustíveis(21)

música(21)

pinto monteiro(21)

bcp(20)

constituição(20)

liberdade(20)

saúde(19)

augusto santos silva(18)

cia(18)

luís amado(18)

todas as tags